SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
1 – Reproduz as palavras das diferentes personagens no discurso indireto.
Discurso Indireto
______________________________
______________________________
______________________________
______________________________
Olá, Francisca!
Hoje não te vi na escola, estás
doente?
Aqui,nesta
escola, temos
feito uma
Semana Aber-
ta!
Discurso Indireto
_______________________________________
_______________________________________
_______________________________________
2 – Reproduz as palavras, no discurso indireto para o discurso direto.
______________________
O Mágico disse no espetáculo
que iria tirar um coelho branco
da cartola.
______________________
______________________
____________________
_____________________
_____________________
_____________________
_____________________
__________________
A minha amiga disse que leu
num cartaz que devemos levar
regularmente, os animais ao
veterinário!
1 – Transforma as frases para o discurso indireto.
a) Ele declarou:
- Vou confiar sempre em ti.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
b) – Vamos depressa para casa – pediu ele.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
c) - Venho muito cansado! – exclamou o Pedro.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
d) - Alguém viu o meu cachimbo? – perguntou o meu pai.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
e) - Não briguem! – ordenou a Cristina.
___________________________________________________________________________
f) – Faremos um jornal – sugeriu o Luís.
___________________________________________________________________________
g) – A minha mãe não me deixa ir ao cinema amanhã – lamentou a Joana.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
2 - Passa para o discurso direto as frases que se seguem.
a) Constantino pediu à irmã que não dissesse ao pai que ele tinha chumbado no exame.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
b) O Rei perguntou-lhe se já tinha resposta para as três perguntas. Frei João-Sem-Cuidados
respondeu que sim.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
c) A patroa pediu à Maria para não limpar a louça com o lenço do bolso. A Maria respondeu
à senhora que não fazia mal porque o lenço já estava sujo.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
d) A senhora Marta perguntou ao menino onde vira o cavalo azul.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
e) O menino apontou para o mar e disse que era ali naquela praia.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
f) A senhora explicou que não podia ser porque no mar não havia cavalos e muito menos
azuis.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
g) O pai disse ao Francisco que, naquele dia, não podia brincar com os seus amigos porque,
no dia seguinte, tinha teste de Matemática.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
h) O Francisco disse que estava bem e acrescentou que ia estudar para o seu quarto.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
i) - Vai à cavalariça do meu pai – disse a Bela Moura – lá encontrarás um cavalo das sete
cores.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
j) O conde Florival, afastando-se, garantiu à Bela Moura que ninguém o reconheceria e por
isso ninguém o abraçaria.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
A fada voltou-se e viu um peixe a saltar na areia.
- Salva-me, Oriana – gritava o peixe. – Dei um salto atrás duma mosca e caí fora do
rio.
Oriana agarrou no peixe e tornou a pô-lo na água.
- Obrigado, muito obrigado – disse o peixe, fazendo muitas mesuras.
- Salvaste-me a vida e a vida de um peixe é uma vida deliciosa. Muito obrigado, Oria-
na. Se precisares de alguma coisa de mim lembra-te que eu estou sempre às tuas ordens.
- Obrigada – disse Oriana - , agora não preciso de nada.
- Mas lembra-te da minha promessa. Nunca esquecerei que te devo a vida. Pede-me
tudo quanto quiseres. Sem ti eu morreria miseravelmente asfixiado entre os trevos e as
margaridas. A minha gratidão é eterna.
- Obrigada – disse a fada.
1. Transcreve do texto uma frase:
No discurso indireto: ________________________________________________________
___________________________________________________________________________
No discurso direto: _________________________________________________________
___________________________________________________________________________
2. Muda de discurso as falas do peixe:
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
Qual o discurso que utilizaste?
A fada voltou-se e viu um peixe a saltar na areia.
- Salva-me, Oriana – gritava o peixe. – Dei um salto atrás duma mosca e caí fora do
rio.
Oriana agarrou no peixe e tornou a pô-lo na água.
- Obrigado, muito obrigado – disse o peixe, fazendo muitas mesuras.
- Salvaste-me a vida e a vida de um peixe é uma vida deliciosa. Muito obrigado, Oria-
na. Se precisares de alguma coisa de mim lembra-te que eu estou sempre às tuas ordens.
- Obrigada – disse Oriana - , agora não preciso de nada.
- Mas lembra-te da minha promessa. Nunca esquecerei que te devo a vida. Pede-me
tudo quanto quiseres. Sem ti eu morreria miseravelmente asfixiado entre os trevos e as
margaridas. A minha gratidão é eterna.
- Obrigada – disse a fada.
1. Transcreve do texto uma frase:
No discurso indireto: ________________________________________________________
___________________________________________________________________________
No discurso direto: _________________________________________________________
___________________________________________________________________________
2. Muda de discurso as falas do peixe:
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
_______________________________________________________
Qual o discurso que utilizaste?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A abelha e a flor - 2.º Ano
A abelha e a flor - 2.º AnoA abelha e a flor - 2.º Ano
A abelha e a flor - 2.º AnoNuno Trabulo
 
As Janeiras - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
As Janeiras - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoAs Janeiras - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
As Janeiras - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoProfcris 81
 
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º ano
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º anoA esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º ano
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º anoProfcris 81
 
Noite de S. João - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Noite de S. João - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoNoite de S. João - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Noite de S. João - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoProfcris 81
 
A nuvem cinzenta - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
A nuvem cinzenta - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoA nuvem cinzenta - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
A nuvem cinzenta - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoProfcris 81
 
Mar poluído - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Mar poluído - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoMar poluído - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Mar poluído - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoProfcris 81
 
O menino chamado Menino - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
O menino chamado Menino - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoO menino chamado Menino - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
O menino chamado Menino - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoProfcris 81
 
Ficha avaliação intermédia 3º período lp - 3º ano
Ficha avaliação intermédia 3º período   lp - 3º anoFicha avaliação intermédia 3º período   lp - 3º ano
Ficha avaliação intermédia 3º período lp - 3º anoPatrícia Dias
 
Branca l port páscoa1
Branca  l port   páscoa1Branca  l port   páscoa1
Branca l port páscoa1Branca Pereira
 
Os determinantes 2 lp 4º ano
Os determinantes  2   lp 4º anoOs determinantes  2   lp 4º ano
Os determinantes 2 lp 4º anoRute Almeida
 
Brincar, brincar - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Brincar, brincar - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoBrincar, brincar - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Brincar, brincar - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoProfcris 81
 
O inverno - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
O inverno - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoO inverno - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
O inverno - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoProfcris 81
 
1º período 2º ano
1º período   2º ano1º período   2º ano
1º período 2º anoSusana Matos
 
Relação de sentido e forma entre palavras 2
Relação de sentido e forma entre palavras 2Relação de sentido e forma entre palavras 2
Relação de sentido e forma entre palavras 2Teresa Rocha
 
Ficha de trabalho discurso direto- indireto
Ficha de trabalho  discurso direto- indiretoFicha de trabalho  discurso direto- indireto
Ficha de trabalho discurso direto- indiretomanuela016
 
Discurso directo e Discurso indirecto
  Discurso directo e Discurso indirecto  Discurso directo e Discurso indirecto
Discurso directo e Discurso indirectoA. Simoes
 
118 ficha de avaliação do 3.º período
118 ficha de avaliação do 3.º período118 ficha de avaliação do 3.º período
118 ficha de avaliação do 3.º períodoCrescendo EAprendendo
 

Mais procurados (20)

Menina do mar
Menina do marMenina do mar
Menina do mar
 
A abelha e a flor - 2.º Ano
A abelha e a flor - 2.º AnoA abelha e a flor - 2.º Ano
A abelha e a flor - 2.º Ano
 
As Janeiras - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
As Janeiras - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoAs Janeiras - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
As Janeiras - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
 
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º ano
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º anoA esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º ano
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º ano
 
Noite de S. João - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Noite de S. João - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoNoite de S. João - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Noite de S. João - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
 
A nuvem cinzenta - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
A nuvem cinzenta - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoA nuvem cinzenta - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
A nuvem cinzenta - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
 
Teste notícia
Teste notíciaTeste notícia
Teste notícia
 
Mar poluído - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Mar poluído - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoMar poluído - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Mar poluído - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
 
O menino chamado Menino - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
O menino chamado Menino - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoO menino chamado Menino - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
O menino chamado Menino - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
 
Ficha avaliação intermédia 3º período lp - 3º ano
Ficha avaliação intermédia 3º período   lp - 3º anoFicha avaliação intermédia 3º período   lp - 3º ano
Ficha avaliação intermédia 3º período lp - 3º ano
 
Branca l port páscoa1
Branca  l port   páscoa1Branca  l port   páscoa1
Branca l port páscoa1
 
Os determinantes 2 lp 4º ano
Os determinantes  2   lp 4º anoOs determinantes  2   lp 4º ano
Os determinantes 2 lp 4º ano
 
Brincar, brincar - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Brincar, brincar - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoBrincar, brincar - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
Brincar, brincar - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
 
O inverno - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
O inverno - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º anoO inverno - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
O inverno - Ficha de Língua Portuguesa - 2.º ano
 
Língua portuguesa gramática
Língua portuguesa   gramáticaLíngua portuguesa   gramática
Língua portuguesa gramática
 
1º período 2º ano
1º período   2º ano1º período   2º ano
1º período 2º ano
 
Relação de sentido e forma entre palavras 2
Relação de sentido e forma entre palavras 2Relação de sentido e forma entre palavras 2
Relação de sentido e forma entre palavras 2
 
Ficha de trabalho discurso direto- indireto
Ficha de trabalho  discurso direto- indiretoFicha de trabalho  discurso direto- indireto
Ficha de trabalho discurso direto- indireto
 
Discurso directo e Discurso indirecto
  Discurso directo e Discurso indirecto  Discurso directo e Discurso indirecto
Discurso directo e Discurso indirecto
 
118 ficha de avaliação do 3.º período
118 ficha de avaliação do 3.º período118 ficha de avaliação do 3.º período
118 ficha de avaliação do 3.º período
 

Destaque

Conto sophia fada.oriana_prova.afericao_lp.2001
Conto sophia fada.oriana_prova.afericao_lp.2001Conto sophia fada.oriana_prova.afericao_lp.2001
Conto sophia fada.oriana_prova.afericao_lp.2001Miguel Almeida
 
5º ano fichas de trabalho - lp
5º ano   fichas de trabalho - lp5º ano   fichas de trabalho - lp
5º ano fichas de trabalho - lpSil Mar
 
Motivação para a leitura 2014 2015 visitas às escolas
Motivação para a leitura 2014  2015 visitas às escolasMotivação para a leitura 2014  2015 visitas às escolas
Motivação para a leitura 2014 2015 visitas às escolasAlfredo Leite
 
Pt7cdr teste5
Pt7cdr teste5Pt7cdr teste5
Pt7cdr teste57f14_15
 
A fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leituraA fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leituraCláudia David
 
Discurso direto e indireto
Discurso direto e indiretoDiscurso direto e indireto
Discurso direto e indiretoprofessoraIsabel
 
Transtornos de atenção e de aprendizagem
Transtornos de atenção e de aprendizagemTranstornos de atenção e de aprendizagem
Transtornos de atenção e de aprendizagemCaio Grimberg
 
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+orientadoresdeestudopaic
 

Destaque (9)

A fada oriana
A fada orianaA fada oriana
A fada oriana
 
Conto sophia fada.oriana_prova.afericao_lp.2001
Conto sophia fada.oriana_prova.afericao_lp.2001Conto sophia fada.oriana_prova.afericao_lp.2001
Conto sophia fada.oriana_prova.afericao_lp.2001
 
5º ano fichas de trabalho - lp
5º ano   fichas de trabalho - lp5º ano   fichas de trabalho - lp
5º ano fichas de trabalho - lp
 
Motivação para a leitura 2014 2015 visitas às escolas
Motivação para a leitura 2014  2015 visitas às escolasMotivação para a leitura 2014  2015 visitas às escolas
Motivação para a leitura 2014 2015 visitas às escolas
 
Pt7cdr teste5
Pt7cdr teste5Pt7cdr teste5
Pt7cdr teste5
 
A fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leituraA fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leitura
 
Discurso direto e indireto
Discurso direto e indiretoDiscurso direto e indireto
Discurso direto e indireto
 
Transtornos de atenção e de aprendizagem
Transtornos de atenção e de aprendizagemTranstornos de atenção e de aprendizagem
Transtornos de atenção e de aprendizagem
 
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+
 

Semelhante a Discurso direto e indireto2

Avaliação sumativa l.port - páscoa[1][1] (2)
Avaliação sumativa l.port  - páscoa[1][1] (2)Avaliação sumativa l.port  - páscoa[1][1] (2)
Avaliação sumativa l.port - páscoa[1][1] (2)Georgina Pinto
 
trasitividade verbal exercicio.pdf
trasitividade verbal exercicio.pdftrasitividade verbal exercicio.pdf
trasitividade verbal exercicio.pdfNivea Neves
 
trasitividade verbal exercicio.pdf
trasitividade verbal exercicio.pdftrasitividade verbal exercicio.pdf
trasitividade verbal exercicio.pdfNivea Neves
 
Conto segredo.do.rio guiao_vaz.nunes
Conto segredo.do.rio guiao_vaz.nunesConto segredo.do.rio guiao_vaz.nunes
Conto segredo.do.rio guiao_vaz.nunesbibliotecap
 
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºano
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºanoFuncionamento da língua_português_exercícios_6ºano
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºanoSandra Boucinha
 
1ª avaliação de português 2º bimestre
1ª avaliação de português 2º bimestre1ª avaliação de português 2º bimestre
1ª avaliação de português 2º bimestreKelry Carvalho
 
nnnnnn
nnnnnnnnnnnn
nnnnnnfaf29
 
Teste de cn 5º ano 2 2º periodo
Teste de cn 5º ano 2 2º periodoTeste de cn 5º ano 2 2º periodo
Teste de cn 5º ano 2 2º periodoAcima da Média
 
Avaliação Língua Portuguesa - 2.º período
Avaliação Língua Portuguesa - 2.º períodoAvaliação Língua Portuguesa - 2.º período
Avaliação Língua Portuguesa - 2.º períodoGeorgina Pinto
 
Portugues 1 por simone drumond
Portugues 1 por simone drumondPortugues 1 por simone drumond
Portugues 1 por simone drumondSimoneHelenDrumond
 
Ficha de-trabalho-de-lc3adngua-portuguesa-sobre-o-conhecimento-explc3adcito-d...
Ficha de-trabalho-de-lc3adngua-portuguesa-sobre-o-conhecimento-explc3adcito-d...Ficha de-trabalho-de-lc3adngua-portuguesa-sobre-o-conhecimento-explc3adcito-d...
Ficha de-trabalho-de-lc3adngua-portuguesa-sobre-o-conhecimento-explc3adcito-d...Rute Almeida
 
Prova de avaliaç㍋o sumativa 1 º período(2012-2013)-3ºano
Prova de avaliaç㍋o sumativa 1 º período(2012-2013)-3ºanoProva de avaliaç㍋o sumativa 1 º período(2012-2013)-3ºano
Prova de avaliaç㍋o sumativa 1 º período(2012-2013)-3ºanoMarcela Figueiredo Gonçalves
 
Avaliação de maio língua portuguesa - 1.º ano
Avaliação de maio   língua portuguesa - 1.º anoAvaliação de maio   língua portuguesa - 1.º ano
Avaliação de maio língua portuguesa - 1.º anoGeorgina Pinto
 
Ficha_avaliacao_estudo_do_meio_3_ano_junho.pdf
Ficha_avaliacao_estudo_do_meio_3_ano_junho.pdfFicha_avaliacao_estudo_do_meio_3_ano_junho.pdf
Ficha_avaliacao_estudo_do_meio_3_ano_junho.pdfJoaquimAlves48
 

Semelhante a Discurso direto e indireto2 (20)

Avaliação sumativa l.port - páscoa[1][1] (2)
Avaliação sumativa l.port  - páscoa[1][1] (2)Avaliação sumativa l.port  - páscoa[1][1] (2)
Avaliação sumativa l.port - páscoa[1][1] (2)
 
trasitividade verbal exercicio.pdf
trasitividade verbal exercicio.pdftrasitividade verbal exercicio.pdf
trasitividade verbal exercicio.pdf
 
trasitividade verbal exercicio.pdf
trasitividade verbal exercicio.pdftrasitividade verbal exercicio.pdf
trasitividade verbal exercicio.pdf
 
Conto segredo.do.rio guiao_vaz.nunes
Conto segredo.do.rio guiao_vaz.nunesConto segredo.do.rio guiao_vaz.nunes
Conto segredo.do.rio guiao_vaz.nunes
 
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºano
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºanoFuncionamento da língua_português_exercícios_6ºano
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºano
 
Sapo apaixonado - atividades
Sapo apaixonado - atividades Sapo apaixonado - atividades
Sapo apaixonado - atividades
 
1ª avaliação de português 2º bimestre
1ª avaliação de português 2º bimestre1ª avaliação de português 2º bimestre
1ª avaliação de português 2º bimestre
 
nnnnnn
nnnnnnnnnnnn
nnnnnn
 
Proverbios
ProverbiosProverbios
Proverbios
 
Teste de cn 5º ano 2 2º periodo
Teste de cn 5º ano 2 2º periodoTeste de cn 5º ano 2 2º periodo
Teste de cn 5º ano 2 2º periodo
 
Avaliação Língua Portuguesa - 2.º período
Avaliação Língua Portuguesa - 2.º períodoAvaliação Língua Portuguesa - 2.º período
Avaliação Língua Portuguesa - 2.º período
 
Portugues 1 por simone drumond
Portugues 1 por simone drumondPortugues 1 por simone drumond
Portugues 1 por simone drumond
 
Ficha de-trabalho-de-lc3adngua-portuguesa-sobre-o-conhecimento-explc3adcito-d...
Ficha de-trabalho-de-lc3adngua-portuguesa-sobre-o-conhecimento-explc3adcito-d...Ficha de-trabalho-de-lc3adngua-portuguesa-sobre-o-conhecimento-explc3adcito-d...
Ficha de-trabalho-de-lc3adngua-portuguesa-sobre-o-conhecimento-explc3adcito-d...
 
Adjectivos 5ano (1)
Adjectivos 5ano (1)Adjectivos 5ano (1)
Adjectivos 5ano (1)
 
Aval. diag _port_2_ano_2014
Aval. diag _port_2_ano_2014Aval. diag _port_2_ano_2014
Aval. diag _port_2_ano_2014
 
Lingua portuguesa
Lingua portuguesaLingua portuguesa
Lingua portuguesa
 
Prova de avaliaç㍋o sumativa 1 º período(2012-2013)-3ºano
Prova de avaliaç㍋o sumativa 1 º período(2012-2013)-3ºanoProva de avaliaç㍋o sumativa 1 º período(2012-2013)-3ºano
Prova de avaliaç㍋o sumativa 1 º período(2012-2013)-3ºano
 
Avaliação de maio língua portuguesa - 1.º ano
Avaliação de maio   língua portuguesa - 1.º anoAvaliação de maio   língua portuguesa - 1.º ano
Avaliação de maio língua portuguesa - 1.º ano
 
Ficha_avaliacao_estudo_do_meio_3_ano_junho.pdf
Ficha_avaliacao_estudo_do_meio_3_ano_junho.pdfFicha_avaliacao_estudo_do_meio_3_ano_junho.pdf
Ficha_avaliacao_estudo_do_meio_3_ano_junho.pdf
 
O espantalho enamorado
O espantalho enamoradoO espantalho enamorado
O espantalho enamorado
 

Último

PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 

Discurso direto e indireto2

  • 1. 1 – Reproduz as palavras das diferentes personagens no discurso indireto. Discurso Indireto ______________________________ ______________________________ ______________________________ ______________________________ Olá, Francisca! Hoje não te vi na escola, estás doente? Aqui,nesta escola, temos feito uma Semana Aber- ta! Discurso Indireto _______________________________________ _______________________________________ _______________________________________ 2 – Reproduz as palavras, no discurso indireto para o discurso direto. ______________________ O Mágico disse no espetáculo que iria tirar um coelho branco da cartola. ______________________ ______________________ ____________________
  • 2. _____________________ _____________________ _____________________ _____________________ __________________ A minha amiga disse que leu num cartaz que devemos levar regularmente, os animais ao veterinário! 1 – Transforma as frases para o discurso indireto. a) Ele declarou: - Vou confiar sempre em ti. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ b) – Vamos depressa para casa – pediu ele. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ c) - Venho muito cansado! – exclamou o Pedro. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ d) - Alguém viu o meu cachimbo? – perguntou o meu pai. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ e) - Não briguem! – ordenou a Cristina. ___________________________________________________________________________ f) – Faremos um jornal – sugeriu o Luís. ___________________________________________________________________________ g) – A minha mãe não me deixa ir ao cinema amanhã – lamentou a Joana. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________
  • 3. 2 - Passa para o discurso direto as frases que se seguem. a) Constantino pediu à irmã que não dissesse ao pai que ele tinha chumbado no exame. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ b) O Rei perguntou-lhe se já tinha resposta para as três perguntas. Frei João-Sem-Cuidados respondeu que sim. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ c) A patroa pediu à Maria para não limpar a louça com o lenço do bolso. A Maria respondeu à senhora que não fazia mal porque o lenço já estava sujo. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ d) A senhora Marta perguntou ao menino onde vira o cavalo azul. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ e) O menino apontou para o mar e disse que era ali naquela praia. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ f) A senhora explicou que não podia ser porque no mar não havia cavalos e muito menos azuis. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ g) O pai disse ao Francisco que, naquele dia, não podia brincar com os seus amigos porque, no dia seguinte, tinha teste de Matemática.
  • 4. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ h) O Francisco disse que estava bem e acrescentou que ia estudar para o seu quarto. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ i) - Vai à cavalariça do meu pai – disse a Bela Moura – lá encontrarás um cavalo das sete cores. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ j) O conde Florival, afastando-se, garantiu à Bela Moura que ninguém o reconheceria e por isso ninguém o abraçaria. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________
  • 5. A fada voltou-se e viu um peixe a saltar na areia. - Salva-me, Oriana – gritava o peixe. – Dei um salto atrás duma mosca e caí fora do rio. Oriana agarrou no peixe e tornou a pô-lo na água. - Obrigado, muito obrigado – disse o peixe, fazendo muitas mesuras. - Salvaste-me a vida e a vida de um peixe é uma vida deliciosa. Muito obrigado, Oria- na. Se precisares de alguma coisa de mim lembra-te que eu estou sempre às tuas ordens. - Obrigada – disse Oriana - , agora não preciso de nada. - Mas lembra-te da minha promessa. Nunca esquecerei que te devo a vida. Pede-me tudo quanto quiseres. Sem ti eu morreria miseravelmente asfixiado entre os trevos e as margaridas. A minha gratidão é eterna. - Obrigada – disse a fada. 1. Transcreve do texto uma frase: No discurso indireto: ________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ No discurso direto: _________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 2. Muda de discurso as falas do peixe: _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ Qual o discurso que utilizaste?
  • 6. A fada voltou-se e viu um peixe a saltar na areia. - Salva-me, Oriana – gritava o peixe. – Dei um salto atrás duma mosca e caí fora do rio. Oriana agarrou no peixe e tornou a pô-lo na água. - Obrigado, muito obrigado – disse o peixe, fazendo muitas mesuras. - Salvaste-me a vida e a vida de um peixe é uma vida deliciosa. Muito obrigado, Oria- na. Se precisares de alguma coisa de mim lembra-te que eu estou sempre às tuas ordens. - Obrigada – disse Oriana - , agora não preciso de nada. - Mas lembra-te da minha promessa. Nunca esquecerei que te devo a vida. Pede-me tudo quanto quiseres. Sem ti eu morreria miseravelmente asfixiado entre os trevos e as margaridas. A minha gratidão é eterna. - Obrigada – disse a fada. 1. Transcreve do texto uma frase: No discurso indireto: ________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ No discurso direto: _________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 2. Muda de discurso as falas do peixe: _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ Qual o discurso que utilizaste?