Jornal da Feira do Empreendedor - 3ª edição

1.037 visualizações

Publicada em

Jornal da Feira do Empreendedor do Sebrae-SP 2014 - cobertura do terceiro dia.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.037
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
181
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal da Feira do Empreendedor - 3ª edição

  1. 1. JORNAL DA Ano 2014 | 2a Edição | Domingo, 23 de fevereiro www.sebraesp.com.br 0800 570 0800 facebook.com/sebraesp youtube.com/sebraesaopaulo twitter.com/sebraesp Empreendedorismo de qualidade Diretoria do Sebrae-SP, autoridades e alunos da Escola de Negócios na cerimônia de abertura da Feira Feira do Empreendedor abre as portas trazendo apoio completo para ajudar o empresário a conduzir bem seu negócio. Startup facilita inclusão social Pág. 3 Atendimento personalizado Espaço de Orientação Empresarial tem 48 consultores abordando temas diversos. Pág. 3 Palestra apresentou aplicativo para pessoas com deficiência Pág. 2 jn_FE_2014_draft AF.indd 1 22/02/14 18:04
  2. 2. 2 Palavra do Presidente São Paulo abriga mais de 2,6 milhões de pequenos negócios, que faturaram R$ 568 bilhões em 2013. Respondem por 52% do saldo de empregos formais, 70% das vagas geradas por mês e 40% da massa salarial. Mais de 50 pessoas interessadas em conhecer sobre startups – empresas iniciantes, trabalhando em condições de incerteza – participaram de palestra para negócios sociais e com foco principalmente em pessoas com deficiência. Alencar Burti, empresário e presidente Cerca de 7,1 milhões de do Conselho Deliberativo pessoas estão ocupadas nas do Sebrae-SP pequenas empresas paulistas, responsáveis por uma folha salarial de R$ 8 bilhões. Em 2013, o rendimento dos empregados foi 6,7% superior ao de 2012 e a folha de salários subiu 3,8%. Ótimos indicadores que poderiam ser melhores se os pequenos negócios recebessem tratamento diferenciado quanto à legislação. Trabalhamos pela modernização na contratação de empregados, regulamentação da terceirização de mão de obra e flexibilização legal de benefícios trabalhistas, respeitando as partes. Assim ajudaremos os pequenos negócios a gerarem mais empregos. Palavra da Diretoria Metade dos novos empreendedores brasileiros, aqueles cujo negócio existe há no máximo três anos e meio, tem entre 18 e 34 anos de idade. Isso mostra o grande contingente de jovens que preferem ser empresários a seguir carreira como funcionários em uma empresa. Pedro Berti, consultor e empreendedor digital, contou sua experiência na área e deu ênfase a um novo aplicativo, desenvolvido na Espanha (WhastCine), que permite o acesso de cegos e surdos a sessões tradicionais de cinema, e poderia ampliar em 10% o número de espectadores, promovendo inclusão, gerando oportunidades de negócios e engrossando a receita de salas de cinema, eventos e espetáculos. O aplicativo pode ser baixado sem custo. A pessoa com deficiência põe o fone do celular e ouve uma audiodescrição do filme e tem acesso a legendas ou a janela de libras – linguagem de sinais. “É uma tecnologia que já chegou ao Brasil, tem baixo custo, mas precisa de alta escala para ser implementada”, disse Berti. Lucas Scudeller, dono de uma agência de comunicação artística, gostou: “é mais uma possibilidade de inclusão na nossa área, que é a da comunicação”. Destaques do dia • • Bruno Caetano, Diretor-superintendente do Sebrae-SP Depois do sonho de conquistar a casa própria vem o sonho de montar um negócio próprio e este surge cedo. O empreendedorismo, como opção de vida, é uma realidade que já está consolidada na cabeça do jovem. Mas o que ele precisa para ser bem sucedido na empreitada é se qualificar ao máximo para conduzir seu negócio com segurança. A Feira do Empreendedor está aí para isso: ajudar a empreender com qualidade. Aproveite as atrações e bons negócios. jn_FE_2014_draft AF.indd 2 Inclusão social é tema de palestra • • 11h30 – Sala Conhecimento 1 – Empreendedorismo feminino 11h30 - Sala Conhecimento 4 – Como construir um departamento comercial 14h – Sala Conhecimento 3 - O segredo do fracasso 19h – Sala Conhecimento 5 – Empreendedor – a essência do negócio Expediente CONSELHO DELIBERATIVO Presidente: Alencar Burti ACSP, ANPEI, Banco do Brasil, Faesp, Fecomercio, Fiesp, Fundação Parqtec, IPT, Desenvolve SP, SEBRAE, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Sindibancos-SP, Superintendência Estadual da Caixa Econômica Federal. DIRETORIA EXECUTIVA Bruno Caetano (Diretorsuperintendente) Ivan Hussni (Diretor Técnico) Pedro Jehá (Diretor de Administração e Finanças) JORNAL DA FEIRA DO EMPREENDEDOR Unidade Inteligência de Mercado Gerente: Eduardo Pugnali Editora responsável: Marcelle Carvalho - MTB 00885 Editores assistentes: Roberto Capisano Filho e Daniel Lopes Fotos: A2 Fotografia Projeto Gráfico e diagramação: Marcelo Costa Barros e Carlos Kazunari 22/02/14 18:04
  3. 3. 3 O conhecimento que faz a diferença te Parlamentar da Micro e Pequena Empresa. Diretor-superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano, na abertura da feira. Conhecimento. Esta é a força motriz que traz milhares de visitantes à Feira do Empreendedor 2014, do Sebrae-SP, que começou ontem e vai até terça-feira, no Expo Center Norte. A abertura do evento contou com a presença do ministro da Secreta- Eles foram unânimes em afirmar que o novo empreendedor está mais consciente e busca mais informação. “O brasileiro tem dois sonhos: ter a casa própria e ser dono do seu negócio. Para isso é importante que ele esteja bem orientado e aí está o papel do Sebrae. O conhecimento é a matéria-prima do empreendedor”, disse Caetano. ria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos; do presidente do Sebrae Nacional, Luiz Barretto; do presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-SP, Alencar Burti; do diretor- superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano, e do deputado federal Júlio Campos, integrante da Fren- Visite o Espaço Microempreendedor Individual Afif enfatizou a força do empreendedorismo, principalmente a figura do Microempreendedor Individual (MEI). “Já somos mais de 3 milhões de MEIs. É praticamente a população do Uruguai empreendendo. Queremos avançar e formalizar 12 milhões nos próximos anos.” Tire dúvidas em um só lugar Localizado no centro da feira, o Espaço de Orientação Empresarial tem 48 consultores abordando temas como administração, finanças, jurídico, marketing, gestão de pessoas, agronegócio, comércio exterior, produção e qualidade e turismo. Tudo para auxiliar quem já tem um negócio ou deseja abrir a própria empresa. “Aqui serão passadas todas as orientações necessárias”, afirma Fábio Gerlach, coordenador do espaço. O Sebrae-SP tem um espaço para formalizar Microempreendedores Individuais durante o evento. O atendimento é realizado das 10h às 21h, em um estande de 108 m². Nele, o candidato a empresário pode tirar dúvidas sobre direitos, obrigações e vantagens do regime do MEI, bem como ser orientado sobre procedimentos adotados para abrir o negócio. jn_FE_2014_draft AF.indd 3 Lucia Kobata é franqueadora de uma escola que ensina o método Kumon. O negócio da família tem 29 anos – e ela está no comando há 5 anos. Sua principal dúvida era sobre como calcular a quantidade mínima necessária de alunas que precisa atender para obter lucro. “O atendimento foi muito esclarecedor. Tirei todas as minhas dúvidas. Fiquei muito satisfeita”, afirma. 22/02/14 18:04
  4. 4. 4 Imagens da Feira A abertura da Feira teve a presença do diretor-superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano, ministro Guilherme Afif Domingos, presidente do Sebrae, Luiz Barretto, e o presidente do conselho deliberativo do Sebrae-SP, Alencar Burti (da esq. para a dir.) “Vou abrir uma loja de moda masculina. Busco boas ideias e muita informação” “Vim buscar ideias e novas formas de empreender” Flávia Mendes, dona da empresa MaxWeb Tecnologia da Informação Marlene de Laet, da Edumaq jn_FE_2014_draft AF.indd 4 “Esta feira significa novas oportunidades de negócios para os produtores rurais” Wagner Batista Barbosa, coordenador do Sindicato Rural de São Paulo 22/02/14 18:04

×