Avaliação elis regina

806 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
806
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação elis regina

  1. 1. Universidade Cruzeiro do Sul Silvilene Oliveira RGM 966-1
  2. 2. Tema: Leitura e Interpretação Objetivo: Desenvolver a leitura e interpretação de textos. Fazer o aluno situar-se no contexto histórico que envolve o tema da música. Nº de aulas: 02 Material a ser utilizado: Cópias da letra da Música “Como nossos pais”. Lápis ou caneta. Ano: 2º e 3º
  3. 3. Etapas: 1ª Apresentar a Cantora Elis Regina e contar um resumo da sua história. 2ª Ler um trecho da música 3ª Ouvir a música inteira 4ª Ouvir a música acompanhando a letra e em duplas circular as palavras desconhecidas do seu vocabulário apenas do 1º trecho lido na 2ª etapa 5ª Pedir para cada dupla citar as palavras desconhecidas, escrevê-las na lousa e explicar o sentido das palavras e ler a letra da música.
  4. 4. Avaliação: Questionar os alunos sobre a interpretação da música. Pedir para que cada um diga uma palavra marcante que identifique a música. Exemplo: Amor, Aprendi, Vivi.
  5. 5. Elis Regina • Nasceu Porto Alegre, 17 de março de 1945; • Morreu precocemente em 1982, com apenas 36 anos, deixando uma vasta obra na música popular brasileira. • É considerada por muitos críticos, comentadores e outros músicos a melhor cantora brasileira de todos os tempos • Ela criticou muitas vezes a ditadura brasileira, nos difíceis Anos de chumbo, quando muitos músicos foram perseguidos e exilados.
  6. 6. Não quero lhe falar, Meu grande amor, Das coisas que aprendi Nos discos... Quero lhe contar como eu vivi E tudo o que aconteceu comigo Viver é melhor que sonhar Eu sei que o amor É uma coisa boa Mas também sei Que qualquer canto É menor do que a vida De qualquer pessoa... Por isso cuidado meu bem Há perigo na esquina Eles venceram e o sinal Está fechado prá nós Que somos jovens... Para abraçar seu irmão E beijar sua menina na rua
  7. 7. É que se fez o seu braço, O seu lábio e a sua voz... Você me pergunta Pela minha paixão Digo que estou encantada Como uma nova invenção Eu vou ficar nesta cidade Não vou voltar pro sertão Pois vejo vir vindo no vento Cheiro de nova estação Eu sei de tudo na ferida viva Do meu coração... Já faz tempo Eu vi você na rua Cabelo ao vento Gente jovem reunida Na parede da memória Essa lembrança É o quadro que dói mais... Minha dor é perceber Que apesar de termos Feito tudo o que fizemos Ainda somos os mesmos
  8. 8. E vivemos Ainda somos os mesmos E vivemos Como os nossos pais... Nossos ídolos Ainda são os mesmos E as aparências Não enganam não Você diz que depois deles Não apareceu mais ninguém Você pode até dizer Que eu tô por fora Ou então Que eu tô inventando... Mas é você Que ama o passado E que não vê É você Que ama o passado E que não vê Que o novo sempre vem... Hoje eu sei Que quem me deu a ideia De uma nova consciência E juventude Tá em casa Guardado por Deus Contando vil metal... Minha dor é perceber Que apesar de termos Feito tudo, tudo, Tudo o que fizemos Nós ainda somos Os mesmos e vivemos Ainda somos Os mesmos e vivemos Ainda somos Os mesmos e vivemos Como os nossos pais...

×