Relato

532 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
532
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relato

  1. 1. O gênero relato, ou “relato pessoal”, faz parte do domínio social da comunicação. Podendo ser oral ou escrito, ele parte do princípio de que há um emissor e um interlocutor. Nesse gênero, relatamos, basicamente, experiências vividas no passado – que pode ser ontem, mês passado, ou há três anos – contanto que seja no passado. Para isso, os verbos devem ser empregados no pretérito.
  2. 2. Onde e para quem lemos e escrevemos um relato pessoal? Quando relatamos algo temos um objetivo real, assim como qualquer outra forma de manifestação verbal: se relatamos alguma coisa para nossos familiares, temos um objetivo; se relatamos certo fato a um amigo, teremos outro. Falamos, lemos e escrevemos um relato pessoal em diferentes situações e por diferentes suportes: revistas, jornais, telefone, redes sociais, mas a intenção é sempre transmitir um acontecimento da nossa vida que possa ser narrado para outrem. Um relato de viagem, por exemplo, tem por objetivo narrar a experiência para outras pessoas que desejam ir ao mesmo lugar que fomos. Já um relato noticioso, tem por objetivo integrar um texto jornalístico, como a notícia ou reportagem, para exemplificar ou comprovar determinada situação.
  3. 3. Mas vocês podem estar pensando: se, no relato, “contamos” algo que ocorreu no passado, qual é a maior diferença dele para o gênero narrativo? A resposta vem em duas partes: além de, no gênero narrativo, ser possível escrever no presente (Podemos contar uma ficção dizendo: “O menino chega e entra em seu quarto. Ele fecha a porta e percebe que algo está diferente.”), o relato sempre prioriza as ações. Vocês podem até falar sobre sentimentos e sensações, mas o objetivo principal é informar com foco nas ações!
  4. 4.  Narra fatos reais vividos por uma pessoa e suas consequências;  Tem a intenção de demonstrar os sentimentos acerca daquilo que foi vivido;  Apresenta elementos básicos da narrativa tais como: - sequência de fatos, - pessoas, - tempo, -espaço;
  5. 5.  O narrador será protagonista, ou participante;  Verbos e pronomes são empregados predominantemente na 1ª pessoa;  Os verbos oscilam entre o pretérito perfeito e o presente do indicativo;  Emprega-se o padrão culto da língua;  Prioriza-se as ações e a descrição do lugar onde elas ocorreram.
  6. 6. Título - precisa resumir o texto contendo a palavra tema;Dois ou três parágrafos Quando?  Onde?  Quem?  O quê?  Como?  Por que?

×