“Psico-Análise” do Filme             Magnólia  17ª Aula da Disciplina de Psicologia e Bem-Estar
Reflectindo um pouco…           SERÁ QUE EXISTEM             COINCIDÊNCIAS?  Coincidência: é o termo utilizado para se re...
Personagens Relevantes para a “Psico-análise” daHistória: Frank Mackey (autor do livro “Seduzir e Destruir”); Earl Partr...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Frank Mackey (Jack Partridge):    Filho de Earl e Lily Partri...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens:  Frank Mackey (Jack Partridge):   Possivelmente na tentativa ...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens:  Frank Mackey (Jack Partridge):    Através do livro tenta “im...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Frank Mackey (Jack Partridge):    Fica também em aberto uma e...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Earl Partridge:    Grande empresário da produção audivisual; ...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Earl Partridge:    No seu leito de morte, Earl, menciona freq...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Stanley Spector:      Menino prodígio, concorrente da equipa ...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Stanley Spector:    Também os seus colegas de equipa e os seu...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Stanley Spector:    Porém, como é normal, que a pessoa que ma...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Claudia Wilson:      Jovem, filha de Jimmy Gator conhecido ap...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Claudia Wilson:    Como forma de conseguir ultrapassar a sua ...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Linda Partridge:    Jovem esposa de Earl Partridge, com o qua...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Linda Partridge:      Carrega um enorme sentimento de culpa d...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Linda Partridge:    Não consegue suportar todo o sofrimento e...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Donnie Smith:   Ex-menino prodígio, ex-concorrente vencedor d...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Donnie Smith:   Apesar de assumir a sua homossexualidade e de...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jimmy Gator:   Apresentador, desde sempre (há cerca de 30 ano...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jimmy Gator:   Tenta, sem sucesso, obter perdão das pessoas q...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jimmy Gator:   Quando a sua esposa é confrontada com a possib...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jim Kurring:    Jovem policia extremamente dedicado á profiss...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jim Kurring:   Esforça-se por fazer o seu melhor, tentando nã...
Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jim Kurring:   Apesar de a sua profissão ser como diz, “prati...
CONCLUSÕES: É importante aceitar que podem existir coincidências, por maisestranhas e improváveis que pareçam e, que nem ...
CONCLUSÕES: Temos de ter consciência de que qualquer acção querealizemos terá sempre uma consequência não só em nós, como...
CONCLUSÕES: Não adianta adoptar comportamentos de fuga (ex. adições,recalcamentos)        relativamente      a       ress...
CONCLUSÕES: Ninguém tem o direito de exercer o seu poder/controlo sobreninguém, principalmente, se o objectivo for a util...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Psico análise do filme magnólia

4.222 visualizações

Publicada em

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.222
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Psico análise do filme magnólia

  1. 1. “Psico-Análise” do Filme Magnólia 17ª Aula da Disciplina de Psicologia e Bem-Estar
  2. 2. Reflectindo um pouco… SERÁ QUE EXISTEM COINCIDÊNCIAS?  Coincidência: é o termo utilizado para se referir a eventos Coincidência com alguma semelhança, mas sem relação de causa e consequência. consequência
  3. 3. Personagens Relevantes para a “Psico-análise” daHistória: Frank Mackey (autor do livro “Seduzir e Destruir”); Earl Partridge (doente em fase terminal); Stanley Spector (menino prodígio, concorrente do concurso “O que éque tu sabes?”); Cláudia Wilson (jovem dependente de drogas); Linda Partridge (jovem esposa de Earl); Donnie Smith (ex-menino prodígio e concorrente do concurso “O queé que tu sabes?”); Jimmy Gator (apresentador do concurso “O que é que tu sabes?” ); Jim Kurring (polícia).
  4. 4. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Frank Mackey (Jack Partridge):  Filho de Earl e Lily Partridge;  Ele e a mãe foram abandonados por Earl, quando esta ficou doente (com cancro);  Frank, com apenas 14 anos, viu-se obrigado a cuidar da mãe doente, a qual acabou por morrer;  Após a morte da mãe, Frank ficou ao cuidado de uma vizinha, nunca mais tendo tido qualquer tipo de contacto com o
  5. 5. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens:  Frank Mackey (Jack Partridge):  Possivelmente na tentativa de esquecer o sofrimento e a revolta que a doença e morte da mãe, assim como, o abandono do pai lhe causaram, criou uma nova identidade, de homem seguro, bem sucedido e superficial, autor e promotor do livro “Seduzir e Destruir”, o qual ensina o público masculino a seduzir e conquistar as mulheres recorrendo ao artifício e à dissimulação e, renegando totalmente a criação de qualquer tipo de vinculo afectivo (eventualmente para evitar voltar a sofrer desilusões, como aconteceu relativamente ao seu pai; podendo ser também uma tentativa de reprodução do estilo de relacionamento que via o seu pai estabelecer com as mulheres, inclusive com a sua mãe (?));
  6. 6. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens:  Frank Mackey (Jack Partridge):  Através do livro tenta “impingir” aos outros a viabilidade de uma maneira de estar na vida, da qual ele próprio se quer a todo o custo convencer;  Após alguma resistência acaba por aceder ao pedido do pai para o ir visitar no seu leito de morte;  Já na presença do pai e, após ter-lhe expressado toda a sua zanga e revolta, acaba por apaziguar esses sentimentos e por confessar, com profunda tristeza, que não deseja a sua morte;
  7. 7. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Frank Mackey (Jack Partridge):  Fica também em aberto uma eventual reconciliação com actual esposa do seu pai, Linda Partridge.
  8. 8. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Earl Partridge:  Grande empresário da produção audivisual; Pai de Frank Mackey e ex-marido de Lily Partridge, os quais abandonou quando esta adoeceu;  Durante todo o tempo que durou o seu casamento com Lily, foi um pai e marido ausente, traiu Lily várias vezes e, nunca lhe permitiu que fosse uma mulher livre e emancipada;  Acabou por casar novamente com Linda;
  9. 9. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Earl Partridge:  No seu leito de morte, Earl, menciona frequentemente ao enfermeiro que lhe presta cuidados (Phil Parma), que Lily (a sua primeira esposa) é o verdadeiro e grande amor da sua vida e, como está arrependido e se sente culpado de a ter abandonado a ela e ao filho de ambos, Frank;  Pede ao seu dedicado e sensível enfermeiro que encontre o seu filho, pois quer revê-lo antes de morrer, uma vez que ele é o que resta daa família que apesar de amar verdadeiramente, deixou para trás.
  10. 10. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Stanley Spector:  Menino prodígio, concorrente da equipa das crianças no concurso televisivo “O que é que tu sabes?”, graças aos seus vastos conhecimentos a sua equipa encontra-se prestes a ganhar o grande prémio do concurso;  Apesar de gostar verdadeiramente de estudar e adquirir novos conhecimentos, este é permanentemente pressionado pelo pai para ganhar, encarando-o muito mais como uma “máquina de fazer dinheiro”, do que como uma criança que necessita de ser valorizada, acarinhada e protegida;
  11. 11. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Stanley Spector:  Também os seus colegas de equipa e os seus pais, encaram Stanley apenes como um “instrumento” para conseguirem atingir os seus objectivos pessoais;  Stanley sente-se sozinho, bem como, desvalorizado e desrespeitado por todos os que o rodeiam, inclusive pela equipa de produção do concurso televisivo onde participa (que nem seque o autoriza a ir à casa de banho durante o intervalo), acabando por expressar a sua revolta em directo no concurso;
  12. 12. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Stanley Spector:  Porém, como é normal, que a pessoa que mais custa a Stanley que não o valorize e acarinhe como deveria, é o próprio pai. Assim, este acaba por ganhar coragem, e dizer-lhe: “Pai, tens de ser melhor para mim”. Pedido que o pai aparentemente ignora;  Stanley, apesar de ser ainda uma criança, tem não só uma percepção muito clara e madura do funcionamento do mundo que o rodeia, mas também , de quais são os seus direitos e necessidades que não estão, e deveriam estar, a ser satisfeitos.
  13. 13. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Claudia Wilson:  Jovem, filha de Jimmy Gator conhecido apresentador do concurso “O que é que tu sabes?”;  Cortou relações com o pai, há mais de 10 anos, uma vez que acredita que este abusou sexualmente dela enquanto criança;  Insegura e com auto-estima muita baixa, acredita que não merece ser amada (possivelmente consequência de ter sido abusada pelo pai (?)), vive sozinha e tem dificuldade em se relacionar afectivamente com os outros, com medo que eles não a aceitem com ela é;
  14. 14. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Claudia Wilson:  Como forma de conseguir ultrapassar a sua insegurança e baixa auto-estima refugia-se no consumo de drogas;  No decorrer do filme, torna-se evidente a vontade de Claudia de viver a vida de forma diferente da que tem vivido até à data (ex. quando ela diz ao polícia, com quem sai para jantar, que quer estabelecer com ele uma relação diferente das que teve até à data, que seja totalmente baseada sinceridade), no entanto, nota-se também que esta não possuí força anímica
  15. 15. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Linda Partridge:  Jovem esposa de Earl Partridge, com o qual casou após a morte de Lily (1ª mulher de Earl);  O seu casamento com Earl começou por ter apenas motivações materiais/económicas, mas quando o marido adoeceu (tem um cancro em fase terminal) Linda percebeu que o amava verdadeiramente;  Vive permanentemente angustiada com o sofrimento que a doença causa ao marido (sendo uma das suas principais preocupações aliviá-lo das suas imensas dores);
  16. 16. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Linda Partridge:  Carrega um enorme sentimento de culpa devido a ter-se casado com Earl apenas por interesse (tendo-o traído diversas vezes), chegando a pedir o advogado do marido para ser retirada do seu testamento. O advogado recusa, afirmando que isso só seria possível com a autorização de Earl. No entanto, perante a insistência de Linda, este acaba por sugerir que esta no momento de receber a herança, simplesmente a recuse. Linda não aceita a sugestão, pois sabe que se o fizer, o dinheiro irá para Frank Mackey (filho de Earl), que esta considera não merecer uma vez que “renegou” o pai;
  17. 17. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Linda Partridge:  Não consegue suportar todo o sofrimento e sentimento de culpa, e acaba por tentar matar-se (com uma mistura de álcool e comprimidos), tentativa que não se consuma devido a ter sido encontrada inconsciente dentro do eu carro por uma menino de rua que chama a Emergência Médica.
  18. 18. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Donnie Smith:  Ex-menino prodígio, ex-concorrente vencedor do concurso “O que é que tu sabes?”, que tal como Stanley Spector, foi utilizado pelos pais como “máquina de fazer dinheiro”;  Actualmente é um adulto infeliz (acredita ser uma azarado), frustrado, inseguro, extremamente carente, com uma auto- estima muito baixa (ex. quer por aparelho nos dentes, na ilusão de que isso o irá ajudar a melhorar a imagem e a conquistar a pessoa que ama) e com profundo ressentimento relativamente ao pais, que lhe “roubaram” o prémio do concurso;
  19. 19. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Donnie Smith:  Apesar de assumir a sua homossexualidade e de reconhecer que tem, como ele próprio diz, “muito amor para dar”, não sabe como fazê-lo (eventualmente, porque nunca teve quem lho desse (?));  Tendo sido despedido, e não tendo dinheiro para investir no tão desejado aparelho dentário, resolve assaltar a loja onde trabalhava, porém acaba por se arrepender. Ao tentar voltar, para repor o dinheiro que acabou de roubar, é surpreendido por uma inacreditável “chuva de sapos”, que o faz cair e partir os dentes (terá sido uma coincidência?!).
  20. 20. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jimmy Gator:  Apresentador, desde sempre (há cerca de 30 anos), do famoso concurso televisivo “O que é que tu sabes?”  Apesar de passar a imagem pública de um homem bem sucedido tanto a nível profissional, como a nível familiar (é casado há mais de 40 anos e tem 2 filhos, um rapaz e uma rapariga), cometeu graves erros ao longo da vida. Assim, ao ter conhecimento que está doente (cancro), os sentimentos de culpa apoderam-se dele começando a “corroê-lo”;
  21. 21. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jimmy Gator:  Tenta, sem sucesso, obter perdão das pessoas que de alguma forma lesão. Essas pessoas são a esposa, a quem traiu repetidas vezes, e a sua filha, que cortou relações com ele há mais de 10 anos, pois acredita que o pai abusou dela (facto de que este, confessa à esposa, não ter a certeza, provavelmente por estar sob o efeito do álcool quando o fez (?));
  22. 22. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jimmy Gator:  Quando a sua esposa é confrontada com a possibilidade de Jimmy ter abusado da filha de ambos, abandona-o. Nesse momento, Jimmy decide suicidar-se, apontando um revólver à cabeça, porém, ficamos sem saber se, caso não tivesse caído o sapo (proveniente da chuva de sapos que a caia no momento) sobre a mão que segurava o revólver, teria realmente premido o gatilho (terá sido uma coincidência?).
  23. 23. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jim Kurring:  Jovem policia extremamente dedicado á profissão;  Acredita que não seu ser dever enquanto profissional, mas também o de qualquer cidadão, fazer “o que está certo” e ajudar quem precisa;
  24. 24. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jim Kurring:  Esforça-se por fazer o seu melhor, tentando não fazer juízos de valor. Assume ser bastante complicado definir o que é “fazer o que está certo”, e decidir o que é ou não perdoável, principalmente para um profissional cuja principal função é fazer cumprir a lei, mas que é simultaneamente um ser humano, consciente das “fraquezas” que podem ter em determinadas circunstâncias os seres humanos.
  25. 25. Características Psicossociais e Emocionais dasPersonagens: Jim Kurring:  Apesar de a sua profissão ser como diz, “praticamente um trabalho a tempo inteiro” e de adorar aquilo que faz, Jim procura também uma pessoa “calma, pouco exigente e carinhosa” com quem partilhar a sua vida´, após um casamento (mal sucedido (?)) que terminou há 3 anos. Porém, acaba por se apaixonar por Claudia Wilson, que é precisamente o contrário de tudo aquilo que ele procurava à partida numa companheira, mas da qual este assume não estar disposto a abdicar (terá sido uma coincidência?).
  26. 26. CONCLUSÕES: É importante aceitar que podem existir coincidências, por maisestranhas e improváveis que pareçam e, que nem tudo o queacontece na vida (seja de bom ou mau) tem de ter umaexplicação lógica. O ser humano apenas tende a defender a ideiade que elas não existem, porque lhe dá uma certasegurança/conforto pensar que pode ter controlo/poder sobretudo.
  27. 27. CONCLUSÕES: Temos de ter consciência de que qualquer acção querealizemos terá sempre uma consequência não só em nós, comonos outros. Como tal, é importante que antes de tomarmos umadecisão e, agirmos em conformidade com ela, consigamosprojectar no futuro quais poderão a vir a ser as suasconsequências, principalmente em situações em que alguém(inclusive nós próprios) possa, ainda que a médio ou longo prazo,vir a ser prejudicada. A elaboração desta reflexão e análiseatempadas, irá, contribuir para evitar o surgimento deressentimentos, frustrações, arrependimentos, sentimentos deculpa, comportamentos de fuga (ex. adições), contribuindo assim,para que sejamos pessoas, consideravelmente, mais felizes e debem com a vida e com os outros.
  28. 28. CONCLUSÕES: Não adianta adoptar comportamentos de fuga (ex. adições,recalcamentos) relativamente a ressentimentos,arrependimentos, sentimentos de culpa ou frustrações porqueeles a menos que os resolvamos (ou pelo menos tentemos), irãocontinuar sempre connosco, sendo que existe uma maiorprobabilidade de estes virem à tona em momentos de crise. Noscasos, em que as situações, por algum motivo, não têmresolução, é muito importante que aprendamos a perdoar-nos anós próprios e, se for caso disso, aos outros. Só assim,conquistaremos a harmonia e força interior que nos permitirãoseguir em frente, conseguindo extrair da vida o que de melhor elativer para nos dar.
  29. 29. CONCLUSÕES: Ninguém tem o direito de exercer o seu poder/controlo sobreninguém, principalmente, se o objectivo for a utilização de umapessoa por outra, como “meio” para atingir um “fim”. Ainstrumentalização de seres humanos é um dos maioresdesrespeitos à dignidade humana, e se nós não gostaríamos queo fizessem connosco, também não devemos fazê-lo aos outros.Reflexão Final: É de facto difícil fazer “a coisa certa”, e “errar é humano”, masse em consciência, soubermos que tentámos e nos esforçámospara agir da forma que nos pareceu mais correcta para nós epara os outros, provavelmente, será muito mais fácil perdoar-noscaso tenhamos cometido um erro de avaliação. avaliação

×