SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
                                                                  SUBSECRETARIA DE GESTÃO EDUCACIONAL
                                                                  DEPARTAMENTO DE GESTÃO EDUCACIONAL
                                                                  DIVISÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL
                                                                  Av. Mário Ypiranga Monteiro, 2549 - Parque 10
                 FICHA DE PLANEJAMENTO DOS MESES DE JUNHO E JULHO Cep. 69057-002SIMONE – Amazonas
                                                                  – AUTORA: – Manaus HELEN DRUMOND - SEMED
                                                                  Fone: 92 3643-6900

     ESCOLA/CMEI .............................................................................
          Professora: ..................................................................................................................................................................
                                                          Série:                      Turno:                                Período:
Tema: Indicadores de Qualidade da Educação Infantil.
Objetivo Geral: Trabalhar estratégias a fim de adquirir desempenho nos Indicadores de Qualidade da Educação Infantil.
 FORMAÇÃO PESSOAL E
        SOCIAL                                  HABILIDADES                                          CONTEÚDOS                                   PROCEDIMENTO METODOLÓGICO
  EIXOS DE TRABALHO
Identidade e Autonomia             Interagir e relacionar-se por                      Eu, nós e todo mundo na                              Seqüência              2:       eu,        tu,   eles
                                   meio de fotos.                                              escola                                      1. Preparar um pequeno cartaz com janelinhas
                                                                                                                                           que abrem e fecham, uma sobre a outra, para
Material necessário                                                                                                                        cada criança (uma coluna, com espaço para
    ( ) Fotos das crianças         Perceber-se a si e ao outro, as
                                   igualdades      e   diferenças,                 Seqüência 1 : eu, eu e eu                               quatro ou cinco fotos). Na janelinha de cima,
       sozinhas, com seus                                                          1. Numa roda, distribuir caixinhas supresa              colocar a foto da criança e fechar, de forma que
      familiares, com seu          mediante       as    interações                 para as crianças com suas respectivas fotos             a foto fiue escondida. Sugerir às crianças que
     brinquedo preferido, e        estabelecidas.                                  dentro, de forma que abram e encontrem a                abram as janelinhas e encontrem qual é o seu
        outras, realizando                                                         sua                                 imagem.             cartaz.
      atividades que gosta         Sentir-se            valorizado     e           2. Distribuir as fotos e ajudar as crianças a
   sozinhas e junto de seus        reconhecido                  enquanto           colá-las sobre os cabides, onde ficam                   Seqüência 3: nós e todo mundo
        colegas na escola.                                                         penduradas suas sacolas. Deixar as fotos                1. Com os cartazes, montar um biombo para
                                   indivíduo.
  ( ) Caixinhas de sapato                                                          sempre no mesmo lugar para que as                       sala, ou um grande mural, ao qual as crianças
     infantil para servir de                                                       crianças saibam o lugar destinado a ela                 terão acesso livre para verificar as fotos de suas
                                   Enxergar-se a si próprio como                   guardar seus pertences. (Pode-se também                 janelinhas     e    as     de     seus     colegas.
 caixinhas surpresa. Podem
                                   parte de um grupo, de uma                       fazer um mural de bolsos e, com ajuda das               2. Tirar fotos das crianças na escola, em suas
  ser pintadas, ou forradas.                                                       crianças, colar suas fotos, uma em cada
                                   unidade complexa.                                                                                       atividades cotidianas, em pequenos ou em
 ( ) Papel craft para fazer                                                        bolso).                                                 grandes grupos. Montar um móbile na altura das
       cartazes de pregas.                                                         3. Fazer um cartaz de pregas representando              crianças para enfeitar um canto da sala.
( ) Papel cartão colorido e                                                        a escola e outro representando a casa.                  3. Entre algumas fotos tiradas na escola,
  cola para confeccionar os                                                        Disponibilizar as fotos das crianças numa               selecionar as mais ilustrativas das atividades que
   cartazes com janelinhas.                                                        caixa que fique disponível a elas no início             acontecem diariamente para confeccionar um
         ( ) Fita adesiva                                                          do dia.                                                 quadro de rotina do grupo.
CONHECIMENTO DE
        MUNDO                           HABILIDADES                                CONTEÚDOS                       PROCEDIMENTO METODOLÓGICO
  EIXOS DE TRABALHO

    Movimento                   Percorrer o espaço destinado à                                            1. Inserir um arco no trajeto entre a linha de
Material:
                                brincadeira,     realizando      os    Meus movimentos                    saída       e      a        de       chegada.
                                movimentos necessários para                                               2. Combinar que devem se deslocar
- almofadas;
                                transpor       os        obstáculos Participação em brincadeiras e jogos  caminhando e, ao se depararem com o arco,
- cordas;
                                apresentados no circuito.           que envolvam correr, subir, descer,   devem saltar, para entrar nele e, depois,
- arcos;
                                                                                                          saltar novamente para sair de dentro,
                                                                    escorregar, pendurar-se, movimentar-se,
- bastões;
                                                                    para      ampliar      gradualmente   continuando o trajeto até chegar à linha de
                                                                                                               o
- mesas;
                                                                    conhecimento e o controle sobre o     chegada.
- túnel – que pode ser
                                Ampliar      as      possibilidades corpo e o movimento.                  3. Solicitar que experimentem a tarefa
construído com uma
                                expressivas       do        próprio                                       correndo.
sucessão de mesas cobertas
                                movimento, utilizando gestos e o                                          4. Introduzir mais um objeto no trajeto,
por um lençol, por
                                ritmo corporal nas brincadeiras; Utilização          dos      recursos    como uma corda esticada no chão. Portanto,
                                                                                                              de
exemplo.
                                jogos e demais situações.           deslocamento e das habilidades de     quando estiverem percorrendo o trajeto, os
                                                                    força,     velocidade,     resistênciaalunos devem saltar para dentro e para fora
                                                                                                               e
Avaliação:                                                          flexibilidade nos jogos e brincadeirasdo arco e, diante da corda, caminhar sobre
Durante a realização da                                             dos quais participa.                  ela.
atividade, verificar se os      Controlar gradualmente o próprio                                          5. E assim sucessivamente: cada vez
alunos:                         movimento, aperfeiçoando os seus Atividade motivacional:                  inserindo mais um elemento no circuito.
- Coordenam movimentos          recursos de deslocamento e Em um ambiente externo, demarcar               Sugere-se: passar embaixo de uma mesa;
para executar todo o            ajustando     suas                                                        escalar uma pilha de almofadas; engatinhar
                                                        habilidades uma área para a realização da atividade,
percurso            proposto.   motoras.                            indicando as linhas de saída e de     dentro de um túnel; contornar uma sucessão
- Demonstram apresentar                                             chegada. Propor aos alunos que        de bastões colocados paralelamente no chão;
equilíbrio e resistência para                                       percorram essa distância de diferentesentre outras possibilidades que dependem
executar      o     percurso.                                       formas:       caminhando,             diretamente dos objetos que a escola
                                                                                                     saltitando,
- Saltam, engatinham,                                               engatinhando, correndo. Essa atividadedispuser.
arrastam-se de maneira                                              pode ocorrer individualmente ou em    6. Para finalizar as experimentações,
adequada ao obstáculo em                                            pequenos grupos de alunos, dependendo convidar os alunos a criar uma nova ordem
questão.                                                            do espaço disponível.                 para apresentar os objetos, de modo a
- Apresentam iniciativa                                                                                   proporcionar um circuito diferenciado de
para resolver pequenos                                                Conversar com os alunos sobre as movimentos e possibilidades motoras.
problemas        que       se                                         facilidades e as dificuldades na
apresentam      durante     a                                         realização   das modalidades     de
atividade, pedindo ajuda se                                           deslocamento     que         foram
necessário.                                                           experimentadas.
CONHECIMENTO DE
      MUNDO                   HABILIDADES                           CONTEÚDOS                          PROCEDIMENTO METODOLÓGICO
EIXOS DE TRABALHO
                    Conhecer musicas de diferentes Os tipos de músicas mais utilizadas em          1. Criar um ambiente musical na escola,
                    gêneros, ritmos e estilos, para sala de aula, de acordo com os                 pode-se notar que o interesse das crianças
                    compreender um pouco da história questionários, são:                           aumenta e a participação flui de maneira
                    dessa linguagem.                                                               mais livre e solta. Desta forma através da
                                                                   Cantigas de roda                criatividade noas, professoras do Maternal
                    Desenvolve sua capacidade de                                                   pretendemos tornar as aulas mais ricas e
                    concentração,           raciocínio,       Música Popular Brasileira            interessantes, através da música, para
                    memória, os benefícios da                                                      sensibilidade e atenção dos alunos.
                    utilização da música na educação             Músicas Religiosas
   Música           se estendem por todas as áreas de                                              2. Brincadeiras cantadas:
                    aprendizagem.                       Músicas diversificadas, escolhidas pelos
                                                                         alunos                    Seu rei mandou pedir...
                    Ouvir, perceber e discriminar sons                                             O cravo brigou com a rosa.
                    diversos,    fontes   sonoras     e           Poemas musicados                 A linda Rosa Juvenil.
                    produções musicais.                                                            Capelinha de melão,
                                                                   Músicas Gospel                  Cai, cai balão aqui na minha mão,
                                                                                                   Pula a fogueira Iaiá,
                    Brincar com a música, imitar,                                                  Bom barqueiro
                    inventar e reproduzir criações                                                 O balão vai subindo vai caindo a garoa.
                    musicais.                                                                      Com a filha de João, Antonio queria se
                                                                                                   casar, mas Pedro subiu com a noiva.


                                                                                                   3. Brincadeiras dramatizadas:
                                                                                                   A linda Rosa Juvenil
                                                                                                   Está pronto Seu Lobo?


                                                                                                   4. Jogos envolvendo a música:

                                                                                                   Macaca,
                                                                                                   Chicote queimado,
                                                                                                   Pular corda,
                                                                                                   Boca de forno,
                                                                                                   Passa anelzinho.
CONHECIMENTO DE
      MUNDO                    HABILIDADES                             CONTEÚDOS                             PROCEDIMENTO METODOLÓGICO
EIXOS DE TRABALHO
                                                          Artes Plásticas                                1. Valer-se do grafismo infantil livre e
                    Reconhecer, através do teatro infantil                                               dirigido para compreender a função das
                    o contexto simplificado sobre a As cores primarias nas artes plásticas               cores e formas geométricas na arte.
                    importância das cores e formas                                                       2. Por meio da atividade com o teatro de
                    geométricas.                           As formas geométricas nas artes               fantoches, deixar os alunos interagirem
                                                           plásticas.                                    expressando seus saberes sobre os projetos
Artes Visuais       Estimular o interesse e a criatividade                                               HIGIENE BUCAL e HORTA SUSPENSA.
                    dos conteúdos propostos, por meio Teatro                                             3. Deixar os alunos manusearem os
                    das artes plásticas e do teatro.       Teatro de Fantoches (bonecos diversos,        fantoches para explicarem aos coleguinhas a
                                                          construídos de papel) para relatar dentro de   expressividade de sua construção a partir das
                                                          um contexto simplificado sobre a               construções com sucatas.
                                                          importância da HIGIENE BUCAL e das             4. Construir com os alunos uma Horta
                                                          DATAS COMEMORATIVAS.
                                                                                                         Suspensa de garrafas Pets.
                                                                                                         5. Valer-se dos fantoches e materiais que a
                                                          PROJETO HORTA SUSPENSA (Construir
                                                          com garrafas PET uma Horta Suspensa).          escola possui para trilhar coesamente os
                                                                                                         procedimentos destacados no Projeto
                                                                                                         Higiene Bucal.
                    Desenvolver a habilidade de ler, Revisão da letrinha Ee                              1. Atividades gráficas envolvendo: pintura,
                    identificar e traçar de acordo com                                                   escrita das letras em estudo e ampliação da
                    sua habilidade as letras em estudo. Apresentação da letra Ii                         criatividade por meio de desenhos livres e
                                                                                                         dirigidos.
                    Estimular o interesse pela descoberta Escrita (grafismo) e canção das vogais         2. Dramatização de histórias para ampliação do
                                                                                                         vocabulário infantil.
 Linguagem          do código escrito das vogais em                                                      3. Explicar, exemplificando na lousa o
                    estudo, por meio do contexto lúdico. Ampliação do vocabulário, a partir de           movimento correto das letras em estudo.
    oral                                                   relatos de experiências vivenciadas no        4. Promover o dia das histórias/ conto ou lendas
                    Favorecer o interesse pelas histórias, cotidiano familiar e escolar dos
      e             contos e lendas, onde a ludicidade educandos.
                                                                                                         (neste dia as crianças escolhem um livrinho do
                                                                                                         cantinho da leitura e contam o que sabem sobre
   escrita          permeiem de forma harmoniosa,                                                        aquele contexto (está atividade tem o objetivo de
                    promovendo assim, a compreensão Conversas formais/dirigidas e informais              aguçar o imaginário infantil, a partir da leitura
                    do contexto em estudo na área da                                                     de imagens).
                    Linguagem oral e escrita.              Histórias, contos e lendas.                   5. Valer-se de cartazes com as letrinhas do
                                                                                                         alfabeto, em todo contexto de trabalho, para
                    Valer-se dos vídeos educativos como Vídeos educativos como forma de                  incentivar a assimilação das vogais.
                    forma de ampliar o repertorio dos ampliar o repertorio do contexto da                6. Conversar com as crianças na rodinha para
                    conteúdos da Linguagem Oral e Linguagem Oral e Escrita.                              ampliar os conteúdos em estudo
                                                                                                         7. Grafismo livre e dirigido dos conteúdos.
                    Escrita.
CONHECIMENTO DE
      MUNDO                   HABILIDADES                             CONTEÚDOS                        PROCEDIMENTO METODOLÓGICO
EIXOS DE TRABALHO
                    Perceber a noção de geometria por Noções de geometria do Ensino Infantil    1. Atividades gráficas envolvendo os
                    meio de atividades lúdicas.                                                 conteúdos em estudo.
                                                       Revisando o Triângulo                    2. Promover jogos envolvendo Noções de
                    Identificar problemas relacionados                                          Geometria do Ensino Infantil .
                    ao seu cotidiano que envolvam as Apresentação do Quadrado                   3. Trabalhar com barbante ou cordas, para
                    linhas abertas e fechadas.                                                  que as crianças compreendam as figuras
 Matemática                                            Cor azul                                 geométricas em estudo.
                    Promover construções e atividades                                           4. Apresentar forma geométrica e
                    com material concreto para Número e quantidade 3                            nomenclatura, por meio de material
                    fixação do conhecimento dos                                                 concreto.
                    números, das formas e cor em Revisando o número 2                           5. Contagem um a um com material
                    estudo.                                                                     concreto dos números em estudo.
                                                                                                7. GRAFISMOS DOS NÚMEROS EM
                    Desenvolver       atividades    para                                        ESTUDO - Promover atividades acerca dos
                    ampliação dos conhecimentos                                                 números em estudo, mostrando o
                    infantis, através da ludicidade para                                        movimento correto da escrita de cada
                    compreensão de todo contexto                                                número.
                    matemático em estudo.                                                       8. Ludicidade com a cor AZUL
                    Compreender a importância da           Natureza                             1. Promover a ludicidade, através de
                    higiene pessoal; dos animais                                                músicas sobre os contextos em estudo.
                    domésticos; do dia dos pais; do        Higiene Pessoal                      2. Valer-se do teatro infantil e dos fantoches
                    nosso folclore; dos soldados                                                educacionais para estimular a aprendizagem
                    brasileiros e das demais datas         Animais Domésticos                   dos conteúdos,
  Natureza          comemorativas.                                                              3. De forma interdisciplinar contextualizar
      e                                                                                         todo processo em estudo por meio de
                    Abranger por meio do contexto          Sociedade                            material gráfico.
  Sociedade         lúdico    a    importância   dos                                            4.Por meio da diversidade escolar, explorar
                    conteúdos em estudo para sua           Dia dos pais                         as datas cívicas em estudo.
                    progressão pessoal infantil.           Dia do Folclore                      5 Valer-se dos cartazes e outros materiais
                                                           Dia do Soldado                       gráficos para ampliar a aprendizagem.
                    Perceber-se como sujeito de                                                 6. Trabalhar a higiene infantil em vários
                    extrema importância no contexto        As demais datas comemorativas que aspectos por meio de cartazes, musica,
                    das datas comemorativas em             serão trabalhadas neste planejamento jogos, brincadeiras e atividades gráficas.
                    estudo e do PROJETO HIGIENE            estão em anexo.                      7. Valer-s dos recursos anexados ao
                    BUCAL.                                                                      PROJETO HIGIENE BUCAL como forma
                                                            PROJETO HIGIENE BUCAL de ampliar o aprendizado infantil.
DATAS COMEMORATIVAS DE AGOSTO                                                    DATAS COMEMORATIVAS DE AGOSTO
                                                                    16 . Dia do Filósofo
01 · Dia Nacional do Selo                                           19 · Dia do Artista de Teatro
03 · Dia do Tintureiro                                              19 · Dia Mundial da Fotografia
03 . Dia do Capoeirista                                             20 . Dia dos Maçons
05 · Dia Nacional da Saúde
08 · Dia do Pároco                                                  22 · Dia do Folclore
11 · Dia da Televisão                                               22 . Dia do Supervisor Escolar
11 · Dia do Advogado                                                23 · Dia da Injustiça
11 · Dia do Estudante
11 · Dia do Garçom                                                  24 · Dia da Infância
11 . Dia Internacional da Logosofia                                 24 · Dia dos Artistas
11 . Dia dos Advogados                                              24 · Dia de São Bartolomeu
12 · Dia Nacional da Artes                                          25 · Dia do Feirante
13 · Dia do Economista                                              25 · Dia do Soldado
14. Dia do Cardiologista                                            27 · Dia do Corretor de Imóveis
                                                                    27 · Dia do Psicólogo
Segundo Domingo de Agosto .                                         28 · Dia da Avicultura
Dia dos Pais                                                        28 · Dia dos Bancários
15 · Assunção de Nossa Senhora                                      29 · Dia Nacional do Combate do Fumo
15 · Dia da Informática                                             31º · Dia da Nutricionista
15 · Dia dos Solteiros

Avaliação:
( ) Registro das falas dos alunos sobre o que aprenderam sobre (   ) Interesse                             ( ) Outras formas de avaliar ___________________
determinado conteúdo.                                          (   ) Assimilação dos conteúdos             __________________________________________
( ) Colaboração                                                (   ) Empenho                               __________________________________________
( ) Auto expressão dos saberes, de acordo com sua maturação.   (   ) Organização                           __________________________________________
( ) Observação                                                 (    ) Progressão                           __________________________________________
( ) Procedimento coeso infantil das atividades                 (    ) Perguntas e respostas                __________________________________________
( ) Participação                                               (    ) Co-autoria infantil das atividades
                             Professor (a):                                       Gestor (a) / Pedagogo (a):
Data:     /      /
Projeto Crescer Com Saúde Bucal
 Autora: Simone Helen Drumond - SEMED



1- JUSTIFICATIVA
Servirá de conscientização para os educandos e educadores através de teoria fundamentada na prática, voltada especificamente para
a higiene bucal. As informações transmitidas e as ações executadas pelos envolvidos neste projeto servirão para minimizar ou sanar
as possíveis enfermidades que podem comprometer não só a saúde física como a bucal, como: a banguelice, as feridas, as cáries, o
mau hálito não só na escola, bem como no contexto familiar.
A escola sendo uma instituição de ensino onde, se aplicando as técnicas e os recursos adequados podem alcançar resultados
positivos e agradáveis visando sempre à melhoria na qualidade do ensino e de vida e bem estar das famílias.

2- OBJETIVOS

2.1 GERAL: Incentivar os educandos a pratica da higiene bucal no seu dia a dia, estimulando-lhes o interesse em manter a dentição e
a boca saudáveis.

2.2 ESPECIFICOS:
• Reconhecer a importância da escovação dos dentes, para prevenir as cáries;
• Entender a necessidade de se ter bons hábitos de higiene bucal;
• Reconhecer quais são os amigos e inimigos dos dentes;
• Demonstrar as maneiras corretas de escovar os dentes;
• Conhecer os nomes dos dentes e suas funções;
• Compreender a importância de escovar os dentes depois de cada refeição e depois de comer doces;
• Reconhecer que a saúde começa pela boca e que para ter um sorriso bonito é preciso cuidar dos nossos dentes;
3- RECURSOS MATERIAIS
- Lousa
- Figuras
- Revistas
- Livros
- Vídeos
- Fita de vídeo
- Televisão
- Som
- CD musicais
- Cartolinas
- Escova de dente
- Creme dental
- Fio dental
- Flúor
- Panfletos sobre higiene bucal
- Textos/Cartazes sobre higiene bucal

4- RECURSOS HUMANOS
- Professoras (do maternal)
- Alunos (do maternal)
- Dentistas (convidar um dentista para fazer uma palestra na escola).
- Direção escolar


5- METODOLOGIA
Estabelecer novas possibilidades de aprendizagem para os alunos no sentido de melhorar as condições do aprender e de sua
intervenção no mundo.
Promovendo a discussão sobre a fita de vídeo para melhor compreensão, informando a criança sobre a boa alimentação para o
sorriso saudável.
Organizando peça teatral para melhorar a compreensão sobre os amigos e inimigos dos dentes.
Formação de grupos musicais para interagir com as crianças sobre o tema do projeto.

6- AVALIAÇÃO

Participação, assiduidade e interesse dos alunos.
Projeto Crescer Com Saúde Bucal
Autora: Simone Helen Drumond - SEMED


                         1- MÚSICAS:
                - Meus dentinhos (melodia: Os dedinhos)

                  Meus dentinhos, meus dentinhos.
                      Vou escovar, vou escovar.
                  Pra ficar limpinhos, pra limpinhos.
                    E branquinhos e branquinhos.

               - Paródia da música “Aquarela” de Toquinho

         Numa boca qualquer eu percebo um dentinho amarelo
           E com cinco ou seis cáries é fácil saber o mistério
           Chocolates e doces na mão, a escova no armário.
            E se sinto doer, vou correndo chamar Dr. Mário.
   Se um pinguinho de açúcar cai no meu dentinho branco igual papel
    Num instante imagino um montão de bichinhos morando no céu...
Da minha boca, vai furando, cariando todos os dentes
                              Vai doendo
                   Enfeiando a minha boca, ao sorrir.
     Culpa minha, eu não cuidei de ti, faltou carinho pra te preservar.
                               O dentista
                             É meu amigo
                       Só tem ele pra me ajudar
                              Eu prometo
                            Pra mim mesmo
                         Vou cuidar dos dentes
                           Não, vou chorar.
      Culpa minha, eu não cuidei de ti, prometo agora te preservar.

                   - Paródia da música: “Mamãe eu quero”

                              Mamãe eu quero
                              Mamãe eu quero
                          Mamãe eu quero escovar
                       Me dá o creme, me dá escova
                   E o fio dental que também vai ajudar.

                             Mamãe eu quero
                             Mamãe eu quero
                         Mamãe eu quero escovar
Já tenho o creme, que tem o flúor e o meu dentinho bem mais forte vai ficar.
Mamãe eu quero
                           Mamãe eu quero
                        Mamãe eu quero sorrir
Com dentes fortes e bem limpinhos, e sem doenças para eu ser mais feliz.

                    Cuide filhinho da sua dentição
                 Cuide do dentinho e se livre do bichão
                        Escove bem os dentes
                       Tenha uma boa educação
                        Escove bem os dentes
                      Tenha uma boa educação.

                - Paródia da música “Requebra” do Olodum

                       Escova, escova, escova sim
                              Pode escovar
                             Pode rir de mim
            Em cima, em cima, em cima, em cima ô, ô, ô, ô.
           Em baixo, em baixo, em baixo, em baixo ô, ô, ô, ô.
                     Pode circular, vai e vem pra cá.
                     Pode circular, vai e vem pra cá.
                                Escova!!!
                 Com a boca marrom, não posso ficar.
              Por isso eu tenho escova e creme para usar
           Eu já falei dor de dente na boca jamais vai existir
        Pois sorriso não existe se esse costume não se adquirir
Pode escovar / Pode escovar

- Minha querida escovinha: Paródia da música Samba-lê-lê

              Minha querida escovinha
               Vai pela boca escovando
              Vai aos dentinhos levando
                Uma gostosa pastinha

     Refrão: Escova, escova, escova, escovinha
            Limpa, limpa, limpa, pastinha

                  Com fluoreto sódio
               Vou bem feliz bocejando
               E assim cáries maldosas
                 A gente vai evitando

     Refrão: Escova, escova, escova, escovinha
            Limpa, limpa, limpa, pastinha

                E sempre à noitinha
            Devo escovar os meus dentes
             Com a boquinha bem limpa
               Acordarei sorridente.
Projeto Crescer Com Saúde Bucal
 Autora: Simone Helen Drumond - SEMED




2- TEXTOS:
- QUEM É QUEM DENTRO DA BOCA

Os adultos têm 32 dentes na boca.
Quando eles caem não nascem outros. As crianças têm 20, que começam a serem trocados por volta dos sete anos.
Os dentes da frente são os incisivos.
Eles são oito e cortam os alimentos.
Os caninos servem para rasgar a comida. Eles parecem dentes de cachorro. Todo mundo tem quatro caninos.
Os pré-molares são os dentes do meio. As crianças não têm dentes pré-molares. Os adultos têm oito.
Os molares servem para “amassar” o alimento.
As crianças têm oito dentes molares e os adultos, 12.


- A SAÚDE DOS DENTES

Cuidar dos dentes é um hábito pessoal muito importante para a saúde. Uma boa dentição auxilia na mastigação dos alimentos.
Escovar os dentes ao levantar, após as refeições e antes de dormir.
- A SAÚDE DE SEU SORRISO

Existem três coisas muito importantes para se ter uma boca saudável: boa alimentação. Higiene e acompanhamento do dentista.

- Alimentação:
A placa bacteriana é uma massa esbranquiçada que aparece nos dentes depois que comemos. Ela é formada por restos de comida,
principalmente os açucares, que quando fermentam, provocam cáries e inflamações na gengiva.
Portanto, não como doces demais. Isso pode estragar os dentes e não alimentar direito
Comer apenas nas refeições também é muito importante.
Nada de beliscar a toda hora.
Prefira alimentos naturais, como frutas e sucos, que tem menos açúcar e são mais saudáveis.

- Higiene
Escovar os dentes depois de comer é o melhor jeito de impedir doenças na boca.
Quem come entre as refeições precisa escovar os dentes mais vezes. Se comer somente no café, almoço e jantar terão de escová-los
três vezes. Bem melhor, né?
Use escovas de cerdas macias e de cabeça pequena.
Quando as cerdas começarem a ficarem curvas, já não limpam mais os dentes. Aí é hora de trocar de escova.
Escove todos os lados dos dentes.
Limpe dois de cada vez, com calma e sem usar muita força. A gengiva tem uma parte solta do dente que junta restos de comida e
deve ser bem escovada. Escove também a língua, ou ela ficará branca e suja.
Você sabia que a saliva e a língua limpam os dentes? Quando a gente dorme, a saliva diminui e a língua fica parada. É aí que as
bactérias fazem a festa com os restos de comida que ficam na boca. Por isso a escovação antes de dormir é a mais importante. É por
isso também que os bebês não devem tomar mamadeira a noite: os restos de leite causam a cárie de mamadeira.
Outro grande inimigo na limpeza bucal é o fio dental. Pelo menos uma vez por dia, de preferencia na ultima escovação, antes de
dormir, passe o fio dental entre os dentes.

- Acompanhamento do dentista
Se você for sempre ao dentista, ele irá ajuda-lo a fazer uma higiene correta, aplicando flúor para proteger os dentes e ensinar vários
cuidados especial. Ele poderá até mesmo descobrir problemas que só no futuro começarão a incomodar.
Tudo isso é prevenção, cuidados que devemos tomar para evitar doenças bucais e manter um sorriso bonito com dentes brancos e
fortes.
- BOCA SAUDÁVEL, SORRISO FELIZ!

Algumas pessoas acham que se usarem antisséptico bucal (aquele liquido para fazer bochechos), não precisarão escovar os dentes.
O bochecho consegue apenas limitar o crescimento das placas bacterianas acumular-se em seus dentes, ela acaba endurecendo. E aí
vira tártaro, uma camada dura e amarelada que somente o dentista consegue tirar.

Revista Educativa do Sesinho, Ano 3, nº 32

- CURIOSIDADES!?!?

O ser humano tem 32 dentes. Se você acha que dá trabalho escovar, isso tudo, está na hora de conhecer os:
“Dentuços” do Mundo Animal

Quem pensa que os crocodilos são os campeões, está enganado. Apesar do bocão, nenhum deles chega a ter 100 dentes. Nesse
assunto, os peixes é que dão um show. O tubarão–baleia, por exemplo, tem apenas 20 cm de comprimento e mais de 4500 dentes!
Mais incrível ainda é o peixe-gato, que mede no máximo 30 cm de comprimento, mas 9280 dentes, mais do que o dobro do tubarão-
baleia.

Revista Educativa do Sesinho, Ano 3, nº 32


- MÁQUINA DO TEMPO: A MAIOR DAS INVENÇÕES

Imagine como seria viver sem escova e pasta de dentes. Além do mau hálito, as pessoas acabariam desdentadas! Por isso, os
homens sempre se preocuparam com a higiene bucal.
Os antigos egípcios há milhares de anos, já usavam um tipo de pasta para limpar os dentes. Era uma mistura esquisita em que
entrava até cinza de ossos de boi. Talvez limpasse os dentes, mas eles não deviam ficar muito brancos.
Os índios brasileiros também se cuidavam, antes mesmo dos portugueses chegarem aqui.
Havia uma tribo do Mato Grosso, chamada Kuikuro, que usava resina de jatobá (uma árvore) para preencher buracos nos dentes.
Cada povo tinha seu jeito de tratar do assunto. Alguns criaram dentaduras, que também não resolviam o problema.
É que muitas eram feitas de madeira e outros materiais que, com o tempo, estragavam e até apodreciam dentro da boca. Eca!
No final do século XV, surgiu uma grande novidade: os chineses criaram a escova de dente. Feitas com pelos de porco, foi um
sucesso na Europa. Mas como custava caro, às vezes se comprava uma para toda família.
No século XVIII, quando os ingleses inventaram a pasta de dente, a situação mudou muito: quem tinha pouco dinheiro passava o
creme no dedo mesmo.
Já pensou se hoje fosse assim?
Ainda bem que as coisas melhoraram bastante de lá para cá. Não é a toa que uma pesquisa feita nos Estados Unidos escolheu a
escova de dente como a maior das invenções. Mais importante até do que o carro e o celular.
Afinal, há muitas maneiras de viajar e se comunicar. Mas não existe um jeito melhor de limpar os dentes do que com uma boa
escovada.


Revista Educativa do Sesinho, Ano 3, nº 32



- A PASTA DE DENTE
A pasta de dente é uma mistura de muitos ingredientes, cujos principais são: um tipo de detergente para limpar os dentes e uma
substancia chamado flúor, que serve para deixa-los mais forte. Existem também corantes e açucares que dão gosto e cor a pasta. O
creme entra no tubo pela parte de baixo, oposta ao bico com tampa. Depois uma maquina prensa a parte por onde a pasta entrou,
selando o tubo.

Revista Recreio, nº 78. Abril


            10 MANDAMENTOS DA SAÚDE BUCAL                                    BENEFÍCIO DA DENTIÇÃO SAUDÁVEL

    1- Escovar corretamente os dentes, após cada refeição e                                 1- Boa saúde
                  principalmente antes de dormir;                                         2- Boa aparência
            2- Escove a língua para evitar o mau hábito;                                  3- Boa pronuncia
 3- Use regularmente o fio dental para limpeza entre os dentes;                             4- Bom hálito
 4- Use periodicamente o flúor para fortalecimento dos dentes;                             5- Boa digestão
                   5- Use creme dental com flúor;                               6- Favorece o relacionamento social
              6- Evite o consumo freqüente de açúcar;                              7- Favorece a vida profissional
   7- Visite periodicamente o seu dentista (de 6 em 6 meses)                8- Sorriso saudável gera um bem estar geral
             8- Lave sempre a sua escova após o uso;
  9- Utilize escova com cerdas macias e pontas arredondadas;
 10- Troque periodicamente a sua escova (aproximadamente a
                           cada 4 meses);

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Planejamento adaptação escolar por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar  por simone helen drumondPlanejamento adaptação escolar  por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar por simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Parecer descritivo do maternal simone helen drumond
Parecer descritivo do maternal simone helen drumondParecer descritivo do maternal simone helen drumond
Parecer descritivo do maternal simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Planejamento anual 2º periodo
Planejamento anual 2º periodoPlanejamento anual 2º periodo
Planejamento anual 2º periodoSimoneHelenDrumond
 
Inclusão escolar o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...
Inclusão escolar  o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...Inclusão escolar  o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...
Inclusão escolar o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...SimoneHelenDrumond
 
Planejamento de Sondagem Educ Infantil
Planejamento de Sondagem Educ InfantilPlanejamento de Sondagem Educ Infantil
Planejamento de Sondagem Educ Infantilkeillacr
 
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamentalConteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamentaljosivaldopassos
 
Plano anual 1 período 2011 simone drumond
Plano anual 1 período 2011   simone drumondPlano anual 1 período 2011   simone drumond
Plano anual 1 período 2011 simone drumondSimoneHelenDrumond
 
Adaptação escolar por simone helen drumond
Adaptação escolar por simone helen drumondAdaptação escolar por simone helen drumond
Adaptação escolar por simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Ficha avaliação educação infantil
Ficha avaliação educação infantilFicha avaliação educação infantil
Ficha avaliação educação infantilkeillacr
 
Plano anual 2º período 2011 simone drumond
Plano anual 2º período 2011   simone drumondPlano anual 2º período 2011   simone drumond
Plano anual 2º período 2011 simone drumondSimoneHelenDrumond
 
Projeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantilProjeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantilnoely visconti
 
Proposta do berçário educação infantil
Proposta do berçário   educação infantilProposta do berçário   educação infantil
Proposta do berçário educação infantilRosemary Batista
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASAline_Lune
 
Proposta do maternal l e ll educação infantil
Proposta do maternal l e ll   educação infantilProposta do maternal l e ll   educação infantil
Proposta do maternal l e ll educação infantilRosemary Batista
 

Mais procurados (20)

Planejamento adaptação escolar por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar  por simone helen drumondPlanejamento adaptação escolar  por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar por simone helen drumond
 
Parecer descritivo do maternal simone helen drumond
Parecer descritivo do maternal simone helen drumondParecer descritivo do maternal simone helen drumond
Parecer descritivo do maternal simone helen drumond
 
Planejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodoPlanejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodo
 
Planejamento anual 2º periodo
Planejamento anual 2º periodoPlanejamento anual 2º periodo
Planejamento anual 2º periodo
 
Inclusão escolar o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...
Inclusão escolar  o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...Inclusão escolar  o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...
Inclusão escolar o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...
 
Planejamento de Sondagem Educ Infantil
Planejamento de Sondagem Educ InfantilPlanejamento de Sondagem Educ Infantil
Planejamento de Sondagem Educ Infantil
 
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamentalConteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental
Conteúdos d arte e ed. f[isica para o 1º e 2º ano do ensino fundamental
 
Ed. física 2º ano
Ed. física 2º anoEd. física 2º ano
Ed. física 2º ano
 
Plano anual 1 período 2011 simone drumond
Plano anual 1 período 2011   simone drumondPlano anual 1 período 2011   simone drumond
Plano anual 1 período 2011 simone drumond
 
Adaptação escolar por simone helen drumond
Adaptação escolar por simone helen drumondAdaptação escolar por simone helen drumond
Adaptação escolar por simone helen drumond
 
Ficha avaliação educação infantil
Ficha avaliação educação infantilFicha avaliação educação infantil
Ficha avaliação educação infantil
 
Projeto ludico simone drumond
Projeto ludico simone drumondProjeto ludico simone drumond
Projeto ludico simone drumond
 
Plano anual 2º período 2011 simone drumond
Plano anual 2º período 2011   simone drumondPlano anual 2º período 2011   simone drumond
Plano anual 2º período 2011 simone drumond
 
Projeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantilProjeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantil
 
Proposta do berçário educação infantil
Proposta do berçário   educação infantilProposta do berçário   educação infantil
Proposta do berçário educação infantil
 
Ens. religioso 3ª série
Ens. religioso 3ª sérieEns. religioso 3ª série
Ens. religioso 3ª série
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
 
Proposta do maternal l e ll educação infantil
Proposta do maternal l e ll   educação infantilProposta do maternal l e ll   educação infantil
Proposta do maternal l e ll educação infantil
 
Ed. física 1º ano
Ed. física 1º anoEd. física 1º ano
Ed. física 1º ano
 
Projeto trânsito 1
Projeto trânsito 1Projeto trânsito 1
Projeto trânsito 1
 

Destaque

PARTE 3 - Projeto semana dos bons dentes por simone helen drumond
PARTE 3 - Projeto semana dos bons dentes por simone helen drumondPARTE 3 - Projeto semana dos bons dentes por simone helen drumond
PARTE 3 - Projeto semana dos bons dentes por simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumond
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumondCartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumond
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumondSimoneHelenDrumond
 
Projeto a Fada do Dente
Projeto a Fada do DenteProjeto a Fada do Dente
Projeto a Fada do DenteVictor Alencar
 
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumondProjeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Saúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para criançasSaúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para criançasMayara Fontinele
 
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúde
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúdeProjeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúde
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúderogeriodias77
 
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3Clarisse Bueno
 
Paródia sobre projeto
Paródia sobre projetoParódia sobre projeto
Paródia sobre projetofamiliaestagio
 
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE kizy_oliver
 
Projeto palhaços do riso
Projeto palhaços do risoProjeto palhaços do riso
Projeto palhaços do risoCleidiomar Rosa
 
Sequência didática infância
Sequência didática infânciaSequência didática infância
Sequência didática infânciapipatcleopoldina
 
Referencial pedagógico maternal ii
Referencial pedagógico maternal iiReferencial pedagógico maternal ii
Referencial pedagógico maternal iiJuliana Cotini
 
Uma Proposta de Uso do Método TEACCH para Criança Autista 6 a 9 anos Usando o...
Uma Proposta de Uso do Método TEACCH para Criança Autista 6 a 9 anos Usando o...Uma Proposta de Uso do Método TEACCH para Criança Autista 6 a 9 anos Usando o...
Uma Proposta de Uso do Método TEACCH para Criança Autista 6 a 9 anos Usando o...Edmar Medeiros
 
Relatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucalRelatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucalluzitania
 
Educação fiscal pára de minas
Educação fiscal pára de minasEducação fiscal pára de minas
Educação fiscal pára de minasfpv_transilvania
 
Sequência de atividades
Sequência de atividadesSequência de atividades
Sequência de atividadesFernanda Damm
 
Orientações Curriculares para a Educação Infantil final
Orientações Curriculares para a Educação Infantil final   Orientações Curriculares para a Educação Infantil final
Orientações Curriculares para a Educação Infantil final Maria Galdino
 

Destaque (20)

PARTE 3 - Projeto semana dos bons dentes por simone helen drumond
PARTE 3 - Projeto semana dos bons dentes por simone helen drumondPARTE 3 - Projeto semana dos bons dentes por simone helen drumond
PARTE 3 - Projeto semana dos bons dentes por simone helen drumond
 
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumond
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumondCartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumond
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumond
 
Projeto a Fada do Dente
Projeto a Fada do DenteProjeto a Fada do Dente
Projeto a Fada do Dente
 
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumondProjeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
 
Saúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para criançasSaúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para crianças
 
RCNEI resumo eixos 2014
RCNEI resumo eixos 2014RCNEI resumo eixos 2014
RCNEI resumo eixos 2014
 
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúde
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúdeProjeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúde
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúde
 
Slides higiene bucal
Slides higiene bucalSlides higiene bucal
Slides higiene bucal
 
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3
 
Paródia sobre projeto
Paródia sobre projetoParódia sobre projeto
Paródia sobre projeto
 
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE
 
Projeto palhaços do riso
Projeto palhaços do risoProjeto palhaços do riso
Projeto palhaços do riso
 
Sequência didática infância
Sequência didática infânciaSequência didática infância
Sequência didática infância
 
Referencial pedagógico maternal ii
Referencial pedagógico maternal iiReferencial pedagógico maternal ii
Referencial pedagógico maternal ii
 
Uma Proposta de Uso do Método TEACCH para Criança Autista 6 a 9 anos Usando o...
Uma Proposta de Uso do Método TEACCH para Criança Autista 6 a 9 anos Usando o...Uma Proposta de Uso do Método TEACCH para Criança Autista 6 a 9 anos Usando o...
Uma Proposta de Uso do Método TEACCH para Criança Autista 6 a 9 anos Usando o...
 
Relatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucalRelatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucal
 
Educação fiscal pára de minas
Educação fiscal pára de minasEducação fiscal pára de minas
Educação fiscal pára de minas
 
Sequência de atividades
Sequência de atividadesSequência de atividades
Sequência de atividades
 
O dentinho-atrevido
O dentinho-atrevidoO dentinho-atrevido
O dentinho-atrevido
 
Orientações Curriculares para a Educação Infantil final
Orientações Curriculares para a Educação Infantil final   Orientações Curriculares para a Educação Infantil final
Orientações Curriculares para a Educação Infantil final
 

Semelhante a Planejamento agosto de 2011 simone drumond (2)

Projeto brincando com reciclados
Projeto brincando com recicladosProjeto brincando com reciclados
Projeto brincando com recicladossandramirandan
 
A interdisciplinariedade ludica no contexto do ensino infantil
A interdisciplinariedade ludica no contexto do ensino infantilA interdisciplinariedade ludica no contexto do ensino infantil
A interdisciplinariedade ludica no contexto do ensino infantilSimoneHelenDrumond
 
Actividades compreensão e expressão da oralidade
Actividades compreensão e expressão da oralidadeActividades compreensão e expressão da oralidade
Actividades compreensão e expressão da oralidadeascotas
 
Plano 19 a 23 de abril de 2021 (7)
Plano 19 a 23 de abril de 2021 (7)Plano 19 a 23 de abril de 2021 (7)
Plano 19 a 23 de abril de 2021 (7)Fernanda Costa
 
Ambiente visual guia_para_disposi€ ¦ção
Ambiente visual guia_para_disposi€ ¦çãoAmbiente visual guia_para_disposi€ ¦ção
Ambiente visual guia_para_disposi€ ¦çãoJu Dias
 
Planejamento maio simone helen drumond
Planejamento maio simone helen drumondPlanejamento maio simone helen drumond
Planejamento maio simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Conteúdo para ensino online fotografia
Conteúdo para ensino online   fotografiaConteúdo para ensino online   fotografia
Conteúdo para ensino online fotografiaFabiana Braga
 
Apostila dicas-jardim (1)
Apostila dicas-jardim (1)Apostila dicas-jardim (1)
Apostila dicas-jardim (1)Alice Lirio
 
Planejamento simone helen drumond 09
Planejamento simone helen drumond 09Planejamento simone helen drumond 09
Planejamento simone helen drumond 09SimoneHelenDrumond
 
Francicleia da costa dos santos professor inovador
Francicleia da costa dos santos professor inovadorFrancicleia da costa dos santos professor inovador
Francicleia da costa dos santos professor inovadorSimoneHelenDrumond
 
4 francicleia da costa dos santos professor inovador
4 francicleia da costa dos santos professor inovador4 francicleia da costa dos santos professor inovador
4 francicleia da costa dos santos professor inovadorSimoneHelenDrumond
 

Semelhante a Planejamento agosto de 2011 simone drumond (2) (20)

Identidade nova escola
Identidade nova escolaIdentidade nova escola
Identidade nova escola
 
Projeto brincando com reciclados
Projeto brincando com recicladosProjeto brincando com reciclados
Projeto brincando com reciclados
 
MATERNAL - MAPA ROTINA.pdf
MATERNAL - MAPA ROTINA.pdfMATERNAL - MAPA ROTINA.pdf
MATERNAL - MAPA ROTINA.pdf
 
A interdisciplinariedade ludica no contexto do ensino infantil
A interdisciplinariedade ludica no contexto do ensino infantilA interdisciplinariedade ludica no contexto do ensino infantil
A interdisciplinariedade ludica no contexto do ensino infantil
 
Actividades compreensão e expressão da oralidade
Actividades compreensão e expressão da oralidadeActividades compreensão e expressão da oralidade
Actividades compreensão e expressão da oralidade
 
Berçario i
Berçario i Berçario i
Berçario i
 
Plano 19 a 23 de abril de 2021 (7)
Plano 19 a 23 de abril de 2021 (7)Plano 19 a 23 de abril de 2021 (7)
Plano 19 a 23 de abril de 2021 (7)
 
Ambiente visual guia_para_disposi€ ¦ção
Ambiente visual guia_para_disposi€ ¦çãoAmbiente visual guia_para_disposi€ ¦ção
Ambiente visual guia_para_disposi€ ¦ção
 
Ativ2 6 anafrancisca
Ativ2 6 anafranciscaAtiv2 6 anafrancisca
Ativ2 6 anafrancisca
 
Planejamento maio simone helen drumond
Planejamento maio simone helen drumondPlanejamento maio simone helen drumond
Planejamento maio simone helen drumond
 
Bncc na ed infantil]
Bncc na ed infantil]Bncc na ed infantil]
Bncc na ed infantil]
 
A que sabe a lua noesis 70
A que sabe a lua noesis 70A que sabe a lua noesis 70
A que sabe a lua noesis 70
 
Livro Digital parte 1
Livro Digital  parte 1Livro Digital  parte 1
Livro Digital parte 1
 
Conteúdo para ensino online fotografia
Conteúdo para ensino online   fotografiaConteúdo para ensino online   fotografia
Conteúdo para ensino online fotografia
 
Atividade
AtividadeAtividade
Atividade
 
Planejamento setembro
Planejamento setembroPlanejamento setembro
Planejamento setembro
 
Apostila dicas-jardim (1)
Apostila dicas-jardim (1)Apostila dicas-jardim (1)
Apostila dicas-jardim (1)
 
Planejamento simone helen drumond 09
Planejamento simone helen drumond 09Planejamento simone helen drumond 09
Planejamento simone helen drumond 09
 
Francicleia da costa dos santos professor inovador
Francicleia da costa dos santos professor inovadorFrancicleia da costa dos santos professor inovador
Francicleia da costa dos santos professor inovador
 
4 francicleia da costa dos santos professor inovador
4 francicleia da costa dos santos professor inovador4 francicleia da costa dos santos professor inovador
4 francicleia da costa dos santos professor inovador
 

Mais de SimoneHelenDrumond

BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfBLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfSimoneHelenDrumond
 
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfSimoneHelenDrumond
 
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfSimoneHelenDrumond
 
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfArtigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfSimoneHelenDrumond
 
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfArtigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfSimoneHelenDrumond
 

Mais de SimoneHelenDrumond (20)

BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfBLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
 
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
 
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
 
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
 
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
 
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
 
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
 
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
 
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfArtigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
 
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
 
ARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdfARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdf
 
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
 
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfArtigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
 
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
 
ARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdfARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdf
 
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
 
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
 
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
 
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
 
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
 

Último

BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 

Último (20)

BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 

Planejamento agosto de 2011 simone drumond (2)

  • 1. SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE GESTÃO EDUCACIONAL DEPARTAMENTO DE GESTÃO EDUCACIONAL DIVISÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL Av. Mário Ypiranga Monteiro, 2549 - Parque 10 FICHA DE PLANEJAMENTO DOS MESES DE JUNHO E JULHO Cep. 69057-002SIMONE – Amazonas – AUTORA: – Manaus HELEN DRUMOND - SEMED Fone: 92 3643-6900 ESCOLA/CMEI ............................................................................. Professora: .................................................................................................................................................................. Série: Turno: Período: Tema: Indicadores de Qualidade da Educação Infantil. Objetivo Geral: Trabalhar estratégias a fim de adquirir desempenho nos Indicadores de Qualidade da Educação Infantil. FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL HABILIDADES CONTEÚDOS PROCEDIMENTO METODOLÓGICO EIXOS DE TRABALHO Identidade e Autonomia Interagir e relacionar-se por Eu, nós e todo mundo na Seqüência 2: eu, tu, eles meio de fotos. escola 1. Preparar um pequeno cartaz com janelinhas que abrem e fecham, uma sobre a outra, para Material necessário cada criança (uma coluna, com espaço para ( ) Fotos das crianças Perceber-se a si e ao outro, as igualdades e diferenças, Seqüência 1 : eu, eu e eu quatro ou cinco fotos). Na janelinha de cima, sozinhas, com seus 1. Numa roda, distribuir caixinhas supresa colocar a foto da criança e fechar, de forma que familiares, com seu mediante as interações para as crianças com suas respectivas fotos a foto fiue escondida. Sugerir às crianças que brinquedo preferido, e estabelecidas. dentro, de forma que abram e encontrem a abram as janelinhas e encontrem qual é o seu outras, realizando sua imagem. cartaz. atividades que gosta Sentir-se valorizado e 2. Distribuir as fotos e ajudar as crianças a sozinhas e junto de seus reconhecido enquanto colá-las sobre os cabides, onde ficam Seqüência 3: nós e todo mundo colegas na escola. penduradas suas sacolas. Deixar as fotos 1. Com os cartazes, montar um biombo para indivíduo. ( ) Caixinhas de sapato sempre no mesmo lugar para que as sala, ou um grande mural, ao qual as crianças infantil para servir de crianças saibam o lugar destinado a ela terão acesso livre para verificar as fotos de suas Enxergar-se a si próprio como guardar seus pertences. (Pode-se também janelinhas e as de seus colegas. caixinhas surpresa. Podem parte de um grupo, de uma fazer um mural de bolsos e, com ajuda das 2. Tirar fotos das crianças na escola, em suas ser pintadas, ou forradas. crianças, colar suas fotos, uma em cada unidade complexa. atividades cotidianas, em pequenos ou em ( ) Papel craft para fazer bolso). grandes grupos. Montar um móbile na altura das cartazes de pregas. 3. Fazer um cartaz de pregas representando crianças para enfeitar um canto da sala. ( ) Papel cartão colorido e a escola e outro representando a casa. 3. Entre algumas fotos tiradas na escola, cola para confeccionar os Disponibilizar as fotos das crianças numa selecionar as mais ilustrativas das atividades que cartazes com janelinhas. caixa que fique disponível a elas no início acontecem diariamente para confeccionar um ( ) Fita adesiva do dia. quadro de rotina do grupo.
  • 2. CONHECIMENTO DE MUNDO HABILIDADES CONTEÚDOS PROCEDIMENTO METODOLÓGICO EIXOS DE TRABALHO Movimento Percorrer o espaço destinado à 1. Inserir um arco no trajeto entre a linha de Material: brincadeira, realizando os Meus movimentos saída e a de chegada. movimentos necessários para 2. Combinar que devem se deslocar - almofadas; transpor os obstáculos Participação em brincadeiras e jogos caminhando e, ao se depararem com o arco, - cordas; apresentados no circuito. que envolvam correr, subir, descer, devem saltar, para entrar nele e, depois, - arcos; saltar novamente para sair de dentro, escorregar, pendurar-se, movimentar-se, - bastões; para ampliar gradualmente continuando o trajeto até chegar à linha de o - mesas; conhecimento e o controle sobre o chegada. - túnel – que pode ser Ampliar as possibilidades corpo e o movimento. 3. Solicitar que experimentem a tarefa construído com uma expressivas do próprio correndo. sucessão de mesas cobertas movimento, utilizando gestos e o 4. Introduzir mais um objeto no trajeto, por um lençol, por ritmo corporal nas brincadeiras; Utilização dos recursos como uma corda esticada no chão. Portanto, de exemplo. jogos e demais situações. deslocamento e das habilidades de quando estiverem percorrendo o trajeto, os força, velocidade, resistênciaalunos devem saltar para dentro e para fora e Avaliação: flexibilidade nos jogos e brincadeirasdo arco e, diante da corda, caminhar sobre Durante a realização da dos quais participa. ela. atividade, verificar se os Controlar gradualmente o próprio 5. E assim sucessivamente: cada vez alunos: movimento, aperfeiçoando os seus Atividade motivacional: inserindo mais um elemento no circuito. - Coordenam movimentos recursos de deslocamento e Em um ambiente externo, demarcar Sugere-se: passar embaixo de uma mesa; para executar todo o ajustando suas escalar uma pilha de almofadas; engatinhar habilidades uma área para a realização da atividade, percurso proposto. motoras. indicando as linhas de saída e de dentro de um túnel; contornar uma sucessão - Demonstram apresentar chegada. Propor aos alunos que de bastões colocados paralelamente no chão; equilíbrio e resistência para percorram essa distância de diferentesentre outras possibilidades que dependem executar o percurso. formas: caminhando, diretamente dos objetos que a escola saltitando, - Saltam, engatinham, engatinhando, correndo. Essa atividadedispuser. arrastam-se de maneira pode ocorrer individualmente ou em 6. Para finalizar as experimentações, adequada ao obstáculo em pequenos grupos de alunos, dependendo convidar os alunos a criar uma nova ordem questão. do espaço disponível. para apresentar os objetos, de modo a - Apresentam iniciativa proporcionar um circuito diferenciado de para resolver pequenos Conversar com os alunos sobre as movimentos e possibilidades motoras. problemas que se facilidades e as dificuldades na apresentam durante a realização das modalidades de atividade, pedindo ajuda se deslocamento que foram necessário. experimentadas.
  • 3. CONHECIMENTO DE MUNDO HABILIDADES CONTEÚDOS PROCEDIMENTO METODOLÓGICO EIXOS DE TRABALHO Conhecer musicas de diferentes Os tipos de músicas mais utilizadas em 1. Criar um ambiente musical na escola, gêneros, ritmos e estilos, para sala de aula, de acordo com os pode-se notar que o interesse das crianças compreender um pouco da história questionários, são: aumenta e a participação flui de maneira dessa linguagem. mais livre e solta. Desta forma através da Cantigas de roda criatividade noas, professoras do Maternal Desenvolve sua capacidade de pretendemos tornar as aulas mais ricas e concentração, raciocínio, Música Popular Brasileira interessantes, através da música, para memória, os benefícios da sensibilidade e atenção dos alunos. utilização da música na educação Músicas Religiosas Música se estendem por todas as áreas de 2. Brincadeiras cantadas: aprendizagem. Músicas diversificadas, escolhidas pelos alunos Seu rei mandou pedir... Ouvir, perceber e discriminar sons O cravo brigou com a rosa. diversos, fontes sonoras e Poemas musicados A linda Rosa Juvenil. produções musicais. Capelinha de melão, Músicas Gospel Cai, cai balão aqui na minha mão, Pula a fogueira Iaiá, Brincar com a música, imitar, Bom barqueiro inventar e reproduzir criações O balão vai subindo vai caindo a garoa. musicais. Com a filha de João, Antonio queria se casar, mas Pedro subiu com a noiva. 3. Brincadeiras dramatizadas: A linda Rosa Juvenil Está pronto Seu Lobo? 4. Jogos envolvendo a música: Macaca, Chicote queimado, Pular corda, Boca de forno, Passa anelzinho.
  • 4. CONHECIMENTO DE MUNDO HABILIDADES CONTEÚDOS PROCEDIMENTO METODOLÓGICO EIXOS DE TRABALHO Artes Plásticas 1. Valer-se do grafismo infantil livre e Reconhecer, através do teatro infantil dirigido para compreender a função das o contexto simplificado sobre a As cores primarias nas artes plásticas cores e formas geométricas na arte. importância das cores e formas 2. Por meio da atividade com o teatro de geométricas. As formas geométricas nas artes fantoches, deixar os alunos interagirem plásticas. expressando seus saberes sobre os projetos Artes Visuais Estimular o interesse e a criatividade HIGIENE BUCAL e HORTA SUSPENSA. dos conteúdos propostos, por meio Teatro 3. Deixar os alunos manusearem os das artes plásticas e do teatro. Teatro de Fantoches (bonecos diversos, fantoches para explicarem aos coleguinhas a construídos de papel) para relatar dentro de expressividade de sua construção a partir das um contexto simplificado sobre a construções com sucatas. importância da HIGIENE BUCAL e das 4. Construir com os alunos uma Horta DATAS COMEMORATIVAS. Suspensa de garrafas Pets. 5. Valer-se dos fantoches e materiais que a PROJETO HORTA SUSPENSA (Construir com garrafas PET uma Horta Suspensa). escola possui para trilhar coesamente os procedimentos destacados no Projeto Higiene Bucal. Desenvolver a habilidade de ler, Revisão da letrinha Ee 1. Atividades gráficas envolvendo: pintura, identificar e traçar de acordo com escrita das letras em estudo e ampliação da sua habilidade as letras em estudo. Apresentação da letra Ii criatividade por meio de desenhos livres e dirigidos. Estimular o interesse pela descoberta Escrita (grafismo) e canção das vogais 2. Dramatização de histórias para ampliação do vocabulário infantil. Linguagem do código escrito das vogais em 3. Explicar, exemplificando na lousa o estudo, por meio do contexto lúdico. Ampliação do vocabulário, a partir de movimento correto das letras em estudo. oral relatos de experiências vivenciadas no 4. Promover o dia das histórias/ conto ou lendas Favorecer o interesse pelas histórias, cotidiano familiar e escolar dos e contos e lendas, onde a ludicidade educandos. (neste dia as crianças escolhem um livrinho do cantinho da leitura e contam o que sabem sobre escrita permeiem de forma harmoniosa, aquele contexto (está atividade tem o objetivo de promovendo assim, a compreensão Conversas formais/dirigidas e informais aguçar o imaginário infantil, a partir da leitura do contexto em estudo na área da de imagens). Linguagem oral e escrita. Histórias, contos e lendas. 5. Valer-se de cartazes com as letrinhas do alfabeto, em todo contexto de trabalho, para Valer-se dos vídeos educativos como Vídeos educativos como forma de incentivar a assimilação das vogais. forma de ampliar o repertorio dos ampliar o repertorio do contexto da 6. Conversar com as crianças na rodinha para conteúdos da Linguagem Oral e Linguagem Oral e Escrita. ampliar os conteúdos em estudo 7. Grafismo livre e dirigido dos conteúdos. Escrita.
  • 5. CONHECIMENTO DE MUNDO HABILIDADES CONTEÚDOS PROCEDIMENTO METODOLÓGICO EIXOS DE TRABALHO Perceber a noção de geometria por Noções de geometria do Ensino Infantil 1. Atividades gráficas envolvendo os meio de atividades lúdicas. conteúdos em estudo. Revisando o Triângulo 2. Promover jogos envolvendo Noções de Identificar problemas relacionados Geometria do Ensino Infantil . ao seu cotidiano que envolvam as Apresentação do Quadrado 3. Trabalhar com barbante ou cordas, para linhas abertas e fechadas. que as crianças compreendam as figuras Matemática Cor azul geométricas em estudo. Promover construções e atividades 4. Apresentar forma geométrica e com material concreto para Número e quantidade 3 nomenclatura, por meio de material fixação do conhecimento dos concreto. números, das formas e cor em Revisando o número 2 5. Contagem um a um com material estudo. concreto dos números em estudo. 7. GRAFISMOS DOS NÚMEROS EM Desenvolver atividades para ESTUDO - Promover atividades acerca dos ampliação dos conhecimentos números em estudo, mostrando o infantis, através da ludicidade para movimento correto da escrita de cada compreensão de todo contexto número. matemático em estudo. 8. Ludicidade com a cor AZUL Compreender a importância da Natureza 1. Promover a ludicidade, através de higiene pessoal; dos animais músicas sobre os contextos em estudo. domésticos; do dia dos pais; do Higiene Pessoal 2. Valer-se do teatro infantil e dos fantoches nosso folclore; dos soldados educacionais para estimular a aprendizagem brasileiros e das demais datas Animais Domésticos dos conteúdos, Natureza comemorativas. 3. De forma interdisciplinar contextualizar e todo processo em estudo por meio de Abranger por meio do contexto Sociedade material gráfico. Sociedade lúdico a importância dos 4.Por meio da diversidade escolar, explorar conteúdos em estudo para sua Dia dos pais as datas cívicas em estudo. progressão pessoal infantil. Dia do Folclore 5 Valer-se dos cartazes e outros materiais Dia do Soldado gráficos para ampliar a aprendizagem. Perceber-se como sujeito de 6. Trabalhar a higiene infantil em vários extrema importância no contexto As demais datas comemorativas que aspectos por meio de cartazes, musica, das datas comemorativas em serão trabalhadas neste planejamento jogos, brincadeiras e atividades gráficas. estudo e do PROJETO HIGIENE estão em anexo. 7. Valer-s dos recursos anexados ao BUCAL. PROJETO HIGIENE BUCAL como forma PROJETO HIGIENE BUCAL de ampliar o aprendizado infantil.
  • 6. DATAS COMEMORATIVAS DE AGOSTO DATAS COMEMORATIVAS DE AGOSTO 16 . Dia do Filósofo 01 · Dia Nacional do Selo 19 · Dia do Artista de Teatro 03 · Dia do Tintureiro 19 · Dia Mundial da Fotografia 03 . Dia do Capoeirista 20 . Dia dos Maçons 05 · Dia Nacional da Saúde 08 · Dia do Pároco 22 · Dia do Folclore 11 · Dia da Televisão 22 . Dia do Supervisor Escolar 11 · Dia do Advogado 23 · Dia da Injustiça 11 · Dia do Estudante 11 · Dia do Garçom 24 · Dia da Infância 11 . Dia Internacional da Logosofia 24 · Dia dos Artistas 11 . Dia dos Advogados 24 · Dia de São Bartolomeu 12 · Dia Nacional da Artes 25 · Dia do Feirante 13 · Dia do Economista 25 · Dia do Soldado 14. Dia do Cardiologista 27 · Dia do Corretor de Imóveis 27 · Dia do Psicólogo Segundo Domingo de Agosto . 28 · Dia da Avicultura Dia dos Pais 28 · Dia dos Bancários 15 · Assunção de Nossa Senhora 29 · Dia Nacional do Combate do Fumo 15 · Dia da Informática 31º · Dia da Nutricionista 15 · Dia dos Solteiros Avaliação: ( ) Registro das falas dos alunos sobre o que aprenderam sobre ( ) Interesse ( ) Outras formas de avaliar ___________________ determinado conteúdo. ( ) Assimilação dos conteúdos __________________________________________ ( ) Colaboração ( ) Empenho __________________________________________ ( ) Auto expressão dos saberes, de acordo com sua maturação. ( ) Organização __________________________________________ ( ) Observação ( ) Progressão __________________________________________ ( ) Procedimento coeso infantil das atividades ( ) Perguntas e respostas __________________________________________ ( ) Participação ( ) Co-autoria infantil das atividades Professor (a): Gestor (a) / Pedagogo (a): Data: / /
  • 7. Projeto Crescer Com Saúde Bucal Autora: Simone Helen Drumond - SEMED 1- JUSTIFICATIVA Servirá de conscientização para os educandos e educadores através de teoria fundamentada na prática, voltada especificamente para a higiene bucal. As informações transmitidas e as ações executadas pelos envolvidos neste projeto servirão para minimizar ou sanar as possíveis enfermidades que podem comprometer não só a saúde física como a bucal, como: a banguelice, as feridas, as cáries, o mau hálito não só na escola, bem como no contexto familiar. A escola sendo uma instituição de ensino onde, se aplicando as técnicas e os recursos adequados podem alcançar resultados positivos e agradáveis visando sempre à melhoria na qualidade do ensino e de vida e bem estar das famílias. 2- OBJETIVOS 2.1 GERAL: Incentivar os educandos a pratica da higiene bucal no seu dia a dia, estimulando-lhes o interesse em manter a dentição e a boca saudáveis. 2.2 ESPECIFICOS: • Reconhecer a importância da escovação dos dentes, para prevenir as cáries; • Entender a necessidade de se ter bons hábitos de higiene bucal; • Reconhecer quais são os amigos e inimigos dos dentes; • Demonstrar as maneiras corretas de escovar os dentes; • Conhecer os nomes dos dentes e suas funções; • Compreender a importância de escovar os dentes depois de cada refeição e depois de comer doces; • Reconhecer que a saúde começa pela boca e que para ter um sorriso bonito é preciso cuidar dos nossos dentes;
  • 8. 3- RECURSOS MATERIAIS - Lousa - Figuras - Revistas - Livros - Vídeos - Fita de vídeo - Televisão - Som - CD musicais - Cartolinas - Escova de dente - Creme dental - Fio dental - Flúor - Panfletos sobre higiene bucal - Textos/Cartazes sobre higiene bucal 4- RECURSOS HUMANOS - Professoras (do maternal) - Alunos (do maternal) - Dentistas (convidar um dentista para fazer uma palestra na escola). - Direção escolar 5- METODOLOGIA Estabelecer novas possibilidades de aprendizagem para os alunos no sentido de melhorar as condições do aprender e de sua intervenção no mundo. Promovendo a discussão sobre a fita de vídeo para melhor compreensão, informando a criança sobre a boa alimentação para o sorriso saudável. Organizando peça teatral para melhorar a compreensão sobre os amigos e inimigos dos dentes. Formação de grupos musicais para interagir com as crianças sobre o tema do projeto. 6- AVALIAÇÃO Participação, assiduidade e interesse dos alunos.
  • 9. Projeto Crescer Com Saúde Bucal Autora: Simone Helen Drumond - SEMED 1- MÚSICAS: - Meus dentinhos (melodia: Os dedinhos) Meus dentinhos, meus dentinhos. Vou escovar, vou escovar. Pra ficar limpinhos, pra limpinhos. E branquinhos e branquinhos. - Paródia da música “Aquarela” de Toquinho Numa boca qualquer eu percebo um dentinho amarelo E com cinco ou seis cáries é fácil saber o mistério Chocolates e doces na mão, a escova no armário. E se sinto doer, vou correndo chamar Dr. Mário. Se um pinguinho de açúcar cai no meu dentinho branco igual papel Num instante imagino um montão de bichinhos morando no céu...
  • 10. Da minha boca, vai furando, cariando todos os dentes Vai doendo Enfeiando a minha boca, ao sorrir. Culpa minha, eu não cuidei de ti, faltou carinho pra te preservar. O dentista É meu amigo Só tem ele pra me ajudar Eu prometo Pra mim mesmo Vou cuidar dos dentes Não, vou chorar. Culpa minha, eu não cuidei de ti, prometo agora te preservar. - Paródia da música: “Mamãe eu quero” Mamãe eu quero Mamãe eu quero Mamãe eu quero escovar Me dá o creme, me dá escova E o fio dental que também vai ajudar. Mamãe eu quero Mamãe eu quero Mamãe eu quero escovar Já tenho o creme, que tem o flúor e o meu dentinho bem mais forte vai ficar.
  • 11. Mamãe eu quero Mamãe eu quero Mamãe eu quero sorrir Com dentes fortes e bem limpinhos, e sem doenças para eu ser mais feliz. Cuide filhinho da sua dentição Cuide do dentinho e se livre do bichão Escove bem os dentes Tenha uma boa educação Escove bem os dentes Tenha uma boa educação. - Paródia da música “Requebra” do Olodum Escova, escova, escova sim Pode escovar Pode rir de mim Em cima, em cima, em cima, em cima ô, ô, ô, ô. Em baixo, em baixo, em baixo, em baixo ô, ô, ô, ô. Pode circular, vai e vem pra cá. Pode circular, vai e vem pra cá. Escova!!! Com a boca marrom, não posso ficar. Por isso eu tenho escova e creme para usar Eu já falei dor de dente na boca jamais vai existir Pois sorriso não existe se esse costume não se adquirir
  • 12. Pode escovar / Pode escovar - Minha querida escovinha: Paródia da música Samba-lê-lê Minha querida escovinha Vai pela boca escovando Vai aos dentinhos levando Uma gostosa pastinha Refrão: Escova, escova, escova, escovinha Limpa, limpa, limpa, pastinha Com fluoreto sódio Vou bem feliz bocejando E assim cáries maldosas A gente vai evitando Refrão: Escova, escova, escova, escovinha Limpa, limpa, limpa, pastinha E sempre à noitinha Devo escovar os meus dentes Com a boquinha bem limpa Acordarei sorridente.
  • 13. Projeto Crescer Com Saúde Bucal Autora: Simone Helen Drumond - SEMED 2- TEXTOS: - QUEM É QUEM DENTRO DA BOCA Os adultos têm 32 dentes na boca. Quando eles caem não nascem outros. As crianças têm 20, que começam a serem trocados por volta dos sete anos. Os dentes da frente são os incisivos. Eles são oito e cortam os alimentos. Os caninos servem para rasgar a comida. Eles parecem dentes de cachorro. Todo mundo tem quatro caninos. Os pré-molares são os dentes do meio. As crianças não têm dentes pré-molares. Os adultos têm oito. Os molares servem para “amassar” o alimento. As crianças têm oito dentes molares e os adultos, 12. - A SAÚDE DOS DENTES Cuidar dos dentes é um hábito pessoal muito importante para a saúde. Uma boa dentição auxilia na mastigação dos alimentos. Escovar os dentes ao levantar, após as refeições e antes de dormir.
  • 14. - A SAÚDE DE SEU SORRISO Existem três coisas muito importantes para se ter uma boca saudável: boa alimentação. Higiene e acompanhamento do dentista. - Alimentação: A placa bacteriana é uma massa esbranquiçada que aparece nos dentes depois que comemos. Ela é formada por restos de comida, principalmente os açucares, que quando fermentam, provocam cáries e inflamações na gengiva. Portanto, não como doces demais. Isso pode estragar os dentes e não alimentar direito Comer apenas nas refeições também é muito importante. Nada de beliscar a toda hora. Prefira alimentos naturais, como frutas e sucos, que tem menos açúcar e são mais saudáveis. - Higiene Escovar os dentes depois de comer é o melhor jeito de impedir doenças na boca. Quem come entre as refeições precisa escovar os dentes mais vezes. Se comer somente no café, almoço e jantar terão de escová-los três vezes. Bem melhor, né? Use escovas de cerdas macias e de cabeça pequena. Quando as cerdas começarem a ficarem curvas, já não limpam mais os dentes. Aí é hora de trocar de escova. Escove todos os lados dos dentes. Limpe dois de cada vez, com calma e sem usar muita força. A gengiva tem uma parte solta do dente que junta restos de comida e deve ser bem escovada. Escove também a língua, ou ela ficará branca e suja. Você sabia que a saliva e a língua limpam os dentes? Quando a gente dorme, a saliva diminui e a língua fica parada. É aí que as bactérias fazem a festa com os restos de comida que ficam na boca. Por isso a escovação antes de dormir é a mais importante. É por isso também que os bebês não devem tomar mamadeira a noite: os restos de leite causam a cárie de mamadeira. Outro grande inimigo na limpeza bucal é o fio dental. Pelo menos uma vez por dia, de preferencia na ultima escovação, antes de dormir, passe o fio dental entre os dentes. - Acompanhamento do dentista Se você for sempre ao dentista, ele irá ajuda-lo a fazer uma higiene correta, aplicando flúor para proteger os dentes e ensinar vários cuidados especial. Ele poderá até mesmo descobrir problemas que só no futuro começarão a incomodar. Tudo isso é prevenção, cuidados que devemos tomar para evitar doenças bucais e manter um sorriso bonito com dentes brancos e fortes.
  • 15. - BOCA SAUDÁVEL, SORRISO FELIZ! Algumas pessoas acham que se usarem antisséptico bucal (aquele liquido para fazer bochechos), não precisarão escovar os dentes. O bochecho consegue apenas limitar o crescimento das placas bacterianas acumular-se em seus dentes, ela acaba endurecendo. E aí vira tártaro, uma camada dura e amarelada que somente o dentista consegue tirar. Revista Educativa do Sesinho, Ano 3, nº 32 - CURIOSIDADES!?!? O ser humano tem 32 dentes. Se você acha que dá trabalho escovar, isso tudo, está na hora de conhecer os: “Dentuços” do Mundo Animal Quem pensa que os crocodilos são os campeões, está enganado. Apesar do bocão, nenhum deles chega a ter 100 dentes. Nesse assunto, os peixes é que dão um show. O tubarão–baleia, por exemplo, tem apenas 20 cm de comprimento e mais de 4500 dentes! Mais incrível ainda é o peixe-gato, que mede no máximo 30 cm de comprimento, mas 9280 dentes, mais do que o dobro do tubarão- baleia. Revista Educativa do Sesinho, Ano 3, nº 32 - MÁQUINA DO TEMPO: A MAIOR DAS INVENÇÕES Imagine como seria viver sem escova e pasta de dentes. Além do mau hálito, as pessoas acabariam desdentadas! Por isso, os homens sempre se preocuparam com a higiene bucal. Os antigos egípcios há milhares de anos, já usavam um tipo de pasta para limpar os dentes. Era uma mistura esquisita em que entrava até cinza de ossos de boi. Talvez limpasse os dentes, mas eles não deviam ficar muito brancos. Os índios brasileiros também se cuidavam, antes mesmo dos portugueses chegarem aqui. Havia uma tribo do Mato Grosso, chamada Kuikuro, que usava resina de jatobá (uma árvore) para preencher buracos nos dentes. Cada povo tinha seu jeito de tratar do assunto. Alguns criaram dentaduras, que também não resolviam o problema. É que muitas eram feitas de madeira e outros materiais que, com o tempo, estragavam e até apodreciam dentro da boca. Eca! No final do século XV, surgiu uma grande novidade: os chineses criaram a escova de dente. Feitas com pelos de porco, foi um sucesso na Europa. Mas como custava caro, às vezes se comprava uma para toda família. No século XVIII, quando os ingleses inventaram a pasta de dente, a situação mudou muito: quem tinha pouco dinheiro passava o creme no dedo mesmo.
  • 16. Já pensou se hoje fosse assim? Ainda bem que as coisas melhoraram bastante de lá para cá. Não é a toa que uma pesquisa feita nos Estados Unidos escolheu a escova de dente como a maior das invenções. Mais importante até do que o carro e o celular. Afinal, há muitas maneiras de viajar e se comunicar. Mas não existe um jeito melhor de limpar os dentes do que com uma boa escovada. Revista Educativa do Sesinho, Ano 3, nº 32 - A PASTA DE DENTE A pasta de dente é uma mistura de muitos ingredientes, cujos principais são: um tipo de detergente para limpar os dentes e uma substancia chamado flúor, que serve para deixa-los mais forte. Existem também corantes e açucares que dão gosto e cor a pasta. O creme entra no tubo pela parte de baixo, oposta ao bico com tampa. Depois uma maquina prensa a parte por onde a pasta entrou, selando o tubo. Revista Recreio, nº 78. Abril 10 MANDAMENTOS DA SAÚDE BUCAL BENEFÍCIO DA DENTIÇÃO SAUDÁVEL 1- Escovar corretamente os dentes, após cada refeição e 1- Boa saúde principalmente antes de dormir; 2- Boa aparência 2- Escove a língua para evitar o mau hábito; 3- Boa pronuncia 3- Use regularmente o fio dental para limpeza entre os dentes; 4- Bom hálito 4- Use periodicamente o flúor para fortalecimento dos dentes; 5- Boa digestão 5- Use creme dental com flúor; 6- Favorece o relacionamento social 6- Evite o consumo freqüente de açúcar; 7- Favorece a vida profissional 7- Visite periodicamente o seu dentista (de 6 em 6 meses) 8- Sorriso saudável gera um bem estar geral 8- Lave sempre a sua escova após o uso; 9- Utilize escova com cerdas macias e pontas arredondadas; 10- Troque periodicamente a sua escova (aproximadamente a cada 4 meses);