O slideshow foi denunciado.

Plano de folclorico infantil 3 de simone drumond1

14.360 visualizações

Publicada em

Planejamento interessante sobre o FOLCLORE!

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Plano de folclorico infantil 3 de simone drumond1

  1. 1. Escola/CMEI ..................................................................................................... Série: .............................. - Turma ............ - Turno: .......................... Período de ____/____/____ a ____/_____/______ Professora: ........................................................................................................................................................... Tema: __________________________________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________________________________ Objetivo: ________________________________________________________________________________________________________________ JUSTIFICATIVA AVALIAÇÃO: A avaliação será continua através da: Com o objetivo de fazer o resgate sócio cultural de nossas crenças e costumes regionais, que se confundem como um todo em função da 1. observação. 2. participação. grande abertura de informação que acontece nos dias atuais. 3. socialização de saberes (de acordo com a maturação) 4. execução das atividades. È de fundamental importância manter a história, as crenças que refletem e se revelam de varias maneiras na sociedade em que METODOLOGIA vivemos sem esquecer de particularizar, enfatizando o folclore Aulas dialogadas, vivenciadas, com auxílio de materiais concretos, regional. excursões, entrevistas, atividades orais e escritas; dramatização e música. Simone Helen Drumond de Carvalho (2009) OBJETIVOS DATAS COMEMORARTIVAS Ampliar o desenvolvimento da criança em todos os aspectos: motor amplo e 1º - Dia de Caxias fino; cognitivo; social e afetivo. 05 - Dia da Ecologia e do Meio Ambiente Proporcionar a criança a ampliação do seu conhecimento de mundo com 09 – Dia do porteiro e Dia do Anchieta relação ao meio social em que ela vive, dando a ela oportunidade de conhecer (ou 12 – Dia do Correio Aéreo Nacional e Dia dos Namorados resgatar) a cultura de sua terra. 13 – Dia de Santo Antonio e Dia do Turista Interar a criança da importância do folclore que foi trazido de outros lugares 14 – Dia Universal de Deus para o desenvolvimento da cultura do nosso país, e da nossa região. 21 – Dia da Mídia e Dia do Imigrante Conhecer lendas, mitos, musicas, brinquedos, brincadeiras, poesias, trava- 24 – Dia de São João e Dia Internacional do Leite lingua, ditos populares, comidas típicas, festas populares e advinhas. Formando assim o conceito do folclore em sua concreticidade. 29 – Dia de São Pedro e São Paulo e Dia do Papa Professora Simone Helen Drumond de Carvalho – 8813-9525 - 8808-2372
  2. 2. PROCEDIMENTOS METODOLOGICOS Movimento ( Lúdico Infantil ) Linguagem oral TRABALHO MOTOR FINO: rasgadura, pintura, enfiagem, Trava-lingua, poesias, advinhas, quadrinhas populares, rimas, dobradura e colagem. desafios, ditos populares, ditos populares... Explorar a motricidade gráfica e as habilidades motoras finas e Musicas de ninar, de roda, de dançar em festas especiais... amplas. Explorar MUITO a expressão verbal cantando, declamando, Explorar MUITO a expressão corporal dançando, brincando usando deixando eles falarem de suas experiências com relação ao tema. espaço físico. Conversas dirigidas na rodinha para atender ao objetivo de Sessão da brincadeira de roda, dançar e cantar cantigas de roda. ampliar o vocabulário. Nesta estaremos motivando as crianças a Confeccionar brinquedos com sucatas e fazer exposição, ou realizar participarem do projeto ativamente. uma sessão do brincar com os brinquedos folclóricos. Poderá também Realizar um campeonato de adivinhas, provérbios, ditos fazer a “dia” do soltar papagaio no pátio da escola; ou a manhã da populares com direito a premio (um saco de pipoca) casinha, brincando com bonecas de pano e panelinha de lata... Criar a hora do conto e a cada dia vir uma pessoa da criança Sessão das brincadeiras esquecidas: amarelinha, chicote queimado, contar uma lenda, um mito, ou um conto do folclore (tomar cuidado esconde-esconde, manja-pega, cabra-cega, elástico... (convidar uma para que não se repitam as historias). mãe para ensinar as crianças a brincarem) Favorecer para que as crianças para que tenham o seu momento de falar sobre o folclore e suas experiências com relação a ele. Musical Lendas, mitos, contos, histórias, personagens folclóricos, causos, crendices, supertições... Explorar toda a parte musical: cantigas de roda, de ninar, danças de festas e brincadeiras cantadas. TRABALHAR A ANALISE DE PALAVRAS COM: Escutar obras do folclore brasileiro, através de uma sessão de Mm e Pp musicas infantis. Realizar sessões de musicas: para cantar e dançar as músicas LEITURA DIRIGIDA DE TODAS AS FAMILIAS pesquisadas e/ou descobertas. SILABICAS TRABALHADAS. Realizar uma sessão de brincadeiras cantadas: o cravo e a rosa; o seu rei mandou pedir, Terezinha de Jesus, escravo de Jó, bombarqueiro... Brincadeiras cantadas (o seu rei mandou pedir, o cravo brigou com a rosa, Terezinha...), dramatizadas e jogos (macaca, chicote queimado, pular corda, melancia, boca de forno, cemitério, anelzinho,...) Professora Simone Helen Drumond de Carvalho – 8813-9525 - 8808-2372
  3. 3. PROCEDIMENTOS METODOLOGICOS Arte Plástica Explorar a arte popular; a construção dos brinquedos; o Linguagem escrita envolvimento com o ato de dramatizar, construção de mascaras e Produção livre de desenhos, produções dirigidas desenhos maquetes de festas juninas. relacionados ao tema. Toda a decoração do espaço escolar com motivos juninos TRABALHAR A ANALISE DE PALAVRAS COM: construídos pelas crianças. Mm e Pp Arte popular o cesto de palha, os brinquedos de pau, os trabalhos manuais vendidos nas praças. Dever de casa – Leitura e escrita das famílias silábicas em estudo Confeccionar cartazes e listas dos personagens do folclore pesquisados: Saci, Cuca, Cobra-Grande, Curupira, Iara... Confeccionar máscaras dos personagens folclóricos para que as crianças saiam caracterizadas após ouvir a historia dos Arte teatral personagens. Buscar a ação teatral sugerida no projeto folclore. Montar maquete de festas folclóricas: Festa Junina; Realizar a caracterização das crianças, imitando a moda Carnaval ou do Boi Bumba. caipira. Fazer uma exposição de roupas usadas por eles em festas Dramatizar lendas, mitos, contos e fazer uma sessão de folclóricas poesia (tipo hora do lanche, de cada turma sai um pequeno grupo Montar painel de fotos mostrando a participação deles em para ler ou declamar uma poesia (saral)). festas folclóricas. Encenar os tipos populares: peixeiro, jornaleiro, Explorar MUITO o desenho a pintura, a colagem, a cascalheiro, picolezeiro e outros (já esquecidos). perfuração, a enfiagem, a dobradura, etc... * Encenar o casamento na roça. Brinquedos: cavalo de pau, pé de lata, bilboquê, curica, papagaio, peteca de barro cozido, bola de meia, balão de papel e outros... Professora Simone Helen Drumond de Carvalho – 8813-9525 - 8808-2372
  4. 4. CONTEPROCEDIMENTOS METODOLOGICOS REFORÇO (leitura e escrita) Ciências Naturais Pp – pa pe pi po pu pão Medicina caseira e os tipos de alimentação da nossa cultura. Papo, papa, papai, pé, pega, apelido, pipa, piada, pipoca, pó, popa, Montar murais de pesquisas sobre plantas medicinais e seus piano, pulo, pua, pião. benefícios e utilidades; fazer a hora do chá... Realizar um lanchinho em classe coletivo de comidas típicas, ou só O pato uma pesquisa de figuras e montar um painel. O pato nada no lago Pepeu não nada Ciências Sociais Pepeu é o cão de Felipe. Nossa cultura – Nosso folclore. Felipe jogou pão na água. Conhecer tipos populares: o peixeiro, bananeiro, jornaleiro, leiteiro, Ela falou: cascalheiro e outros (como eles se transformaram nos dias atuais). - Epa! O pato papou o pão! Festas regionais o Boi Bumba, Junina, Ciranda, Cupuaçu, Laranja, Guaraná e do leite; nacional carnaval e outras... Mm - ma me mi mo mu mão Amigo, mela, mamão, meia, medo, miado, mico, moeda, mola, mofo, mula, limão, mãe, mamãe, mimado, camelo, Moema, Mimo, macaco e mão. Matemática Mimo Realização de contagem livre e dirigida dos números de 0 a 30. Escrita da seqüência numérica, seus antecessores e sucessores, Mimo é o macaco de Jujuba. ordem crescente e decrescente. Jujuba fala: - Mimo, joga a bola! Formação social e pessoal O macaco joga a bola. Jujuba dá melado a Mimo. Valorizar a cultura do seu povo. * Perceber-se como parte integrante dessa cultura Segundo Vigotsky, “a criança usa as interações sociais como formas privilegiadas de acesso a informações, aprendendo as regras dos jogos, observando o outro e não como o resultado de engajamento individual na solução de problemas”. Desta maneira, aprende a regular seu comportamento pelas reações, quer elas pareçam boas ou não. Professora Simone Helen Drumond de Carvalho – 8813-9525 - 8808-2372

×