METODOLOGIA 
1- CLASSIFICAR OS ERROS EM três categorias: 
-Aleatório, (decorrem de fatores não controlados na realização d...
SIMULAÇÃO DE UMA ANÁLISE 
Um sistema pistão-cilindro ser montado sobre as seguintes, informações sobre um ajuste cilindro ...
퐗̅ =(ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟎ+ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ+⋯+ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ)ퟏퟐ =ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ퐦퐦 
Variância das leituras: 
푺2 
(풙)=ퟏퟏퟐ−ퟏΣ(ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟎ−ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ)ퟐ풏풊=ퟏ+(ퟏퟎ,ퟎퟎퟒퟎ−ퟏퟎ,ퟎퟎ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Parte apresentação Artigo Incerteza na calibração creem 2014

90 visualizações

Publicada em

Parte da montagem do artigo desenvolvido para o Creem2014. Para obter mais informações,buscar direto no site do creem que se encontra a publicação do artigo: "Incerteza da Medição na Calibração no Sistema Produtivo"

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
90
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Parte apresentação Artigo Incerteza na calibração creem 2014

  1. 1. METODOLOGIA 1- CLASSIFICAR OS ERROS EM três categorias: -Aleatório, (decorrem de fatores não controlados na realização de medidas e seu efeito consiste em produzir ao acaso acréscimos e decréscimos no valor obtido.) - sistemáticos(não podem ser eliminados, porém podem ser reduzidos) - grosseiros.( devido aos fatores externos e não aos instrumentos -Leitura errônea ou imprópria do instrumento, 2- BUSCAR A CLASSIFICAÇÃO DAS Propriedades estatísticas dos sistemas de medição  A exatidão (definida como o grau de “proximidade” ao valor verdadeiro)  Tendência ( definida como a diferença entre a média observada de medições repetidas e o valor de referência, isto é, é o “erro sistemático” do sistema de medição.)  Estabilidade (é a mudança de a tendência no transcorrer do tempo)  Linearidade ( mudança da tendência ao longo do campo de operação normal do sistema de medição)  Repetitividade ( variação entre medições obtidas com um mesmo instrumento quando usado várias vezes por um mesmo avaliador) Discussão dos Resultados O resultado de uma medição nunca é um ponto e sim um intervalo. Admitir que o valor exato existe e embora ele não seja conhecido, podemos estimar os limites do intervalo em que ele se encontra.
  2. 2. SIMULAÇÃO DE UMA ANÁLISE Um sistema pistão-cilindro ser montado sobre as seguintes, informações sobre um ajuste cilindro pistão Considerar que essas peças foram calibradas e apresentaram erro zero.Se a incerteza for ±1 mm. Aplicação da equação: No caso, X = 100mm + - 1mm Equação aplicada : 푿=푿̅±푺(푿̅) Medidas obtidas do eixo
  3. 3. 퐗̅ =(ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟎ+ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ+⋯+ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ)ퟏퟐ =ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ퐦퐦 Variância das leituras: 푺2 (풙)=ퟏퟏퟐ−ퟏΣ(ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟎ−ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ)ퟐ풏풊=ퟏ+(ퟏퟎ,ퟎퟎퟒퟎ−ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ)ퟐ+∙∙∙∙∙+(ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ−ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ)ퟐ =ퟎ,ퟑퟑ×ퟏퟎ−ퟔ풎풎² A variância da média: 푺2 (풙)= 푺2 (풙)/풏 =ퟎ,ퟑퟑ×ퟏퟎ−ퟔ풎풎ퟏퟐ =ퟐퟕ×ퟏퟎ−ퟗ풎풎ퟐ Desvio padrão experimental da média: 푺2 (풙)= √푺ퟐ(푿)/√풏 =√ퟐퟕ×ퟏퟎ−ퟗ풎풎ퟐ = ퟎ,ퟏퟔퟒ× ퟏퟎ−ퟑ풎풎 푿=ퟏퟎ,ퟎퟎퟐퟑ풎풎±ퟎ,ퟏퟔퟒ× ퟏퟎ−ퟑ풎풎 Considerações - A incerteza de medição deve ser estimada para cada processo de calibração abrangido pelo sistema de gestão da confirmação metrológica, estimativas da incerteza decorrentes das calibrações devem ser registradas. - A análise das incertezas de medição deve ser completada antes da calibração do equipamento e da validação do processo de calibração. - Os equipamentos de inspeção, medição e ensaios devem ser utilizados de tal forma, que assegurem que a incerteza das medições seja conhecida e consistente com a capacidade de medição requerida .

×