Teoria sociocritica

525 visualizações

Publicada em

Como as tecnologias auxiliam na educação segundo a teoria pedagógica sociocrítica.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
525
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teoria sociocritica

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE LANTE/NTEM INFORMÁTICA EDUCATIVA I CIBERCULTURA E TEORIA PEDAGÓGICA SOCIOCRÍTICA Silvia Kelly Torres da Cunha Fevereiro de 2015
  2. 2. O mundo em que vivemos passa por um momento de grande evolução tecnológica e a educação precisa acompanhar essas mudanças. E a pergunta que surge é: “Como aliar a tecnologia ao processo de ensino- aprendizagem?”
  3. 3. Nem todas pessoas possuem os mesmos interesses e habilidades e nem todas as pessoas aprendem da mesma maneira. Esporte, arte e música são tão importantes quanto o ensino da matemática.
  4. 4. O cenário atual da educação busca professores atualizados, conectados e que buscam sempre contribuir para a melhora no processo de ensino-aprendizagem. O conhecimento está ao alcance de todos e o professor não é mais o detentor do conhecimento. Os alunos de hoje nasceram na época da tecnologia, assim é preciso que o professor a utilize como aliada. O professor precisa buscar novos caminhos, inovar e introduzir a tecnologia nas aulas.
  5. 5. “Novas tecnologias da comunicação e informação, ampliação e difusão da informação, novas formas de produção, circulação e consumo da cultura, colapso da divisão entre realidade e imagem, arte e vida” (LIBÂNEO, 2005) A “pedagogia é a formação humana, envolvendo o destino das pessoas a partir de seus processos de desenvolvimento e aprendizagem”. (LIBÂNEO, 2005)
  6. 6. A Teoria Sociocrítica Esta teoria, propõe uma educação vinculada à realidade econômica e sociocultural dos educandos, ligando ensino e ação transformadora da realidade, ação e reflexão, prática e teoria. Sustenta a ideia de que o conhecimento está comprometido com a emancipação das pessoas, com a liberdade intelectual e política. Por isso, associa as tarefas do ensino a uma análise crítica sócio-histórico-cultural do contexto em que as pessoas vivem. “As abordagens sociocríticas convergem na concepção de educação como compreensão da realidade para transformá-la, visando a construção de novas relações sociais para superação de desigualdades sociais e econômicas.”(LIBÂNEO, 2005)
  7. 7. A teoria sociocrítica apoia-se na visão histórico-cultural, na tradição da Escola de Vygotsky, em que os traços podem ser resumidos na interação sujeito-objeto. Essa teoria apoia-se na concepção de um sujeito interativo que elabora seus conhecimentos sobre os objetos, em um processo mediado pelo outro. O sujeito tem papel sujeito em sua aprendizagem; o ensino é mediado pela ação do professor e também pelos outros sujeitos envolvidos no processo
  8. 8. Nesse sentido, cabe ao professor, do ponto de vista didático a mediação didática. O professor põe-se entre o aluno e o conhecimento para possibilitar-lhe as condições e os meios de aprendizagem.
  9. 9. Sendo a cibercultura a cultura contemporânea estruturada pelos usos das tecnologias digitais em rede nas esferas do ciberespaço e das cidades, esta se relaciona com a teoria sociocrítica nos dias atuais quando encontramos educandos cada vez mais conectados à tecnologia conhecendo e utilizando cada vez mais softwares sociais (Facebook, WhatsApp, Twitter) em contato com diversas pessoas, de diversos lugares e varias culturas, fazendo assim com que a tecnologia seja a rede educativa daquele sujeito.
  10. 10. “...escola existe para formar sujeitos preparados para sobreviver nesta sociedade [...] apropriar-se criticamente dos benefícios da ciência e da tecnologia em favor do seu trabalho, da sua vida cotidiana, do seu crescimento pessoal.” (LIBÂNEO, 2005) Acredito que devemos aderir às teorias pedagógicas utilizando as ferramentas tecnológicas de modo a fazer cumprir o papel da escola de formação completa do indivíduo como citado por Libâneo. Utilizar a tecnologia em favor da educação.
  11. 11. Bibliografia LIBÂNEO, José Carlos. AS TEORIAS PEDAGÓGICAS MODERNAS RESIGINIFICADAS PELO DEBATE CONTEMPORÂNEO NA EDUCAÇÃO. Goiânia. 2005. BASSO, Cintia Maria. ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE O ENSINO MEDIADO POR COMPUTADORES. Disponível em: http://coral.ufsm.br/lec/02_00/Cintia-L&C4.htm. Acesso em: 18 de Fev. 2015.

×