Smart Drugs

3.061 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.061
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Smart Drugs

  1. 1. Consumo de substâncias psicoactivas“SMART DRUGS”<br />Vanessa Monteiro (vanessa-monteiro@hotmail.com)<br />Carlos Simão (csimao@hotmail.com)<br />
  2. 2. Sociedade de Consumo…<br />Era da medicalização = conforto químico (Viagra, Prozac); busca da normalidade <br /> Paraísos Artificiais: erradicar os males humanos<br /> Fonte de prazer = aliviar o sofrimento, fim do mal estar<br />Sociedade Hedonista <br />Competição<br />
  3. 3. “SMART DRUGS”<br />
  4. 4. Quando só estudar não chega…<br />Fórmula mágica?<br />Pílula para a inteligência?<br />
  5. 5. Proposta<br /> -Constituição de Grupos;<br /> -Escrever duas razões que levam as pessoas a consumir “SMART DRUGS”;<br /> -Um voluntário.<br />
  6. 6.
  7. 7. Consumo de substâncias psicoactivase problemas de saúde e sociais<br />OMS, 2004<br />
  8. 8. “SMART DRUGS”<br />
  9. 9. Algumas preocupações…<br />Pesquisas sugerem que 16% dos estudantes universitários consomem “SmartDrugs“;<br />1:5 estudantes consumiram;<br />Testes anti-dopping nas universidades.<br /> (Nature, 2008)<br />
  10. 10. Algumas “SMART DRUGS”…<br />
  11. 11. Vitaminas e Minerais<br />Servem de co-factores em muitas das reacções no nosso organismo que podem levar a um maior poder de processamento cerebral e/ou protegem o nosso corpo com a sua acção antioxidante. Sua importância nos processos cognitivos foi descoberta nos estudos dos sintomas neurológicos das doenças carenciais.<br />Vitaminas B Vitamina C Vitamina A Vitamina E Vitamina D<br />B3 ou Niacina<br />B5 ou Ácido pantotênico<br />B6 ou Piridoxina<br />B12 ou Cobalamina<br />Crómio Lítio Magnésio Fósforo <br />
  12. 12. Plantas/Ervas<br />São todas as plantas que contêm uma ou mais substâncias que causam o suposto aumento das capacidades cognitivas.<br />GinkgoBiloba (A sua utilização não é recomendada.) <br />Reacções adversas: náuseas, vómitos, anorexia, epigastralgias, diarreia, agitação psicomotora, tremores, convulsões, estados confusionais, alucinações, insónia ou sonolência.<br />GotuKola (Centelha Asiática) <br />Cacau<br />
  13. 13. Plantas/Ervas<br />Erva-mate<br />Ginseng Não há indicações terapêuticas reconhecidas. Nalguns países é utilizado como suplemento alimentar.<br />Reacções Adversas: Ansiedade, Cefaleias, Hipertensão, Hipoglicémia, Insónia, Irritabilidade, Hemorragia vaginal.<br />Guaraná<br />
  14. 14. Plantas/Ervas<br />Cafeína<br />Teofilina (chá branco, chá verde, chá preto)<br />Teobromina (cacau) <br />Reacções Adversas: ansiedade, palpitações e insónia.<br />
  15. 15. Aminoácidos/ Compostos Orgânicos<br />Glutamina<br />Tirosina<br />Acetil-L-Carnitina<br />Creatina<br />Coenzima Q10<br />Lecitina<br />
  16. 16. Fármacos<br />Substâncias que supostamente causam mudanças no cérebro humano de modo a aumentar as capacidades cognitivas.<br /> Nem todas as substâncias descritas causam alguma mudança e nenhuma delas deve ser tomada sem supervisão e recomendação de um profissional de saúde.<br />Piracetam (adjuvante no tratamento das mioclonias corticais)<br />Reacções adversas: Diarreia, aumento de peso, sonolência, insónia, nervosismo.<br />
  17. 17. Fármacos<br />Metilfenidrato (Ritalina; Concerta; Rubifen)<br />Tratamento do Défice de Atenção e Hiperactividade ou da narcolepsia<br />Reacções Adversas: Anorexia, náuseas, vómitos, dores abdominais, cefaleias, inibição do crescimento, palpitações, hipertensão, psicose, dependência <br />Inibidores da acetilcolinesterase (usados na doença de Alzheimer:donepezilo, rivastigminagalantamina) <br />Reacções Adversas: cefaleias, dores generalizadas, fadiga, náuseas, vómitos, anorexia, cãibras, insónia, tonturas, depressão, sonhos anormais, equimoses, aumento de peso, feitos vagotónicos, aumento da secreção gástrica, convulsões.<br />
  18. 18. Fármacos<br />Modafinil(Modiodal)<br />Medicamento com acção específica nas perturbações do ciclo sono-vigília, usado no tratamento da narcolepsia.<br />Reacções Adversas: anorexia, dor abdominal, cefaleias, alterações da personalidade, estimulação do SNC incluindo insónia, euforia, irritabilidade, boca seca, palpitações, taquicardia, hipertensão, tremor, alterações gastrointestinais incluindo náuseas e desconforto gástrico, rash, prurido, discinésiaoromandibular, aumento da fosfatase alcalina dependente da dose<br />
  19. 19. Drogas<br />MDMA (principal constituinte do ecstasy)<br />Reacções Adversas: Dano a sistemas serotonérgicos cerebrais, complicações comportamentais e fisiológicas. Problemas psiquiátricos e físicos a longo prazo, tais como perturbações da memória, da tomada de decisões e do autocontrolo, paranóia, depressão e ataques de pânico<br />Metanfetamina (speed)<br />Reacções Adversas: Perturbações do sono, ansiedade, perda de apetite, alterações em receptores cerebrais de dopamina, alterações metabólicas regionais, insuficiências motoras e cognitivas.<br />
  20. 20. Drogas<br />Cocaína<br />Foram encontradas deficiências cognitivas, anomalias em regiões específicas do córtex, insuficiências na função motora, e diminuição do tempo de reacção<br />LSD<br />Reacções Adversas: Episódios psicóticos agudos ou crónicos, renovação de efeitos da substância muito depois do seu consumo.<br />
  21. 21. Crenças associadas ao consumo<br />O consumo produz efeitos agradáveis;<br />Pensar que o consumo não causará problemas e que o podemos controlar;<br />Comparar-se a outros consumidores aos quais aparentemente nada acontece;<br />Acreditar que com as drogas aumentamos as nossas potencialidades<br />
  22. 22. A verdade…<br />Não existe demonstração válida da eficácia clínica de qualquer destas substâncias em qualquer das finalidades terapêuticas reclamadas;<br />Reacções adversas e Interacções;<br />Benefícios?<br />
  23. 23. Estratégias para aumentar o rendimento cognitivo<br />Alimentação variada e equilibrada<br /> Exercício físico<br /> Padrão de sono regular<br /> Hábitos de estudo<br />

×