APRESENTAÇÃO CANDIDATOS ÀS FREGUESIASDISCURSO DE ISABEL MAGALHÃESMuitos cidadãos comungando de paixão por Cascais e sentin...
Eu, já em 1993, afirmava que estávamos a viver numa Partidocracia e não numa Democracia.Neste momento diria mesmo que esta...
Desde aspectos de pormenor como, por exemplo, o arranjo da Praceta da Amoreira,passeios na Abóboda, jardins por todo o lad...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Candidatos SerCascais às Freguesia - Discurso Isabel Magalhães

371 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
371
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Candidatos SerCascais às Freguesia - Discurso Isabel Magalhães

  1. 1. APRESENTAÇÃO CANDIDATOS ÀS FREGUESIASDISCURSO DE ISABEL MAGALHÃESMuitos cidadãos comungando de paixão por Cascais e sentindo esta necessidade de construirum futuro mais digno e mais solidário, onde a liberdade, a participação dos cidadãos, o bomsenso e a qualidade de vida possam ser uma realidade, agregaram-se no MovimentoIndependente SerCascais para concorrerem ás eleições autárquicas de 2013.Sabemos que temos um muito duro caminho pela frente.Com efeito, as leis foram feitas para proteger, quiçá mesmo favorecer, os partidos políticosem detrimento dos movimentos independentes de cidadãos eleitores.De tal forma que, na minha opinião, estão a ser violadas os princípios da igualdade eproporcionalidade que a Constituição Portuguesa consagra.Se não vejamos:• Para se criar um Partido é preciso recolher a assinatura de 7.500 num universo decerca 8 milhões de eleitores de todo o País; em Cascais para os cidadãos secandidatarem como independentes, precisam de recolher 4.000 assinaturas, numuniverso de aproximadamente 170.000 eleitores deste Município..• Nas suas campanhas, os Partidos estão isentos de IVA – os MovimentosIndependentes pagam IVA a 23% em todos os serviços que contratem ou materiais decampanha que adquiram.• Os Partidos dispõem de meios financeiros consideráveis; os MovimentosIndependentes têm de angariar entre os seus apoiantes e só podem pôr nas contasas despesas que tenham no período oficial de campanha (+/- 50 dias antes daseleições) e que só serão reembolsadas se, porventura, atingirem os mínimos que lhesdará direito a receber algum contributo do Estado.
  2. 2. Eu, já em 1993, afirmava que estávamos a viver numa Partidocracia e não numa Democracia.Neste momento diria mesmo que estamos a viver numa Ditadura dos Partidos.Esta constatação não significa que sou contra os partidos, mas sim que eles, (que agoraestão à mercê de um carreirismo político instalado), são, neste momento, exclusores doscidadãos comuns.É imperioso que os cidadãos tomem o futuro nas suas mãos e gritem a urgência por ummundo mais humano, mais solidário, mais autêntico e mais sublime.Para isso, precisamos de olhar com mais atenção para o nosso vizinho, de entender o sentirde tudo o que nos rodeia, de afirmarmos a nossa identidade, de não vendermos a nossaalma, de aprendermos com a nossa história e de acreditarmos que com alegria, empenho epensamento positivo, moveremos montanhas e construiremos um futuro melhor.Pela nossa parte, se formos eleitos, comprometemo-nos a, com toda a paixão,empenhamento, dedicação, honestidade e transparência:1 – Mudar a forma de Governação, aproximando eleitores dos eleitos.2 – Afirmar o Turismo de qualidade e melhorar os Espaços Públicos.3 – Criar novo modelo de Ordenamento do Território e salvaguardar oPatrimónio Histórico e Cultural.4 – Incentivar a Formação e Desenvolvimento Económico.5 – Defender o Ambiente.6 – Ter especial atenção às Questões Sociais.7 – Zelar pela Segurança dos Cascalenses.8 – Melhorar a Mobilidade.Oito pontos enumero aqui porque oito é o número do infinito.Toda a noite não daria para vos expor as ideias concretas que sedimentei ao longo dosúltimos 20 anos.
  3. 3. Desde aspectos de pormenor como, por exemplo, o arranjo da Praceta da Amoreira,passeios na Abóboda, jardins por todo o lado, à recuperação dos núcleos históricos do interiordo Concelho (sim, porque a história deste Concelho, a mais antiga, é a do seu interior),passando pela implementação de um Plano Estratégico para o Concelho, por Planos deSalvaguarda de todos os centros históricos das tradicionais Freguesias, pela aposta noTurismo de Excelência nas suas vertentes de Lazer, do Ambiente, da Saúde e de Negócios,(para aqui criarmos uma verdadeira indústria turística criadora de emprego) , terminando numReferendo Municipal a uma Opção do Plano Municipal, muito teria para vos propor e paradiscutirmos.Os candidatos que hoje aqui vos apresento comungam destas ideias e fazem agora partedeste sonho de um Cascais livre das estruturas e interesses partidários e devolvido aosCascalenses.Da vossa parte, esperamos o Apoio, a Compreensão, a Ajuda, participando, divulgando,recolhendo assinaturas ,para que possamos, ao menos, apresentar a nossa Proposta aoeleitorado.A todos os que até aqui nos têm seguido na nossa caminhada, muitos dos quais estão aquipresentes, o nosso MUITO OBRIGADO.PORQUE VALE A PENA SERCASCAIS!Isabel Magalhãeswww.sercascais.ptinfo@sercascais.pt

×