Tendencias para 2013

710 visualizações

Publicada em

Tendências de consumo cruciais para 2013, por Trend Watching.com

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
710
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tendencias para 2013

  1. 1. 10TENDÊNCIASDECONSUMOCRUCIAISPARA2013Como VOCÊ pretende suprir as expectativas dos seus consumidores nos próximos 12 meses?Trend Briefing dezembro 2012:trendwatching.com/pt/trends/10trends2013
  2. 2. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 2Introdução:2013 será o ano perfeito para aproveitar umaenxurrada de necessidades e oportunidades.Algumas economias continuarão (quase) OK,outras permanecerão na corda bamba, masindependentemente do mercado ou indústriaonde você atua, aqueles que conseguirem supriros desejos, necessidades e expectativas emconstante transformação de seus consumidoresterão sempre mais chances de lucrar. Umaeconomia mundial remapeada, novas tecnologias(ou “velhas” tecnologias aplicadas de maneirasnovas), novos modelos de negócio... dá paranão gostar que do vem pela frente?Por isso mesmo, queremos oferecer esta visãopanorâmica sobre as 10 principais tendências deconsumo (em ordem randômica) para que vocêpossa aplicá-las nos próximos 12 meses. Vamos lá »5.APPSCRIPTIONS7. DATA MYNING10. DEMANDINGBRANDS2. EMERGING29. FULLFRONTAL8. AGAIN MADEHERE3. MOBILEMOMENTS6. CELEBRATIONNATION4. NEW LIFEINSIDE1. PRESUMERS &CUSTOWNERS11. MORE-ISM
  3. 3. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 31.PRESUMERS&CUSTOWNERS2013 verá consumidores entusiasmados abraçandodois inovadores modelos de “consumo”: tornando-sePRESUMERS e CUSTOWNERS.PRESUMERS gostam de se envolver, alavancar, financiare promover produtos e serviços antes que eles sequerexistam. Graças a incontáveis novas plataformas decrowdfunding e novas tecnologias de manufatura cadadia mais acessíveis (e um crescente culto global aoempreendedorismo em geral), os próximos 12 meses irãosuprir os desejos destes consumidores.Não é de admirar que as cifras gastas por PRESUMERS emplataformas de crowdfunding passaram de apenas USD 530milhões em 2009, para USD 1,3 bilhões em 2011 e USD 2,8bilhões em 2012. (Fonte: Massolution/The Economist, maio2012)Para mais insights, dê uma olhada no nosso Trend Briefingrecente dedicado a PRESUMERS»O que vêm pela frente depois de PRESUMERS? Que talCUSTOWNERS? Consumidores que deixam de lado oconsumo passivo de produtos e passam a financiare investir (quando não comprando parte) de suasmarcas preferidas.Porém, estes consumidores espertos ligados a negóciosnormalmente buscam retorno financeiro e emocional. Porisso mesmo apenas marcas que são acessíveis, amigáveis,honestas, confiáveis, transparentes e de alguma maneiramais “humanas” se mostrarão dignas do entusiasmo deCUSTOWNERS.Aliás, fique de olho no US JOBS Act, que seráimplementado em janeiro de 2013 e pela primeira vezpermite que investidores não-credenciados dos EUApossam comprar (micro) capital em startups. A empresa depesquisas Gartner apontou para uma previsão importante:os fundos levantados pelas plataformas de crowdfundingirão subir para USD 6,2 bilhões em 2013. Um bom exemplopara outros países, não?“Os consumidores vão abraçar ainda mais formas de participar do financiamento e (pré) lançamentode novos produtos e marcas”
  4. 4. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 4Lançado em novembro de 2012, Brikstarter nasceujunto com a edição inglesa da plataforma Kickstartere se oferece a ajudar pessoas a desenvolver projetosa serem financiados no Kickstarter. A empresaproduz CAD designs, modelos de impressão 3D,vídeos promocionais e até ajuda a selecionarfornecedores caso o projeto adquira os fundosnecessários.Lançada em setembro de 2012, a marca ZAOZAOde Hong Kong se auto intitula “O seu pretailersocial”. A nova plataforma online permite quedesigners de moda possam pré-lançar os seusprodutos e assim angariar fundos para a produçãoatravés da comunidade do site ou amantescrowdfunders da moda.Brikstarter: ajudandomoldar e construirprotótipos do KickstarterZAOZAO: pretailer socialpara amantes da moda1.PRESUMERSANDCUSTOWNERS
  5. 5. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 5É claro que este Trend Briefinggratuito é só a ponta do iceberg.trendwatching.com/pt/premiumO ano que vem já está logo ali! Se você quer ter acessoà TODAS as tendências, insights e inovações quevocê precisa manter no seu radar pelos próximos 12-18 meses, dê uma olhada no nosso 2013 PremiumService, incluindo o 2013 Trend Report!LEIA MAIS »Em Julho de 2012 a cadeia inglesa de fast-foodsaudável Leon criou Leon Bonds. O projeto visavaangariar GBP 1,5 milhão através de seus clientes(ao invés de investidores corporativos) para ajudara expansão da marca em novos locais. Investidoresreceberam o pagamento dos juros em libras £eon(créditos para gastar no restaurante).Leon Bonds: juros pagoscomo vouchers de comida1.PRESUMERSANDCUSTOWNERS2013 Trend ReportTrend Database +Monthly Updates + TipsIndustry Trend Reports
  6. 6. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 6E se você ainda não esta pronto para abrir o seunegócio para investidores, mas ainda assim queroferecer benefícios dignos de sócios aos seusconsumidores, então aprenda com o projetoBarclaycard Ring MasterCard, um cartão decrédito “social” desenhado e desenvolvido atravésde crowdsourcing. Membros de uma comunidadevirtual podem sugerir e votar decisões que podemafetar como o projeto é desenvolvido e apresentado.Todos os membros da comunidade têm participaçãono lucro gerado.Fundable é uma plataforma de equity crowdfundingnorte-americana para startups com o objetivo deusufruir da legislação JOBS Act nos EUA (ver acima).Até o momento, startups em Fundable já ofereceram“recompensas”, como produtos ou experiências,para os seus investidores.Barclaycard Ring:cartão de crédito “social”Fundable: plataforma deequity crowdfunding1.PRESUMERSANDCUSTOWNERS
  7. 7. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 72.EMERGING2-“EMERGENTES²”Enquanto nas duas últimas décadas mercadosdesenvolvidos atendiam às necessidades de paísesemergentes, e mercados emergentes satisfaziamo desejo de países desenvolvidos; o que podemosesperar agora é uma explosão de produtos eserviços de mercados emergentes para mercadosemergentes.Pense em todas as marcas brasileiras e chinesas que jáatendem a classe média na Turquia, Índia ou África doSul. Ou vice-versa.Além disso, como estas marcas de mercadosemergentes já possuem experiência de atuação emmercados de rápida ascensão e já estão acostumadasa atender classes médias cada vez mais poderosas,podemos esperar que as próximas potências demercado de massa virão de fato de mercadosemergentes.Os números são interessantes: em 2013, o PIBde mercados emergentes irá ultrapassar o demercados desenvolvidos pela primeira vez (deacordo com a metodologia Purchasing Power Parity).São USD 44,2 trilhões versus USD 42,7 trilhões. (Fonte:IMF, outubro de 2012)Um bom exercício para qualquer empreendedor comambições globais (atuante ou não em um mercadoemergente): pergunte-se quem são os novos playersmais potentes da sua indústria. Não sabe por ondecomeçar? Use o nosso Trend Briefing EXCEPTIONALLe planeje uma análise mais competitiva para 2013.“Marcas emergentes do mundo todo estão atendendo aos desejos da classe média emergente do mundo todo.”
  8. 8. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 8A empresa turca Peak Games é hoje a terceiramaior plataforma de social gaming do mundo, com30 milhões de usuários mensais ativos na Turquia,Oriente Médio e norte da África. A empresa viu asua receita do primeiro quarto de 2012 aumentar 10vezes comparado com o mesmo período em 2011.WeChat, da empresa Tencent é um serviço demensagens de voz, texto e foto que trocou o seuanterior nome “Weixin” para ter maior apelo global.Depois de incluir português (de olho no mercadobrasileiro) e a língua indonésia, em setembro de2012 o serviço passou a incluir hindu. Recentementesuperou os 200 milhões de usuários no mundotodo.Peak Games: terceiramaior plataforma de socialgamingWeChat: aplicativo demensagens chinês chegaa 200 milhões de usuáriosno mundo2.EMERGING2
  9. 9. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 9Em outubro de 2012, a marca brasileira AmazonasSandals anunciou planos de abrir uma loja emGuangzhou, na China, no início de 2013. AmazonasSandals usa matéria-prima bruta de árvoresseringueiras do Brasil, e a borracha de suassandálias são feitas com 80% de material reciclado.AmazonasSandals:chinelosbrasileirosna ChinaAlguns dos (grandes e pequenos)clientes que já se beneficiam doacesso ao nosso Premium Service:trendwatching.com/pt/premiumDe grandes empresas a pequenos estúdios e agências,marcas ambiciosas de todo o mundo já estãotrabalhando com o Premium Service.Não fique para trás em 2013!2.EMERGING2
  10. 10. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 10Compumax lançou o primeiro tablet colombianointeiramente desenhado e produzido em Bogotá.O BluePad tem uma tela de 7 polegadas, operaem sistema Android 4.0 e possui um drive SSDde 4GB – expansível para 32GB via Micro SD. Oproduto, que se consagrou como o mais acessívelno mercado, custa USD 214 e também podem sercomprado na Venezuela e Equador.Em outubro de 2012, Lenovo começou a venderuma linha de smartphones na Indonésia; desde topsde linha como K860 com câmera de 8 megapixelse 8GB de memória até aparelhos mais acessíveis.O fabricante também anunciou que iria lançar umsmartphone para o mercado indiano até março de2013, procurando consolidar a sua posição como asegunda maior fabricante de smartphones na China.BluePad: tabletcolombiano disponível naAmérica LatinaLenovo: estratégia desmartphones asiáticos2.EMERGING2
  11. 11. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 113.MOBILEMOMENTSPara aqueles que se perguntam quais serão os próximospassos de “mobile”, um só insight comportamental já nosdá muitas dicas: em 2013, consumidores usarão os seusaparelhos celulares para maximizar absolutamentecada momento. Agitadas, as vidas urbanas significam quemesmo o menor espaço de (micro) tempo não será efêmero,sempre haverá espaço para incluir mais conteúdo, conectar-se, consumir ou simplesmente buscar mais diversão.Isso significa que os próximos 12 meses verão umaexplosão de MOBILE MOMENTS: produtos, serviços eexperiências que permitam os consumidores amantes demobile a adotar naturalmente um estilo de vida multi-hiper-tasking.Poderíamos apresentar uma enxurrada de estatísticas,desde o número de usuários mobile até a porcentagem de“viciados” mobile, mas sabemos que VOCÊ não tem essetempo. Por isso selecionamos apenas três:• Uma pesquisa com adultos usuários de smartphonesdos EUA, descobriu que 63% dos entrevistados do sexofeminino e 73% dos entrevistados do sexo masculino nãopassam mais de uma hora sem checar o seu telefone.(Fonte: Harris Interactive, junho de 2012)• Usuários de telefones celulares entre 18 e 24 anos trocam,em média, 109.5 mensagens por dia, mais de 3.200 pormês. (Fonte: Pew Research Centre, setembro de 2012)• Um estudo acadêmico sobre usuários da plataformaAndroid, revelou que mesmo checando os celularesaproximadamente uma hora por dia, o tempo médio devisita aos aplicativos é de um pouco mais de um minuto.(Fonte: DFKI, novembro de 2011)Você está se perguntando como aplicar MOBILEMOMENTS? Aproveite todas as outras tendências desteTrend Briefing (ou Trend Briefings anteriores) e adicione umtoque de maximização de estilo de vida, de experiênciasúnicas; uma dimensão MOBILE MOMENTS.Ainda em dúvida? Confira os exemplos a seguir einspire-se para aproveitar todos os segundos, preenchermomentos e criar serviços completos e novos deserviços on-the-go:“Vivendo a vida multi-hyper-tasking: porque micro-conveniências, mini-experiências esnacks digitais irão dominar 2013.”
  12. 12. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 123.MOBILEMOMENTSJana permite que usuários de telefones celulares empaíses em desenvolvimento participem de pesquisasde mercado através de SMS em troca de prêmios,como minutos para ligação. Como resultado de suaparceria com operadoras de telefonia celular, hojeo serviço atende quase 3,5 bilhões de pessoas emmais de 100 países.Em julho de 2012 vimos a inauguração do ProjektIngeborg, na cidade de Klagenfurt. O projetooferece uma biblioteca virtual através de QR codesespalhados ao redor da cidade. Apesar de nãopossuírem uma biblioteca pública, os moradorespodiam ter acesso à literatura clássica através dosadesivos amarelos espalhados em lugares comopontos de ônibus.Jana: plataforma depesquisa de mercadomobile para países emdesenvolvimentoProjekt Ingeborg:biblioteca virtual emKlagenfurt, Áustria
  13. 13. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 133.MOBILEMOMENTSWeChat o aplicativo de mensagens global quemencionamos em EMERGING² possui uma sériede recursos que permitem que usuários conversemcom estranhos randomicamente. A função “RemoteShake” conecta dois usuários ao acaso, quedevem sacudir os seus telefones ao mesmo tempo,enquanto “Drift Bottle” permite que usuários enviemmensagens em garrafas virtuais “mar adentro” paraserem recolhidas (e lidas) por qualquer um.Snapchat é um aplicativo que permitecompartilhamento de imagens que só podem servistas pelo recipiente por alguns segundos antesde serem “auto-destruídas”. Os desenvolvedoresanunciaram em outubro de 2012 que o serviço jáestava processando 20 milhões de imagens por dia.WeChat:funções hiper-sociaisSnapchat: aplicativo decompartilhamento de fototemporário
  14. 14. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 143.MOBILEMOMENTSAproveitando o fenômeno em constante difusãoda aplicação de QR codes no varejo, a empresaonline norte-americana Peapod.com anunciou emoutubro de 2012 o lançamento de mais de 100 “lojasvirtuais” nas maiores estações de trem de Nova York,Washington, D.C. e Chicago. Enquanto isso, lojas deQR codes continuam surgindo. Só uma de muitas:a rede de supermercados mexicana do Walmart,Superama já disponibiliza quiosques com QR codesem alguns shoppings na Cidade do México. MOBILEMOMENTS globais já estão aqui ;-)Pogoseat é um aplicativo que permite que aaudiência de eventos esportivos identifique ecompre os melhores assentos disponíveis inloco, usando os seus smartphones. O aplicativoidentifica os melhores lugares, recebe os dados depagamento e libera a compra.Peapod: lojas virtuais comQR codes em estações detransporte público nos EUAPogoseat:maximize sua experiência
  15. 15. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 154.NEWLIFEINSIDE-“VIDAINTERIOR”Com ou sem recessão, em longo prazo, uma dasmissões principais de marcas será manter atividadesecologicamente sustentáveis. Esta, então, é apenasuma pequena amostra e sinal dos tempos de umamini-eco-tendência para 2013: o fenômeno deprodutos e serviços que possuem uma vida pordentro. Literalmente. Ao invés de serem descartadosou reciclados (por outras pessoas), eles podem serplantados e cultivados. Imaginem quanto eco-status eeco-histórias desse tipo.É claro que produtos NEW LIFE INSIDE não irãoresolver os maiores desafios de sustentabilidade nomundo. Mas mais do que nunca, em 2013 haveráum grande valor simbólico em criar o novo, uma vidaatravés de um produto de consumo.Até mesmo declarações simbólicas ou divertidas, sobreos seus valores farão ruído entre os seus consumidores.Especialmente se elas forem vistas como expressõesde uma intenção ainda maior.“É hora dos produtos que retribuem.”
  16. 16. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 164.NEWLIFEINSIDESprout é um lápis que quer ser uma planta quandocrescer. Assim que fica pequeno demais para serusado ele pode ser plantado: uma cápsula com umasemente no topo do lápis é dissolvida com contatocom a água, permitindo que a semente germine ecresça. O projeto arrecadou mais de USD 35.000 demais de 2.000 investidores PRESUMERS quando o“funding” foi encerrado em setembro de 2012.O designer coreano Gyeongwan Koo criou o “ToBe Nature Chopstick” como uma maneira alterativade reutilizar os pauzinhos japoneses descartáveis.Após o uso, coloca-se os palitos na terra, onde umasemente germina o solo e de lá cresce uma planta.Um de cada par de palitinhos possui uma cápsulatransparente na ponta com a semente, e o outropode servir como suporte para o crescimento dasfolhas e galhos.Sprout: o lápis que quer seruma planta“To Be Nature” Chopstick:vira suporte para plantas
  17. 17. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 174.NEWLIFEINSIDEComo parte do projeto de reflorestação Red LeafProject da marca de cerveja Molson Canadian,a empresa lançou porta-copos feitos de papel-semente que quando plantados podem setransformar em árvores. Desde junho de 2012, ummilhão de porta-copos já foram distribuídos embares e locais especializados.O chileno Tierra Patagonia Hotel & Spa lançouuma iniciativa para dar a cada um de seus clientessementes de árvores rastreáveis virtualmente. Cadahóspede recebe um código e pode escolher em queparte da área protegida deseja que sua árvore sejaplantada. Uma vez no solo, os hóspedes recebemum link geo-localizado do Google Maps com alocalização da sua árvore.Molson Canadian: porta-copos plantáveisTierra Patagonia Hotel &Spa: sementes rastreáveis
  18. 18. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 185.APPSCRIPTIONSTecnologias digitais são a nova medicina, médicospassam a recorrer a aplicativos e outros serviços paramelhorar os resultados de tratamentos.No ano passado já falamos de DIY HEALTH* mas alémde já ser possível encontrar mais de 13 mil aplicativosde saúde disponíveis na app store da Apple o que maisimporta agora é encontrar o MELHOR deles. Já queé uma questão de saúde, eles devem ser precisos eseguros.Portanto, em 2013 consumidores se voltarão paraprofissionais e instituições médicas para pedirconselhos sobre essas novas tecnologias e aplicativosmédicos. Será esperado que os profissionais receitemos melhores apps (assim como remédios) como partede tratamentos. Além disso, para provedores de saúde,estes “remédios digitais” prometem reduzir custostornando o consumidor mais consciente sobre a suasaúde, melhorar resultados, e permitir monitoramentoremoto e captação de sinais antecipados.Mesmo que você não esteja na indústria da saúde, eacha que APPSCRIPTIONS não é relevante para você,podemos apostar que uma hora gasta observando atendência fundamental por trás disso tudo – serviçosdelivery baseados em mobile – pode gerar algunsnovos insights rentáveis.* DIY HEALTH trata de consumidores que usam atecnologia para rastrear, gerenciar, monitorar e melhorara sua saúde. Geralmente de maneira informal e autoimposta.“Tecnologias digitais são a nova medicina.”
  19. 19. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 195.appscriptionsEm junho de 2012 o fundo do governo australiano“National Prescribing Service”, lançou o AntibioticsReminder O aplicativo gratuito permite quepacientes criem alertas para lembrá-los de tomara sua medicação, rastrear quando foi tomada emanter um diário de monitoramento do progresso.O objetivo é ajudar usuários a tomar os seusantibióticos corretamente e também tirar o melhorproveito dos remédios.Happtique (uma subsidiária do Greater New YorkHospital Association) é uma loja de aplicativosmédicos desenvolvida por e para profissionais damedicina. Em agosto de 2012, Happtique lançouum programa piloto para um app de receitaseletrônicas. O mRx, permite que médicos façamprescrições de aplicativos certificados parapacientes e então rastreiem quais pacientes fizeramo download ou mandem alertas para aqueles queainda não tem o app.App Antibiotics RemindermRX: App store paraprofissionais da medicina
  20. 20. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 205.appscriptionsEm julho de 2012, o Food and Drug Administrationnos EUA concedeu uma autorização de vendapara Proteus Digital Health, o sensor ingerível quecontrola se pacientes estão ou não tomando osseus remédios. O sensor é ativado (e carregado)através do fluido estomacal, e as informaçõessobre a saúde do paciente são analisadas atravésde um aplicativo de smartphone que alerta seo medicamento não for ingerido no períododeterminado.ProteusDigitalHealth:sensor demedicamentoingerívelaprovado pelo FDAAlguns dos (grandes e pequenos)clientes que já se beneficiam doacesso ao nosso Premium Service:trendwatching.com/pt/premiumDe grandes empresas a pequenos estúdios e agências,marcas ambiciosas de todo o mundo já estãotrabalhando com o Premium Service.Não fique para trás em 2013!
  21. 21. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 216.CELEBRATIONNATIONEm 2013, o capital cultural global continuará a seralterado tão dinamicamente quanto o seu equivalentefinanceiro. Um resultado? Mercados emergentesexportarão orgulhosamente e inclusive farãoquestão de disseminar sua cultura e histórianos próximos 12 meses. Símbolos, estilos de vida etradições que antes eram menosprezadas (quando nãonegadas) serão fonte de orgulho para consumidoreslocais, e objeto de interesse para consumidoresglobais....Caso você não faça parte de uma CELEBRATIONNATION, talvez essa seja a hora certa de criarparcerias locais com marcas inovadoras de mercadosemergentes e trazer parte desse mundo para o seunegócio. Mas se você já faz parte de um destesmercados, leia mais uma vez a nossa tendência MADEFOR CHINA (IF NOT BRIC) e comece a respeitarculturas locais.“Ostentando as culturas que estão na moda.”
  22. 22. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 226.CELEBRATIONNATIONHouse of Masaba da marca de moda de luxoMasaba Gupta baseada em Mumbai, reinventou otradicional saree indiano com estampas peculiarese modernas como estampas de pop art, voltadaspara um público de jovens consumidoras. Lançadona primavera de 2012, o saree preto e branco comimpressão de uma câmera fotográfica foi adotadopor inúmeras celebridades indianas, assim como asestampas de vaca. Preços variam de INR 8.000 a10.000.A primeira marca de moda de luxo chinesa, NE-TIGER, é conhecida pelos seus designs étnicosinspirados em uma mistura oriente/ocidente. Emsetembro de 2012 o criador da marca, ZhangZhifeng fez um discurso entitulado “Da China para oMundo”, antes de apresentar a sua última coleçãode alta costura “Huafu” em Milão, na Itália.House of Masaba:sarees e pop artNE-TIGER: moda de luxo“Da China para o Mundo”
  23. 23. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 236.CELEBRATIONNATIONEm abril de 2012 o Studio Tsimáni foi convidadoa fazer parte da iniciativa Destination Mexicoorganizada pela loja de design do MoMA em NovaYork. O estúdio inspira-se na cultura mexicanatradicional para criar mobiliário contemporâneo eprodutos que personifiquem a identidade do país.Studio Tsimáni: design paracelebrar o MéxicoÉ claro que este Trend Briefinggratuito é só a ponta do iceberg.trendwatching.com/pt/premiumO ano que vem já está logo ali! Se você quer ter acessoà TODAS as tendências, insights e inovações quevocê precisa manter no seu radar pelos próximos 12-18 meses, dê uma olhada no nosso 2013 PremiumService, incluindo o 2013 Trend Report!LEIA MAIS »2013 Trend ReportTrend Database +Monthly Updates + TipsIndustry Trend Reports
  24. 24. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 246.CELEBRATIONNATIONHá algum tempo os iniciados no mundo da belezajá celebravam marcas coreanas de produtosestéticos, mas podemos esperar um grandecrescimento desse movimento nos próximos 12meses. Apenas um exemplo: em outubro de 2012,os consumidores das lojas Neiman Marcus, emSan Francisco puderam comprar a marca coreanade beleza Sulwhasoo. Conhecida pelo design desuas embalagens inspirados na cerâmica clássicacoreana, os seus produtos usam ervas medicinaiscomo ginseng e raiz de peônia branca.Lançado em julho de 2012, a segunda temporadade K-Pop Star Hunt do canal tbN pretendeencontrar a próxima grande estrela K-Pop naÁsia. A caçada está sendo realizada em oitopaíses asiáticos, incluindo a Coréia do Sul, Japão,Malásia, Vietnã e Tailândia. A música coreana é,naturalmente, um fenômeno global hoje em dia,especialmente após o hit “Gangnam Style” do PSY(que não deixa de zombar das estrelas do K-Pop).Sulwhasoo: produtosde beleza tradicionaiscoreanos invadem os EUAtvN: K-Pop Star Hunt
  25. 25. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 256.CELEBRATIONNATIONA marca de roupas de luxo brasileira Osklen revelousua coleção primavera/verão 2013 na Semana deModa de Nova York em setembro deste ano. Ofundador da marca e diretor criativo disse que oestilo da coleção é “a alma brasileira encontra osonho californiano... só que moderno.” Hoje a marcapossui 62 lojas no Brasil e já pode ser comprada emlojas dos EUA, Japão e Itália, além de outros.A marca de produtos de beleza Sol de Janeiro, (quecelebra a cultura icônica da praia brasileira) estásendo vendida nas lojas Sephora dos EUA. A marcausa ingredientes tradicionais como grãos de caféverde (que previnem radicais livres de prejudicarcélulas da pele) e antioxidantes de extratos de açaí.Osklen: moda de luxo comestilo brasileiroSol de Janeiro: belezainspirada no Brasil
  26. 26. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 267.DATAMYNINGSe dados são uma nova espécie de recurso,em 2013 podemos esperar que consumidorescomecem a exigir o valor de sua fatia.Até os dias de hoje, as discussões ao redor da “bigdata” (abundância de informações sobre o consumidore seus hábitos de compra) se resumiam ao uso dedados de consumidores a favor dos negócios. Em 2013,compradores perspicazes irão reverter essa lógica: elesesperam ter controle e fazer o melhor uso possíveldos seus próprios dados, e procurar marcas queusem esta informação proativamente para oferecerajuda e conselhos sobre como melhorar o seu estilo devida e/ou economizar dinheiro.Nada disso é uma novidade no mundo doentretenimento (pense em recomendações sobre filmesou releia o nosso Trend Briefing de 2005 TWINSUMER;-) mas em 2013 espere ver indústrias “mundanas”começarem a usar dados de seus consumidores etorná-los úteis.Apenas um aviso: a fronteira entre marcas queoferecem serviços válidos (e idealmente quase invisíveis)e aquelas que sufocam consumidores com ofertasagressivas de serviços assustadores é uma linha muitotênue. Sim, compradores gostam de se sentir servidos,mas não querem se sentir observados.“Porque consumidores querem ‘bons’ dados, não ‘muitos’ dados.”
  27. 27. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 277.DATAMYNINGA norte-americana Cignifi desenvolve soluçõestecnológicas para a análise de estatísticasrelacionadas ao uso de dados em telefonescelulares. Através de ligações, mensagens erecargas, a empresa consegue analisar o estilo devida de determinado usuário e assim criar um perfilde risco de crédito. O serviço completou o seu pilotorecentemente no Brasil e agora está pronto paraacessar os dados da classe média brasileira de 100milhões de pessoas, que atualmente têm acessolimitado a produtos de serviços financeiros.Lançado em outubro de 2012, Movenbank foicriada com o objetivo de oferecer uma plataformade serviços financeiros que ajude seus usuáriosa melhorar a sua relação com suas economias eos recompense sempre que for o caso. O serviçoé baseado em um sistema de pontuação que éimpulsionado por gastos e economias de todosos participantes envolvidos (o que cria uma certa“influência social”). Usuários com maior pontuaçãosão beneficiados com descontos nas tarifas eacesso a produtos adicionais.Cignifi:pontuação a partir do uso dedados em telefones celularesMovenbank: pontuação erecompensas
  28. 28. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 287.DATAMYNINGLançado em Abril de 2012 Opower é o resultado deuma colaboração entre Facebook, o Conselho deDefesa de Recursos Naturais, o software de análisede consumo de energia Opower e 16 empresasconcessionárias nos EUA. Usuários podem conectara sua conta de energia ao aplicativo e visualizar oseu consumo de energia durante todo o mês. Oapp também permite a comparação do uso geralde energia entre amigos e outras casas norte-americanas, além de incentivar competições einiciativas para diminuir o desperdício de energiadoméstica.Em agosto de 2012 a rede de supermercados norte-americana Kroger passou a utilizar um esquemade descontos personalizados baseados nos dadosdos cartões fidelidade de seus consumidores.Kroger comunicou que 70% dos compradores quereceberam os descontos usaram pelo menos umdeles.Opower: aplicativo socialcria competição deeconomia de energiaKroger:descontos personalizadosem supermercados
  29. 29. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 298.AGAINMADEHERE-“MAISUMAVEZ,FEITOAQUI”Em 2013, a manufatura voltará para casa, isto é, se“casa” significar um mercado desenvolvido.O que está por trás desta tendência: a tempestuosabusca de consumidores por NEWISM, a expectativade poder ter o produto certo na hora certa AGORA!),preocupações com sustentabilidade e o desejo porSTATUS STORIES, Tudo isso combinado com apopularização de tecnologias de manufatura local,como impressão 3D ou objetos feitos sob medida.Além disso, é claro, consumidores abraçando a causaAGAIN MADE HERE serão muito bem-vindos porexecutivos preocupados com o aumento do custo damão-de-obra chinesa e cadeias de abastecimentoglobais cada vez mais frágeis.Apenas uma estatística para alavancar esta discussão:• Quatro em cada cinco consumidores norte-americanos (76%) prestam atenção na frase“Fabricado nos EUA” em avisos ou etiquetas e estãomais dispostos a comprar estes produto. (Fonte:Perception Research, julho de 2012)Leitores observadores já devem ter notado comoPRESUMERS e AGAIN MADE HERE se retro-alimentarão nos próximos meses. Preparem-se, já quea mudança na mecânica e economia de modelos denegócios de manufatura farão com que o termo “local”signifique muito mais do que artesanato ou culinária. ;-)“Manufatura local é a nova economia de serviços.”
  30. 30. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 30Em junho de 2012 acompanhamos a entrega dosprimeiros Tesla Model S, produzidos em Fremont,na Califórnia. O carro é alimentado através de umabateria de lítio ionizada e vai de 0 a 100 km/h em4.5 segundos, proporcionando uma experiência dealto desempenho. O Model S também possui umpainel touchscreen com acesso wireless à internet(que inclusive pode ser sincronizado com váriossmartphones), permitindo que os usuários controlemsistemas de navegação, música e temperatura.Em outubro de 2012, a plataforma líder deimpressoras 3D Shapeways –que oferece serviçosde impressão 3D para a sua comunidade dedesigners e PRESUMERS – abriu a sua primeiraFábrica do Futuro na cidade de Long Island, emNova York. Os 25 mil metros quadrados abrigarão30 a 50 impressoras 3D e terão a capacidade deimprimir de 3 a 5 milhões de objetos anualmente.Tesla Model S:feito na CalifórniaShapeways : Long Island,em Nova York, recebefábrica do futuro8.AGAINMADEHERE
  31. 31. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 31Em março de 2012, a empresa de bicicletas elétricasfrancesa Véloscoot levou a sua produção daChina de volta à La Rochelle, na França. A marcairá produzir a primeira bicicleta elétrica “Fabricadana França”, com o objetivo de se tornar maiscompetitiva por estar mais próxima do seu mercadoprincipal.Em setembro de 2012, a empresa Hiut Denimlançou o seu primeiro lote de jeans direto de suafábrica em Cardigan, no País de Gales. A startupbritânica tem como objetivo trazer o trabalho damanufatura de volta à cidade, que perdeu o seuúnico grande cliente quando a última fábrica dejeans foi fechada há quase uma década. Os jeanssão acompanhados de um “History Tag”, aplicativoque permite que consumidores vejam imagens dosseus jeans sendo produzidos.Véloscoot:trazendo a produção devolta à La RochelleHiut Denim:“Nossa cidade estáproduzindo jeans de novo”8.AGAINMADEHERE
  32. 32. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 32Em junho de 2012, o Google lançou o aparelho de“home media-streaming”, Nexus Q. O seu sistemawireless vinha com a seguinte inscrição desenhadaa laser: “Projetado e produzido nos EUA”. A basede metal do Nexus Q é produzida no centro-oestedo país, os componentes de plástico são feitosna Califórnia e o aparelho é montado a poucosquilómetros dos escritórios do Google em MontainView, Califórnia.Google Nexus Q: projetadoe feito nos EUAAlguns dos (grandes e pequenos)clientes que já se beneficiam doacesso ao nosso Premium Service:trendwatching.com/pt/premiumDe grandes empresas a pequenos estúdios e agências,marcas ambiciosas de todo o mundo já estãotrabalhando com o Premium Service.Não fique para trás em 2013!8.AGAINMADEHERE
  33. 33. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 339.FULLFRONTAL-“NUFRONTAL”Então o que é que podemos esperar da mega-tendênciade transparência? Marcas devem passar de “não ter nadaa esconder”, à provar e mostrar proativamente quenão têm nada mesmo a esconder. Isso significa mais doque apenas fazer declarações grandiosas sobre “valores”e “cultura”, mas assumir uma posição clara e direta comresultados concretos.Não, nem todos os consumidores são tão exigentes assim.Porém conforme a ideia de transparência se consolida comoum fator higiênico, mesmo aqueles que não fazem questãoesperam que marcas mostrem as suas credenciais éticas eambientais para aqueles que realmente se preocupam comisso.Alguns números:• A porcentagem de consumidores globais que confiam emnegócios que fazem “a coisa certa” caiu de 56% em 2011para 53% em 2012. (Fonte: Edelman, janeiro de 2012)• A proporção de pessoas que acreditam que marcas fazemuma contribuição notável para a melhoria de suas vidas, éde 8% na Europa e 5% nos EUA. Dados interessantes deserem comparados com 57% e 30% na China e AméricaLatina, respectivamente. (Fonte: Havas, fevereiro de 2012)• 69% dos consumidores norte-americanos se dizeminclinados a comprar de marcas que discutem abertamenteos seus resultados, contra 31% que comprariam de marcasque falam de suas missões e propostas. (Fonte: ConeCommunications, outubro de 2012).• Apenas 44% dos norte-americanos acreditam nos planosecologicamente corretos de empresas. (Fonte: Cone Inc.,março de 2012).Embora a maior parte dos exemplos que se seguem estaremrelacionados à alimentação, a mensagem é clara... Apenasmarcas que confiam em seu produto (e nelas mesmas)serão capazes de assumir o FULL FRONTAL*.Se você está se perguntando o que será que seus clientesdiriam se você adotasse o FULL FRONTAL, a pergunta maisimportante para 2013 é: o que eles pensarão se você não ofizer?* Para aqueles que acham isso assustador, vale reler o nossoTrend Briefing FLAWSOME e deixar se convencer de que nãoser perfeito não é o fim do mundo. É a intenção que importa.“Não apenas transparentes, mas nus e orgulhosos.” ;-)
  34. 34. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 34A marca brasileira de cosméticos eco-friendlyNatura oferece uma lista completa de todos os seusobjetivos socioambientais em seu relatório anual.No final do ano passado, objetivos como a reduçãode consumo de água, tempo de treinamento defuncionários e a diminuição de resíduos sólidosforam categorizados como “Não alcançados”, eajustados para a lista de 2012.Em setembro de 2012, o McDonald’s começou adivulgar informações calóricas de seus lanches nosmenus dos seus restaurantes e nas janelas dosdrive-thru nos EUA. Ao mesmo tempo, a marca deuinício à campanha “Favoritos abaixo de 400 calorias”para promover lanches leves como o sanduícheMac Fish e o Egg McMuffin.Natura:falhaseconquistassócio-ambientaisreveladasemrelatórioanualMcDonald’s: menus cominformações calóricas9.FULLFRONTAL
  35. 35. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 35Em setembro de 2012, o restaurante japonêsKimitachi abriu uma franquia em Curitiba, Brasil,após o seu piloto bem sucedido em Florianópolis.Pedidos de entrega podem ser acompanhados porcâmeras através de um sistema de vídeo instaladona cozinha do restaurante. O sistema foi criado para“humanizar a entrega de sushi” e oferecer maistransparência e confiança aos seus clientes.De olho nas preocupações dos consumidoreschineses com segurança alimentar, a fazendaorgânica Yi Mu Tian utiliza um sistema derastreamento digital dos alimentos. A fazenda high-tech, que usa computadores para regulagem detemperatura, iluminação e irrigação, opera um sistemade códigos que permite que consumidores vejamo trajeto de seus alimentos desde o solo, inclusivepodendo acompanha-los via câmeras.Kimitachi:monitoramentodesushiviawebcamYi Mu Tian: fazendaorgânica chinesa9.FULLFRONTAL
  36. 36. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 3610.demandingbrands-“MARCASEXIGENTES”Espere observar uma mudança ousada na relaçãoentre marcas responsáveis e ambiciosas e seus clientesem 2013. Marcas conectadas que já embarcaram nabusca por um futuro mais sustentável e socialmenteresponsável irão exigir que seus consumidorestambém contribuam, ganhando assim o respeito atédos mais exigentes.Por outro lado, consumidores não tomarão partido demarcas a não ser que realmente acreditem na causa.Portanto, ao se posicionar como uma DEMANDINGBRAND, tenha certeza de que você é 100%transparente e sincero, senão só resta continuar sendouma SERVILE BRAND ;-)Apenas mais uma consideração a respeito deDEMANDING BRANDS em 2013: uma coisa é serexigente temporariamente apenas para chamar aatenção de seus consumidores, outra é fazer exigênciasfundamentadas e de forma frequente. Bom, ninguémdisse que seria fácil.Estes são apenas dois exemplos de doação de sangueque te farão pensar mais no assunto, mas fique de olhoem nosso Trend Briefing exclusivo sobre DEMANDINGBRANDS no primeiro trimestre de 2013.“O desejo de marcas serão uma ordem para consumidores.”
  37. 37. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 37A Tata Docomo gerencia o “The Bloodline Club”,uma rede social de doação de sangue paraparticipantes do mundo todo. Ao se registrar,usuários devem indicar o seu tipo sanguíneo. Emcaso de alguma emergência, membros podemcontatar Tata Docomo via Facebook e o clubeenviará um aviso aos membros compatíveis.Para promover a sua campanha de doação desangue, o clube de futebol brasileiro Vitoria revelouos novos uniformes de seus jogadores em julho de2012. Apesar da camisa do time ser em tons devermelho e preto, o novo uniforme era branco comlistras pretas. Fãs de todo o país foram encorajadosa doar sangue para que a cor vermelha voltasseàs camisas. Durante o campeonato 2012/2013 asquatro listras se tornarão vermelhas uma de cadavez, conforme o banco de sangue alcançar cadameta de doações estipulada.Tata Docomo:The Bloodline ClubVitória: doe sangue paracolorir uniformes10.demandingbrands
  38. 38. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 3811.MORE-ISMEstas 10 tendências são apenas a ponta do iceberg. Se você deseja ter acesso a todas astendências de consumo e inovações que mantemos no nosso radar, o nosso 2013 PremiumService – que inclui o nosso 2013 Trend Report exclusivo de mais de 100 páginas – foi feitopara você.Para muitos de vocês, o nosso conteúdo gratuito já é suficiente para mantê-los atualizados.Ainda assim, este Trend Briefing é só um panorama daquilo que está nos nossos radares.Portanto, se você quer ter acesso a todas as tendências que estamos pesquisando em2013, incluindo uma grande lista de exemplos indexados e pesquisáveis do mundo todo,então dê uma olhada no nosso Premium Service »O serviço inclui acesso protegido por senha ao exclusivo 2013 Trend Report de maisde 100 páginas e ao nosso Trend Database que possui mais de 7.000 exemplosglobais e é atualizado durante o ano todo. Clientes Premium também recebemrelatórios de tendências específicos por indústria, atualizações mensais e conteúdoadicional até maio de 2014.Você se encontrará em boa (e competitiva) companhia; empresas B2C lideres demercado e agências já trabalham com o nosso conteúdo Premium. Pequenasempresas ambiciosas e freelancers do mundo todo já são nossos clientes, isso porquemantemos nossos produtos sempre acessíveis. Saiba mais aqui »2013 Trend ReportTrend Database + Monthly Updates + Tips Industry Trend Reports
  39. 39. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 39Nãoesqueça...Como todas as palavras mais interessantes, a palavra“tendência” é multifacetada ;-) Para alguns, ela significacoleção outono/inverno 2015. Para outros, significa oaumento do custo de energia em mercados desenvolvidos.Por isso queremos deixar claro que:A nossa obsessão são tendências de consumo.Sim, nós também nos interessamos pelos contextosglobais e macro-tendências, mas apenas com a finalidadede embasar as nossas investigações sobre consumidoresno mundo. Por isso mesmo não publicamos as nossaspesquisas em uma escala macro. Para saber mais sobreisso, dê uma olhada no Global Institute da McKinsey e narevista The Economist.Tendências de consumo não são sazonais nem sedistribuem de forma organizada ao longo do ano. Elassurgem através da polinização, combinação e mistura decomportamentos de consumo novos e consolidados. Umavez que já surgiram, elas evoluem constantemente.Isso significa que há uma sobreposição nesta lista entretendências que já identificamos anteriormente por aqui eoutras nas quais estamos de olho nos últimos 12 meses (oumais) como SERVILE BRANDS ou EXCEPTIONALL.Este Trend Briefing gratuito identifica 10 tendências queacreditamos serem imprescindíveis para o seu radar em2013. Esta é apenas uma seleção das tendências deconsumo que moldarão os próximos 12 meses. Se vocêestá ansioso por mais, mergulhe neste oceano de conteúdoonline, ou dê uma olhada na nossa Tendência 11 ;-)Nem todos os nossos insights serão relevantes paratodos os consumidores. Seres humanos são complexosdemais para isso. Quando você quiser descobrir quais sãoas tendências certºas para você, pense antes em comopoderia aplicá-las.Isso nos leva ao ponto mais importante... A observação detendências se resume em aplicação.Se você não usar estas tendências para inspirar inovaçõeslucrativas, elas serão apenas “bacanas de mostrar”. Entãoarregace as mangas, aplique estas tendências e aumenteos seus rendimentos em 2013, seja você uma empresa ouuma ONG!Liaoning 16, primeiro porta-aviões chinês
  40. 40. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 40ApliqueSe você conhece o trendwatching.com, já deve estar familiarizado com asnossas quatro formas de aplicar tendências de consumos. Enquantoestiver analisando como cada tendência pode beneficiar o seu negócio,pergunte-se constantemente se elas podem:1. Influenciar ou moldar a visão da sua empresa.2. Inspirar você a criar conceitos de novos negócios, uma empreitadatotalmente diferente ou uma nova marca.3. Agregar um novo produto, serviço ou experiência para um segmentoespecífico de consumidor.4. Inspirar campanhas e ações de marketing e ajudar a entender alinguagem dos consumidores que já estão vivendo determinada tendênciainovadora.Boa sorte!FINALMENTE…Quer dar a si mesmo uma chance ainda melhor de dominar as ondas deconsumo de tendências que estão vindo em 2013? Certifique-se que você estáinscrito para receber nossos Trend Briefings gratuitos: muitos mais virão em2013 e alémVocê não está aliviado que aplicar tendências em nada se parececom isso? ;-)
  41. 41. 2013Premium ServiceINSCREVA-SETrend BriefingsANTERIORESSEMINÁRIO DETENDÊNCIASDICASPRÓXIMOGostou desse Trend Briefing? Deseja mais?Clique abaixo e esteja certo de que você estará por cima em relação atodas as tendências, insights e inovações importantes:COMPARTILHEPara receber nossos Trend Briefingsmensais por email.Leia todos os nossos Trend Briefings grátis dosmeses anteriores, desde 2011 em português, oudesde 2002 em inglês!Descubra tudo o que aconteceu durante os nossosSeminários de Tendências de Consumo, em 13 cidades,de agosto a outubro de 2012. Fique de olho (e assine)aos últimos updates para o Seminário de Tendências deConsumo 2013.Precisa acessar todas as tendências de consumo,os insights e as inovações mais vibrantes? NossoPremium Service é para você.Você quer monitorar e aplicar tendências vocêmesmo? Clique aqui para ver as nossas dicasmais importantes.Compartilhe esse Trend Briefing com a suaequipe, seus clientes e seus amigos e tenhacerteza que eles também estarão conectadosno que está acontecendo.Se você tem algum comentário, sugestãoou dúvida, por favor entre em contato.Apenas envie um email para:PAUL BACKMANpaul@trendwatching.comSOBRE NÓSCriado em 2002, trendwatching.com é a empresade tendências líder no cenário mundial, que mapea omundo todo em busca das tendências de consumomais promissoras, insights e ideias práticas parasua empresa. Entre os nossos clientes do PremiumService estão muitas das mais influentes marcas,enquanto nossos Trend Briefings grátis são enviadospara mais de 200.000 assinantes em 180 países.Mais em www.trendwatching.com

×