SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
8º ano
• A expressão analítica de uma função afim é sempre do
tipo y=mx+b, onde m e b são constantes.
• O parâmetro m representa o declive da reta e b
respresenta a ordenada na origem.
• Se m é maior que 0 a função é crescente.
• Se m dor menor que 0 a função é decrescente.
• Chama-se função constante a toda a função do tipo
y=b, com b constante. O gráfico de uma função
constante é uma reta paralela ao eixo dos xx.
• A expressão analítica de uma função linear é sempre do
tipo y=mx, onde m é uma constante não nula.
• O gráfico de qualquer função linear é uma reta que
contém a origem do referencial.
• Tal como em qualquer função afim o parâmetro m
representa o declive da reta.
• O gráfico cartesiano da função de duas variáveis
diretamente proporcionais está contido numa reta que
passa pela origem do referencial e a imagem do objeto 1
é a constante de proporcionalidade.
• Duas grandezas são diretamente proporcionais se os
quocientes entre os seus valores forem constantes,
sendo que quando uma é nula a outra também o é.
• Ao quociente constante dá-se o nome de constante de
proporcionalidade direta. A expressão analítica de uma
função de proporcionalidade direta é do tipo y=kx, onnde
K é a constante de proporcionalidade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (10)

Matrizes resumo
Matrizes resumoMatrizes resumo
Matrizes resumo
 
Matrizes 17122016
Matrizes 17122016Matrizes 17122016
Matrizes 17122016
 
Módulo 81 matrizes
Módulo 81   matrizesMódulo 81   matrizes
Módulo 81 matrizes
 
Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Determinantes
DeterminantesDeterminantes
Determinantes
 
Aula 14
Aula 14Aula 14
Aula 14
 
Proj lin excel
Proj lin excelProj lin excel
Proj lin excel
 
Graficas Cinematica4eso
Graficas Cinematica4esoGraficas Cinematica4eso
Graficas Cinematica4eso
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
 
Matemática simetrias
Matemática   simetriasMatemática   simetrias
Matemática simetrias
 

Mais de Sara Catarina

Carateres sexuais e sistemas reprodutores
Carateres sexuais e sistemas reprodutoresCarateres sexuais e sistemas reprodutores
Carateres sexuais e sistemas reprodutoresSara Catarina
 
Energias Renováveis: Éolica
Energias Renováveis: ÉolicaEnergias Renováveis: Éolica
Energias Renováveis: ÉolicaSara Catarina
 
As lutas entre liberais e absolutistas
As lutas entre liberais e absolutistasAs lutas entre liberais e absolutistas
As lutas entre liberais e absolutistasSara Catarina
 
Conjunção coordenativa mim
Conjunção coordenativa mimConjunção coordenativa mim
Conjunção coordenativa mimSara Catarina
 
Sistema respiratório humano
Sistema respiratório humanoSistema respiratório humano
Sistema respiratório humanoSara Catarina
 
Gramatica de frances
Gramatica de francesGramatica de frances
Gramatica de francesSara Catarina
 
Invasões francesas em portugal
Invasões francesas em portugalInvasões francesas em portugal
Invasões francesas em portugalSara Catarina
 
Continuação das interacções seres vivo ambientes
Continuação das interacções seres vivo ambientesContinuação das interacções seres vivo ambientes
Continuação das interacções seres vivo ambientesSara Catarina
 
Interacções seres vivos-ambientes
Interacções seres vivos-ambientes Interacções seres vivos-ambientes
Interacções seres vivos-ambientes Sara Catarina
 

Mais de Sara Catarina (16)

25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
 
Carateres sexuais e sistemas reprodutores
Carateres sexuais e sistemas reprodutoresCarateres sexuais e sistemas reprodutores
Carateres sexuais e sistemas reprodutores
 
Energias Renováveis: Éolica
Energias Renováveis: ÉolicaEnergias Renováveis: Éolica
Energias Renováveis: Éolica
 
Sangue
SangueSangue
Sangue
 
As lutas entre liberais e absolutistas
As lutas entre liberais e absolutistasAs lutas entre liberais e absolutistas
As lutas entre liberais e absolutistas
 
Conjunção coordenativa mim
Conjunção coordenativa mimConjunção coordenativa mim
Conjunção coordenativa mim
 
A arte
A arteA arte
A arte
 
Sistema respiratório humano
Sistema respiratório humanoSistema respiratório humano
Sistema respiratório humano
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
História
HistóriaHistória
História
 
Gramatica de frances
Gramatica de francesGramatica de frances
Gramatica de frances
 
Invasões francesas em portugal
Invasões francesas em portugalInvasões francesas em portugal
Invasões francesas em portugal
 
Francês
FrancêsFrancês
Francês
 
Continuação das interacções seres vivo ambientes
Continuação das interacções seres vivo ambientesContinuação das interacções seres vivo ambientes
Continuação das interacções seres vivo ambientes
 
Interacções seres vivos-ambientes
Interacções seres vivos-ambientes Interacções seres vivos-ambientes
Interacções seres vivos-ambientes
 
Nutrição
NutriçãoNutrição
Nutrição
 

Funções

  • 2. • A expressão analítica de uma função afim é sempre do tipo y=mx+b, onde m e b são constantes. • O parâmetro m representa o declive da reta e b respresenta a ordenada na origem. • Se m é maior que 0 a função é crescente. • Se m dor menor que 0 a função é decrescente.
  • 3. • Chama-se função constante a toda a função do tipo y=b, com b constante. O gráfico de uma função constante é uma reta paralela ao eixo dos xx.
  • 4. • A expressão analítica de uma função linear é sempre do tipo y=mx, onde m é uma constante não nula. • O gráfico de qualquer função linear é uma reta que contém a origem do referencial. • Tal como em qualquer função afim o parâmetro m representa o declive da reta.
  • 5. • O gráfico cartesiano da função de duas variáveis diretamente proporcionais está contido numa reta que passa pela origem do referencial e a imagem do objeto 1 é a constante de proporcionalidade.
  • 6. • Duas grandezas são diretamente proporcionais se os quocientes entre os seus valores forem constantes, sendo que quando uma é nula a outra também o é. • Ao quociente constante dá-se o nome de constante de proporcionalidade direta. A expressão analítica de uma função de proporcionalidade direta é do tipo y=kx, onnde K é a constante de proporcionalidade.