Sistema respiratório humano

824 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
824
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema respiratório humano

  1. 1. SISTEMA RESPIRATÓRIO HUMANO
  2. 2. LARINGE  Na laringe encontram-se as cordas vocais e a epiglote. As cordas vocais, responsáveis pela voz, são constituídas por duas membranas que vibram e permitem a produção de sons. A epiglote impede a passagem de alimentos para a traqueia, durante a deglutição. 1
  3. 3. SABES PORQUE ESPIRRAMOS?  O espirro é uma expulsão convulsiva de ar dos pulmões e pode acontecer sempre que alguma coisa, como poeiras ou ar frio, irrite o interior do nosso nariz (mucosa nasal). Num espirro, o ar pode ser expulso pelo nariz a uma velocidade de mais de 160 km por hora. 2
  4. 4. SABES PORQUE TOSSIMOS?  A tosse elimina o muco e a sujidade da traqueia. Ao tossirmos, inspiramos profundamente, a extremidade superior da laringe fecha-se momentaneamente, a pressão pulmonar aumenta e, quando a laringe reabre o ar é expulso num golpe explosivo. 3
  5. 5. Órgãos Características Fossas Nasais cavidades situadas no interior do nariz que comunicam com o exterior através das narinas Faringe órgão comum ao sistema respiratório e ao sistema digestivo Laringe órgão constituído por cartilagem que comunica com a traqueia Traqueia canal que se ramifica em dois e é revestido interiormente por muco e cílios Brônquios Resultam da bifurcação da traqueia e penetram nos pulmões Bronquíolos Canais finos resultantes da ramificação dos brônquios Alvéolos Pulmonares terminações dos bronquíolos com paredes muito finas que estão envolvidos por capilares sanguíneos 4
  6. 6. HEMATOSE PULMONAR  Ao conjunto das trocas gasosas que ocorrem nos alvéolos pulmonares chama-se hematose pulmonar. É graças à hematose pulmonar que o nosso organismo elimina substâncias que lhe são prejudiciais, como o dióxido de carbono, e faz chegar às células o oxigénio, tão essencial à vida. 5
  7. 7. O QUE É UM BOCEJO?  Um bocejo é uma inspiração mais profunda do que o normal e costuma acontecer nos períodos de inatividade e de respiração superficial. E PORQUE BOCEJAMOS?  Uma das explicações do bocejo é que este se deve ao aumento dos níveis de dióxido de carbono no organismo. Quando estes atingem um certo valor, bocejamos para receber uma maior quantidade de ar rico em oxigénio e reduzir o conteúdo de dióxido de carbono nos pulmões. 6
  8. 8. CUIDADOS A TER COM O SISTEMA RESPIRATÓRIO Sempre que possível, deves evitar ambientes poluídos pois podem ser causadores de doenças das vias respiratórias como a asma ou a bronquite. Não deves fumar nem estar perto de pessoas que estejam a fumar. Fumar não só é prejudicial ao bom funcionamento do sistema respiratório como pode provocar doenças muito graves, nomeadamente o cancro.  O exercício físico, para além de ser, genericamente, uma prática saudável vai permitir exercitar os músculos que intervêm na respiração.  7
  9. 9. CUIDADOS A TER COM O SISTEMA RESPIRATÓRIO Deves inspirar sempre pelo nariz e não pela boca (a não ser quando tens o nariz tapado, claro). Este hábito é muito importante pois quando o ar passa pelas fossas nasais é aquecido e humedecido e são-lhe retiradas as poeiras.  Para manteres o teu sistema respiratório saudável deves proteger-te das constipações. Usa vestuário adequado ao estado do tempo, protege-te do frio e faz uma alimentação equilibrada.  8
  10. 10. O FUNCIONAMENTO DO SISTEMA RESPIRATÓRIO  O sistema respiratório humano é constituído pelos pulmões e pelas vias respiratórias. O ar entra e sai do organismo através das vias respiratórias. O ar entra para os pulmões na inspiração e sai dos pulmões na expiração. O ar entra nas fossas nasais, onde é aquecido, humedecido e filtrado das impurezas. Em seguida passa para a faringe e desta para a laringe. Da laringe, o ar passa para a traqueia e depois para os brônquios – dois canais que resultam da ramificação da traqueia. Cada um dos brônquios penetra num pulmão e, aí, ramificam-se em canais cada vez mais finos: os bronquíolos. O ar passa através destas estruturas até chegar aos alvéolos pulmonares – cavidades em forma de saco que são a terminação dos bronquíolos. É nos alvéolos pulmonares que ocorre a hematose pulmonar. 9
  11. 11. 10
  12. 12. TRABALHO REALIZADO POR: SARA CATARINA VALENTE RIBEIRO 10

×