SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Escola ....................................................................................................................................................................................
  Gestora: .............................................................................................................


                   PROJETO: EM BOCA SAUDAVEL NÃO ENTRA CÁRIE




        Professoras: ............................................................................................................
        Série ................. Turma ........................... Turno ....................................................
                      Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
1 - Identificação:

Título: Em boca saudável não entra cárie

Período: ......../........./......... a ......../......../........

Público alvo:..................................................................................................................................................................................................................

Local de realização: ............................................................................................................................. .........................................................................

Instituição executora: ............................................................................................................................. .....................................................................
............................................................................................................................. ..............................................................................................................
............................................................................................................................. ...........................................................................................................


Coordenação: ................................................................................................................................................ ...............................................................
............................................................................................................................. ..............................................................................................................
............................................................................................................................. ...........................................................................................................


Instituições parceiras:..................................................................................................................................................................................................
............................................................................................................................. ..............................................................................................................
............................................................................................................................. ...........................................................................................................


2 – Apresentação

          Sendo a escola uma instituição de ensino onde, se ampliam as técnicas e os recursos adequados, para alcançar resultados positivos e
agradáveis visando sempre à melhoria na qualidade do ensino e de vida e bem estar das famílias, pretendemos com este projeto mobilizar a
conscientização e a valorização da saúde bucal, começando já na educação infantil onde se mostra uma maior capacidade de absorção de
informações, são propostas às crianças, neste trabalho, ações educativas e preventivas para que possam incorporar em seus hábitos de vida, os
cuidados relativos à boca e aos dentes.



                             Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
3 – Justificativa
       Muitas pessoas desconhecem que cuidar dos dentes desde a infância tem um efeito muito importante, Atitudes e hábitos adquiridos na
infância relativos aos dentes são críticos para uma boa saúde oral e de todo o organismo no decorrer da vida.

4 – Objetivos:

Objetivos Conceituais
- Nomear os dentes;
- Reconhecer a existência de diferentes formas, tamanha e funções dos dentes;
- Ampliar o vocabulário;
- Ler e interpretar imagens;
- Reconhecer o que faz bem e o que faz mal para os dentes.


Objetivos Procedimentais
- Produzir trabalhos de artes;
- Explorar textos a partir do autoconhecimento;
- Coletar dados por meio de pesquisas e observações;
- Produzir textos orais;
- Desenvolver a capacidade criadora;
- Estimular a criatividade;
- Confeccionar: boca gigante, boca maluca, livro emborrachado, personagens da história;
- Registrar experiências vividas por meio de imagens (desenhos livres e interpretativos)


Objetivos Atitudinais
- Respeitar e valorizar a saúde bucal;
- Apreciar e ler vários tipos de textos;
                    Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
- Desenvolver o auto conceito;
- Apresentar atitude de higiene.


5 – Metodologia
         Estabelecer novas possibilidades de aprendizagem para os alunos no sentido de melhorar as condições do aprender e de sua intervenção
no mundo.
         Promovendo a discussão sobre a fita de vídeo pra melhor compreensão, informando a criança sobre a boa alimentação para o sorriso
saudável.
         Organizando peça teatral para melhorar a compreensão sobre os amigos e inimigos dos dentes.
         Formação de grupos musicais para interagir com as crianças sobre o tema do projeto.


6 – Operacionalização:
        Estas ações estão divididas em etapasdiarias, porém cada educadora irá datar somente as atividades que irá desenvolver:


Data ...../..../..... - Organizar as crianças em roda. Conversar sobre como cada uma cuida da sua boca. Anotar uma pergunta de cada criança que
será feita à dentista que virá dar uma palestra.
Data ...../..../..... - Construir a boca gigante, onde iremos pintar, colar a língua e os dentes nos devidos lugares. Fazer o registro
Data ...../..../..... - Levar às crianças até o espelho, pedir que abram a boca e, percebam diferenças e semelhanças. Registrar.
Data ...../..../..... - Montar um cartaz com o que faz bem e o que faz mal para os dentes. Procurar figuras em revistas para colar no cartaz. Expor na
sala.
Data ...../..../..... - Mostrar para as crianças um molde de uma boca de adulto, dizer os nomes dos dentes e suas funções. Perceber diferenças e
semelhanças. Atividade de liga ponto.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Observar o dente do colega.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Marcar com um x as afirmativas que dizem do que o dente precisa para ficar sadio.



                   Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
Data ...../..../..... - Artes: Pintura com escova de dente.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Desenhar como os dentes ficarão se não cuidarmos deles.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Música do dentinho. Ensinar para as crianças, fazer a leitura com as crianças.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Cobrir os pontilhados dos objetos que usamos para escovar os dentes. Colorir.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Ligar às palavras aos seus desenhos.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Levar a pasta de dente até a escova, seguindo os números de 0 a 10.
Data ...../..../..... - Fazer a leitura da história DENTINHOS LIMPOS e começa a produzir o livro ilustrado pelas crianças.
Data ...../..../..... - Pesquisa para casa: Procurar em casa e levar para a escola o rótulo do creme dental que é usado pela família. Atividade em
folha: Copiar o nome e procurar em revistas as letras que formam o nome do produto.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Procurar em revistas as letras para formar as palavras: CÁRIE, DENTES, MOLAR.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Responder à pergunta, Para que serve cada dente e fazer a comparação.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Resolver os probleminhas matemáticos.
        2 dentinhos + 2 dentinhos é = a 4 dentinhos.
        Quantos dentinhos foram escovados hoje, após o café da manhã? Vamos contar?
        Vamos contar quantos dentinhos mostramos quando sorrimos?
        Quantos dentes você já trocou em sua boquinha?
        Quantos dentes estão faltando em sua boquinha?
        Abra a boca de frente para o espelho e vamos contar seus dentinhos.


Data ...../..../..... - Confeccionar o quebra cabeça e montar.
Data ...../..../..... - Jogar dominó dos dentinhos.
Data ...../..../..... - Confeccionar os personagens da história (teatro de fantoche)
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Pintar as figuras que mostram o que é bom para os dentes.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Ligar as figuras às respectivas frases.
Data ...../..../..... - Jogo da trilha.
                      Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
Data ...../..../..... - Confeccionar a história do livro emborrachado.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Texto sobre a cárie, fazer o registro.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Formar frases com as palavras: BOCA, FIO DENTAL. GENGIVA, MAU HÁLITO. Fazer a cópia.
Data ...../..../..... - Atividade em folha: Pintar as frases dos desenhos que indicam os cuidados com os dentes.
                 Escovar os dentes após as refeições, na hora que acordar e antes de dormir.
                 Usar o fio dental.
                 Visitar o dentista a cada seis meses;
                 Não usar escovas estragadas.


Data ...../..../..... - Finalizar o projeto com a apresentação do teatro.
Data ...../..../..... - Fita de vídeo (Higiene Bucal e Volta ao Mundo com o Dr. Dentuço);
Data ...../..../..... - Desenho relacionado ao filme (Higiene Bucal);
Data ...../..../..... - Criação de histórias;
Data ...../..../..... - Alimentos saudáveis para os dentes (salada de frutas);
Data ...../..../..... - Teatro;
Data ...../..../..... - Palestras;
Data ...../..../..... - Confecção de cartazes;
Data ...../..../..... - Confecção de fantasias dos personagens (amigos e inimigos dos dentes);
Data ...../..../..... - Confecção da escova, da boca, do creme dental, e da caixa de fio dental;
Data ...../..../..... - Leitura e interpretação de textos sobre a higiene bucal;
Data ...../..../..... - Colagem das embalagens dos cremes dentais, escova, fio dental e figurinhas de como escovar os dentes corretamente;
Data ...../..../..... - Cantar as músicas do projeto;
Data ...../..../..... - Dramatização de como escovar os dentes corretamente;
Data ...../..../..... - Exposição dos trabalhos confeccionados;


                      Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
7 – Recursos

RECURSOS MATERIAIS
- Lousa
- Figuras
- Revistas
- Livros
- DVD
- Televisão
- Som
- Cartolinas
- Escova de dente
- Creme dental
- Fio dental
- Flúor
- Panfletos sobre higiene bucal
- Textos
- Imagens dos dentes


RECURSOS HUMANOS
- Professores
- Alunos
- Dentistas ou agente de saúde
- Direção escolar



                    Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
8 – Avaliação
      Ao longo de todo o processo, através das atividades desenvolvidas, das brincadeiras e conforme o interesse de cada criança.


9 - Fonte: http://simonehelendrumond.blogspot.com/projetos


10 – Anexos:




MÚSICAS:


- Meus dentinhos (melodia: Os dedinhos)


Meus dentinhos, meus dentinhos.
Vou escovar, vou escovar.
Pra ficar limpinhos, pra limpinhos.
E branquinhos e branquinhos.


- Paródia da música “Aquarela” de Toquinho


Numa boca qualquer eu percebo um dentinho amarelo
E com cinco ou seis cáries é fácil saber o mistério
Chocolates e doces na mão, a escova no armário.
E se sinto doer, vou correndo chamar Dr. Mário.
Se um pinguinho de açúcar cai no meu dentinho branco igual papel
Num instante imagino um montão de bichinhos morando no céu...
                Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
Da minha boca, vai furando, cariando todos os dentes
Vai doendo
Enfeiando a minha boca, ao sorrir.
Culpa minha, eu não cuidei de ti, faltou carinho pra te preservar.
O dentista
É meu amigo
Só tem ele pra me ajudar
Eu prometo
Pra mim mesmo
Vou cuidar dos dentes
Não, vou chorar.
Culpa minha, eu não cuidei de ti, prometo agora te preservar.


- Paródia da música: “Mamãe eu quero”


Mamãe eu quero
Mamãe eu quero
Mamãe eu quero escovar
Me dá o creme, me dá escova
E o fio dental que também vai ajudar.


Mamãe eu quero
Mamãe eu quero
Mamãe eu quero escovar
Já tenho o creme, que tem o flúor e o meu dentinho bem mais forte vai ficar.

                   Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
Mamãe eu quero
Mamãe eu quero
Mamãe eu quero sorrir
Com dentes fortes e bem limpinhos, e sem doenças para eu ser mais feliz.


Cuide filhinho da sua dentição
Cuide do dentinho e se livre do bichão
Escove bem os dentes
Tenha uma boa educação
Escove bem os dentes
Tenha uma boa educação.


- Paródia da música “Requebra” do Olodum


Escova, escova, escova sim
Pode escovar
Pode rir de mim
Em cima, em cima, em cima, em cima ô, ô, ô, ô.
Em baixo, em baixo, em baixo, em baixo ô, ô, ô, ô.
Pode circular, vai e vem pra cá.
Pode circular, vai e vem pra cá.
Escova!!!
Com a boca marrom, não posso ficar.
Por isso eu tenho escova e creme para usar

                  Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
Eu já falei dor de dente na boca jamais vai existir
Pois sorriso não existe se esse costume não se adquirir
Pode escovar
Pode escovar


- Minha querida escovinha: Paródia da música Samba-lê-lê


Minha querida escovinha
Vai pela boca escovando
Vai aos dentinhos levando
Uma gostosa pastinha


Refrão: Escova, escova, escova, escovinha
Limpa, limpa, limpa, pastinha


Com fluoreto sódio, vou bem feliz bocejando
E assim cáries maldosas, a gente vai evitando


Refrão: Escova, escova, escova, escovinha
Limpa, limpa, limpa, pastinha


E sempre à noitinha
Devo escovar os meus dentes
Com a boquinha bem limpa
Acordarei sorridente.

                  Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
POEMA
                                           MOSTRANDO OS DENTINHOS

                            Sua boca é uma linda casinha, por isso precisa ser bem cuidada,
                             e os seus moradores dentinhos, devem está sempre limpinhos
                             e pelo menos quatro vezes ao dia, devem ser bem escovados.

                               Existe um bichinho levado, que vive louco prá neles morar,
                                e se os dentinhos se descuidam, ele chega de mansinho
                                               sem sequer se apresentar,
                                                  é o bichinho da cárie
                                                 que vive querendo ver
                                                 seu dentinho feio ficar.

                                               A cárie é cruel e malvada,
                                                faz doer o seu dentinho
                                                deixando ele todo feinho
                                               se não for bem escovado.

                                                 Esse bichinho malvado,
                                             está nos doces mais gostosos
                                                 que você adora comer,
                                             e se o dentinho com preguiça
                                                  de se lavar esquecer,
                                              o bichinho da cárie aproveita
                                                 e nele vai se esconder.

                                               Por isso meus amiguinhos
                                            se querem dentinhos bonitos ter,
                                           e se quiserem ter um sorriso legal,
                                              cuide bem da sua boquinha
                                                 e toda vez que comer
                                                use logo o creme dental!

        Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
TEXTOS:


- QUEM É QUEM DENTRO DA BOCA


Os adultos têm 32 dentes na boca.
Quando eles caem não nascem outros. As crianças têm 20, que começam a serem trocados por volta dos sete anos.
Os dentes da frente são os incisivos.
Eles são oito e cortam os alimentos.
Os caninos servem para rasgar a comida. Eles parecem dentes de cachorro. Todo mundo tem quatro caninos.
Os pré-molares são os dentes do meio. As crianças não têm dentes pré-molares. Os adultos têm oito.
Os molares servem para “amassar” o alimento.
As crianças têm oito dentes molares e os adultos, 12.




- A SAÚDE DOS DENTES


Cuidar dos dentes é um hábito pessoal muito importante para a saúde. Uma boa dentição auxilia na mastigação dos alimentos.
Escovar os dentes ao levantar, após as refeições e antes de dormir.


- A SAÚDE DE SEU SORRISO


Existem três coisas muito importantes para se ter uma boca saudável: boa alimentação. Higiene e acompanhamento do dentista.
- Alimentação:

                  Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
A placa bacteriana é uma massa esbranquiçada que aparece nos dentes depois que comemos. Ela é formada por restos de comida,
principalmente os açucares, que quando fermentam, provocam cáries e inflamações na gengiva.
Portanto, não como doces demais. Isso pode estragar os dentes e não alimentar direito
Comer apenas nas refeições também é muito importante.
Nada de beliscar a toda hora.
Prefira alimentos naturais, como frutas e sucos, que tem menos açúcar e são mais saudáveis.


- Higiene
Escovar os dentes depois de comer é o melhor jeito de impedir doenças na boca.
Quem come entre as refeições precisa escovar os dentes mais vezes. Se comer somente no café, almoço e jantar terão de escová-los três vezes.
Bem melhor, né?
Use escovas de cerdas macias e de cabeça pequena.
Quando as cerdas começarem a ficarem curvas, já não limpam mais os dentes. Aí é hora de trocar de escova.
Escove todos os lados dos dentes.
Limpe dois de cada vez, com calma e sem usar muita força. A gengiva tem uma parte solta do dente que junta restos de comida e deve ser bem
escovada. Escove também a língua, ou ela ficará branca e suja.
Você sabia que a saliva e a língua limpam os dentes? Quando a gente dorme, a saliva diminui e a língua fica parada. É aí que as bactérias fazem
a festa com os restos de comida que ficam na boca. Por isso a escovação antes de dormir é a mais importante. É por isso também que os bebês
não devem tomar mamadeira a noite: os restos de leite causam a cárie de mamadeira.
Outro grande inimigo na limpeza bucal é o fio dental. Pelo menos uma vez por dia, de preferência na ultima escovação, antes de dormir, passe o
fio dental entre os dentes.


- Acompanhamento do dentista
Se você for sempre ao dentista, ele irá ajudá-lo a fazer uma higiene correta, aplicando flúor para proteger os dentes e ensinar vários cuidados
especial. Ele poderá até mesmo descobrir problemas que só no futuro começarão a incomodar.

                  Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
Tudo isso é prevenção, cuidados que devemos tomar para evitar doenças bucais e manter um sorriso bonito com dentes brancos e fortes.


- BOCA SAUDÁVEL, SORRISO FELIZ!


Algumas pessoas acham que se usarem anticéptico bucal (aquele liquido para fazer bochechos), não precisarão escovar os dentes. O bochecho
consegue apenas limitar o crescimento das placas bacterianas acumular-se em seus dentes, ela acaba endurecendo. E aí vira tártaro, uma
camada dura e amarelada que somente o dentista consegue tirar.




- CURIOSIDADES!?!?


O ser humano tem 32 dentes. Se você acha que dá trabalho escovar, isso tudo, está na hora de conhecer os:


“Dentuços” do Mundo Animal


Quem pensa que os crocodilos são os campeões, está enganado. Apesar do bocão, nenhum deles chega a ter 100 dentes. Nesse assunto, os
peixes é que dão um show. O tubarão–baleia, por exemplo, tem apenas 20 cm de comprimento e mais de 4500 dentes! Mais incrível ainda é o
peixe-gato, que mede no máximo 30 cm de comprimento, mas 9280 dentes, mais do que o dobro do tubarão-baleia.




- MÁQUINA DO TEMPO: A MAIOR DAS INVENÇÕES


Imagine como seria viver sem escova e pasta de dentes. Além do mau hálito, as pessoas acabariam desdentadas! Por isso, os homens sempre se
preocuparam com a higiene bucal.
Os antigos egípcios há milhares de anos, já usavam um tipo de pasta para limpar os dentes. Era uma mistura esquisita em que entrava até cinza

                 Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
de ossos de boi. Talvez limpasse os dentes, mas eles não deviam ficar muito brancos.
Os índios brasileiros também se cuidavam, antes mesmo dos portugueses chegarem aqui.
Havia uma tribo do Mato Grosso, chamada Kuikuro, que usava resina de jatobá (uma árvore) para preencher buracos nos dentes.
Cada povo tinha seu jeito de tratar do assunto. Alguns criaram dentaduras, que também não resolviam o problema.
É que muitas eram feitas de madeira e outros materiais que, com o tempo, estragavam e até apodreciam dentro da boca. Eca!
No final do século XV, surgiu uma grande novidade: os chineses criaram a escova de dente. Feitas com pelos de porco, foi um sucesso na Europa.
Mas como custava caro, às vezes se comprava uma para toda família.
No século XVIII, quando os ingleses inventaram a pasta de dente, a situação mudou muito: quem tinha pouco dinheiro passava o creme no dedo
mesmo.
Já pensou se hoje fosse assim?
Ainda bem que as coisas melhoraram bastante de lá para cá. Não é a toa que uma pesquisa feita nos Estados Unidos escolheu a escova de dente
como a maior das invenções. Mais importante até do que o carro e o celular.
Afinal, há muitas maneiras de viajar e se comunicar. Mas não existe um jeito melhor de limpar os dentes do que com uma boa escovada.




- A PASTA DE DENTE
A pasta de dente é uma mistura de muitos ingredientes, cujos principais são: um tipo de detergente para limpar os dentes e uma substancia
chamado flúor, que serve para deixá-los mais forte. Existem também corantes e açucares que dão gosto e cor a pasta. O creme entra no tubo pela
parte de baixo, oposta ao bico com tampa. Depois uma maquina prensa a parte por onde a pasta entrou, selando o tubo.




                 Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
10 MANDAMENTOS DA SAÚDE BUCAL
1- Escovar corretamente os dentes, após cada refeição e principalmente antes de dormir;
2- Escove a língua para evitar o mau hábito;
3- Use regularmente o fio dental para limpeza entre os dentes;
4- Use periodicamente o flúor para fortalecimento dos dentes;
5- Use creme dental com flúor;
6- Evite o consumo freqüente de açúcar;
7- Visite periodicamente o seu dentista (de 6 em 6 meses)
8- Lave sempre a sua escova após o uso;
9- Utilize escova com cerdas macias e pontas arredondadas;
10- Troque periodicamente a sua escova (aproximadamente a cada 4 meses);


BENEFÍCIO DA DENTIÇÃO SAUDÁVEL
1- Boa saúde
2- Boa aparência
3- Boa pronuncia
4- Bom hálito
5- Boa digestão
6- Favorece o relacionamento social
7- Favorece a vida profissional




                   Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
PROJETO: EM BOCA SAUDAVEL NÃO ENTRA CÁRIE

                                                    História: DENTINHOS LIMPINHOS

Era uma vez dentinhos de leite que sofriam muito com o ataque das bactérias depois de cada refeição. Isso porque o garoto, dono da boca onde
                                        os dentinhos moravam, sempre esquecia de escovar os dentes.

                                                         Não tinha para ninguém:
      As bactérias vinham com tudo, ajudadas pelos restos de alimentos que ficavam entre os dentes dando a maior força para as cáries.

                                                           - SOCOOOORRO!!!!!

            Ouvindo o chamado desesperado dos dentinhos, a pasta de dentes pulou em cima da escova e gritou ainda mais alto:

                                                           - Lá vamos nóóóóóós!

                                          E voaram para dentro da boca para socorrer os chorões.
                Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
Pulando corda veio a Fita Dental. Enfiou-se entre os dentes dando um "chega pra lá" nos restinhos de comida.

                                                       - Quem nos ajuda?
                                    - Somos nós? Pasta de Dentes, Escova e Fio ou Fita Dental.

                    Este é o batalhão da Higiene Bucal em Ação. Estamos em mais uma missão diária importante!

Eles fizeram seu trabalho. Expulsaram as bactérias e evitaram, mais uma vez, que os dentes fossem atacados pelos bichinhos da cárie.

                                                        PARA QUE SERVE:




                                                       ESCOVA DE DENTE:




            Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
Ajuda a retirar os restos de comida que ficam presos nos dentes. Você pode escolher um daqueles modelos bem incrementados, coloridos. Mas
fique ligado, porque não adianta ser apenas bonita, a escova que ser também eficiente, com tamanho adequado para sua boca e cerdas macias
para limpar sem machucar.

Seu dentista pode orientar você a escolher a melhor escova.

Quando a sua escova ficar descabelada é hora de trocar por uma novinha. Temos que substituí-la rapidinho.

A PASTA DE DENTE:

Ela garante a limpeza da boca ao retirar a placa bacteriana, além de conter flúor.

Flúor é uma substância que torna os dentes mais resistentes. Mas nada de exagero!
Basta uma pequena quantidade (uma golinha do tamanho de uma ervilha).

No final da escovação cuspa tudo fora, não engula nada. Pasta de dente é para limpar, não para alimentar.


FIO OU FITA DENTAL:




Deve ser usada pelo menos uma vez por dia. Magrinha e fininha daquele jeito, a fita dental consegue chegar onde a escova não alcança
completando o serviço.


                  Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
ESCOVA PRA CÁ, ESCOVA PRA LÁ EXÉRCITO A POSTOS?
ENTÃO! VAMOS AO ATAQUE:




É preciso percorrer todo o território com a escova.
Você não quer deixar nenhuma área desprotegida, não e?
Escove os dentes tanto na parte de fora quanto na parte de dentro, tanto os dentes da frente quanto aqueles que estão lá atrás.

Nos dentes de cima passe a escova de cima para baixo. Nos dentes de baixo faça o movimento contrário de baixo para cima. É como se estivesse
"penteando" os dentes girando levemente a escova, sempre tomando a gengiva como ponto de partida e indo até o topo do dente.

E já que seu exército está na área, aproveite para escovar também a língua. Ela também merece uma faxina.

Completando a operação de guerra, entra em capo a fita dental tirando de campos os restos de comida que ficaram escondidos entre os dentes.

Esta é a famosa guerra entre a higiene bucal e as bactérias que causam a cárie. Porém de nada vale a escova, a pasta de dente e a fita dental se
não tiver a sua ajuda. Você é que tem que liderar o combate às cáries garantindo a limpeza e a conservação dos dentes.

Por isso, depois das refeições ou de comer doces e antes de dormir, não esqueça de colocar em ação o Batalhão da Limpeza Bucal: A Escova de
Dentes, Pasta e Fio ou Fita Dental.




                 Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
XÔ CÁRIE




Como guerra é guerra, nada melhor do que conhecer o inimigo. Vamos lá:

A cárie acontece quando uma certa bactéria, muito chata por sinal, transforma os restos de alimentos que ingerimos, principalmente o açúcar, em
ácidos prejudiciais aos dentes.

Essa bactéria fica grudadinha com muitas outras sobre os dentes e ao redor das gengivas, formando uma película chamada placa bacteriana.




                 Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
Insistente e teimosa, essa placa se forma todos os dias. Os ácidos liberados pelas bactérias da placa atacam o esmalte dental (a parte branca),
até causar um "buraco", a famosa cárie, em um processo chamado desmineralização.

Se não for tratada logo, a cárie começa a aumentar e a corroer o interior do dente, provocando dor. E não dá pra descuidar, porque as cáries
atacam sem avisar.

Sabia que a dieta tem tudo a ver com a cárie? É bom comer alimentos ricos em fibras, como cenoura, aveia, maçã, pepino e verduras em geral.




                 Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
Eles são verdadeiros desinfetantes, pois diminuem a acidez da boca, que também contribui para a cárie.

E agora a parte mais difícil: evitar comer muito chocolate, balas, doces e refrigerantes_ ou seja, tudo que é rico em açúcar. Assim como a gente,
os tais ácidos também adoram um docinho.

Os dentes não querem saber de moleza: eles também precisam de exercícios. É verdade!




Mas não precisa levá-los para a academia. A melhor ginástica para os dentes _ e também para as arcadas dentárias, onde eles estão
confortavelmente instalados _ é mastigar alimentos duros, como maçã e cenoura crua.

Se até os dentes gostam de ginástica, por que você vai ficar nessa preguiça toda, enrolando na hora de escovar os dentes? Coloque esse quarteto
em ação...




                                             FIM DA HISTÓRIA
                  Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
Os riscos do uso da pasta de dente com flúor em crianças pequenas

Estudo mostra que isso aumenta as chances do seu filho ter fluorese, que afeta o esmalte do dente e produz manchas


De morango, cereja, uva. São muitas as opções de pastas de dentes para crianças. Na hora de escolher, veja quais não contêm flúor (a
informação vem no rótulo da embalagem). Crianças pequenas, com até 6 anos, não podem usar esse tipo de pastas. Como elas não sabem cuspir
nem bochechar, engolem um pouco da pasta, ingerindo mais flúor do que o recomendado. Em excesso, essa substância causa fluorese, distúrbio
que afeta o esmalte e produz manchas nos dentes. Um estudo norte-americano mostrou esse mesmo risco em crianças menores de um ano.

Assim que seu filho aprender a escovar os dentes sozinhos e conseguir cuspir, ela já pode usar uma pasta infantil. Elas têm flúor, mas em menor
quantidade.

Listamos aqui as dúvidas mais comuns sobre a hora de escovar os dentes:

- Como escolher a escova? A primeira escova do bebê precisa ter cerdas extra macias para não machucar as gengivas. A cabeça tem de ser
pequena, assim alcança os dentinhos do fundo sem causar desconforto, mas o cabo deve ser longo, para que o adulto que está fazendo a
escovação consiga limpar todos os dentes da criança.

- Quanto de creme posso usar? Na hora de fazer a limpeza, coloque na escova o equivalente a um grão de ervilha de creme dental.

- Preciso trocar a escova com freqüência? Sim. Os dentistas recomendam a substituição da escova a cada dois ou três meses porque as
cerdas se deformam, dificultando uma escovação eficaz. Após esse período, também é mais difícil eliminar todos os resíduos que ficam
acumulados entre as cerdas.

- O que fazer quando meu filho pedir para brincar com a escova? Deixe seu filho brincar de escovar os dentes com uma escova velha (que ele
já tenha usado), que é mais macia, até ele se acostumar. Depois, escove com a nova.

- Como facilitar a hora de escovar os dentes? E se meu filho não quiser...
Primeiro, reforce o hábito. Assim que ele terminar de comer, encaminhe-o para a pia do banheiro. Faça da escovação uma atividade em família,
pois crianças gostam de imitar os adultos. As escovas podem ter o personagem preferido do seu filho. Quando ele terminar, parabenize-o dizendo
que o cheiro da boca dele está gostoso, que os bichinhos foram embora etc. Brincadeiras como "ei, dê um sorriso de artista!", para você escovar
os dentes da frente, também funcionam.
                   Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a LeituraProjeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a LeituraCirlei Santos
 
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educaçãoSimoneHelenDrumond
 
Bom dia todas as cores
Bom dia todas as coresBom dia todas as cores
Bom dia todas as coresweleslima
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreheliane
 
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumond
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumondModelos de relatórios de alunos simone helen drumond
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leituraEMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leituraSMEC PANAMBI-RS
 
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limitesSimoneHelenDrumond
 
Caderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico AutismoCaderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico AutismoSarah Olliver
 
Projeto O Grande Rabanete
Projeto O Grande RabaneteProjeto O Grande Rabanete
Projeto O Grande RabaneteLakalondres
 
Planejamento adaptação escolar por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar  por simone helen drumondPlanejamento adaptação escolar  por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar por simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
pauta reunião de pais 3º bimestre.docx
pauta reunião de pais 3º bimestre.docxpauta reunião de pais 3º bimestre.docx
pauta reunião de pais 3º bimestre.docxJaqueBorges3
 
Projeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º anoProjeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º anojose ebner
 
Projeto didático leilão de jardim
Projeto didático leilão de jardimProjeto didático leilão de jardim
Projeto didático leilão de jardimProfessora Cida
 
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º ano
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º anoAvaliação bimestral de educação religiosa 2º ano
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º anoMaria Terra
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxssuser6c03a6
 
80 planejamento de atividades para desenvolver a linguagem do autista
80 planejamento de  atividades para desenvolver a linguagem do autista80 planejamento de  atividades para desenvolver a linguagem do autista
80 planejamento de atividades para desenvolver a linguagem do autistaSimoneHelenDrumond
 

Mais procurados (20)

Projeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a LeituraProjeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a Leitura
 
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação
 
Bom dia todas as cores
Bom dia todas as coresBom dia todas as cores
Bom dia todas as cores
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestre
 
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumond
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumondModelos de relatórios de alunos simone helen drumond
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumond
 
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leituraEMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
 
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
 
COMBATE À DENGUE
COMBATE À DENGUECOMBATE À DENGUE
COMBATE À DENGUE
 
Caderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico AutismoCaderno Pedagogico Autismo
Caderno Pedagogico Autismo
 
Projeto O Grande Rabanete
Projeto O Grande RabaneteProjeto O Grande Rabanete
Projeto O Grande Rabanete
 
Planejamento adaptação escolar por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar  por simone helen drumondPlanejamento adaptação escolar  por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar por simone helen drumond
 
pauta reunião de pais 3º bimestre.docx
pauta reunião de pais 3º bimestre.docxpauta reunião de pais 3º bimestre.docx
pauta reunião de pais 3º bimestre.docx
 
Projeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º anoProjeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º ano
 
Projeto didático leilão de jardim
Projeto didático leilão de jardimProjeto didático leilão de jardim
Projeto didático leilão de jardim
 
Metodo das-onomatopeias-1
Metodo das-onomatopeias-1Metodo das-onomatopeias-1
Metodo das-onomatopeias-1
 
Em gostos e-preferências
Em gostos e-preferênciasEm gostos e-preferências
Em gostos e-preferências
 
Avaliações 1º Ano
Avaliações 1º AnoAvaliações 1º Ano
Avaliações 1º Ano
 
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º ano
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º anoAvaliação bimestral de educação religiosa 2º ano
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º ano
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
 
80 planejamento de atividades para desenvolver a linguagem do autista
80 planejamento de  atividades para desenvolver a linguagem do autista80 planejamento de  atividades para desenvolver a linguagem do autista
80 planejamento de atividades para desenvolver a linguagem do autista
 

Destaque

Sobe manual oral_b_final
Sobe manual oral_b_finalSobe manual oral_b_final
Sobe manual oral_b_finalRisoleta Montez
 
História dentinhos limpos por simone drumond
História dentinhos limpos por simone drumondHistória dentinhos limpos por simone drumond
História dentinhos limpos por simone drumondSimoneHelenDrumond
 
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumond
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumondCartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumond
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumondSimoneHelenDrumond
 
Saúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para criançasSaúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para criançasMayara Fontinele
 
Planejamento agosto de 2011 simone drumond (2)
Planejamento agosto de 2011 simone drumond (2)Planejamento agosto de 2011 simone drumond (2)
Planejamento agosto de 2011 simone drumond (2)SimoneHelenDrumond
 
Kiko o dentinho de leite
Kiko o dentinho de leiteKiko o dentinho de leite
Kiko o dentinho de leitePaula Sousa
 
Palestra de saúde e higiene bucal
Palestra de saúde e higiene bucal Palestra de saúde e higiene bucal
Palestra de saúde e higiene bucal horadeviver
 
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumondProjeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
O batalhão da limpeza dos dentes
O batalhão da limpeza dos dentesO batalhão da limpeza dos dentes
O batalhão da limpeza dos denteslabeques
 
Planejamento saúde bucal por simone helen drumond
Planejamento saúde bucal por simone helen drumondPlanejamento saúde bucal por simone helen drumond
Planejamento saúde bucal por simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
PROJETO SAÚDE NOTA 10
PROJETO SAÚDE NOTA 10PROJETO SAÚDE NOTA 10
PROJETO SAÚDE NOTA 10Jairo Felipe
 
Relatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucalRelatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucalluzitania
 
Higiene bucal
Higiene bucal Higiene bucal
Higiene bucal Betriz
 
Projeto políticas publicas
Projeto políticas publicasProjeto políticas publicas
Projeto políticas publicasUyaraPortugal
 
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE kizy_oliver
 

Destaque (20)

Sobe manual oral_b_final
Sobe manual oral_b_finalSobe manual oral_b_final
Sobe manual oral_b_final
 
História dentinhos limpos por simone drumond
História dentinhos limpos por simone drumondHistória dentinhos limpos por simone drumond
História dentinhos limpos por simone drumond
 
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumond
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumondCartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumond
Cartazes sobre a higiene bucal (imprima e monte um painel) por simone drumond
 
Saúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para criançasSaúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para crianças
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Slides higiene bucal
Slides higiene bucalSlides higiene bucal
Slides higiene bucal
 
Planejamento agosto de 2011 simone drumond (2)
Planejamento agosto de 2011 simone drumond (2)Planejamento agosto de 2011 simone drumond (2)
Planejamento agosto de 2011 simone drumond (2)
 
Kiko o dentinho de leite
Kiko o dentinho de leiteKiko o dentinho de leite
Kiko o dentinho de leite
 
A história de joão dentinho
A história de joão dentinhoA história de joão dentinho
A história de joão dentinho
 
Palestra de saúde e higiene bucal
Palestra de saúde e higiene bucal Palestra de saúde e higiene bucal
Palestra de saúde e higiene bucal
 
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumondProjeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
 
Os Dentinhos Zangados
Os Dentinhos ZangadosOs Dentinhos Zangados
Os Dentinhos Zangados
 
O batalhão da limpeza dos dentes
O batalhão da limpeza dos dentesO batalhão da limpeza dos dentes
O batalhão da limpeza dos dentes
 
Planejamento saúde bucal por simone helen drumond
Planejamento saúde bucal por simone helen drumondPlanejamento saúde bucal por simone helen drumond
Planejamento saúde bucal por simone helen drumond
 
PROJETO SAÚDE NOTA 10
PROJETO SAÚDE NOTA 10PROJETO SAÚDE NOTA 10
PROJETO SAÚDE NOTA 10
 
Relatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucalRelatório de higiene bucal
Relatório de higiene bucal
 
Higiene bucal
Higiene bucal Higiene bucal
Higiene bucal
 
Projeto políticas publicas
Projeto políticas publicasProjeto políticas publicas
Projeto políticas publicas
 
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE
EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE
 
O dentinho-atrevido
O dentinho-atrevidoO dentinho-atrevido
O dentinho-atrevido
 

Semelhante a PARTE 3 - Projeto semana dos bons dentes por simone helen drumond

Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumondProjeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Brochura colgate final
Brochura colgate finalBrochura colgate final
Brochura colgate finalprojectopes
 
Dia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmailDia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmailSimoneHelenDrumond
 
Dia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmailDia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmailSimoneHelenDrumond
 
Dia do indio simone drumond@hotmail
Dia do indio simone drumond@hotmailDia do indio simone drumond@hotmail
Dia do indio simone drumond@hotmailSimoneHelenDrumond
 
Dia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmailDia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmailSimoneHelenDrumond
 
Projeto reciclar no cmei simone drumond
Projeto reciclar no cmei simone drumondProjeto reciclar no cmei simone drumond
Projeto reciclar no cmei simone drumondSimoneHelenDrumond
 
Apostila de exercicios dos dentes por simone helen drumond
Apostila de exercicios dos dentes por simone helen drumondApostila de exercicios dos dentes por simone helen drumond
Apostila de exercicios dos dentes por simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Todo dia é dia de índio de simone helen drumond cmei
Todo dia é dia de índio de simone helen drumond cmeiTodo dia é dia de índio de simone helen drumond cmei
Todo dia é dia de índio de simone helen drumond cmeiSimoneHelenDrumond
 
SOBE - planificação pré
SOBE - planificação préSOBE - planificação pré
SOBE - planificação préPedro de Freitas
 
Reunião de pais kids
Reunião de pais kidsReunião de pais kids
Reunião de pais kidsmyschoolsp
 
Planificação espanta! 2013-2014
Planificação espanta!   2013-2014Planificação espanta!   2013-2014
Planificação espanta! 2013-2014mvaznunes
 
Planejamentodeoutubroporsimonehelendrumond 100928205104-phpapp02
Planejamentodeoutubroporsimonehelendrumond 100928205104-phpapp02Planejamentodeoutubroporsimonehelendrumond 100928205104-phpapp02
Planejamentodeoutubroporsimonehelendrumond 100928205104-phpapp02Ana Vasconcelos
 
Saletinho 2013 agosto definitivo
Saletinho 2013    agosto  definitivoSaletinho 2013    agosto  definitivo
Saletinho 2013 agosto definitivoBeatriz Sayuri
 

Semelhante a PARTE 3 - Projeto semana dos bons dentes por simone helen drumond (20)

Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumondProjeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
Projeto em boca saudavél não entra carie simone helen drumond
 
Brochura colgate final
Brochura colgate finalBrochura colgate final
Brochura colgate final
 
Dia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmailDia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmail
 
Dia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmailDia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmail
 
Dia do indio simone drumond@hotmail
Dia do indio simone drumond@hotmailDia do indio simone drumond@hotmail
Dia do indio simone drumond@hotmail
 
Dia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmailDia do indio smone drumond@hotmail
Dia do indio smone drumond@hotmail
 
Projeto reciclar no cmei simone drumond
Projeto reciclar no cmei simone drumondProjeto reciclar no cmei simone drumond
Projeto reciclar no cmei simone drumond
 
Projecto
ProjectoProjecto
Projecto
 
Apostila de exercicios dos dentes por simone helen drumond
Apostila de exercicios dos dentes por simone helen drumondApostila de exercicios dos dentes por simone helen drumond
Apostila de exercicios dos dentes por simone helen drumond
 
Saude Oral Manual Para Educadores
Saude Oral  Manual Para EducadoresSaude Oral  Manual Para Educadores
Saude Oral Manual Para Educadores
 
Todo dia é dia de índio de simone helen drumond cmei
Todo dia é dia de índio de simone helen drumond cmeiTodo dia é dia de índio de simone helen drumond cmei
Todo dia é dia de índio de simone helen drumond cmei
 
SOBE - planificação pré
SOBE - planificação préSOBE - planificação pré
SOBE - planificação pré
 
Sites nee
Sites neeSites nee
Sites nee
 
Reunião de pais kids
Reunião de pais kidsReunião de pais kids
Reunião de pais kids
 
Saletinho 2013
Saletinho 2013    Saletinho 2013
Saletinho 2013
 
Plano de maio
Plano de maio Plano de maio
Plano de maio
 
Planificação espanta! 2013-2014
Planificação espanta!   2013-2014Planificação espanta!   2013-2014
Planificação espanta! 2013-2014
 
3 ATIVIDADE MOANA BNCC.pdf
3 ATIVIDADE MOANA BNCC.pdf3 ATIVIDADE MOANA BNCC.pdf
3 ATIVIDADE MOANA BNCC.pdf
 
Planejamentodeoutubroporsimonehelendrumond 100928205104-phpapp02
Planejamentodeoutubroporsimonehelendrumond 100928205104-phpapp02Planejamentodeoutubroporsimonehelendrumond 100928205104-phpapp02
Planejamentodeoutubroporsimonehelendrumond 100928205104-phpapp02
 
Saletinho 2013 agosto definitivo
Saletinho 2013    agosto  definitivoSaletinho 2013    agosto  definitivo
Saletinho 2013 agosto definitivo
 

Mais de SimoneHelenDrumond

BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfBLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfSimoneHelenDrumond
 
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfSimoneHelenDrumond
 
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfSimoneHelenDrumond
 
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfArtigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfSimoneHelenDrumond
 
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfArtigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfSimoneHelenDrumond
 

Mais de SimoneHelenDrumond (20)

BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfBLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
 
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
 
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
 
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
 
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
 
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
 
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
 
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
 
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfArtigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
 
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
 
ARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdfARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdf
 
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
 
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfArtigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
 
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
 
ARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdfARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdf
 
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
 
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
 
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
 
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
 
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
 

Último

PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 

Último (20)

PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 

PARTE 3 - Projeto semana dos bons dentes por simone helen drumond

  • 1. Escola .................................................................................................................................................................................... Gestora: ............................................................................................................. PROJETO: EM BOCA SAUDAVEL NÃO ENTRA CÁRIE Professoras: ............................................................................................................ Série ................. Turma ........................... Turno .................................................... Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 2. 1 - Identificação: Título: Em boca saudável não entra cárie Período: ......../........./......... a ......../......../........ Público alvo:.................................................................................................................................................................................................................. Local de realização: ............................................................................................................................. ......................................................................... Instituição executora: ............................................................................................................................. ..................................................................... ............................................................................................................................. .............................................................................................................. ............................................................................................................................. ........................................................................................................... Coordenação: ................................................................................................................................................ ............................................................... ............................................................................................................................. .............................................................................................................. ............................................................................................................................. ........................................................................................................... Instituições parceiras:.................................................................................................................................................................................................. ............................................................................................................................. .............................................................................................................. ............................................................................................................................. ........................................................................................................... 2 – Apresentação Sendo a escola uma instituição de ensino onde, se ampliam as técnicas e os recursos adequados, para alcançar resultados positivos e agradáveis visando sempre à melhoria na qualidade do ensino e de vida e bem estar das famílias, pretendemos com este projeto mobilizar a conscientização e a valorização da saúde bucal, começando já na educação infantil onde se mostra uma maior capacidade de absorção de informações, são propostas às crianças, neste trabalho, ações educativas e preventivas para que possam incorporar em seus hábitos de vida, os cuidados relativos à boca e aos dentes. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 3. 3 – Justificativa Muitas pessoas desconhecem que cuidar dos dentes desde a infância tem um efeito muito importante, Atitudes e hábitos adquiridos na infância relativos aos dentes são críticos para uma boa saúde oral e de todo o organismo no decorrer da vida. 4 – Objetivos: Objetivos Conceituais - Nomear os dentes; - Reconhecer a existência de diferentes formas, tamanha e funções dos dentes; - Ampliar o vocabulário; - Ler e interpretar imagens; - Reconhecer o que faz bem e o que faz mal para os dentes. Objetivos Procedimentais - Produzir trabalhos de artes; - Explorar textos a partir do autoconhecimento; - Coletar dados por meio de pesquisas e observações; - Produzir textos orais; - Desenvolver a capacidade criadora; - Estimular a criatividade; - Confeccionar: boca gigante, boca maluca, livro emborrachado, personagens da história; - Registrar experiências vividas por meio de imagens (desenhos livres e interpretativos) Objetivos Atitudinais - Respeitar e valorizar a saúde bucal; - Apreciar e ler vários tipos de textos; Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 4. - Desenvolver o auto conceito; - Apresentar atitude de higiene. 5 – Metodologia Estabelecer novas possibilidades de aprendizagem para os alunos no sentido de melhorar as condições do aprender e de sua intervenção no mundo. Promovendo a discussão sobre a fita de vídeo pra melhor compreensão, informando a criança sobre a boa alimentação para o sorriso saudável. Organizando peça teatral para melhorar a compreensão sobre os amigos e inimigos dos dentes. Formação de grupos musicais para interagir com as crianças sobre o tema do projeto. 6 – Operacionalização: Estas ações estão divididas em etapasdiarias, porém cada educadora irá datar somente as atividades que irá desenvolver: Data ...../..../..... - Organizar as crianças em roda. Conversar sobre como cada uma cuida da sua boca. Anotar uma pergunta de cada criança que será feita à dentista que virá dar uma palestra. Data ...../..../..... - Construir a boca gigante, onde iremos pintar, colar a língua e os dentes nos devidos lugares. Fazer o registro Data ...../..../..... - Levar às crianças até o espelho, pedir que abram a boca e, percebam diferenças e semelhanças. Registrar. Data ...../..../..... - Montar um cartaz com o que faz bem e o que faz mal para os dentes. Procurar figuras em revistas para colar no cartaz. Expor na sala. Data ...../..../..... - Mostrar para as crianças um molde de uma boca de adulto, dizer os nomes dos dentes e suas funções. Perceber diferenças e semelhanças. Atividade de liga ponto. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Observar o dente do colega. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Marcar com um x as afirmativas que dizem do que o dente precisa para ficar sadio. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 5. Data ...../..../..... - Artes: Pintura com escova de dente. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Desenhar como os dentes ficarão se não cuidarmos deles. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Música do dentinho. Ensinar para as crianças, fazer a leitura com as crianças. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Cobrir os pontilhados dos objetos que usamos para escovar os dentes. Colorir. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Ligar às palavras aos seus desenhos. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Levar a pasta de dente até a escova, seguindo os números de 0 a 10. Data ...../..../..... - Fazer a leitura da história DENTINHOS LIMPOS e começa a produzir o livro ilustrado pelas crianças. Data ...../..../..... - Pesquisa para casa: Procurar em casa e levar para a escola o rótulo do creme dental que é usado pela família. Atividade em folha: Copiar o nome e procurar em revistas as letras que formam o nome do produto. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Procurar em revistas as letras para formar as palavras: CÁRIE, DENTES, MOLAR. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Responder à pergunta, Para que serve cada dente e fazer a comparação. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Resolver os probleminhas matemáticos. 2 dentinhos + 2 dentinhos é = a 4 dentinhos. Quantos dentinhos foram escovados hoje, após o café da manhã? Vamos contar? Vamos contar quantos dentinhos mostramos quando sorrimos? Quantos dentes você já trocou em sua boquinha? Quantos dentes estão faltando em sua boquinha? Abra a boca de frente para o espelho e vamos contar seus dentinhos. Data ...../..../..... - Confeccionar o quebra cabeça e montar. Data ...../..../..... - Jogar dominó dos dentinhos. Data ...../..../..... - Confeccionar os personagens da história (teatro de fantoche) Data ...../..../..... - Atividade em folha: Pintar as figuras que mostram o que é bom para os dentes. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Ligar as figuras às respectivas frases. Data ...../..../..... - Jogo da trilha. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 6. Data ...../..../..... - Confeccionar a história do livro emborrachado. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Texto sobre a cárie, fazer o registro. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Formar frases com as palavras: BOCA, FIO DENTAL. GENGIVA, MAU HÁLITO. Fazer a cópia. Data ...../..../..... - Atividade em folha: Pintar as frases dos desenhos que indicam os cuidados com os dentes. Escovar os dentes após as refeições, na hora que acordar e antes de dormir. Usar o fio dental. Visitar o dentista a cada seis meses; Não usar escovas estragadas. Data ...../..../..... - Finalizar o projeto com a apresentação do teatro. Data ...../..../..... - Fita de vídeo (Higiene Bucal e Volta ao Mundo com o Dr. Dentuço); Data ...../..../..... - Desenho relacionado ao filme (Higiene Bucal); Data ...../..../..... - Criação de histórias; Data ...../..../..... - Alimentos saudáveis para os dentes (salada de frutas); Data ...../..../..... - Teatro; Data ...../..../..... - Palestras; Data ...../..../..... - Confecção de cartazes; Data ...../..../..... - Confecção de fantasias dos personagens (amigos e inimigos dos dentes); Data ...../..../..... - Confecção da escova, da boca, do creme dental, e da caixa de fio dental; Data ...../..../..... - Leitura e interpretação de textos sobre a higiene bucal; Data ...../..../..... - Colagem das embalagens dos cremes dentais, escova, fio dental e figurinhas de como escovar os dentes corretamente; Data ...../..../..... - Cantar as músicas do projeto; Data ...../..../..... - Dramatização de como escovar os dentes corretamente; Data ...../..../..... - Exposição dos trabalhos confeccionados; Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 7. 7 – Recursos RECURSOS MATERIAIS - Lousa - Figuras - Revistas - Livros - DVD - Televisão - Som - Cartolinas - Escova de dente - Creme dental - Fio dental - Flúor - Panfletos sobre higiene bucal - Textos - Imagens dos dentes RECURSOS HUMANOS - Professores - Alunos - Dentistas ou agente de saúde - Direção escolar Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 8. 8 – Avaliação Ao longo de todo o processo, através das atividades desenvolvidas, das brincadeiras e conforme o interesse de cada criança. 9 - Fonte: http://simonehelendrumond.blogspot.com/projetos 10 – Anexos: MÚSICAS: - Meus dentinhos (melodia: Os dedinhos) Meus dentinhos, meus dentinhos. Vou escovar, vou escovar. Pra ficar limpinhos, pra limpinhos. E branquinhos e branquinhos. - Paródia da música “Aquarela” de Toquinho Numa boca qualquer eu percebo um dentinho amarelo E com cinco ou seis cáries é fácil saber o mistério Chocolates e doces na mão, a escova no armário. E se sinto doer, vou correndo chamar Dr. Mário. Se um pinguinho de açúcar cai no meu dentinho branco igual papel Num instante imagino um montão de bichinhos morando no céu... Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 9. Da minha boca, vai furando, cariando todos os dentes Vai doendo Enfeiando a minha boca, ao sorrir. Culpa minha, eu não cuidei de ti, faltou carinho pra te preservar. O dentista É meu amigo Só tem ele pra me ajudar Eu prometo Pra mim mesmo Vou cuidar dos dentes Não, vou chorar. Culpa minha, eu não cuidei de ti, prometo agora te preservar. - Paródia da música: “Mamãe eu quero” Mamãe eu quero Mamãe eu quero Mamãe eu quero escovar Me dá o creme, me dá escova E o fio dental que também vai ajudar. Mamãe eu quero Mamãe eu quero Mamãe eu quero escovar Já tenho o creme, que tem o flúor e o meu dentinho bem mais forte vai ficar. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 10. Mamãe eu quero Mamãe eu quero Mamãe eu quero sorrir Com dentes fortes e bem limpinhos, e sem doenças para eu ser mais feliz. Cuide filhinho da sua dentição Cuide do dentinho e se livre do bichão Escove bem os dentes Tenha uma boa educação Escove bem os dentes Tenha uma boa educação. - Paródia da música “Requebra” do Olodum Escova, escova, escova sim Pode escovar Pode rir de mim Em cima, em cima, em cima, em cima ô, ô, ô, ô. Em baixo, em baixo, em baixo, em baixo ô, ô, ô, ô. Pode circular, vai e vem pra cá. Pode circular, vai e vem pra cá. Escova!!! Com a boca marrom, não posso ficar. Por isso eu tenho escova e creme para usar Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 11. Eu já falei dor de dente na boca jamais vai existir Pois sorriso não existe se esse costume não se adquirir Pode escovar Pode escovar - Minha querida escovinha: Paródia da música Samba-lê-lê Minha querida escovinha Vai pela boca escovando Vai aos dentinhos levando Uma gostosa pastinha Refrão: Escova, escova, escova, escovinha Limpa, limpa, limpa, pastinha Com fluoreto sódio, vou bem feliz bocejando E assim cáries maldosas, a gente vai evitando Refrão: Escova, escova, escova, escovinha Limpa, limpa, limpa, pastinha E sempre à noitinha Devo escovar os meus dentes Com a boquinha bem limpa Acordarei sorridente. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 12. POEMA MOSTRANDO OS DENTINHOS Sua boca é uma linda casinha, por isso precisa ser bem cuidada, e os seus moradores dentinhos, devem está sempre limpinhos e pelo menos quatro vezes ao dia, devem ser bem escovados. Existe um bichinho levado, que vive louco prá neles morar, e se os dentinhos se descuidam, ele chega de mansinho sem sequer se apresentar, é o bichinho da cárie que vive querendo ver seu dentinho feio ficar. A cárie é cruel e malvada, faz doer o seu dentinho deixando ele todo feinho se não for bem escovado. Esse bichinho malvado, está nos doces mais gostosos que você adora comer, e se o dentinho com preguiça de se lavar esquecer, o bichinho da cárie aproveita e nele vai se esconder. Por isso meus amiguinhos se querem dentinhos bonitos ter, e se quiserem ter um sorriso legal, cuide bem da sua boquinha e toda vez que comer use logo o creme dental! Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 13. TEXTOS: - QUEM É QUEM DENTRO DA BOCA Os adultos têm 32 dentes na boca. Quando eles caem não nascem outros. As crianças têm 20, que começam a serem trocados por volta dos sete anos. Os dentes da frente são os incisivos. Eles são oito e cortam os alimentos. Os caninos servem para rasgar a comida. Eles parecem dentes de cachorro. Todo mundo tem quatro caninos. Os pré-molares são os dentes do meio. As crianças não têm dentes pré-molares. Os adultos têm oito. Os molares servem para “amassar” o alimento. As crianças têm oito dentes molares e os adultos, 12. - A SAÚDE DOS DENTES Cuidar dos dentes é um hábito pessoal muito importante para a saúde. Uma boa dentição auxilia na mastigação dos alimentos. Escovar os dentes ao levantar, após as refeições e antes de dormir. - A SAÚDE DE SEU SORRISO Existem três coisas muito importantes para se ter uma boca saudável: boa alimentação. Higiene e acompanhamento do dentista. - Alimentação: Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 14. A placa bacteriana é uma massa esbranquiçada que aparece nos dentes depois que comemos. Ela é formada por restos de comida, principalmente os açucares, que quando fermentam, provocam cáries e inflamações na gengiva. Portanto, não como doces demais. Isso pode estragar os dentes e não alimentar direito Comer apenas nas refeições também é muito importante. Nada de beliscar a toda hora. Prefira alimentos naturais, como frutas e sucos, que tem menos açúcar e são mais saudáveis. - Higiene Escovar os dentes depois de comer é o melhor jeito de impedir doenças na boca. Quem come entre as refeições precisa escovar os dentes mais vezes. Se comer somente no café, almoço e jantar terão de escová-los três vezes. Bem melhor, né? Use escovas de cerdas macias e de cabeça pequena. Quando as cerdas começarem a ficarem curvas, já não limpam mais os dentes. Aí é hora de trocar de escova. Escove todos os lados dos dentes. Limpe dois de cada vez, com calma e sem usar muita força. A gengiva tem uma parte solta do dente que junta restos de comida e deve ser bem escovada. Escove também a língua, ou ela ficará branca e suja. Você sabia que a saliva e a língua limpam os dentes? Quando a gente dorme, a saliva diminui e a língua fica parada. É aí que as bactérias fazem a festa com os restos de comida que ficam na boca. Por isso a escovação antes de dormir é a mais importante. É por isso também que os bebês não devem tomar mamadeira a noite: os restos de leite causam a cárie de mamadeira. Outro grande inimigo na limpeza bucal é o fio dental. Pelo menos uma vez por dia, de preferência na ultima escovação, antes de dormir, passe o fio dental entre os dentes. - Acompanhamento do dentista Se você for sempre ao dentista, ele irá ajudá-lo a fazer uma higiene correta, aplicando flúor para proteger os dentes e ensinar vários cuidados especial. Ele poderá até mesmo descobrir problemas que só no futuro começarão a incomodar. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 15. Tudo isso é prevenção, cuidados que devemos tomar para evitar doenças bucais e manter um sorriso bonito com dentes brancos e fortes. - BOCA SAUDÁVEL, SORRISO FELIZ! Algumas pessoas acham que se usarem anticéptico bucal (aquele liquido para fazer bochechos), não precisarão escovar os dentes. O bochecho consegue apenas limitar o crescimento das placas bacterianas acumular-se em seus dentes, ela acaba endurecendo. E aí vira tártaro, uma camada dura e amarelada que somente o dentista consegue tirar. - CURIOSIDADES!?!? O ser humano tem 32 dentes. Se você acha que dá trabalho escovar, isso tudo, está na hora de conhecer os: “Dentuços” do Mundo Animal Quem pensa que os crocodilos são os campeões, está enganado. Apesar do bocão, nenhum deles chega a ter 100 dentes. Nesse assunto, os peixes é que dão um show. O tubarão–baleia, por exemplo, tem apenas 20 cm de comprimento e mais de 4500 dentes! Mais incrível ainda é o peixe-gato, que mede no máximo 30 cm de comprimento, mas 9280 dentes, mais do que o dobro do tubarão-baleia. - MÁQUINA DO TEMPO: A MAIOR DAS INVENÇÕES Imagine como seria viver sem escova e pasta de dentes. Além do mau hálito, as pessoas acabariam desdentadas! Por isso, os homens sempre se preocuparam com a higiene bucal. Os antigos egípcios há milhares de anos, já usavam um tipo de pasta para limpar os dentes. Era uma mistura esquisita em que entrava até cinza Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 16. de ossos de boi. Talvez limpasse os dentes, mas eles não deviam ficar muito brancos. Os índios brasileiros também se cuidavam, antes mesmo dos portugueses chegarem aqui. Havia uma tribo do Mato Grosso, chamada Kuikuro, que usava resina de jatobá (uma árvore) para preencher buracos nos dentes. Cada povo tinha seu jeito de tratar do assunto. Alguns criaram dentaduras, que também não resolviam o problema. É que muitas eram feitas de madeira e outros materiais que, com o tempo, estragavam e até apodreciam dentro da boca. Eca! No final do século XV, surgiu uma grande novidade: os chineses criaram a escova de dente. Feitas com pelos de porco, foi um sucesso na Europa. Mas como custava caro, às vezes se comprava uma para toda família. No século XVIII, quando os ingleses inventaram a pasta de dente, a situação mudou muito: quem tinha pouco dinheiro passava o creme no dedo mesmo. Já pensou se hoje fosse assim? Ainda bem que as coisas melhoraram bastante de lá para cá. Não é a toa que uma pesquisa feita nos Estados Unidos escolheu a escova de dente como a maior das invenções. Mais importante até do que o carro e o celular. Afinal, há muitas maneiras de viajar e se comunicar. Mas não existe um jeito melhor de limpar os dentes do que com uma boa escovada. - A PASTA DE DENTE A pasta de dente é uma mistura de muitos ingredientes, cujos principais são: um tipo de detergente para limpar os dentes e uma substancia chamado flúor, que serve para deixá-los mais forte. Existem também corantes e açucares que dão gosto e cor a pasta. O creme entra no tubo pela parte de baixo, oposta ao bico com tampa. Depois uma maquina prensa a parte por onde a pasta entrou, selando o tubo. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 17. 10 MANDAMENTOS DA SAÚDE BUCAL 1- Escovar corretamente os dentes, após cada refeição e principalmente antes de dormir; 2- Escove a língua para evitar o mau hábito; 3- Use regularmente o fio dental para limpeza entre os dentes; 4- Use periodicamente o flúor para fortalecimento dos dentes; 5- Use creme dental com flúor; 6- Evite o consumo freqüente de açúcar; 7- Visite periodicamente o seu dentista (de 6 em 6 meses) 8- Lave sempre a sua escova após o uso; 9- Utilize escova com cerdas macias e pontas arredondadas; 10- Troque periodicamente a sua escova (aproximadamente a cada 4 meses); BENEFÍCIO DA DENTIÇÃO SAUDÁVEL 1- Boa saúde 2- Boa aparência 3- Boa pronuncia 4- Bom hálito 5- Boa digestão 6- Favorece o relacionamento social 7- Favorece a vida profissional Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 18. PROJETO: EM BOCA SAUDAVEL NÃO ENTRA CÁRIE História: DENTINHOS LIMPINHOS Era uma vez dentinhos de leite que sofriam muito com o ataque das bactérias depois de cada refeição. Isso porque o garoto, dono da boca onde os dentinhos moravam, sempre esquecia de escovar os dentes. Não tinha para ninguém: As bactérias vinham com tudo, ajudadas pelos restos de alimentos que ficavam entre os dentes dando a maior força para as cáries. - SOCOOOORRO!!!!! Ouvindo o chamado desesperado dos dentinhos, a pasta de dentes pulou em cima da escova e gritou ainda mais alto: - Lá vamos nóóóóóós! E voaram para dentro da boca para socorrer os chorões. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 19. Pulando corda veio a Fita Dental. Enfiou-se entre os dentes dando um "chega pra lá" nos restinhos de comida. - Quem nos ajuda? - Somos nós? Pasta de Dentes, Escova e Fio ou Fita Dental. Este é o batalhão da Higiene Bucal em Ação. Estamos em mais uma missão diária importante! Eles fizeram seu trabalho. Expulsaram as bactérias e evitaram, mais uma vez, que os dentes fossem atacados pelos bichinhos da cárie. PARA QUE SERVE: ESCOVA DE DENTE: Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 20. Ajuda a retirar os restos de comida que ficam presos nos dentes. Você pode escolher um daqueles modelos bem incrementados, coloridos. Mas fique ligado, porque não adianta ser apenas bonita, a escova que ser também eficiente, com tamanho adequado para sua boca e cerdas macias para limpar sem machucar. Seu dentista pode orientar você a escolher a melhor escova. Quando a sua escova ficar descabelada é hora de trocar por uma novinha. Temos que substituí-la rapidinho. A PASTA DE DENTE: Ela garante a limpeza da boca ao retirar a placa bacteriana, além de conter flúor. Flúor é uma substância que torna os dentes mais resistentes. Mas nada de exagero! Basta uma pequena quantidade (uma golinha do tamanho de uma ervilha). No final da escovação cuspa tudo fora, não engula nada. Pasta de dente é para limpar, não para alimentar. FIO OU FITA DENTAL: Deve ser usada pelo menos uma vez por dia. Magrinha e fininha daquele jeito, a fita dental consegue chegar onde a escova não alcança completando o serviço. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 21. ESCOVA PRA CÁ, ESCOVA PRA LÁ EXÉRCITO A POSTOS? ENTÃO! VAMOS AO ATAQUE: É preciso percorrer todo o território com a escova. Você não quer deixar nenhuma área desprotegida, não e? Escove os dentes tanto na parte de fora quanto na parte de dentro, tanto os dentes da frente quanto aqueles que estão lá atrás. Nos dentes de cima passe a escova de cima para baixo. Nos dentes de baixo faça o movimento contrário de baixo para cima. É como se estivesse "penteando" os dentes girando levemente a escova, sempre tomando a gengiva como ponto de partida e indo até o topo do dente. E já que seu exército está na área, aproveite para escovar também a língua. Ela também merece uma faxina. Completando a operação de guerra, entra em capo a fita dental tirando de campos os restos de comida que ficaram escondidos entre os dentes. Esta é a famosa guerra entre a higiene bucal e as bactérias que causam a cárie. Porém de nada vale a escova, a pasta de dente e a fita dental se não tiver a sua ajuda. Você é que tem que liderar o combate às cáries garantindo a limpeza e a conservação dos dentes. Por isso, depois das refeições ou de comer doces e antes de dormir, não esqueça de colocar em ação o Batalhão da Limpeza Bucal: A Escova de Dentes, Pasta e Fio ou Fita Dental. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 22. XÔ CÁRIE Como guerra é guerra, nada melhor do que conhecer o inimigo. Vamos lá: A cárie acontece quando uma certa bactéria, muito chata por sinal, transforma os restos de alimentos que ingerimos, principalmente o açúcar, em ácidos prejudiciais aos dentes. Essa bactéria fica grudadinha com muitas outras sobre os dentes e ao redor das gengivas, formando uma película chamada placa bacteriana. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 23. Insistente e teimosa, essa placa se forma todos os dias. Os ácidos liberados pelas bactérias da placa atacam o esmalte dental (a parte branca), até causar um "buraco", a famosa cárie, em um processo chamado desmineralização. Se não for tratada logo, a cárie começa a aumentar e a corroer o interior do dente, provocando dor. E não dá pra descuidar, porque as cáries atacam sem avisar. Sabia que a dieta tem tudo a ver com a cárie? É bom comer alimentos ricos em fibras, como cenoura, aveia, maçã, pepino e verduras em geral. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 24. Eles são verdadeiros desinfetantes, pois diminuem a acidez da boca, que também contribui para a cárie. E agora a parte mais difícil: evitar comer muito chocolate, balas, doces e refrigerantes_ ou seja, tudo que é rico em açúcar. Assim como a gente, os tais ácidos também adoram um docinho. Os dentes não querem saber de moleza: eles também precisam de exercícios. É verdade! Mas não precisa levá-los para a academia. A melhor ginástica para os dentes _ e também para as arcadas dentárias, onde eles estão confortavelmente instalados _ é mastigar alimentos duros, como maçã e cenoura crua. Se até os dentes gostam de ginástica, por que você vai ficar nessa preguiça toda, enrolando na hora de escovar os dentes? Coloque esse quarteto em ação... FIM DA HISTÓRIA Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com
  • 25. Os riscos do uso da pasta de dente com flúor em crianças pequenas Estudo mostra que isso aumenta as chances do seu filho ter fluorese, que afeta o esmalte do dente e produz manchas De morango, cereja, uva. São muitas as opções de pastas de dentes para crianças. Na hora de escolher, veja quais não contêm flúor (a informação vem no rótulo da embalagem). Crianças pequenas, com até 6 anos, não podem usar esse tipo de pastas. Como elas não sabem cuspir nem bochechar, engolem um pouco da pasta, ingerindo mais flúor do que o recomendado. Em excesso, essa substância causa fluorese, distúrbio que afeta o esmalte e produz manchas nos dentes. Um estudo norte-americano mostrou esse mesmo risco em crianças menores de um ano. Assim que seu filho aprender a escovar os dentes sozinhos e conseguir cuspir, ela já pode usar uma pasta infantil. Elas têm flúor, mas em menor quantidade. Listamos aqui as dúvidas mais comuns sobre a hora de escovar os dentes: - Como escolher a escova? A primeira escova do bebê precisa ter cerdas extra macias para não machucar as gengivas. A cabeça tem de ser pequena, assim alcança os dentinhos do fundo sem causar desconforto, mas o cabo deve ser longo, para que o adulto que está fazendo a escovação consiga limpar todos os dentes da criança. - Quanto de creme posso usar? Na hora de fazer a limpeza, coloque na escova o equivalente a um grão de ervilha de creme dental. - Preciso trocar a escova com freqüência? Sim. Os dentistas recomendam a substituição da escova a cada dois ou três meses porque as cerdas se deformam, dificultando uma escovação eficaz. Após esse período, também é mais difícil eliminar todos os resíduos que ficam acumulados entre as cerdas. - O que fazer quando meu filho pedir para brincar com a escova? Deixe seu filho brincar de escovar os dentes com uma escova velha (que ele já tenha usado), que é mais macia, até ele se acostumar. Depois, escove com a nova. - Como facilitar a hora de escovar os dentes? E se meu filho não quiser... Primeiro, reforce o hábito. Assim que ele terminar de comer, encaminhe-o para a pia do banheiro. Faça da escovação uma atividade em família, pois crianças gostam de imitar os adultos. As escovas podem ter o personagem preferido do seu filho. Quando ele terminar, parabenize-o dizendo que o cheiro da boca dele está gostoso, que os bichinhos foram embora etc. Brincadeiras como "ei, dê um sorriso de artista!", para você escovar os dentes da frente, também funcionam. Fonte: DRUMOND, Simone Helen de Carvalho – EM BOCA SAUDÁVEL NÃO ENTRA CÁRIE – http://simonehelendrumond.blogspot.com