SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 70
Sinais e sintomas neurológicos
Avaliação e princípios de tratamento
Saúde do adulto e funcionalidade 2, ciclo III, UFS – Lagarto
Profa Dra Sheila Schneiberg
Princípios da Reabilitação Neurológica
Fisiopatologia Comprometimento Limitação
Funcional
Sensorial/Perceptual Cognitivo/Comportamental Motor
Schummay-Cook e Woollacott 2010
Sinais x Sintomas
•  Sinais são achados objetivos da patologia que
podem ser determinado por avaliação física.
▫  Ex. Presença de nistagmo associado problema
vestibular
•  Sintomas são relatos subjetivos associados a
patologia que são percebidos pelo paciente, mas
nem sempre podem ser documentados de forma
objetiva na avaliação.
▫  Ex. Tontura/Vertigem associado ao sistema
vestibular.
Sinais Positivos e Negativos
* diferente da interpretação em ortopedia! *
•  Sinais ou sintomas positivos = liberação ou
ganho de comportamentos anormais.
•  Sinais e sintomas negativos = perda de
comportamento normais.
Foester ,1977
Classificação internacional da
Funcionalidade - CIF
Classificação internacional da
Funcionalidade - CIF
OU COMPROMETIMENTOS
Função e Estrutura do corpo
•  São as funções fisiológicas do corpo.
•  As estruturas são as partes anatômicas do
corpo.
Exemplos de deficiências (estrutura e
função)
1.
2.
3.
Classificação internacional da
Funcionalidade – CIF .
Vida Social
Atividades
•  É a capacidade de execução de uma tarefa ou
ação por um indivíduo.
Participação
•  É a capacidade de desempenho do indivíduo no
meio social.
Classificação internacional da
Funcionalidade - CIF
Comprometimento Motor
Fraqueza muscular
Pessoal
•  Características individuais e traços de
personalidade intrínsecas do indivíduo.
Ambientes
•  Barreiras e facilitadores externos ao indivíduo.
Comprometimento Motor
Fraqueza muscular
Comprometimento Motor
Fraqueza muscular
Avaliação da força muscular
•  Teste muscular manual – 0 a 5, onde 0 =
nenhuma contração e 5 = movimento completo
contra a gravidade e contra resistência máxima
(Andrews, 1991).
•  Dinamômetro manual – grupo muscular
•  Teste isocinético – Avalia a habilidade de gerar
força por toda amplitude do movimento em
diferentes velocidades e em diversas repetições
(Wilk, 1990)
Dinamômetro
Teste Isocinético
Avaliação da força muscular
•  IMPORTANTE !
▫  A EMG não demonstra força muscular, mas
sim atividade muscular.
▫  E a ENMG condução nervosa.
Tratamento da fraqueza motora
•  Biofeedback
•  FES
•  Exercícios aeróbicos e fortalecimento muscular (Texeira-
Salmela et al. 1999).
Grupo de AVE crônico (> 9 meses), programa de 10 semanas (3
vezes /dia),aquecimento, exercícios aeróbicos, fortalecimento muscular
MMII e relaxamento.
Abrir vídeo lesão do plexo braquial (mesa)
Anormalidade do tônus muscular
Anormalidade do tônus muscular
Anormalidade do tônus muscular
•  ESPASTICIDADE:
▫ ↑ do tonus muscular, DEPENDENTE DA VELOCIDADE
DE ESTIRAMENTO DO MÚSCULO, associado a uma
hiperexcitabilidade dos componentes fásicos
(hiperreflexia osteo-tendinosa, clonus) e tônicos
(resistencia ao movimento passivo) do reflexo de
estiramento (Lance, 1980)
Anormalidade do tônus muscular
•  ESPASTICIDADE:
▫  Sinal do Canivete - Resistência inicial (em
determinada amplitude °), quando é vencida esta
resistência inicial, o movimento fica “fácil”, quase
espontâneo, até se completar a ADM total.
Vídeo espasticidade - mesa
Anormalidade do tônus muscular
•  ESPASTICIDADE:
Vídeo clônus- mesa
Anormalidade do tônus muscular
•  ESPASTICIDADE:
▫  Resulta de mudanças na atividade descendente
que gera anormalidades dentro de reflexo de
estiramento:
–  Redução no limiar do reflexo;
–  Persistência da hiperexcitabilidade do reflexo;
–  Aumento no ganho do reflexo.
Index composto de espasticidade
Anormalidade do tônus muscular
Anormalidade do tônus muscular
Movimentos involuntários
Movimentos involuntários
Movimentos involuntários
Movimentos involuntários
Movimentos involuntários
Movimentos involuntários
Movimentos involuntários
Movimentos involuntários
Vídeo Balismo
Coordenação Motora
Coordenação Motora
Coordenação Motora
Avaliação da coordenação MMSS
Avaliação da coordenação MMSS
Vídeo
Avaliação da coordenação MMII
Avaliação da coordenação MMII
Avaliação da coordenação
Avaliação da Sensibilidade
Avaliação da Sensibilidade
Avaliação da Sensibilidade
Avaliação da Sensibilidade
Avaliação da Sensibilidade
Avaliação Cognitiva
•  Atenção
•  Orientação
•  Memória
•  Resolução de problemas
Avaliação Perceptual
•  Distúrbios Imagem corporal: Negligência
unilateral
•  Distúrbios de relação espacial
•  Apraxia
▫  Verbal
▫  Bucofacial
▫  Do membro
▫  Estrutural
▫  Vestuário
Induzindo questões de Participação e
ambiente
•  - Se vc pensar no seu dia a dia…quais seriam as
atividades que gostaria de fazer ou que faz?
•  - Se vc pensar no ambiente em que vive e na sua
condição de moradia, o que vc acha que te ajuda
e facilita a sua vida?
•  - Se vc pensar no ambiente em que vive (família
e amigos) e na sua condição de moradia, o que vc
acha que é uma barreira?
Induzindo questões de contexto
pessoal
•  - Se vc pensar sobre você o que é importante na
sua vida e o que faz você aguentar a sua condição
atual?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Sensibilidade 14
Sensibilidade 14Sensibilidade 14
Sensibilidade 14
 
Cinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotoveloCinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotovelo
 
Exame neurológico
Exame neurológicoExame neurológico
Exame neurológico
 
Lesão de plexo braquial
Lesão de plexo braquialLesão de plexo braquial
Lesão de plexo braquial
 
Nucleos da base
Nucleos da baseNucleos da base
Nucleos da base
 
Motricidade
MotricidadeMotricidade
Motricidade
 
Aula de Farmacocinética e Vias de Administração
Aula de Farmacocinética e Vias de AdministraçãoAula de Farmacocinética e Vias de Administração
Aula de Farmacocinética e Vias de Administração
 
Coordenação motora
Coordenação motoraCoordenação motora
Coordenação motora
 
Nervos e terminações nervosas cp 11
Nervos e terminações nervosas cp 11Nervos e terminações nervosas cp 11
Nervos e terminações nervosas cp 11
 
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf
472964955 tabela-musculos-origem-insercao-acao-pdf
 
Anatomia - Sistema Muscular
Anatomia - Sistema MuscularAnatomia - Sistema Muscular
Anatomia - Sistema Muscular
 
Joelho
JoelhoJoelho
Joelho
 
Exame Físico de Ombro
Exame Físico de Ombro Exame Físico de Ombro
Exame Físico de Ombro
 
Antihipertensivos vasodilatadores-selma
Antihipertensivos vasodilatadores-selmaAntihipertensivos vasodilatadores-selma
Antihipertensivos vasodilatadores-selma
 
Reabilitação em amputados
Reabilitação em amputadosReabilitação em amputados
Reabilitação em amputados
 
Slides osteomioarticular
Slides osteomioarticularSlides osteomioarticular
Slides osteomioarticular
 
Fisioterapia Pediátrica
Fisioterapia Pediátrica Fisioterapia Pediátrica
Fisioterapia Pediátrica
 
Fisiologia do músculo estriado
Fisiologia do músculo estriadoFisiologia do músculo estriado
Fisiologia do músculo estriado
 
Princípios de neuroanatomia
Princípios de neuroanatomiaPrincípios de neuroanatomia
Princípios de neuroanatomia
 
Reflexos
ReflexosReflexos
Reflexos
 

Semelhante a Sinais e sintomas neurológicos aula2 ps

Avaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombarAvaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombarJunio Alves
 
Palestra alongamento x flexionamento.pptx
Palestra alongamento x flexionamento.pptxPalestra alongamento x flexionamento.pptx
Palestra alongamento x flexionamento.pptxLinda Moreira
 
P1 - AV. NEURO - AULA 2_ok.pdf
P1 - AV. NEURO - AULA 2_ok.pdfP1 - AV. NEURO - AULA 2_ok.pdf
P1 - AV. NEURO - AULA 2_ok.pdfJairVieira15
 
Acidente vascular encefálico parte2
Acidente vascular encefálico parte2Acidente vascular encefálico parte2
Acidente vascular encefálico parte2Jumooca
 
Paralisia Cerebral - PC (1).pptx
Paralisia Cerebral - PC (1).pptxParalisia Cerebral - PC (1).pptx
Paralisia Cerebral - PC (1).pptxMrciaSilva27860
 
Estabilização Segmentar associada a RPG como Recurso para a Ginástica Laboral
Estabilização Segmentar associada a RPG como Recurso para a Ginástica LaboralEstabilização Segmentar associada a RPG como Recurso para a Ginástica Laboral
Estabilização Segmentar associada a RPG como Recurso para a Ginástica LaboralFabio Mazzola
 
Articulação de quadril
Articulação de quadrilArticulação de quadril
Articulação de quadrilAdriane Cunha
 
Teórico prático l 2013
Teórico prático l 2013Teórico prático l 2013
Teórico prático l 2013pauloalambert
 
Abordagem corporal para idosos
Abordagem corporal para idososAbordagem corporal para idosos
Abordagem corporal para idososPaulino Costa
 
Slideshre cinesioterapia fisioterapia do trabalho e ergonomia fevereiro 2013
 Slideshre cinesioterapia   fisioterapia do trabalho e ergonomia fevereiro 2013 Slideshre cinesioterapia   fisioterapia do trabalho e ergonomia fevereiro 2013
Slideshre cinesioterapia fisioterapia do trabalho e ergonomia fevereiro 2013Fabio Mazzola
 
AULA reeducação postural global conceito
AULA  reeducação postural global  conceitoAULA  reeducação postural global  conceito
AULA reeducação postural global conceitoAndreyLima16
 
Abordagem corporal para idosos
Abordagem corporal para idososAbordagem corporal para idosos
Abordagem corporal para idososPaulino Costa
 
Apresentação 0smar terra 12
Apresentação 0smar terra 12Apresentação 0smar terra 12
Apresentação 0smar terra 12Alberto Tomasi
 
A reabilitação do paciente em Estado Vegetativo Persistente
A reabilitação do paciente em Estado Vegetativo PersistenteA reabilitação do paciente em Estado Vegetativo Persistente
A reabilitação do paciente em Estado Vegetativo PersistenteAdriano Daudt
 
Exercicios e-postura
Exercicios e-posturaExercicios e-postura
Exercicios e-posturaTatiana Lage
 

Semelhante a Sinais e sintomas neurológicos aula2 ps (20)

Noções do Método Bobath
Noções do Método Bobath Noções do Método Bobath
Noções do Método Bobath
 
Coluna lombar
Coluna lombarColuna lombar
Coluna lombar
 
Avaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombarAvaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombar
 
Palestra alongamento x flexionamento.pptx
Palestra alongamento x flexionamento.pptxPalestra alongamento x flexionamento.pptx
Palestra alongamento x flexionamento.pptx
 
P1 - AV. NEURO - AULA 2_ok.pdf
P1 - AV. NEURO - AULA 2_ok.pdfP1 - AV. NEURO - AULA 2_ok.pdf
P1 - AV. NEURO - AULA 2_ok.pdf
 
Acidente vascular encefálico parte2
Acidente vascular encefálico parte2Acidente vascular encefálico parte2
Acidente vascular encefálico parte2
 
Coluna cervical
Coluna cervicalColuna cervical
Coluna cervical
 
Paralisia Cerebral - PC (1).pptx
Paralisia Cerebral - PC (1).pptxParalisia Cerebral - PC (1).pptx
Paralisia Cerebral - PC (1).pptx
 
dor2020.pdf
dor2020.pdfdor2020.pdf
dor2020.pdf
 
Estabilização Segmentar associada a RPG como Recurso para a Ginástica Laboral
Estabilização Segmentar associada a RPG como Recurso para a Ginástica LaboralEstabilização Segmentar associada a RPG como Recurso para a Ginástica Laboral
Estabilização Segmentar associada a RPG como Recurso para a Ginástica Laboral
 
Articulação de quadril
Articulação de quadrilArticulação de quadril
Articulação de quadril
 
Teórico prático l 2013
Teórico prático l 2013Teórico prático l 2013
Teórico prático l 2013
 
Abordagem corporal para idosos
Abordagem corporal para idososAbordagem corporal para idosos
Abordagem corporal para idosos
 
Slideshre cinesioterapia fisioterapia do trabalho e ergonomia fevereiro 2013
 Slideshre cinesioterapia   fisioterapia do trabalho e ergonomia fevereiro 2013 Slideshre cinesioterapia   fisioterapia do trabalho e ergonomia fevereiro 2013
Slideshre cinesioterapia fisioterapia do trabalho e ergonomia fevereiro 2013
 
AULA reeducação postural global conceito
AULA  reeducação postural global  conceitoAULA  reeducação postural global  conceito
AULA reeducação postural global conceito
 
Abordagem corporal para idosos
Abordagem corporal para idososAbordagem corporal para idosos
Abordagem corporal para idosos
 
Nocoes do-metodo-bobath reflexos primitivos
Nocoes do-metodo-bobath reflexos primitivosNocoes do-metodo-bobath reflexos primitivos
Nocoes do-metodo-bobath reflexos primitivos
 
Apresentação 0smar terra 12
Apresentação 0smar terra 12Apresentação 0smar terra 12
Apresentação 0smar terra 12
 
A reabilitação do paciente em Estado Vegetativo Persistente
A reabilitação do paciente em Estado Vegetativo PersistenteA reabilitação do paciente em Estado Vegetativo Persistente
A reabilitação do paciente em Estado Vegetativo Persistente
 
Exercicios e-postura
Exercicios e-posturaExercicios e-postura
Exercicios e-postura
 

Sinais e sintomas neurológicos aula2 ps