SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
Neste trabalho estaremos
falando sobre orientação sexual
coisa que hoje em dia sem
orientação cada um faria o que
quer.
 O que é orientação sexual?
 O que o termo orientação sexual
significa?
 Cientistas afirmam que?
 A orientação sexual é biológica por
natureza?
 A homossexualidade?
 Como se prevenir?
 A orientação sexual de uma
pessoa indica por quais gêneros ela
sente-se atraída, seja física,
romântica e/ou emocionalmente.
 Ela pode ser assexual (nenhuma atração
sexual), bissexual (atração pelos gêneros
masculino e feminino), heterossexual
(atração pelo gênero oposto),
homossexual (atração pelo mesmo
gênero)3 ou pansexual (atração
independente do gênero).
 De acordo com Jaqueline Gomes de
Jesus, é importante ressaltar que
orientação sexual e gênero "podem se
comunicar, mas um aspecto não
necessariamente depende ou decorre
do outro.
 Pessoas transgênero são como as
cisgênero, podem ter qualquer
orientação sexual: nem todo homem e
mulher é 'naturalmente' cisgênero e/ou
heterossexual".
 O termo orientação sexual é
considerado mais apropriado do que
opção sexual ou preferência sexual
porque opção indica que uma pessoa
teria escolhido a sua forma de desejo.
 A psicologia moderna, embora não
tenha consenso a respeito do que
exatamente explica a sexualidade de um
indivíduo, determina que a orientação
sexual não pode ser mudada com terapias
e não é uma escolha.
 A orientação sexual pode ser
determinada por fatores biogenéticos,
sejam questões hormonais in útero ou
genes que possam determinar esta
predisposição.
 Pesquisas têm identificado diversos
fatores biológicos que podem estar
relacionados ao desenvolvimento da
orientação sexual, incluindo os genes,
hormônios pré-natais e a estrutura do
cérebro humano.
 Nenhuma causa única foi identificada
até então e a pesquisa continua nesta
área.
 A visão prevalente é a de que a
orientação sexual é biológica por
natureza, determinada por um
complexo jogo de fatores genéticos e
desenvolvimento intra-uterino.
 Alguns acreditam que a orientação
sexual é estabelecida na concepção,
portanto não uma escolha. Isto é,
indivíduos não optam por serem hétero,
homo, bi, pan ou assexuais. Não há
evidência suficiente para suportar a visão
de que experiências na infância, criação,
abuso sexual ou outros efeitos adversos em
vida influenciem a orientação sexual.
 Contudo, estudos encontram bases
na experiência de vida para alguns
aspectos da expressão da sexualidade
humana. Atitudes dos pais em relação à
orientação sexual pode afetar como
seus filhos experimentam com
comportamentos relacionados
socialmente a uma certa orientação.
 A homossexualidade já foi considerada
como resultado de dinâmicas familiares
problemáticas ou desenvolvimento
psicológico faltoso.
 Estas ideias já são hoje consideradas
como baseadas em desinformação e
preconceito. A investigação científica
atual procura encontrar explicações
biológicas para a manifestação de uma
determinada orientação sexual.
 Até o momento, não há nenhuma
evidência científica replicável que
embase qualquer explicação específica
para a sexualidade humana.
 Você pode não querer falar sobre elas,
mas as infecções que ocorrem na região
genital podem ser perigosas.
Provavelmente já faz tempo que você
teve aulas de educação sexual, mas você
precisa deixar de lado a sua vergonha
para manter as suas partes íntimas em sua
melhor forma.
O melhor jeito de se prevenir
contra a gravidez é usar
métodos contraceptivos
(pílulas,injeções e comprimidos).
O melhor jeito de se prevenir
contra as doenças sexualmente
transmissíveis é usando a
camisinha feminina e
masculina.
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Orienta%
C3%A7%C3%A3o_sexual
 Nomes: Emerson Styburski, Ricardo dos
Santos.
 E-mails: emersonst99@gmail.com,
ricardo1999@gmail.com.
 Obrigado(a) pela a atenção de
todos esperamos que todas as
duvidas foram esclarecidas durante
a apresentação.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

SEXUALIDADE E GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
SEXUALIDADE E GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIASEXUALIDADE E GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
SEXUALIDADE E GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIAJose Camara
 
Trabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre SexualidadeTrabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre SexualidadeCocax8
 
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Alinebrauna Brauna
 
Perguntas e respostas sobre orientação sexual e identidade de género
Perguntas e respostas sobre orientação sexual e identidade de géneroPerguntas e respostas sobre orientação sexual e identidade de género
Perguntas e respostas sobre orientação sexual e identidade de géneroLicínia Simões
 
Tolerância com a diversidade
Tolerância com a diversidadeTolerância com a diversidade
Tolerância com a diversidadelucia_nunes
 
O conceito de gênero e as relações de gêneros
O conceito de gênero e as relações de gênerosO conceito de gênero e as relações de gêneros
O conceito de gênero e as relações de gênerosYanMBM
 
Tudo sobre Sexualidade
Tudo sobre SexualidadeTudo sobre Sexualidade
Tudo sobre SexualidadeAna Luzia
 
Genero e sexualidade - Aula Completa de Sociologia
Genero e sexualidade - Aula Completa de SociologiaGenero e sexualidade - Aula Completa de Sociologia
Genero e sexualidade - Aula Completa de SociologiaSaulo Lucena
 
Violencia Doméstica
Violencia DomésticaViolencia Doméstica
Violencia DomésticaAP6Dmundao
 
Género e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas EscolasGénero e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas EscolasMichele Pó
 

Mais procurados (20)

SEXUALIDADE E GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
SEXUALIDADE E GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIASEXUALIDADE E GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
SEXUALIDADE E GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Gravidez na adolescencia
Gravidez na adolescenciaGravidez na adolescencia
Gravidez na adolescencia
 
Adolescencia
AdolescenciaAdolescencia
Adolescencia
 
Violência infantil
Violência infantilViolência infantil
Violência infantil
 
Gênero e Sexualidade
Gênero e Sexualidade Gênero e Sexualidade
Gênero e Sexualidade
 
Diversidade Sexual Gênero e Homofobia
Diversidade Sexual Gênero e HomofobiaDiversidade Sexual Gênero e Homofobia
Diversidade Sexual Gênero e Homofobia
 
Trabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre SexualidadeTrabalho sobre Sexualidade
Trabalho sobre Sexualidade
 
Homofobia
HomofobiaHomofobia
Homofobia
 
Aborto
AbortoAborto
Aborto
 
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
 
Perguntas e respostas sobre orientação sexual e identidade de género
Perguntas e respostas sobre orientação sexual e identidade de géneroPerguntas e respostas sobre orientação sexual e identidade de género
Perguntas e respostas sobre orientação sexual e identidade de género
 
Cultura indígena
Cultura indígenaCultura indígena
Cultura indígena
 
Tolerância com a diversidade
Tolerância com a diversidadeTolerância com a diversidade
Tolerância com a diversidade
 
Sexualidade
SexualidadeSexualidade
Sexualidade
 
O conceito de gênero e as relações de gêneros
O conceito de gênero e as relações de gênerosO conceito de gênero e as relações de gêneros
O conceito de gênero e as relações de gêneros
 
Tudo sobre Sexualidade
Tudo sobre SexualidadeTudo sobre Sexualidade
Tudo sobre Sexualidade
 
Genero e sexualidade - Aula Completa de Sociologia
Genero e sexualidade - Aula Completa de SociologiaGenero e sexualidade - Aula Completa de Sociologia
Genero e sexualidade - Aula Completa de Sociologia
 
Violencia Doméstica
Violencia DomésticaViolencia Doméstica
Violencia Doméstica
 
Género e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas EscolasGénero e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas Escolas
 

Destaque

Orientação Sexual
Orientação SexualOrientação Sexual
Orientação SexualYara Ribeiro
 
Orientação sexual PowerPoint
Orientação sexual PowerPointOrientação sexual PowerPoint
Orientação sexual PowerPointfajuchico
 
Orientação sexual e igualdade de géneros (1)
Orientação sexual e igualdade de géneros (1)Orientação sexual e igualdade de géneros (1)
Orientação sexual e igualdade de géneros (1)mafaldamane97
 
A sexualidade na adolescência
A sexualidade na adolescênciaA sexualidade na adolescência
A sexualidade na adolescênciaLilia Braga
 
Orientação Sexual
Orientação SexualOrientação Sexual
Orientação SexualNoxi
 
Inquérito_Sexualidade
Inquérito_SexualidadeInquérito_Sexualidade
Inquérito_SexualidadeLurdes
 
Orientação sexual
Orientação sexualOrientação sexual
Orientação sexualjokaeleandro
 
Orientação sexual
Orientação sexualOrientação sexual
Orientação sexualRayane Souza
 
OrientaçãO Sexual E A Escola – Segundo Os Pcn
OrientaçãO Sexual E A Escola – Segundo Os PcnOrientaçãO Sexual E A Escola – Segundo Os Pcn
OrientaçãO Sexual E A Escola – Segundo Os Pcnsouzagabrielli
 
40027607 educacao-sexual
40027607 educacao-sexual40027607 educacao-sexual
40027607 educacao-sexualPelo Siro
 
Planeamento familiar
Planeamento familiarPlaneamento familiar
Planeamento familiarZaara Miranda
 
Apresentação curso planejamento fliar
Apresentação curso planejamento fliarApresentação curso planejamento fliar
Apresentação curso planejamento fliartvf
 
Planeamento Familiar
Planeamento FamiliarPlaneamento Familiar
Planeamento FamiliarMichele Pó
 
Educação sexual e prevenção slides
Educação sexual e prevenção   slidesEducação sexual e prevenção   slides
Educação sexual e prevenção slidesValentinacarvalho
 

Destaque (20)

Orientação Sexual
Orientação SexualOrientação Sexual
Orientação Sexual
 
Orientação Sexual
Orientação SexualOrientação Sexual
Orientação Sexual
 
Orientação sexual PowerPoint
Orientação sexual PowerPointOrientação sexual PowerPoint
Orientação sexual PowerPoint
 
Orientação sexual
Orientação sexualOrientação sexual
Orientação sexual
 
Orientação sexual e igualdade de géneros (1)
Orientação sexual e igualdade de géneros (1)Orientação sexual e igualdade de géneros (1)
Orientação sexual e igualdade de géneros (1)
 
A sexualidade na adolescência
A sexualidade na adolescênciaA sexualidade na adolescência
A sexualidade na adolescência
 
Orientação Sexual
Orientação SexualOrientação Sexual
Orientação Sexual
 
Inquérito_Sexualidade
Inquérito_SexualidadeInquérito_Sexualidade
Inquérito_Sexualidade
 
Orientação sexual
Orientação sexualOrientação sexual
Orientação sexual
 
Artigo orientação sexual
Artigo orientação sexualArtigo orientação sexual
Artigo orientação sexual
 
Orientação sexual
Orientação sexualOrientação sexual
Orientação sexual
 
OrientaçãO Sexual E A Escola – Segundo Os Pcn
OrientaçãO Sexual E A Escola – Segundo Os PcnOrientaçãO Sexual E A Escola – Segundo Os Pcn
OrientaçãO Sexual E A Escola – Segundo Os Pcn
 
Orientacao sexual
Orientacao sexualOrientacao sexual
Orientacao sexual
 
40027607 educacao-sexual
40027607 educacao-sexual40027607 educacao-sexual
40027607 educacao-sexual
 
Homossexualidade
HomossexualidadeHomossexualidade
Homossexualidade
 
Planeamento familiar
Planeamento familiarPlaneamento familiar
Planeamento familiar
 
Apresentação curso planejamento fliar
Apresentação curso planejamento fliarApresentação curso planejamento fliar
Apresentação curso planejamento fliar
 
Planeamento Familiar
Planeamento FamiliarPlaneamento Familiar
Planeamento Familiar
 
Homossexualidade
Homossexualidade   Homossexualidade
Homossexualidade
 
Educação sexual e prevenção slides
Educação sexual e prevenção   slidesEducação sexual e prevenção   slides
Educação sexual e prevenção slides
 

Semelhante a Orientação sexual: biologia, identidade e prevenção

Dignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual HumanaDignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual HumanaTarcio Oliveira
 
Orientações sexuais
Orientações sexuaisOrientações sexuais
Orientações sexuaisTiago Es
 
Disforia de gênero - guia prático de atualização SBP
Disforia de gênero - guia prático de atualização SBP Disforia de gênero - guia prático de atualização SBP
Disforia de gênero - guia prático de atualização SBP Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Sexualidade na adolescência
Sexualidade na adolescência Sexualidade na adolescência
Sexualidade na adolescência Gisele Da Fonseca
 
Diversidade sexual e os diferentes estilos de vida
Diversidade sexual e os diferentes estilos de vidaDiversidade sexual e os diferentes estilos de vida
Diversidade sexual e os diferentes estilos de vidaAluisio Èvora
 
Pilares da sexualidade encontro com professores mediadores 2013
Pilares da sexualidade   encontro com professores mediadores 2013Pilares da sexualidade   encontro com professores mediadores 2013
Pilares da sexualidade encontro com professores mediadores 2013Fernanda Rezende Pedroza
 
A orientação homossexual e as investigações acerca da existência de component...
A orientação homossexual e as investigações acerca da existência de component...A orientação homossexual e as investigações acerca da existência de component...
A orientação homossexual e as investigações acerca da existência de component...Universidade Estadual de Maringá
 
O preconceito sexual do Séc. XXI: Opressão Social de Famílias Homoparentais
O preconceito sexual do Séc. XXI: Opressão Social de Famílias HomoparentaisO preconceito sexual do Séc. XXI: Opressão Social de Famílias Homoparentais
O preconceito sexual do Séc. XXI: Opressão Social de Famílias HomoparentaisPedro Alexandre Costa
 
Palestra Homossexualidade
Palestra HomossexualidadePalestra Homossexualidade
Palestra HomossexualidadeVinicius Bruno
 

Semelhante a Orientação sexual: biologia, identidade e prevenção (20)

Dignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual HumanaDignidade E Diversidade Sexual Humana
Dignidade E Diversidade Sexual Humana
 
Orientação sexual
Orientação sexualOrientação sexual
Orientação sexual
 
Orientações sexuais
Orientações sexuaisOrientações sexuais
Orientações sexuais
 
Disforia de gênero - guia prático de atualização SBP
Disforia de gênero - guia prático de atualização SBP Disforia de gênero - guia prático de atualização SBP
Disforia de gênero - guia prático de atualização SBP
 
1
11
1
 
2
22
2
 
2
22
2
 
Psicologia da lesbica gay
Psicologia da lesbica gayPsicologia da lesbica gay
Psicologia da lesbica gay
 
Homossexualidade
HomossexualidadeHomossexualidade
Homossexualidade
 
Sexualidade na adolescência
Sexualidade na adolescência Sexualidade na adolescência
Sexualidade na adolescência
 
Diversidade sexual e os diferentes estilos de vida
Diversidade sexual e os diferentes estilos de vidaDiversidade sexual e os diferentes estilos de vida
Diversidade sexual e os diferentes estilos de vida
 
Sexualidade e Saúde reprodutiva.
Sexualidade e Saúde reprodutiva.Sexualidade e Saúde reprodutiva.
Sexualidade e Saúde reprodutiva.
 
Pilares da sexualidade encontro com professores mediadores 2013
Pilares da sexualidade   encontro com professores mediadores 2013Pilares da sexualidade   encontro com professores mediadores 2013
Pilares da sexualidade encontro com professores mediadores 2013
 
A orientação homossexual e as investigações acerca da existência de component...
A orientação homossexual e as investigações acerca da existência de component...A orientação homossexual e as investigações acerca da existência de component...
A orientação homossexual e as investigações acerca da existência de component...
 
30 abril
30 abril30 abril
30 abril
 
O preconceito sexual do Séc. XXI: Opressão Social de Famílias Homoparentais
O preconceito sexual do Séc. XXI: Opressão Social de Famílias HomoparentaisO preconceito sexual do Séc. XXI: Opressão Social de Famílias Homoparentais
O preconceito sexual do Séc. XXI: Opressão Social de Famílias Homoparentais
 
sexualidade
sexualidadesexualidade
sexualidade
 
Palestra Homossexualidade
Palestra HomossexualidadePalestra Homossexualidade
Palestra Homossexualidade
 
Readme
ReadmeReadme
Readme
 
Gênero Formação.pdf
Gênero Formação.pdfGênero Formação.pdf
Gênero Formação.pdf
 

Mais de -

Trabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no BrasilTrabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no Brasil-
 
Educação mundial
Educação mundialEducação mundial
Educação mundial-
 
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.-
 
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)-
 
A escola do futuro
A escola do futuroA escola do futuro
A escola do futuro-
 
A economia no mundo
A economia no mundoA economia no mundo
A economia no mundo-
 
Apresentação 2 power point
Apresentação 2  power pointApresentação 2  power point
Apresentação 2 power point-
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA-
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA-
 
Eco battery
Eco batteryEco battery
Eco battery-
 
Qualidades de nossas escolas
Qualidades  de nossas escolasQualidades  de nossas escolas
Qualidades de nossas escolas-
 
O jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalhoO jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalho-
 
O futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológicaO futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológica-
 
Miséria
MisériaMiséria
Miséria-
 
Jovens criando família
Jovens criando famíliaJovens criando família
Jovens criando família-
 
Melhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalharMelhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalhar-
 
Drogas no esporte
Drogas no esporteDrogas no esporte
Drogas no esporte-
 
Drogas na escola
Drogas na escolaDrogas na escola
Drogas na escola-
 
Drogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitasDrogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitas-
 
As barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologiaAs barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologia-
 

Mais de - (20)

Trabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no BrasilTrabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no Brasil
 
Educação mundial
Educação mundialEducação mundial
Educação mundial
 
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
 
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
 
A escola do futuro
A escola do futuroA escola do futuro
A escola do futuro
 
A economia no mundo
A economia no mundoA economia no mundo
A economia no mundo
 
Apresentação 2 power point
Apresentação 2  power pointApresentação 2  power point
Apresentação 2 power point
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA
 
Eco battery
Eco batteryEco battery
Eco battery
 
Qualidades de nossas escolas
Qualidades  de nossas escolasQualidades  de nossas escolas
Qualidades de nossas escolas
 
O jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalhoO jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalho
 
O futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológicaO futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológica
 
Miséria
MisériaMiséria
Miséria
 
Jovens criando família
Jovens criando famíliaJovens criando família
Jovens criando família
 
Melhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalharMelhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalhar
 
Drogas no esporte
Drogas no esporteDrogas no esporte
Drogas no esporte
 
Drogas na escola
Drogas na escolaDrogas na escola
Drogas na escola
 
Drogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitasDrogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitas
 
As barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologiaAs barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologia
 

Último

637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Susana Stoffel
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 

Último (20)

637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 

Orientação sexual: biologia, identidade e prevenção

  • 1.
  • 2. Neste trabalho estaremos falando sobre orientação sexual coisa que hoje em dia sem orientação cada um faria o que quer.
  • 3.  O que é orientação sexual?  O que o termo orientação sexual significa?  Cientistas afirmam que?  A orientação sexual é biológica por natureza?  A homossexualidade?  Como se prevenir?
  • 4.  A orientação sexual de uma pessoa indica por quais gêneros ela sente-se atraída, seja física, romântica e/ou emocionalmente.
  • 5.  Ela pode ser assexual (nenhuma atração sexual), bissexual (atração pelos gêneros masculino e feminino), heterossexual (atração pelo gênero oposto), homossexual (atração pelo mesmo gênero)3 ou pansexual (atração independente do gênero).
  • 6.  De acordo com Jaqueline Gomes de Jesus, é importante ressaltar que orientação sexual e gênero "podem se comunicar, mas um aspecto não necessariamente depende ou decorre do outro.  Pessoas transgênero são como as cisgênero, podem ter qualquer orientação sexual: nem todo homem e mulher é 'naturalmente' cisgênero e/ou heterossexual".
  • 7.  O termo orientação sexual é considerado mais apropriado do que opção sexual ou preferência sexual porque opção indica que uma pessoa teria escolhido a sua forma de desejo.
  • 8.  A psicologia moderna, embora não tenha consenso a respeito do que exatamente explica a sexualidade de um indivíduo, determina que a orientação sexual não pode ser mudada com terapias e não é uma escolha.
  • 9.  A orientação sexual pode ser determinada por fatores biogenéticos, sejam questões hormonais in útero ou genes que possam determinar esta predisposição.
  • 10.  Pesquisas têm identificado diversos fatores biológicos que podem estar relacionados ao desenvolvimento da orientação sexual, incluindo os genes, hormônios pré-natais e a estrutura do cérebro humano.
  • 11.  Nenhuma causa única foi identificada até então e a pesquisa continua nesta área.
  • 12.  A visão prevalente é a de que a orientação sexual é biológica por natureza, determinada por um complexo jogo de fatores genéticos e desenvolvimento intra-uterino.
  • 13.  Alguns acreditam que a orientação sexual é estabelecida na concepção, portanto não uma escolha. Isto é, indivíduos não optam por serem hétero, homo, bi, pan ou assexuais. Não há evidência suficiente para suportar a visão de que experiências na infância, criação, abuso sexual ou outros efeitos adversos em vida influenciem a orientação sexual.
  • 14.  Contudo, estudos encontram bases na experiência de vida para alguns aspectos da expressão da sexualidade humana. Atitudes dos pais em relação à orientação sexual pode afetar como seus filhos experimentam com comportamentos relacionados socialmente a uma certa orientação.
  • 15.  A homossexualidade já foi considerada como resultado de dinâmicas familiares problemáticas ou desenvolvimento psicológico faltoso.
  • 16.  Estas ideias já são hoje consideradas como baseadas em desinformação e preconceito. A investigação científica atual procura encontrar explicações biológicas para a manifestação de uma determinada orientação sexual.
  • 17.  Até o momento, não há nenhuma evidência científica replicável que embase qualquer explicação específica para a sexualidade humana.
  • 18.  Você pode não querer falar sobre elas, mas as infecções que ocorrem na região genital podem ser perigosas. Provavelmente já faz tempo que você teve aulas de educação sexual, mas você precisa deixar de lado a sua vergonha para manter as suas partes íntimas em sua melhor forma.
  • 19. O melhor jeito de se prevenir contra a gravidez é usar métodos contraceptivos (pílulas,injeções e comprimidos).
  • 20. O melhor jeito de se prevenir contra as doenças sexualmente transmissíveis é usando a camisinha feminina e masculina.
  • 22.
  • 23.  Nomes: Emerson Styburski, Ricardo dos Santos.  E-mails: emersonst99@gmail.com, ricardo1999@gmail.com.
  • 24.  Obrigado(a) pela a atenção de todos esperamos que todas as duvidas foram esclarecidas durante a apresentação.