Jornal da Feira do Empreendedor - 4ª Edição

2.893 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.893
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.251
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal da Feira do Empreendedor - 4ª Edição

  1. 1. Jornal da Ano 2014 | 4a Edição | Terça-feira, 25 de fevereiro www.sebraesp.com.br 0800 570 0800 facebook.com/sebraesp youtube.com/sebraesaopaulo twitter.com/sebraesp Crédito mais barato O Banco do Povo Paulista reduz a taxa de juros cobrada dos pequenos negócios. Iniciativa tem apoio do Sebrae-SP, que vai instalar 12 agências do Banco nos seus escritórios regionais. Pág. 7 Novidades na lavanderia Feira traz inovações para o setor, com ideias práticas e econômicas. Alencar Burti e Bruno Caetano, do Sebrae-SP, o secretário de Emprego, Tadeu Morais, o governador Geraldo Alckmin e o diretor-executivo do Banco do Povo Paulista, Antonio Sebastião Teixeira Mendonça, em anúncio do corte de juros ontem Seus negócios na internet Pág. 8 Empresas de tecnologia oferecem soluções para empreendedor estar presente no mundo digital. Pág. 8
  2. 2. 2 Palavra do Presidente Até uma década atrás, um pequeno negócio tinha de arcar com as mesmas obrigações burocráticas e tributárias de uma grande empresa. Hoje é diferente, em especial pela implementa- Alencar Burti, empresário e presidente ção do Simples, da Lei Ge- do Conselho Deliberativo do Sebrae-SP ral das Micro e Pequenas Empresas e da figura do Microempreendedor Individual. Mas é necessário avançar mais. Estamos trabalhando para isso. Com a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, integramos o movimento Pense Simples. Na pauta a ampliação das faixas de faturamento do Simples, escalonamento no regime da substituição tributária, inclusão de mais categorias na iniciativa e mudanças na legislação trabalhista. Simplificar processos e ampliar o tratamento diferenciado é nossa luta. Contem conosco. Palavra da Diretoria O termo encadeamento produtivo se refere a uma relação do tipo “ganhaganha” entre pequenas e grandes empresas. Em resumo, temos as menores fornecendo para maiores de forma continuada. Bruno Caetano, Mas para isso a pequena Diretor-superintendente do Sebrae-SP tem de fazer sua parte. Significa se preparar para atender às exigências da grande corporação. Várias são as vantagens desse relacionamento: ela organiza-se melhor, aumenta a competitividade no mercado e promove inovações em seus processos, produtos ou serviços. A economia da região é beneficiada com a criação de empregos, elevação da renda e desenvolvimento local, em um círculo virtuoso. A grande ganha uma nova opção de fornecedor de qualidade. Só aproveita as oportunidades quem está preparado. O Sebrae-SP está à disposição para ajudar. Lucre com a Copa do Mundo FIFA 2014™ Interessados em realizar negócios que ainda podem surgir com a Copa do Mundo FIFA 2014TM, principalmente em comércio, serviços e atividades ligadas ao turismo, podem encontrar informações na Feira do Empreendedor. Coordenador do espaço Sebrae 2014, Cássio dos Santos lembra que além de palestras sobre gestão de negócios, os visitantes podem conhecer também os serviços do Sebrae-SP destinados a melhorar a competitividade das empresas e inseri-las nas oportunidades de negócios. Está disponível para os visitantes o Guia de Orientação Local (GOL), elaborado pelo Comitê Paulista da Copa em parceria com o Sebrae. O material tira dúvidas de empresários, comerciantes e turistas, mostrando, por exemplo, como aproveitar o momento de maior visibilidade e a grande circulação de turistas. Entre os expositores da Feira, a maior expectativa é de produtores de brindes, bem como de fornecedores de tecnologias que poderão facilitar a comunicação com os turistas esperados na capital. Sebrae-SP dá orientações sobre oportunidades do mundial Expediente CONSELHO DELIBERATIVO Presidente: Alencar Burti ACSP, ANPEI, Banco do Brasil, Faesp, Fecomercio, Fiesp, Fundação Parqtec, IPT, Desenvolve SP, SEBRAE, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Sindibancos-SP, Superintendência Estadual da Caixa Econômica Federal. DIRETORIA EXECUTIVA Bruno Caetano (Diretorsuperintendente) Ivan Hussni (Diretor Técnico) Pedro Jehá (Diretor de Administração e Finanças) JORNAL DA FEIRA DO EMPREENDEDOR Unidade Inteligência de Mercado Gerente: Eduardo Pugnali Editora responsável: Marcelle Carvalho - MTB 00885 Editores assistentes: Roberto Capisano Filho e Daniel Lopes Fotos: A2 Fotografia Projeto Gráfico e diagramação: Marcelo Costa Barros e Carlos Kazunari
  3. 3. 3 Seu espaço “Eu sempre venho atrás de fornecedores e parceiros. Há vários aqui”, Fernando Berg, proprietário da empresa FHB Elétrica “Para nós, a Feira é uma grande oportunidade de negócio”, Marisa Berg, sócia na FHB Elétrica “O perfil do público é bom e estamos enxergando um enorme potencial de geração de novos negócios”, Sandra Cristina de Moraes, expositora e representante da empresa Kraft do Brasil “Vim em busca de consultorias para melhorar o meu negócio. Sou empresário há apenas 8 meses e os cursos online do Sebrae-SP têm me ajudado e muito”, Adriano Nunes, MEI da cidade de São Paulo “Não achei que fosse tudo isso, me surpreendi com a Feira”, Wagner dos Santos “Estou na Feira para aumentar o número de revendedores autônomos de joias, oferecendo uma oportunidade de negócio rentável”, “Buscava informações para gerir melhor as finanças. O atendimento foi excelente.”, Sonia Mucciolo, diretoraexecutiva da Ouro Rosado Edson Candido “A Feira é uma grande porta para quem está expondo ou procurando negócios”, Fábio Fontoura, Ache na Net
  4. 4. 4 Feira do Empreendedor 2014 Sebrae-SP:
  5. 5. 5 EU FUI!
  6. 6. 6 O Sebrae-SP em ação O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-SP, Alencar Burti, em visita à Loja Modelo Itinerante O diretor-superintendente Bruno Caetano palestra na Feira do Empreendedor O diretor técnico Ivan Hussni no estande institucional do Sebrae-SP
  7. 7. 7 Crédito mais barato para os pequenos “O Sebrae-SP fica feliz de estar participando do programa que oferece as melhores taxas do mercado para os empreendedores”, afirmou o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano, após a cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes. Alencar Burti e Bruno Caetano durante evento com o governador Geraldo Alckmin ontem Em uma iniciativa firmada pelo Governo do Estado de São Paulo para incentivar ainda mais o ambiente empreendedor, o Banco do Povo Paulista (BPP) reduziu ontem a taxa de juros de 0,5% para 0,35% mensais e aumentou de R$ 15 mil para R$ 20 mil o limite de empréstimos do programa de microcrédito. rurais, microempreendedores individuais, produtores rurais, cooperativas e associações de produção formalmente constituídas. Depois de ter o cadastro aprovado, o empreendedor recebe o dinheiro em até 72 horas. Na oportunidade, o governador Geraldo Alckmin também firmou convênio com o Sebrae-SP para a O BPP atende empreendedores instalação de 12 agências do BPP formais ou informais, urbanos e nos escritórios regionais da capital. Gerenciado pela Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), o BPP favorece a geração de emprego e o aquecimento das economias locais por meio da promoção de atividades produtivas. Em 15 anos, o programa emprestou mais de R$ 1,25 bilhão a 336,1 mil empreendedores. Quando foi implantado, em setembro de 1998, o BPP cobrava taxa de juros de 1% ao mês. Em setembro de 2009, houve redução para 0,7% e, em novembro de 2011, caiu a 0,5%. ‘Feira abrange o ciclo completo do empreendedorismo’ Sebrae lança Central de Oportunidades “A Feira abrange o ciclo completo do empreendedorismo.” É dessa forma que o gestor do evento, Ary Scapin descreve o evento. “O visitante encontra tudo o que precisa: formalização, opções de negócio, orientação sobre finanças, acesso ao crédito, capacitação e networking”, afirma. Segundo ele, um dos destaques é o estande de Acesso ao Crédito. “O interessado recebe a informação e, como temos bancos no evento, ele já encontra o financiamento.” As áreas de conhecimento e tecnologia foram muito procuradas. Também gestora da Feira, Pamela Pastene ressalta o patamar atingido pela Feira. “Alcançou uma maturidade e está consagrada no calendário dos eventos de São Paulo.” A Feira do Empreendedor foi palco do lançamento da Central de Oportunidades, ambiente online de aproximação comercial e gratuito entre compradores e fornecedores de diversos segmentos. “As micro e pequenas empresas e os Microempreendedores Individuais podem vender e comprar das médias e grandes companhias”, diz a consultora do Sebrae Nacional, Renata Bennet. Para participar, cadastre o CNPJ em siteoportunidades.sebrae.com.br.
  8. 8. 8 Negócios online têm espaço na Feira Quem procura soluções específicas para estruturar um negócio na internet de forma rápida e simples encontra o que precisa na Feira do Empreendedor. No estande UOL Host há um serviço de hospedagem de sites que fornece a ferramenta e o empresário pode criar sua loja online. “Auxiliamos na montagem do projeto e o usuário consegue diagramar tudo sozinho”, diz a analista de negócios do UOL, Marina Mussi. O visitante também pode saber mais sobre a plataforma ‘Meu primeiro e-commerce’ no espaço do Mercado Livre. Lá, o empresário tem a oportunidade de inserir seus produtos do MercadoLivre. com, maior site de compras do País. Em um mesmo ambiente, é possível montar uma loja online e realizar transações como pedi- Evento apresenta soluções para quem quer expandir sua empresa na área digital dos de compras, pagamentos e controle de vendas. O casal Alexandre Peres e Regina Guimil fabricam bijuterias personalizadas. Eles vendem só para amigos, mas pretendem transformar a atividade em um negócio rentável. “Queremos abrir a loja online até a metade do ano. As explicações que recebemos na Feira foram muito esclarecedoras”, diz Alexandre. No estande do Facebook há orientações sobre como divulgar o negócio no mundo digital. A fanpage é criada na hora e pode ser acessada de qualquer dispositivo conectado à internet. Lavanderia Modelo tem soluções inovadoras Pequenas empresas podem fornecer para a Olimpíada O público tem a oportunidade de conhecer como funciona uma lavanderia modelo e sustentável na Feira do Empreendedor. O sistema wetcleaning é uma das atrações do estande Lavanderia Modelo: o conjunto de lavadora, extratora e secadora usa pouca água, produto e substitui a lavagem a seco. Outra novidade são as máquinas de autosserviço, que dão autonomia para o cliente lavar a própria roupa. “Aqui, o candidato a empresário consegue ver como funciona na prática”, afirma o coordenador estadual do setor de lavanderias do Sebrae-SP, Márcio Bertolini. Os micro e pequenos empreendedores do Estado de São Paulo interessados em fornecer para a Olimpíada de 2016 têm a oportunidade de efetuar a inscrição na Feira do Empreendedor. Um estande do Sebrae-RJ está presente no evento realizando os cadastros. “Haverá oportunidades para todo o País”, diz o coordenador do Sebrae no Pódio, Francisco Marins. A previsão é de que cerca de R$ 300 milhões sejam destinados aos contratos com os pequenos empreendimentos. Informações também pelo telefone (21) 3213 6640 ou pelo e-mail sebraenopodio@sebraerj.com.br.

×