Razões da Revolução
Em 1968, Salazar sofreu uma queda que o
incapacitou do seu exercício de funções
políticas. Foi substit...
Revolução
Em 1973, surgiu o Movimento das Forças Armadas
(MFA) ou Movimento dos Capitães, como ficou conhecido.
Começou po...
Revolução
Nas ruas, os militares recebem o
apoio da população, que os saúda com
cravos vermelhos e que acaba por dar um
ou...
O Programa do MFA
No dia a seguir à Revolução, os
militares entregaram o governo de
Portugal a uma Junta de Salvação
Nacio...
Exercícios
Sopa de Letras
Completa
Assinala as medidas a pôr em prática
pela Junta de Salvação Nacional.
Escreve o ano de cada
acontecimento.
Soluções
Sopa de Letras
Completa
Assinala as medidas a pôr em prática
pela Junta de Salvação Nacional.
Escreve o ano de cada
acontecimento.
E foi assim que se
realizou o dia de
25 de Abril de
1974 em Portugal!
25 de abril de 1974
25 de abril de 1974
25 de abril de 1974
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

25 de abril de 1974

360 visualizações

Publicada em

Tudo sobre o dia de 25 de Abril de 1974.

Publicada em: Dados e análise
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
360
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

25 de abril de 1974

  1. 1. Razões da Revolução Em 1968, Salazar sofreu uma queda que o incapacitou do seu exercício de funções políticas. Foi substituído pelo Professor Marcello Caetano. Será que houve mudanças? Lê os títulos das notícias do jornal clandestino de oposição ao Estado Novo, e repara no que mais se destaca.
  2. 2. Revolução Em 1973, surgiu o Movimento das Forças Armadas (MFA) ou Movimento dos Capitães, como ficou conhecido. Começou por ser um movimento clandestino, que nas suas reuniões organizou o golpe militar para derrubar o governo de Marcello Caetano, mudar o regime e acabar com a guerra colonial. As operações do MFA foram comandadas pelo major Otelo Saraiva de Carvalho e todas obedeciam a regras rígidas para que não pusessem em causa a revolução. Todas as unidades militares deviam sair dos quartéis à mesma hora pondo em marcha um plano já definido de ocupação de lugares-chave: as estações de rádio e televisão, os aeroportos, os quartéis que não tinham aderido à revolução. O sinal de saída foi a canção “Grândola Vila Morena” do cantor Zeca Afonso, a passar na Rádio Renascença.
  3. 3. Revolução Nas ruas, os militares recebem o apoio da população, que os saúda com cravos vermelhos e que acaba por dar um outro nome ao movimento: Revolução dos Cravos. Os dirigentes políticos estão sozinhos, rendem-se, são presos e depois partem para o exílio. A ditadura ia embora e a Liberdade chegava a Portugal!
  4. 4. O Programa do MFA No dia a seguir à Revolução, os militares entregaram o governo de Portugal a uma Junta de Salvação Nacional. O seu Presidente era o General António de Spínola que deu a conhecer o programa do MFA até entrar em vigor a nova Constituição Portuguesa.
  5. 5. Exercícios
  6. 6. Sopa de Letras
  7. 7. Completa
  8. 8. Assinala as medidas a pôr em prática pela Junta de Salvação Nacional.
  9. 9. Escreve o ano de cada acontecimento.
  10. 10. Soluções
  11. 11. Sopa de Letras
  12. 12. Completa
  13. 13. Assinala as medidas a pôr em prática pela Junta de Salvação Nacional.
  14. 14. Escreve o ano de cada acontecimento.
  15. 15. E foi assim que se realizou o dia de 25 de Abril de 1974 em Portugal!

×