O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

7º - MODO INDICATIVO E SUBJUNTIVO + TEMPOS VERBAIS.pdf

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 30 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais recentes (20)

Anúncio

7º - MODO INDICATIVO E SUBJUNTIVO + TEMPOS VERBAIS.pdf

  1. 1. APOSTILA 8 – CAPÍTULO 22 Módulos 125, 126, 127, 128, 129 e 130 Língua Portuguesa Ensino Fundamental II 7ºA, B e C Professor: Willian Duarte
  2. 2. ADJETIVOS É a palavra variável que modifica o substantivo, ou seja, palavra usada para dar característica ao substantivo, indicando-lhe uma qualidade, um estado ou um modo de ser. Exemplo: I. Pegue a camisa na arara. II. Pegue a camisa verde na arara. Na primeira frase, é possível entender que se pode pegar qualquer camisa, porém, na segunda, só se deseja a camisa de cor verde.
  3. 3. Flexão dos adjetivos – Número Tanto nos substantivos quanto nos adjetivos, basta acrescentar a terminação -s para se formar o plural. Às vezes, porém, outras modificações são necessárias: Criança feliz. Crianças felizes. Relógio bonito. Relógios bonitos.
  4. 4. No caso de adjetivos compostos, em geral, somente o último elemento é flexionado. Exemplo: Cabelos castanho-claros. EXCEÇÕES: • Surdo-mudo Surdos-mudos. • Quando o segundo elemento do adjetivo composto referente à cor é um substantivo. Exemplos: Vestidos branco-gelo. Camisas vermelho-sangue.
  5. 5. Flexão dos adjetivos – Gênero • ADJETIVOS UNIFORMES: São aqueles que apresentam uma única forma para os gêneros masculino e feminino. Exemplos: MASCULINO / FEMININO costureiro ágil / costureira ágil noivo infeliz / noiva infeliz professor legal / professora legal
  6. 6. • ADJETIVOS BIFORMES: São aqueles que apresentam duas formas, uma para o masculino e outra para o feminino. Exemplos: o atleta brasileiro / a atleta brasileira o homem burguês / a mulher burguesa
  7. 7. Flexão dos adjetivos – Grau • GRAU COMPARATIVO: de igualdade: quando a qualidade nos seres comparados é igual. Exemplo: Márcio é tão capaz quanto Raul. de superioridade: quando um dos seres apresenta maior grau de qualidade. Exemplo: Márcio é mais capaz que Raul. de inferioridade: quando um dos seres apresenta menor grau de determinada qualidade. Exemplo: Márcio é menos capaz que Raul.
  8. 8. • GRAU SUPERLATIVO: O adjetivo exprime uma intensificação de seu significado, a qualidade em seu grau máximo. superlativo absoluto: utilizado quando se eleve ao máximo a qualidade que o substantivo possui, sem estabelecer comparação. Pode ser analítico ou sintético. Veja: A prova foi muito difícil. (analítico) A prova foi dificílima. (sintético)
  9. 9. superlativo relativo: pode ser de superioridade, ao expressar a qualidade em seu grau superior mais intenso, ou de inferioridade, ao expressar a qualidade em seu grau inferior mais intenso. É sempre analítico. Veja: Este livro é o mais interessante da lista. (superioridade) Este livro é o menos interessante da lista. (inferioridade)
  10. 10. Expressões formadas por uma preposição mais um substantivo podem ter valor de adjetivo, sendo denominadas locuções adjetivas. Às vezes, elas podem ter um adjetivo equivalente. Exemplo: Amor de mãe (materno). TV Globo/Divulgação
  11. 11. EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO e EXERCÍCIOS PROPOSTOS Página 44 (INTEIRA) Página 45 (INTEIRA)
  12. 12. ADJUNTO ADNOMINAL E PREDICATIVOS “Como ele é moderno!” “E rápido!” “Máquina lerda!” As palavras destacadas constituem- se adjetivos e quando eles estão empregados em uma oração, podem assumir a função sintática de adjunto adnominal ou de predicativo.
  13. 13. 1. Adjetivo como predicativo Quando exerce a função de predicativo, o adjetivo pode caracterizar o sujeito ou o objeto da oração. Predicativo do sujeito: Como ele (o computador) é moderno! “Moderno” é ligada ao sujeito “ele”, que se refere ao substantivo “computador” por meio do verbo de ligação “é”. Nesse caso, “moderno” exerce a função de predicativo do sujeito, já que é um atributo do sujeito.
  14. 14. Veja mais exemplos: *VL = verbo de ligação **VI = verbo intransitivo (não necessita de complemento para exprimir uma ideia completa).
  15. 15. Predicativo do objeto: *VTD = verbo transitivo direto **OD = objeto direto
  16. 16. 2. Adjetivo como adjunto adnominal Quando não há um intermédio entre o adjetivo e o termo que ele caracteriza na oração, a função sintática do adjetivo é de adjunto adnominal. Exemplo: O homem comprou um computador lerdo. SUJEITO VTD OD ADJUNTO ADNOMINAL Ainda que se perca a informação adicional dada pelo adjunto, a frase “O homem comprou um computador” pode ser perfeitamente compreendida.
  17. 17. EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO e EXERCÍCIOS PROPOSTOS Página 46 (INTEIRA) Página 47 (INTEIRA) Página 48 (10)
  18. 18. ADVÉRBIOS Além dos adjetivos, há outras palavras que funcionam como modificador, porém não de substantivos, mas de verbos, adjetivos e frases. Elas são chamadas de advérbios. Veja as imagens a seguir: A frase “Nevou.” poderia ser empregada nas duas imagens, porém a frase “Neva fortemente.” serviria apenas para a segunda situação.
  19. 19. Veja as outras classes gramaticais que podem ser modificadas ao serem acrescidas de um advérbio: § Verbo: O restaurante que lhe recomendei fica ali. § Adjetivo: Esta casa é muito grande para nós dois. § Advérbio: Andamos devagar demais. § Frase: Felizmente, a cirurgia foi um sucesso.
  20. 20. Conforme a circunstância que indica, o advérbio pode receber as seguintes classificações: SENTIDO ADVÉRBIO AFIRMAÇÃO sim, certamente, decididamente, realmente DÚVIDA possivelmente, porventura, provavelmente, acaso, talvez INTENSIDADE bastante, bem, demais, mais, menos, muito, pouco, quase, tanto LUGAR abaixo, acima, aí, ali, aqui, atrás, dentro, fora, longe, perto MODO bem, depressa, devagar, mal, melhor, pior, rapidamente, tristemente NEGAÇÃO não, nem, tampouco (equivale a também não) TEMPO agora, amanhã, antigamente, cedo, hoje, imediatamente, jamais, logo, nunca, sempre
  21. 21. Os advérbios não são flexionados em gênero e número; no entanto, alguns podem ser flexionados em grau. Veja esse tipo de flexão a seguir: 1. COMPARATIVO a) de inferioridade: O treinador agiu menos calmamente [do] que o jogador. b) de igualdade: O treinador agiu tão calmamente quanto/como o jogador. c) de superioridade: O treinador agiu mais calmamente [do] que o jogador.
  22. 22. 2. SUPERLATIVO a) analítico: acrescenta-se outro advérbio. O atleta correu muito mal. b) sintético: acrescenta-se um sufixo. O atleta correu pessimamente.
  23. 23. Quando o conjunto de duas ou mais palavras tem valor de advérbio, ele é chamado de locução adverbial. Geralmente, ela é formada por uma preposição com um substantivo, adjetivo ou advérbio. Veja: Com certeza, iremos ao seu evento. Ana corre, às vezes, no parque municipal.
  24. 24. EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO e EXERCÍCIOS PROPOSTOS Página 48 (1, 2 e 4) *não é para fazer o exercício 3* Página 49 (5)
  25. 25. ADJUNTO ADVERBIAL Os termos que apresentam valor adverbial são chamados de adjuntos adverbiais, sendo termos acessórios, assim como os adjuntos adnominais. Leia a tirinha abaixo:
  26. 26. Os adjuntos adverbiais são considerados termos acessórios, porque, caso sejam retirados da oração, ainda se tem um enunciado que é compreensível. Observe, por exemplo, estre trecho da tirinha: “É impressionante como a tecnologia deixou várias ferramentas obsoletas [...]” Sem o adjunto adverbial “nos últimos anos”, não se tem a precisão do tempo da ação verbal “deixou”, porém a frase ainda pode ser entendida.
  27. 27. Na tirinha, há adjuntos adverbiais em cada um dos quadrinhos: “nos últimos anos”, “antigamente”, “depois”, “agora”, “não” e “ainda”. A maioria deles é empregada para indicar tempo, sendo importante para mostrar as transformações graduais da tecnologia. Veja: Antigamente: disquete Depois: CD e DVD Agora: pendrive
  28. 28. Assim como os advérbios, os adjuntos adverbiais podem ser classificados de acordo com a circunstância que indicam. Veja alguns tipos no próximo slide.
  29. 29. SENTIDO ADVÉRBIO DE AFIRMAÇÃO Sem dúvida, conseguiremos entregar o trabalho no prazo estipulado. DE ASSUNTO Discutimos sobre os problemas do país. DE CAUSA Perdi o voo por causa do acidente de trânsito. DE COMPANHIA Fui viajar com a família toda. DE CONCESSÃO Apesar dos problemas, foi um ótimo negócio. DE DÚVIDA Talvez seja melhor adiar o encontro. DE EXCLUSÃO Todos gostaram do plano, exceto ele. DE FINALIDADE Acordou cedo para a corrida. DE INSTRUMENTO Cortei o papel com a tesoura. DE INTENSIDADE Demorou muito para responder à questão. DE LUGAR No Brasil, há uma grande biodiversidade. DE MEIO Fomos a pé até o centro. DE MODO A sala estava em silêncio quando cheguei. DE NEGAÇÃO Não conseguimos comprar os ingressos do show. DE TEMPO O novo livro será lançado em breve.
  30. 30. EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO e EXERCÍCIOS PROPOSTOS Página 49 (1) Página 50 (2, 3, 4, 5, 7 e 8) *não é para fazer o exercício 6* Página 51 (INTEIRA)

×