Matemática&biologia exercicios

269 visualizações

Publicada em

qwqwqwq

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
269
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Matemática&biologia exercicios

  1. 1. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 1COLÉGIOOFICINA ALUNO(A): ___________________________________________________________________________ N°.: ______ 3ª SÉRIE-E.M. TURMA: ____ DATA: ___/___/2015 PROFESSORES: EDSON, NOLINHA, THOMAZ, FÁBIO, LUIS FREITAS, ROBERTO, MANUEL E CARIBÉ. UNIDADE I INSTRUÇÕES: ––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––– · Verifique se este caderno de prova contém 40 (quarenta) questões tipo Múltipla Escolha, assim distribuídas:  Matemática – 01 a 15  Ciências da Natureza – 16 a 40 Caso contrário, reclame ao fiscal da sala outro caderno completo. Não serão aceitas reclamações posteriores. · Para cada questão existe apenas UMA resposta certa. Mais de uma letra assinalada implicará anulação da questão. · Marque as respostas primeiro a lápis e depois cubra com caneta esferográfica de tinta azul ou preta. Não rasure a Folha de Respostas. · Devolva este caderno de prova ao fiscal da sala. · Você tem 04 horas para fazer a avaliação, incluindo a marcação de sua folha de respostas. –––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––– GABARITO DA TERCEIRA AVALIAÇÃO DA UNIDADE
  2. 2. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 2COLÉGIOOFICINA MATEMÁTICA – 01 a 15 01. Sendo o polinômio P(x), de grau quatro e divisível por Q(x) = x – 3, o resto de sua divisão por D(x) = x – 8 é: a) – 220 b) – 340 c) – 455 d) – 560 e) – 600 02. Um polinômio p(x) = x4 + mx2 + nx + k, com m, n, k constantes, tem só duas raízes x1 e x2, sendo x, simples, x2  0. Nessas condições, é correto afirmar que 2 1 x x é igual a a) – 3 b) 3 1  c) 3 1 d) 1 e) 3 03. Considerando-se que o polinômio P(x) = 2x3 + mx + 3n é divisível por Q(x) = x2 – x – 2, pode-se afirmar que o valor de m – 3n é igual a a) – 6 b) – 4 c) – 2 d) 2 e) 4
  3. 3. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 3COLÉGIOOFICINA 04. Sabe-se que p(x) é um polinômio do 4º grau, com raízes em x = – 3, x = 3, e uma raiz dupla em x = 1. Se p(2) = – 10, então p(–2) será igual a a) –90 b) –30 c) –10 d) 10 e) 60 05. Sabendo-se que o polinômio P(x) = 2x3 + mx2 + nx – 1 é divisível por Q(x) = x2 – 1, pode-se concluir que sua decomposição em um produto de fatores do grau é: a) (2x + 1) . (x – 1) . (x + 1) b) (2x – 1) . (x – 1) . (x + 1) c) (–2x + 1) . (x – 1) .(x + 1) d) (x – 2) . (x – 1) . (x +1) e) (x – 2) . (x – 1) . (x –1) 06. Se p(x) = (2x3 – 5x + 1) . q(x) + x4 + 6x2 – 2 tiver 9 raízes reais, é correto afirmar que o polinômio q(x) tem grau n, tal que: a) 2  n < 3. b) n = 3. c) 3 < n < 5. d) n = 5. e) n 6.
  4. 4. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 4COLÉGIOOFICINA 07. O polinômio P(x) tal que dividido por x2 – 3x + 1, dá quociente x – 1 e resto 2x + 3, é: a) x3 – 4x2 + 6x + 2. b) x3 + 2. c) x3 – 4x2 . d) x3 – 2x2 – 6x – 2. e) x3 – 2x2 + 6x + 2. 08. Uma função real f de variável real é tal que 21 3 1 f       e    .xfx1xf  Assim, pode-se afirmar que o valor de 3 7 f é: a) 3 14 b) 7 c) 3 28 d) 14 e) 28 09. O preço unitário de um produto é dado por P = n K + 20, sendo K uma constante e n, o número de unidades adquiridas. Sabendo que quando foram adquiridas 10 unidades o preço unitário foi de R$ 27,00, calcule quantas unidades do referido produto podem ser adquiridas com R$ 650,00. a) 23 b) 25 c) 27 d) 29 e) 31
  5. 5. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 5COLÉGIOOFICINA 10. (Bahiana) Lançado pelo governo brasileiro, o programa Ciência sem Fronteiras traz uma gama de oportunidades de internacionalização da ciência, da tecnologia e da inovação do Brasil por meio do intercâmbio de estudantes, pesquisadores e especialistas de empresas. A proposta do programa prevê a abertura de vagas para brasileiros nas universidades estrangeiras, bem como a de receber, no Brasil, pesquisadores de outros países. De 2012 a 2017, está prevista a concessão de 101 mil bolsas de estudo, que serão parcialmente bancadas pelo governo (75 mil) e pela indústria (26 mil). O processo de avaliação dos candidatos a bolsas de estudos em determinada Instituição se dá por etapas, sendo a primeira delas constituída por uma prova objetiva com 25 questões. Por cada questão respondida corretamente, o candidato recebe  pontos e por cada questão respondida incorretamente perde  pontos. Para não ser eliminado da disputa, deve responder corretamente a pelo menos, 80% das questões. A função P representada no gráfico é tal que, para valores inteiros de x pertencentes ao intervalo [0, 25], P(x) é a pontuação obtida em função de x questões respondidas corretamente. Nessas condições, pode-se afirmar: a) Uma expressão algébrica para a função P é 6x – 30. b) A pontuação mínima para não ser eliminado da disputa é de 75 pontos. c) P(0), P(1), P(2), ..., P(25), nessa ordem, são termos de uma progressão e sua média aritmética é igual a 26. d)  e  são raízes do polinômio f(z) = z2 – 2z – 8. e) Uma expressão que permite calcular a pontuação total de um candidato em função do número y de questões respondidas incorretamente é 100 – 6y. 11. O gráfico abaixo mostra o nível de água no reservatório de uma cidade, em centímetros. O período do mês em que as variações diárias do nível do reservatório, independentemente se para enchê-lo ou esvaziá-lo, foram as maiores, a) nos dez primeiros dias. b) entre o dia 10 e o dia 15. c) entre o dia 15 e o dia 20. d) entre o dia 20 e o dia 25. e) nos últimos cinco dias.
  6. 6. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 6COLÉGIOOFICINA 12. Uma empresa vende x unidades de um produto em um mês a um preço de R$100,00 por unidade. Do total arrecadado, 24% são destinados ao pagamento de impostos e R$6.000,00 cobrem despesas fixas. A receita da empresa, descontando-se os impostos e os custos fixos, é dada por a) 100x – 4560. b) 76x – 6000. c) 100x + 6000. d) 76x – 4560. e) 24x + 6000. 13. Um comerciante observou que, quando um determinado produto era vendido por R$ 3,00 reais, comercializava 1000 unidades desse produto por dia. Verificou também que a cada R$ 0,10 a mais no preço do produto, havia uma queda de 20 unidades na venda desse produto por dia. Determine qual deve ser o preço p para que se maximize a receita diária do comerciante com esse produto. a) R$3,20 b) R$3,50 c) R$3,70 d) R$4,00 e) R$4,20 14. Seja f : R  R uma função definida pela sentença f(x) = 3 – 0,5|x| . A respeito desta função considere as seguintes afirmativas: I. O gráfico de f é simétrico em relação ao eixo das ordenadas. II. f é uma função crescente. III. Sua imagem é o intervalo [ 2 ; 3 [. IV. A reta y = 5 toca o gráfico da função em dois pontos. Podemos afirmar: a) Somente a afirmativa I é falsa. b) Somente a afirmativa II é falsa. c) Somente a afirmativa III é falsa. d) Todas as afirmativas são verdadeiras. e) Apenas uma afirmativa é verdadeira. 15. A soma das raízes da equação 1 + 32x – 3 = x2 3 4  é: a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) n.r.a.
  7. 7. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 7COLÉGIOOFICINA CIÊNCIAS DA NATUREZA – 16 a 40 1. UNIDADE DE VOLUME 2. UNIDADE DE MASSA 3. TEMPERATURA E PRESSÃO AMBIENTAIS: 25ºC E 1 ATM 1cm3 = 1 mLKg = 103g 4. CONSTANTE DE AVOGADRO 6 X 1023 1L = 103cm3 = 1dm3 T = 103Kg 5. CONSTANTE UNIVERSAL DOS GASES: 0,082 ATM.L.K–1 1m3 = 103L 6. VOLUME MOLAR NAS CNTP = 22,4 L *As massas atômicas indicadas entre parênteses são relativas à do isótopo mais estável. H He 1,008 4,003 39,10 83,8074,92 78,96 79,9072,5969,7244,9640,08 47,88 55,8552,00 58,6950,94 58,9354,94 63,55 65,38 85,47 131,3121,7 127,6 126,9118,7114,888,9187,62 91,22 101,195,94 106, 492,91 102,9(98) 107,9 112,4 132,9 (222)209,0 (209) (210)207,2204,4 SÉRIE DOS LANTANÍDIOS SÉRIE DOS ACTNÍDIOS 137,3 178,5 190,2183,8 195,1180,9 192,2186,2 197,0 200,6 (223) 138,9 (227) 232,0 (231) 238,0 (237) (244) (243) (247) (247) (251) (252) (257) (258) (259) (260) 140,1 140,9 144,2 (145) 150,4 152,0 157,3 158,9 162,5 164,9 167,3 168,9 173,0 175,0 (226) (261,1) (265)(263,1) (269)(262,1) (266)(262,1) 1 2 19 3633 34 35323120 21 22 2624 2823 2725 29 30 37 5451 52 5350493938 40 4442 4641 4543 47 48 55 8683 84 85828156 72 7674 7873 7775 79 80 87 57 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 88 104 108106 110105 109107 Li NeN O FCB 6,941 20,1814,01 16,00 19,0012,0110,81 3 107 8 965 Na ArP S CSiAMg 23,00 39,9530,97 32,06 35,4528,0826,9824,30 11 1815 16 17141312 Be 9,012 4 SÍMBOLO NOMEDOELEMENTO ELÉTRONSNASCAMADAS Elementos de Transição SÉRIE DOS LANTANÍDIOS SÉRIE DOS ACTINÍDIOS CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS (com massas atômicas referidas ao isótopo 12 do carbono) I II III IV V VI VII 1 1A 2 2A 3 3B 4 4B 5 5B 6 6B 7 7B 8 10 11 1B 12 2B 13 3A 14 4A 15 5A 16 6A 17 7A 18 8A 9 8B (Numeração lUPAC) (Numeração antiga) DADOS:
  8. 8. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 8COLÉGIOOFICINA 16. (UESF – BA) O gráfico mostra o processo de mudança dos estados físicos da água pura por meio de resfriamento, em função do tempo. A transformação física é iniciada com vapor de água e finalizada com a formação completa de gelo, a 1atm. Uma análise desse gráfico permite corretamente concluir: a) As etapas I e II, no gráfico, correspondem, respectivamente, à ebulição e à fusão da água. b) O processo de resfriamento da água é endotérmico (absorve energia). c) A temperatura, durante a solidificação e a fusão da água, é constante porque os calores latentes de solidificação e de fusão da substância são iguais. d) A 100°C, coexistem em equilíbrio físico água líquida e vapor. e) O processo de resfriamento de vapor de água até 0o C envolve o aumento crescente de energia cinética das moléculas da substância. 17. (UNIT – SE) A densidade é uma das propriedades específicas da matéria utilizada na identificação de substâncias químicas, de materiais e varia em função da temperatura, como mostra o gráfico, que apresenta a variação da densidade da água. Uma análise dessas informações e desse gráfico permite afirmar: a) A densidade da água aumenta com a temperatura. b) A densidade de uma substância química pura varia com o tamanho da amostra utilizada na sua determinação. c) O resfriamento da água, a partir de 4°C, até atingir o estado sólido, ocorre com aumento de volume. d) A 4°C, a densidade da água atinge o valor máximo, em decorrência da expansão do volume da amostra analisada. e) O volume de uma amostra de água, no intervalo de 4°C a 100ºC, se contrai e provoca a redução do valor da densidade desse líquido. 18. (EBMSP – BA) A água, antes de ser distribuída para as populações urbanas, passa por estações de tratamento, onde é submetida aos processos de decantação, de filtração e de cloração, dentre outros. Considerando-se esses processos, que envolvem o tratamento de água, é correto afirmar. a) A filtração da água consiste na separação de substâncias dissolvidas, prejudiciais à saúde da população. b) O reservatório final da estação de tratamento estoca água pura destinada à população. c) A decantação consiste na adição de cloro à água com o objetivo de acelerar a separação de materiais, em suspensão. d) A cloração tem a finalidade de eliminar microrganismos presentes na águas captadas de mananciais. e) A água pura é considerada água potável de melhor qualidade para o consumo da população.
  9. 9. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 9COLÉGIOOFICINA 19. A dose diária recomendada de cálcio para um adulto é de 800mg. Para suprir esta necessidade, muitas vezes o médico prescreve suplementos nutricionais à base de CaCO3. A partir dessas informações, pode-se concluir que: a) Uma só molécula de CaCO3 tem massa igual a 100g. b) Um mol de CaCO3 contém apenas um átomo de cálcio. c) A dose diária de cálcio recomendada para um adulto é de aproximadamente 2 x 10-1 mol desse elemento. d) Em 800mg de cálcio encontramos 1,2 x 1024 átomos desse elemento. e) No CaCO3 a porcentagem ponderal de cálcio é de aproximadamente 40%. 20. A distribuição eletrônica de átomos e de íons pode ser feita com a utilização do diagrama de energia. A configuração eletrônica dos elementos químicos ajuda a compreender e a prever as propriedades desses elementos e a capacidade de estabelecerem ligações químicas entre seus átomos. Utilizando-se o diagrama de Linus C. Pauling e considerando-se o elemento químico Zinco (Zn), importante mineral ao funcionamento do organismo humano, pode-se afirmar: a) A configuração eletrônica do íon Zn2+ é [Ar]4s2 3d8 . b) No átomo de Zn encontramos 10 elétrons no último nível. c) No átomo de Zinco existem 8 elétrons em seu subnível de maior energia. d) O zinco apresenta 2 elétrons do nível mais extremo (último nível). e) No íon Zn2+ não há elétrons em subnível s. 21. (UNIPÊ – PB) A Bahia tem um novo tratamento no setor de radioterapia para pacientes portadores de diagnóstico precoce de câncer de mama, segundo tipo de tumor mais frequente no mundo, de acordo com o Instituto do Câncer, INCA. O equipamento intrabeam permite que a irradiação seja aplicada diretamente no local da remoção, no momento da cirurgia, em uma única aplicação. A área tumoral é irradiada de dentro para fora, ao substituir a radioterapia convencional, que requer de 25 a 30 aplicações. A aplicação dura apenas 20 minutos, a mesma que o paciente recebia em seis semanas. A exposição à radiação pode destruir células cancerosas caracterizadas por crescimento descontrolado, mas susceptíveis aos danos em relação às células saudáveis. Muitos radionuclídeos são usados no tratamento de tumores em Medicina Nuclear, a exemplo do cobalto 60, meia-vida de 5,26 anos, emissor de radiação gama,  , apresentado no conjunto de equações nucleares. Considerando-se as propriedades das emissões radioativas e as consequências sobre o corpo humano, é correto afirmar que a a) irradiação produzida pelo intrabeam é mais seletiva e produz menos danos às células tumorais. b) amostras de 5,26g de cobalto 60 se desintegra completamente em 5,26g de níquel 60, em 5,26 anos. c) água no corpo humano absorve menor quantidade de energia quando o tecido vivo é submetido à radiação. d) partícula representada por x, emitida na formação de níquel 60 instável, é menos ionizante, mais penetrante e mais danosa aos sistemas biológicos, que as demais emissões. e) radiação gama,  , emitida pelo cobalto 60, causa danos a células saudáveis e fortes efeitos colaterais a pacientes portadores de câncer de mama, e é usada pelo grande poder de penetração quando comparada às demais emissões radioativas.
  10. 10. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 10COLÉGIOOFICINA 22. (FITS – AL) O potássio é um mineral essencial na dieta e participa de importantes funções e regulações endógenas de inúmeras células. Ele desempenha um papel importante na maioria das funções vitais, dentre elas a do balanço hidroeletrolítico (Regulação da concentração do líquido intracelular). Junto com o cálcio e o magnésio, o potássio ajuda a regular todas as funções celulares e, especialmente, a excitabilidade do coração, músculos e sistema nervoso, além de ser essencial para o movimento do miocárdio e ativar os sistemas enzimáticos. Outra função, importante do potássio está associada à prática de atividades físicas, ao desempenho e até mesmo à recuperação muscular. Participa no mecanismo de contração e relaxamento dos músculos, e sua manutenção saudável. Normalmente, todos os alimentos de baixo teor de sódio é rico em potássio, e, para ambos, os legumes e frutas, principalmente as bananas são ricas em potássio, como o tomate. O potássio também pode ser encontrado em grãos, carnes, leguminosas, como lentilhas, grão de bico e feijão e, também, nas nozes, café e cacau, embora em menor quantidade. Sobre o potássio, pode-se afirmar a) Pertence ao mesmo período do elemento, que tem como uma das principais funções biológicas a formação de ossos e dentes e a coagulação do sangue. b) Possui tendência a formar íons positivos bivalentes, pois possui dois elétrons na camada de valência. c) É um metal de transição. d) É classificado como um metal alcalino-terroso. e) Apresenta apenas três níveis energéticos. 23. Tabela: Propriedades periódicas de alguns elementos químicos. Íons dos elementos químicos sódio e potássio são essenciais para a manutenção da saúde do ser humano e podem ser encontrados em alimentos, como o sal de cozinha, carnes, ovos, vegetais, legumes, dentre outros. A facilidade de formação desses íons está relacionada às propriedades desses elementos químicos. Considerando-se essas informações e a posição dos elementos na Tabela Periódica, é correto afirmar: a) O raio do íon Na+ é maior que o raio do Na. b) O potássio apresenta menor raio atômico de sódio. c) O elemento potássio forma cátions monovalentes mais facilmente que o sódio. d) A segunda energia de ionização para o elemento químico sódio será menor que 495,7kJmol-1 . e) O tamanho do átomo é diretamente proporcional à energia necessária para se retirar o elétron do nível de valência. 24. (UNEB – modificada) Os átomos de um mesmo ou de diferentes elementos interagem entre si para formar ligações químicas. A respeito das ligações químicas, é correto afirmar: a) Os metais não formam compostos iônicos com o hidrogênio. b) No ácido fluoridrico, a 1igação H – F é apolar. c) A diferença de eletronegatividade entre dois átomos determina o caráter da ligação entre eles. d) KC e PbC2 apresentam ligações predominantemente covalentes. e) As ligações metálicas caracterizam-se pelo compartilhamento de elétrons entre os ânions metálicos do sólido. Elemento químico Raio covalente, pm Raio do íon M*, pm Primeira energia de ionização, kJ mol-1 sódio 186 102 495,7 potássio 227 138 418,6
  11. 11. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 11COLÉGIOOFICINA 25. (Ufal) Um espelho plano está no piso horizontal de uma sala com o lado espelhado voltado para cima. O teto da sala está a 2,40 m de altura e uma lâmpada está a 40 cm do teto. Com esses dados, pode-se concluir que a distância entre a lâmpada e sua imagem formada pelo espelho plano é, em metros, igual a: a) 1,20. b) 1,60. c) 2,40. d) 3,20. e) 4,00. 26. (UEPI) Dois espelhos planos, paralelos, um defronte ao outro, estão separados por uma distância D = 2,0 m. O objeto O está situado entre eles, a uma distância d = 0,40 m de B (veja figura abaixo). A distância que separa as duas primeiras imagens formadas em A e a distância que separa as duas primeiras imagens formadas em B são, respectivamente: a) 0,80 m e 3,2 m b) 1,6 m e 0,4 m c) 0,8 m e 1,6 m d) 1,0 m e 3,2 m e) 3,6 m e 3,2 m 27. Um disco opaco de 20 cm de raio dista 0,50 m de uma fonte pontual luminosa. Uma tela é colocada 1,50 m atrás do disco, de forma que a reta que passa pela fonte e pelo centro do disco é perpendicular à tela e esta paralela ao disco. O diâmetro da sombra projetada, em cm, vale: a) 10 b) 20 c) 40 d) 80 e) 160 d DA B O
  12. 12. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 12COLÉGIOOFICINA 28. Um atleta, ao disputar os “100 metros rasos”, consegue cumprir o percurso em 10,0 s. Considerando que o movimento é retilíneo uniformemente acelerado, a partir do repouso e da origem dos espaços, o gráfico que melhor representa a velocidade escalar do atleta em função do espaço percorrido é: 29. Um móvel parte de um certo ponto com um movimento que obedece a seguinte lei horária: s = 4 . t2 , válida no SI; s é a abscissa do móvel e t o tempo, um segundo depois, parte outro móvel do mesmo ponto do primeiro, com movimento uniforme e seguindo a mesma trajetória. Qual a menor velocidade que deverá ter esse segundo móvel a fim de encontrar o primeiro? a) 4 m/s b) 8 m/s c) 16 m/s d) 24 m/s e) falta um dado, para a resolução da questão. a) b) c) d) e)
  13. 13. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 13COLÉGIOOFICINA 30. Considere o esquema ao lado, em que estão representados um elevador E de massa igual a 1,0 . 103 kg (incluída a massa do seu conteúdo), um contrapeso B de massa igual a 5,0 . 102 kg e um motor elétrico M que exerce no cabo conectado em E uma força vertical constante F . Os dois cabos têm massas desprezíveis, são flexíveis e inextensíveis e as polias são ideais. No local, a influência do ar é desprezível e adota-se g = 10 m/s2 . Se o elevador está acelerado para cima, com aceleração de módulo 0,20 m/s2 , a intensidade de F é: a) 4,7 . 103 N. d) 5,3 . 103 N. b) 5,0 . 103 N. e) 5,5 . 103 N. c) 5,2 . 103 N. 31. Analise: No sistema indicado, os blocos A, B e C têm massas iguais, as roldanas não estão sujeitas a forças dissipativas e os cabos conectados entre os blocos são inextensíveis e têm massa desprezível. Nos gráficos que se seguem, a linha pontilhada indica o instante em que o bloco C se apoia na superfície horizontal. Sendo g a intensidade da aceleração da gravidade, o módulo da aceleração do bloco A fica esboçado pelo gráfico:
  14. 14. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 14COLÉGIOOFICINA 32. A jabuticabeira é uma árvore que tem seus frutos espalhados em toda a extensão de seus galhos e tronco. Após a florada, as frutinhas crescem presas por um frágil cabinho que as sustenta. Cedo ou tarde, devido ao processo de amadurecimento e à massa que ganharam se desenvolvendo, a força gravitacional finalmente vence a força exercida pelo cabinho. Considere a jabuticaba, supondo-a perfeitamente esférica e na iminência de cair. Esquematicamente, o cabinho que segura a pequena fruta aponta para o centro da esfera que representa a frutinha. Se essa jabuticaba tem massa de 8 g, a intensidade da componente paralela ao galho da força exercida pelo cabinho e que permite o equilíbrio estático da jabuticaba na posição mostrada na figura é, em newtons, aproximadamente, Dados: aceleração da gravidade = 10 m/s2 sen  = 0,54 cos  = 0,84 a) 0,01. b) 0,04. c) 0,09. d) 0,13. e) 0,17. 33. A seletividade das membranas biológicas possibilitada pela sua constituição fosfolipoproteica permite que a célula controle o tráfego de moléculas, mantendo a sua composição interna. Com relação aos aspectos anatômicos e fisiológicos da membrana, é correto inferir: a) As cabeças hidrofílicas dos fosfolipídios, estando em estreita adesão entre si, impedem o intercâmbio de substâncias célula-meio. b) Glicídios na superfície externa na membrana estão vinculados a processos de reconhecimento de substâncias que transportam através da membrana.
  15. 15. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 15COLÉGIOOFICINA c) Dobras da membrana que encaixam células vizinhas, aumentam a superfície de contato potencializando a absorção de substâncias do meio externo. d) Proteínas integrais atuam como receptores de moléculas reguladoras tais como neurotransmissores. e) Há estreita relação entre as endocitoses e as propriedades de regeneração e elasticidade da parede celular em vegetais. 34. Considerando-se os diferentes processos de transporte através da membrana plasmática, pode-se afirmar: a) A difusão simples ocorre contra o gradiente de concentração celular através de proteínas inseridas na membrana plasmática. b) Processos de transporte ativo se caracterizam pela ação conjunta de proteínas dispostas ao longo da membrana plasmática capazes de produzir energia sob a forma de ATP. c) A difusão facilitada requer a ação de proteínas carreadoras que se ligam seletivamente a pequenas moléculas e as transportam a favor do gradiente de concentração. d) O transporte passivo se caracteriza pela passagem de moléculas contra o gradiente de concentração, sem haver gasto de energia celular. e) A osmose se caracteriza pela passagem de moléculas de água a favor do gradiente de concentração do soluto. 35. TEXTO A origem da vida na Terra é uma questão ainda em aberto. No entanto, sabe-se que, há cerca de 3,5 bilhões de anos, já havia, na Terra primitiva, atividade de organismos unicelulares — cianobactérias. Vários processos químicos antecederam a vida unicelular. Primeiramente, foi preciso que substâncias químicas básicas, como metano, amônia, sulfeto de hidrogênio, dióxido de carbono, fosfato e água formassem compostos de interesse biológico, como a glicina, presente em proteínas. Em uma segunda etapa, teriam sido produzidos lipídios e fosfolipídios. Posteriormente, em fases mais avançadas, moléculas de ácido ribonucleico, RNA, seriam formadas, permitindo a síntese de proteínas. (PACHECO, 2014, p.35-38). A síntese abiótica de compostos de interesse biológico constituiu o contexto molecular do alvorecer da vida, sobre o qual é pertinente considerar: a) A hipótese da existência de um mundo de RNA encontra respaldo bioquímico na exigência de um RNA iniciador na replicação do DNA nos organismos atuais. b) Os catalisadores, moléculas essenciais ao metabolismo, surgiram bem cedo no curso da evolução química por transformações do RNA em enzimas específicas. c) A síntese primordial de polipeptídios contribuiu para o rápido estabelecimento do progenoto, uma vez que tornou a biossíntese proteica independente de informação genética. d) A organização de um envoltório lipídico isolante inviabilizou a interação de ambientes endógenos e exógenos, favorecendo a sobrevivência de agregados moleculares em formação. e) A formação de compostos a partir de substâncias químicas básicas presentes na Terra atual sugere que o processo de origem da vida pode estar se repetindo nas condições ambientais de hoje. 36. A energia entra na biosfera majoritariamente pela fotossíntese. Por esse processo, a) é produzido açúcar, que pode ser transformado em várias substâncias orgânicas, armazenado como amido ou, ainda, utilizado na transferência de energia. b) é produzido açúcar, que pode ser transformado em várias substâncias orgânicas, unido a aminoácidos e armazenado como proteínas ou, ainda, utilizado na geração de energia. c) é produzido açúcar, que pode ser transformado em substâncias catalisadoras de processos, armazenado como glicogênio ou, ainda, utilizado na geração de energia. d) é produzida energia, que pode ser transformada em várias substâncias orgânicas, armazenada como açúcar ou, ainda, transferida a diferentes níveis tróficos. e) é produzida energia, que pode ser transformada em substâncias catalisadoras de processos, armazenada em diferentes níveis tróficos ou, ainda, transferida a outros organismos.
  16. 16. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 16COLÉGIOOFICINA 37. Na fotossíntese, temos a fase fotoquímica, fase luminosa ou fase clara, que é a primeira fase do processo fotossintético. A energia luminosa é captada por meio de pigmentos fotossintetizantes, capazes de conduzi-la até o centro de reação. Tal centro é composto por um complexo de clorofila também denominado P700 porque absorve a onda luminosa com 700 nanometros de comprimento. Já a fase química da fotossíntese, pode ser descrita pela equação a seguir: 6CO + 12NADPH + 18ATP – (enzimas)  12NADP + 18ADP + 18P + 6H2O + C6H12O6. Sobre a fotossíntese, podemos afirmar que: a) o cloroplasto é uma organela presente nas células das plantas e de outros organismos fotossíntetizadores, tais como: nas algas e alguns protistas exclusivos de ambientes terrestres; b) a fase química ocorre no estroma dos cloroplastos, sem necessidade de luz. É nessa fase que se forma o açúcar, pela reação entre o gás carbônico do ar atmosférico, os NADPH2 e os ATP produzidos nas reações na fase de claro; c) a planta usa a energia do sol para oxidar a água e, assim, produzir oxigênio e reduzir o CO2, produzindo compostos orgânicos, principalmente açúcares e ácidos graxos; d) é possível identificar duas fases: a clara e a escura; a escura ocorre somente durante o dia; e) a formação de ATP, durante a etapa fotoquímica da fotossíntese, ocorre somente na fase escura, por redução e fotofosforilação. 38. Em condições normais, é muito difícil que todos os requisitos necessários à fotossíntese estejam presentes em quantidades ideais; portanto, ela não ocorre com eficiência máxima. Abaixo é mostrado um gráfico da velocidade da fotossíntese em função da intensidade luminosa. Analise e assinale o que for correto. Fonte: Linhares, S.; Gewandsznajder, F. Biologia hoje. 15ª ed. Volume 1. São Paulo: Editora Ática, 2010. a) No ponto 1, a planta está no claro, portanto, não está realizando fotossíntese, mas sim respirando. Nesse ponto, ela consome O2 em vez de produzi-lo. b) O número 2 indica o ponto de compensação luminosa ou ponto de compensação fótica. Isso significa que a taxa de fotossíntese é maior que à da respiração. c) O número 3 indica o ponto de saturação luminosa. Quando a fotossíntese chega nesse ponto, a produção de oxigênio continua aumentando, já que a sua liberação depende da absorção de CO2. d) A linha representando a respiração indica que a planta não respira o tempo todo. Quando a linha da fotossíntese cruza pela linha da respiração ocorre um aumento do consumo do O2 pela planta. e) A velocidade da fotossíntese depende também da presença de outros fatores, como gás carbônico. Se o CO2 não estiver em quantidades suficientes, esse começa a frear o processo de fotossíntese.
  17. 17. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 17COLÉGIOOFICINA 39. Numere a segunda coluna de acordo com a primeira, de forma a relacionar corretamente as organelas citoplasmáticas de uma célula eucariótica às suas estruturas e funções. (1) Ribossomo (2) Retículo Endoplasmático (3) Complexo Golgiense (4) Lisossomo (5) Vacúolo (6) Mitocôndria ( ) Vesículas delimitadas por uma membrana denominada tonoplasto. Têm funções variadas, dependendo do ser vivo. Nos protozoários, são importantes para a regulação osmótica da célula; nos vegetais, além do controle osmótico, participam da digestão intracelular e podem atuar como reservatório de substâncias tóxicas ao vegetal, caso permanecessem em circulação. ( ) Está presente em todos os seres vivos, formado por RNA e proteínas. É neste componente que ocorre a síntese de proteínas. ( ) É uma organela em forma de bastonete, seu número na célula varia de dezenas a centenas, dependendo do tipo celular. Sua matriz possui diversas enzimas, DNA, RNA e ribossomos menores que os citoplasmáticos. Sua principal função é a respiração aeróbia, que fornece a energia para ser armazenada nas moléculas de ATP e utilizada nas diversas atividades celulares. ( ) Bolsa membranosa que contém diversos tipos de enzimas digestivas, capazes de digerir grande variedade de moléculas orgânicas. Funções autofágica e heterofágica. ( ) Rede citoplasmática de tubos e bolsas membranosas, em certas regiões do citoplasma apresentam ribossomos aderidos à sua superfície. Responsável pela síntese de enzimas, proteínas, ácidos graxos, fosfolipídios e esteroides. ( ) É constituído por bolsas membranosas achatadas, empilhadas umas sobre as outras e por vesículas derivadas delas. Responsável pela síntese de alguns carboidratos. Enzimas produzidas por outra organela são “empacotadas” no interior de bolsas membranosas para serem enviadas aos seus locais de atuação. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo. a) 5 – 1 – 6 – 4 – 2 – 3 b) 3 – 1 – 5 – 6 – 4 – 2 c) 4 – 5 – 2 – 1 – 3 – 6 d) 5 – 6 – 4 – 1 – 2 – 3 e) 3 – 2 – 5 – 1 – 6 – 4 40. A permeabilidade da membrana plasmática se expressa quando a) íons, em função de sua carga elétrica, transitam pela bicamada lipídica da membrana. b) moléculas de água difundem-se do meio hipertônico para o meio hipotônico até alcançar o equilíbrio. c) gases como CO2 e O2 passam através de proteínas com alto consumo de ATP. d) o álcool consumido pelo indivíduo é absorvido e liberado por difusão facilitada através de proteínas carreadoras, as permeases. e) a fosforilação de proteínas de transporte ocasiona a transferência de íons, de um meio para o outro para mantê-los distintos.
  18. 18. 2015Salvador/3ªs/Provas/I unid/20150407_GABARITO_3ª Aval_1ªUnid_Mat_CN.doc - lau 18COLÉGIOOFICINA GABARITO  MATEMÁTICA – 01 a 15 01. C 02. NULA 03. C 04. A 05. A 06. E 07. A 08. C 09. D 10. E 11. B 12. B 13. D 14. B 15. C  CIÊNCIAS DA NATUREZA – 16 a 40 16. D 17. C 18. D 19. E 20. D 21. E 22. A 23. C 24. C 25. E 26. A 27. E 28. A 29. C 30. D 31. A 32. B 33. D 34. C 35. A 36. A 37. B 38. E 39. A 40. E

×