Ana caroline

1.133 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.133
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ana caroline

  1. 1. Ficha Técnica Título: Felicidade Clandestina Autora: Clarice Lispector Editora: Rocco Ltda. Ano de Publicação: 1998
  2. 2. Elementos Narrativos Narrador: Personagem Personagens: A Menina Narradora e Protagonista, a garota gorda antagonista e a Mãe da garota cruel secundária. Tempo: Cronológico Espaço: Recife
  3. 3. Enredo A menina gorda, filha de dono de livraria, tinha um dom de crueldade. Não lia os livros e não os emprestava. Ela mostrou o livro “As reinações de Narizinho” do Monteiro Lobato, para a protagonista. Ela disse que emprestaria o livro se fosse na casa dela de manhã. Ela foi, a menina disse que já emprestou o livro a outra menina, e que passasse na manhã seguinte que emprestaria. Todo dia estava ela na porta da casa e a garota não emprestava, isso ocorreu por um bom tempo. Um dia sua mãe viu e queria saber o que aconteceu. Se espantou com a filha que tinha, disse que o livro nunca saiu da casa e que ela poderia ficar com o livro o tempo que quisesse. Não leu de imediato, mas não era uma garota com um livro e sim uma mulher com seu amante.
  4. 4. Opinião de Leitora É uma verdadeira Literatura brasileira. Nesse conto mostra como é boa a leitura. A inocência de uma menina que se submete a crueldade da outra para poder ler um livro do qual não tem condições de comprar, que alguém justo lhe ajuda e ela não se vê como “Uma menina e um livro” mais sim como “Uma mulher e um amante”. Eu recomendo sim a um colega, vale a pena ler, não só o conto mas como o livro todo.
  5. 5. Intertextualidade Clandestina felicidade (Brasil, 1998 - curta metragem - 35mm - ficção - 15 minutos - P&B) É um curta de Felicidade Clandestina, com mais detalhes, um pouco diferente e com outros contos.
  6. 6. Ana Caroline 06 1°A

×