CICLO ON-LINE
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
TENHA CONTROLE DA GESTÃO DE CONTRATOS À QUALIDADE DAS
OBRAS!
Anderson Adriano Montoro
 É Administrador de Empresas, formado na PUC/PR.
 Atuou em diversos segmentos: Telecomunicações...
Orientações
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
 A palestra terá duração de quarenta minutos.
 O evento será grav...
Roteiro
 Gerenciamento de empreiteiros – uma das principais “dores” da construção.
 Diminuição dos riscos na contratação...
 Tinham equipes próprias
Década de 1990
 Contratavam
empreiteiros
apenas para serviços muito específicos
GERENCIAMENTO D...
Isso representava altocusto!
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
SOLUÇÃO: TERCERIZAÇÃO!
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
OBJETIVOS
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
 Disponibilidade de equipes
treinadas
 Menor custo
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
 Transferência
de riscos da
execução
 Pagamentos
 Leis sociais
 EPI’s
 Ferramentas
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO...
Se não houver organização e parceria entre as partes, os
benefícios não serão alcançados.
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CIC...
PROBLEMAS
 Não cumprimento das metas de
prazo
 Não cumprimento do contrato
(integral ou partes)
 Falta de documentação da
Empresa...
 Não recolhimento de encargos
sociais e impostos
 Ações trabalhistas de ex-empregados do
Empreiteiro contra a Construtor...
 Número insuficiente de
funcionários
 Desperdício de materiais
MAIORES PROBLEMAS NO GERENCIAMENTO DE EMPREITEIROS
 Falt...
Prejuízos!
RESULTADOS
De acordo com dados levantados no Tribunal de Justiça de São Paulo ( TJ-SP), as
ações contra construtoras tiveram elevação...
O crescimento do mercado imobiliário tem
sido acompanhado por um aumento na
quantidade de ações de consumidores
contra con...
CONSTRUÇÃO MERCADO (PINI, 2002, n8, p.34)
Pesquisa publicada pela revista
CONSTRUÇÃO MERCADO afirma
que o custo para corri...
Descuidos como excesso de concreto nas
vigas ou desperdício de recursos
representa um acréscimo de cerca de 30%
nos custos...
COMO SE PREVENIR NA
CONTRATAÇÃO
DO EMPREITEIRO?
Contar com a sorte?
COMO SE PREVENIR NA CONTRATAÇÃO DO EMPREITEIRO?
COMO SE PREVENIR NA CONTRATAÇÃO DO EMPREITEIRO?
Não
comprar
um
terreno de
número
13?
Cruzar os dedos
na hora da
concretagem?
COMO SE PREVENIR NA CONTRATAÇÃO DO EMPREITEIRO?
CONTRATAÇÃO DO EMPREITEIRO
Reservar tempo para o processo de contratação
A meta é contratar o empreiteiro
mais competente e não o mais
agradável!
Menor preço
≠ Menor custo
VERIFICAR
COMO SE PREVENIR NA CONTRATAÇÃO DO EMPREITEIRO?
DOCUMENTAÇÃO DA
EMPRESA E DOS
FUNCIONÁRIOS
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
 PPRA – Programa de Prevenção de Risco
Ambiental
 PCMSO – Programa Controle Médico e
Saúde Ocupacional
 Dados da CIPA, ...
Certidões
DOCUMENTAÇÃO DA EMPRESA E DOS FUNCIONÁRIOS
 Certidão de débitos relativos aos tributos federais
e à dívida ativ...
Estrutura
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
O engenheiro mecânico Márcio Cardoso, que palestrou no M&T Expo 2015 –
evento voltado a equipamentos para canteiros de obr...
Qualificação
Técnica
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou na semana passada uma
pesquisa que aponta que a falta de trabalhadores...
http://construcaomercado.pini.com.br/negocios-incorporacao-construcao/gestao/pesquisa-da-cni-
mostra-que-74-das-empresas-d...
http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/11/07/5357/20131107105114553509e.pdf
Falta de trabalhador qu...
Indicações
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
Apoio
Jurídico
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
Informalidade no segmento da construção
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
“A natureza legal da relação contratual torna imperativo que a equipe de
gerenciamento de projetos esteja profundamente a ...
ORÇAMENTO
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
PROBLEMAS NO ORÇAMENTO
 Concepção e compatibilização do projeto como um todo
 Planejamento e gerenciamento dos serviços ...
ÍNDICE NACIONAL DE CUSTO DA CONSTRUÇÃO DO MERCADO
VARIAÇÃO I.N.C.C.
2006
a
2015
75,56%
2011
a
2015
10 anos 05 anos
2013
a
...
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
ESTOURO NO ORÇAMENTO!
 Classe A: de maior importância, valor ou quantidade, correspondendo a 20% do total.
 Classe B: com importância, quantid...
PLANEJAMENTO
Quando a programação é definida pelo gerente da obra
sem o envolvimento do empreiteiro, há falhas na
análise ...
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
 Decidir: “empreitar ou executar com pessoal próprio?”
 Levantar o trabalho a ser empreitado
 Escolher os critérios par...
 Assinar o contrato
 Divulgar a licitação e receber as propostas
 Verificar as referências e as documentações
 Utiliza...
 Realizar a medição dos serviços e o pagamento das parcelas,
encerrando as etapas já concluídas.
 Fiscalizar a Segurança...
 Verificar se a equipe presente no canteiro tem a capacitação necessária para
executar o serviço com qualidade e dentro d...
MEDIÇÃO
(KAPLAN E NORTON, 1997)
MEDIÇÃO DE RESULTADO
A medição de desempenho são
indicadores de resultado e
vetores de desempenho....
 Possibilitar a determinação
prévia de custos e a
orçamentação, total ou parcial,
de uma obra.
 Permitir a quantificação...
 Permitir a elaboração ou verificação de
rendimentos de mão-de-obra, materiais e
equipamentos, que lhes permitam uma maio...
A planilha de medição do serviço é um importante instrumento para evitar e
solucionar conflitos.
MEDIÇÃO DO SERVIÇO / CHEC...
 Tomar as ações corretivas necessárias
para que a obra possa voltar a estar
alinhada em relação ao planejamento
inicial, ...
 Ao final do contrato, preencher o formulário de Avaliação do Empreiteiro e
de Lições Aprendidas, que servirá de referênc...
e pense!
Sua empresa é
capaz de saber, a
qualquer
momento,
quanto sua
obra já gastou
e quanto deve
gastar até o
término?
GERENCIAME...
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
Sua empresa
acompanha os gastos
por etapa da obra?
Previsto x Realizado?
Quanto tempo
depois do término
da obra a empresa
tem o resultado
financeiro
definitivo?
Hoje, a obra está atrasada?
Se est...
Em que tarefas sua
empresa deve focar para
recuperar este
atraso?
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
CONTRATOS E MEDIÇÕES
GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
Apontar a que item do orçamento
se refere esta contratação
DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
Configurar incidência de impostos
DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
Controlar Aditivos
DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
Cadastrar as Medições
DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
Vinculação de Títulos
com o Contrato
DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
Vinculação de Títulos
com o Contrato
DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
Liberação da Medição para o Financeiro
DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
Qualquer tipo de serviço
A APLICAÇÃO EM CONTRATOS ADMINISTRATIVOS E DESPESAS FIXAS
INSPEÇÃO DE SERVIÇOS CONTROLADOS EXECUTADOS POR TERCEIROS
INSPEÇÃO DE SERVIÇOS CONTROLADOS EXECUTADOS POR TERCEIROS
INFORMAÇÃO
GERENCIAL
INFORMAÇÃO GERENCIAL
INFORMAÇÃO GERENCIAL
INFORMAÇÃO GERENCIAL
INFORMAÇÃO GERENCIAL
INFORMAÇÃO GERENCIAL
INFORMAÇÃO GERENCIAL
INFORMAÇÃO GERENCIAL
INFORMAÇÃO GERENCIAL
INFORMAÇÃO GERENCIAL
INFORMAÇÃO GERENCIAL
INFORMAÇÃO GERENCIAL
Escrevasuadúvidapelobate-papoouenvieparaoe-mail:
ciclosienge@softplan.com.br
*Osmicrofonespermanecerãofechados.
*Asdúvidas...
GERENCIAMENTO DE EMPREITEIROS TENHA CONTROLE DA GESTÃO DE CONTRATOS À QUALIDADE DAS OBRAS!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

GERENCIAMENTO DE EMPREITEIROS TENHA CONTROLE DA GESTÃO DE CONTRATOS À QUALIDADE DAS OBRAS!

1.253 visualizações

Publicada em

Assista a gravação da palestra aqui: http://goo.gl/nNEUjC.

Saiba mais sobre o Sienge em nosso site http://goo.gl/UDFawH.

Publicada em: Engenharia
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Somos fornecedores para Terceirização de cozinha industrial e alimentos para empresas e Canteiros de Obras. Atendemos BRASIL - Jefferson Guilherme - jef.comercial@renomerefeicoes.com.br empresa Renome Refeições - MMR e Suprema Alimentação - Vamos adequar nossos trabalhos a vocês em 2016? Com quem podemos dar curso a este assunto?
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.253
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Escolher o modelo de contrato
    Verificar a documentação do empreiteiro
  • GERENCIAMENTO DE EMPREITEIROS TENHA CONTROLE DA GESTÃO DE CONTRATOS À QUALIDADE DAS OBRAS!

    1. 1. CICLO ON-LINE GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS TENHA CONTROLE DA GESTÃO DE CONTRATOS À QUALIDADE DAS OBRAS!
    2. 2. Anderson Adriano Montoro  É Administrador de Empresas, formado na PUC/PR.  Atuou em diversos segmentos: Telecomunicações, Concessionária de Veículos, Alimentação, Segurança Privada e Pré-Fabricados.  Gerente Comercial da Praxis Consultoria há 3 anos.  Publicou o artigo: Teorias e instrumentos de levantamento de desempenho empresarial.  Tem 24 anos de experiência profissional. PALESTRANTE CICLO ON-LINE
    3. 3. Orientações GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE  A palestra terá duração de quarenta minutos.  O evento será gravado.  Os questionamentos deverão ser enviados via bate-papo.  As dúvidas serão respondidas posteriormente por e-mail.
    4. 4. Roteiro  Gerenciamento de empreiteiros – uma das principais “dores” da construção.  Diminuição dos riscos na contratação dos empreiteiros.  Planejamento: essencial em qualquer obra.  Controle do trabalho dos empreiteiros.  Importância do sistema de gestão para precisão e controle dos custos de obra.  Sienge, ferramentas para controle de atividades e medição.  Integração do Sienge com o canteiro de obras. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    5. 5.  Tinham equipes próprias Década de 1990  Contratavam empreiteiros apenas para serviços muito específicos GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    6. 6. Isso representava altocusto! GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    7. 7. SOLUÇÃO: TERCERIZAÇÃO! GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    8. 8. OBJETIVOS GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    9. 9.  Disponibilidade de equipes treinadas  Menor custo GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    10. 10.  Transferência de riscos da execução  Pagamentos  Leis sociais  EPI’s  Ferramentas GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE Gestão da mão de obra:
    11. 11. Se não houver organização e parceria entre as partes, os benefícios não serão alcançados. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE Os benefícios serão alcançados somente mediante a organização, tanto da empresa construtora (contratante) como da subempreiteira (contratada).
    12. 12. PROBLEMAS
    13. 13.  Não cumprimento das metas de prazo  Não cumprimento do contrato (integral ou partes)  Falta de documentação da Empresa e dos Funcionários MAIORES PROBLEMAS NO GERENCIAMENTO DE EMPREITEIROS
    14. 14.  Não recolhimento de encargos sociais e impostos  Ações trabalhistas de ex-empregados do Empreiteiro contra a Construtora  Má qualidade dos serviços executados MAIORES PROBLEMAS NO GERENCIAMENTO DE EMPREITEIROS
    15. 15.  Número insuficiente de funcionários  Desperdício de materiais MAIORES PROBLEMAS NO GERENCIAMENTO DE EMPREITEIROS  Falta de profissionais qualificados
    16. 16. Prejuízos! RESULTADOS
    17. 17. De acordo com dados levantados no Tribunal de Justiça de São Paulo ( TJ-SP), as ações contra construtoras tiveram elevação de 2.600% de 2008 para 2013, passando de 140 para 3.779. Cerca de 80% dos processos foram motivados por atraso na entrega do imóvel. Fonte: http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/as-construtoras-mais-processadas-por-clientes-em-2013-em-sp GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    18. 18. O crescimento do mercado imobiliário tem sido acompanhado por um aumento na quantidade de ações de consumidores contra construtoras e incorporadoras, principalmente devido ao atraso de obras. No primeiro semestre de 2014, foram movidos 2.497 processos, 38% a mais que na primeira metade de 2013 e equivalente a 66% do total registrado em todo o último ano. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    19. 19. CONSTRUÇÃO MERCADO (PINI, 2002, n8, p.34) Pesquisa publicada pela revista CONSTRUÇÃO MERCADO afirma que o custo para corrigir um defeito após a entrega da obra é 5 vezes maior que o custo se o defeito fosse descoberto durante a execução. A mesma pesquisa afirmar que: “avaliando a metragem dos edifícios estudados e o número total de defeitos, chegou-se a uma média de 0,0263 defeitos/m2”. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    20. 20. Descuidos como excesso de concreto nas vigas ou desperdício de recursos representa um acréscimo de cerca de 30% nos custos das construções e aumenta de 11% a 20% o volume de materiais. Por isso, as empresas de construção civil buscam cada vez mais aumentar a sustentabilidade nas obras. Desperdício na construção civil GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    21. 21. COMO SE PREVENIR NA CONTRATAÇÃO DO EMPREITEIRO?
    22. 22. Contar com a sorte? COMO SE PREVENIR NA CONTRATAÇÃO DO EMPREITEIRO?
    23. 23. COMO SE PREVENIR NA CONTRATAÇÃO DO EMPREITEIRO? Não comprar um terreno de número 13?
    24. 24. Cruzar os dedos na hora da concretagem? COMO SE PREVENIR NA CONTRATAÇÃO DO EMPREITEIRO?
    25. 25. CONTRATAÇÃO DO EMPREITEIRO
    26. 26. Reservar tempo para o processo de contratação A meta é contratar o empreiteiro mais competente e não o mais agradável!
    27. 27. Menor preço ≠ Menor custo
    28. 28. VERIFICAR COMO SE PREVENIR NA CONTRATAÇÃO DO EMPREITEIRO?
    29. 29. DOCUMENTAÇÃO DA EMPRESA E DOS FUNCIONÁRIOS GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    30. 30.  PPRA – Programa de Prevenção de Risco Ambiental  PCMSO – Programa Controle Médico e Saúde Ocupacional  Dados da CIPA, quando obrigatória sua constituição  Livro de Inspeção do Trabalho A empresa contratante deverá solicitar ao empreiteiro que apresente documentos que demonstrem sua regularidade formal quanto às condições de saúde e segurança do trabalho. Documentos DOCUMENTAÇÃO DA EMPRESA E DOS FUNCIONÁRIOS
    31. 31. Certidões DOCUMENTAÇÃO DA EMPRESA E DOS FUNCIONÁRIOS  Certidão de débitos relativos aos tributos federais e à dívida ativa da União  Certidão Negativa de Débitos Relativos as Contribuições Previdenciárias e às de Terceiros  Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas  Certificado de Regularidade do FGTS As certidões comprobatórias de regularidade fiscal deverão ter prazo de validade inferior a 60 (sessenta) dias a contar do momento da apresentação.
    32. 32. Estrutura GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    33. 33. O engenheiro mecânico Márcio Cardoso, que palestrou no M&T Expo 2015 – evento voltado a equipamentos para canteiros de obras e sistemas construtivos - lembra que há um quadrinômio que já é perseguido pelas empresas do setor. “Eficiência, produtividade, segurança e lucratividade é o que vai nortear as construtoras brasileiras a partir de agora, assim como foi nos Estados Unidos após a crise de 2008. Lá, hoje, há 800 mil equipamentos trabalhando nos canteiros de obras. Aqui, são 35 mil, mas com forte potencial e viés de alta. É um caminho sem volta”, avalia. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
    34. 34. Qualificação Técnica GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    35. 35. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou na semana passada uma pesquisa que aponta que a falta de trabalhadores qualificados atinge 74% das empresas da indústria da construção brasileira. A pesquisa foi realizada em parceria com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    36. 36. http://construcaomercado.pini.com.br/negocios-incorporacao-construcao/gestao/pesquisa-da-cni- mostra-que-74-das-empresas-da-construcao-301279-1.aspx Hoje, a falta de trabalhadores qualificados afeta 64% das pequenas empresas, 77% das médias e 81% das grandes, de acordo com a GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE entidade. Segundo os empresários da construção ouvidos pela CNI, isso compromete principalmente a eficiência das empresas, a qualidade das obras, o cumprimento dos prazos e a redução do desperdício.
    37. 37. http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/11/07/5357/20131107105114553509e.pdf Falta de trabalhador qualificado dificulta ganhos de produtividade e aumento da qualidade GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    38. 38. Indicações GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    39. 39. Apoio Jurídico GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    40. 40. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    41. 41. Informalidade no segmento da construção GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
    42. 42. “A natureza legal da relação contratual torna imperativo que a equipe de gerenciamento de projetos esteja profundamente a par das implicações legais das ações tomadas durante a administração de qualquer contrato” (PMBOK, 2004, p.290). O contrato deve ser formalizado antes que a equipe do empreiteiro comece a trabalhar na obra, o que expõe a construtora a um grande risco. Apoio Jurídico
    43. 43. ORÇAMENTO GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
    44. 44. PROBLEMAS NO ORÇAMENTO  Concepção e compatibilização do projeto como um todo  Planejamento e gerenciamento dos serviços e da mão de obra  Levantamento do custo indireto  Estudo financeiro GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
    45. 45. ÍNDICE NACIONAL DE CUSTO DA CONSTRUÇÃO DO MERCADO VARIAÇÃO I.N.C.C. 2006 a 2015 75,56% 2011 a 2015 10 anos 05 anos 2013 a 2015 03 anos 34,93% 20,09% Acumulado 12 meses 6,46% 5,30% 2015 GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    46. 46. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
    47. 47. ESTOURO NO ORÇAMENTO!
    48. 48.  Classe A: de maior importância, valor ou quantidade, correspondendo a 20% do total.  Classe B: com importância, quantidade ou valor intermediário, correspondendo a 30% do total.  Classe C: de menor importância, valor ou quantidade, correspondendo a 50% do total. Diagrama de Pareto Curva de experiência ABC ou 80% dos problemas são geralmente causados por 20% dos fatores GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
    49. 49. PLANEJAMENTO Quando a programação é definida pelo gerente da obra sem o envolvimento do empreiteiro, há falhas na análise da produtividade, na logística e nas interferências que somente o empreiteiro, responsável direto pela equipe de produção, consegue identificar mais claramente. Envolva o empreiteiro no planejamento da obra, principalmente na definição da programação física dos serviços. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    50. 50. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    51. 51.  Decidir: “empreitar ou executar com pessoal próprio?”  Levantar o trabalho a ser empreitado  Escolher os critérios para qualificação dos empreiteiros (preço, estrutura, referências)  Escolher a modalidade de contrato que será utilizada  Definir a sequência de execução e a logística dentro do canteiro GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE PLANEJAMENTO / PLAN
    52. 52.  Assinar o contrato  Divulgar a licitação e receber as propostas  Verificar as referências e as documentações  Utilizar o Check List para contratação de empreiteiros  Selecionar o empreiteiro com base nos critérios estabelecidos  Estabelecer os marcos contratuais GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE PLANEJAMENTO / PLAN
    53. 53.  Realizar a medição dos serviços e o pagamento das parcelas, encerrando as etapas já concluídas.  Fiscalizar a Segurança do Trabalho.  Cobrar a documentação dos funcionários, laudos e programas de segurança do trabalho da empresa empreiteira e as guias de recolhimento de impostos.  Realizar as inspeções de qualidade e combater o desperdício de materiais. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE EXECUTAR/ DO
    54. 54.  Verificar se a equipe presente no canteiro tem a capacitação necessária para executar o serviço com qualidade e dentro do prazo planejado.  Verificar o desempenho do empreiteiro, comparando com a linha de base do planejamento.  Realizar avaliações periódicas de desempenho com as partes envolvidas.  Conferir a gestão dos equipamentos e ferramentas, verificar se o empreiteiro está zelando pelos equipamentos e ferramentas fornecidos pela construtora. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE CONFERIR/ CHECK
    55. 55. MEDIÇÃO
    56. 56. (KAPLAN E NORTON, 1997) MEDIÇÃO DE RESULTADO A medição de desempenho são indicadores de resultado e vetores de desempenho. O indicador não deve ser implantado com o objetivo de controlar, mas no sentido de agregar valor, auxiliando no desempenho futuro da organização, utilizando-o como ferramenta para comunicar, informar e aprender. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CHECK
    57. 57.  Possibilitar a determinação prévia de custos e a orçamentação, total ou parcial, de uma obra.  Permitir a quantificação de materiais, de mão-de-obra, de equipamentos e outros encargos a utilizar numa obra.  Permitir a análise e o controle de custos durante a execução de uma obra, possibilitando às empresas uma adequada gestão dos seus recursos financeiros. OBJETIVOS DA MEDIÇÃO CHECK GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
    58. 58.  Permitir a elaboração ou verificação de rendimentos de mão-de-obra, materiais e equipamentos, que lhes permitam uma maior fiabilidade na análise e cálculo de orçamentos.  Facilitar a correta gestão dos seus recursos humanos, adaptando-os o melhor possível aos trabalhos existentes, em função das suas qualificações profissionais e das disponibilidades de cada momento. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS OBJETIVOS DA MEDIÇÃO/CHECK
    59. 59. A planilha de medição do serviço é um importante instrumento para evitar e solucionar conflitos. MEDIÇÃO DO SERVIÇO / CHECK GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
    60. 60.  Tomar as ações corretivas necessárias para que a obra possa voltar a estar alinhada em relação ao planejamento inicial, eliminando atrasos ou problemas de execução.  Obrigar o empreiteiro a refazer / ajustar serviços de baixa qualidade e descontar da medição os valores dos materiais desperdiçados. AGIR/ ACT GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS
    61. 61.  Ao final do contrato, preencher o formulário de Avaliação do Empreiteiro e de Lições Aprendidas, que servirá de referência para as próximas obras da construtora.  Advertir o empreiteiro pela falta de respeito às normas de segurança do trabalho.  Obrigar o empreiteiro a retirar do canteiro funcionários que não GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS AGIR/ ACT obedecem às normas ou que praticam atos inseguros.
    62. 62. e pense!
    63. 63. Sua empresa é capaz de saber, a qualquer momento, quanto sua obra já gastou e quanto deve gastar até o término? GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    64. 64. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE Sua empresa acompanha os gastos por etapa da obra? Previsto x Realizado?
    65. 65. Quanto tempo depois do término da obra a empresa tem o resultado financeiro definitivo? Hoje, a obra está atrasada? Se estiver, quantos dias? GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    66. 66. Em que tarefas sua empresa deve focar para recuperar este atraso? GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    67. 67. CONTRATOS E MEDIÇÕES GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE
    68. 68. DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
    69. 69. Apontar a que item do orçamento se refere esta contratação DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
    70. 70. Configurar incidência de impostos DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
    71. 71. Controlar Aditivos DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
    72. 72. Cadastrar as Medições DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
    73. 73. Vinculação de Títulos com o Contrato DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
    74. 74. Vinculação de Títulos com o Contrato DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
    75. 75. Liberação da Medição para o Financeiro DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
    76. 76. DIFERENCIAIS E BENEFÍCIOS DA FERRAMENTA CONTRATOS E MEDIÇÕES
    77. 77. Qualquer tipo de serviço A APLICAÇÃO EM CONTRATOS ADMINISTRATIVOS E DESPESAS FIXAS
    78. 78. INSPEÇÃO DE SERVIÇOS CONTROLADOS EXECUTADOS POR TERCEIROS
    79. 79. INSPEÇÃO DE SERVIÇOS CONTROLADOS EXECUTADOS POR TERCEIROS
    80. 80. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    81. 81. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    82. 82. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    83. 83. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    84. 84. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    85. 85. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    86. 86. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    87. 87. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    88. 88. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    89. 89. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    90. 90. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    91. 91. INFORMAÇÃO GERENCIAL
    92. 92. Escrevasuadúvidapelobate-papoouenvieparaoe-mail: ciclosienge@softplan.com.br *Osmicrofonespermanecerãofechados. *Asdúvidasserãorespondidaspore-mail. GERENCIAMENTO DE EMPRETEIROS CICLO ON-LINE

    ×