ARTE ISLÂMICA
Professor: Sandro Bottene
www.sandrobottene.com
Produção quase desprovida de representação
figurativa: cores e formas combinadas de
elementos geométricos e florais.
O isl...
Arquitetura
FONTE
ALMINAR
OU
MINARETE
lugar de purificação
local onde são
chamados os fiéis
MIHRAB
indica a direção de Mec...
minarete
Deriva do árabe e significa “farol” (emana o som da oração). É baseado nas torres
das igrejas cristãs (função de ...
Mesquita de Córdoba. 785.
Andaluzia, Espanha.
O arco herdado do estilo romano foi moldado e
adquiriu características marca...
Mesquita Azul.
Istambul, Turquia.
Possui seis minaretes e chão acarpetado
(receber fiéis descalços, em sinal de respeito).
Decoração interna produzida com
azulejos Iznik (cerâmica pintada e
vitrificada do período otomano).
Mesquita Azul.
Istambu...
Decoração composta por um jogo de pirâmides invertidas
(formam arcos que pendem do alto). É encontrada em
cúpulas, pórtico...
Palácio Alhambra.
Granada, Espanha.
Os mouros (habitavam o norte da África) criaram a arte
mourisca conhecida por arcados ...
Desenhos baseados
em motivos: vegetais,
geométricos e
epigráficos.
Arabescos
Ornamentação empregada:
na tapeçaria, na arqu...
Síntese da experiência egípcia, chinesa e mesopotâmica. Os muçulmanos
usavam a cor na arquitetura (revestimento com cerâmi...
Herança do antigo
nomadismo. Peça
de suma
importância aos
muçulmanos (com
elementos
decorativos).
Tapete
A escrita árabe possui o mesmo poder persuasivo das imagens cristãs. A escrita
era produzida com ritmo e formas sugerindo ...
Miniatura da história de Bayad e Riyad.
Biblioteca do Vaticano, Roma.
Artistas de
outras religiões
apresentaram
aspectos m...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Arte islâmica

1.139 visualizações

Publicada em

Arte Média

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Arte islâmica

  1. 1. ARTE ISLÂMICA Professor: Sandro Bottene www.sandrobottene.com
  2. 2. Produção quase desprovida de representação figurativa: cores e formas combinadas de elementos geométricos e florais. O islamismo acredita em um Deus único (Maomé). A religião prega Alá como verdadeiro Deus e renega a adoração de ídolos. No lugar de uma imagem, a escrita ocupa lugar de destaque. Desenvolveram o arabesco como forma de ornamentação através de linhas e cores. A arte islâmica é decorativa e condicionada pela religião. Usam motivos geométricos e figurações abstratas (proibição de adoração a imagens).
  3. 3. Arquitetura FONTE ALMINAR OU MINARETE lugar de purificação local onde são chamados os fiéis MIHRAB indica a direção de Meca MINBAR púlpito onde o líder faz suas orações QIBLA parede decorada As mesquitas representam três valores: a religiosidade, a sabedoria e o poder. Adaptação eclética que assimilou distintos estilos à própria cultura.
  4. 4. minarete Deriva do árabe e significa “farol” (emana o som da oração). É baseado nas torres das igrejas cristãs (função de chamar os fiéis). Cinco vezes ao dia, os muçulmanos são chamados para a oração. A lua decorada simboliza a iluminação dos seguidores de Alá (referência aos viajantes do deserto guiados pelo satélite).
  5. 5. Mesquita de Córdoba. 785. Andaluzia, Espanha. O arco herdado do estilo romano foi moldado e adquiriu características marcantes: forma de ferradura livremente apoiado sobre colunas, pilastras ou paredes. Ferradura Apontado Alteado Arcos
  6. 6. Mesquita Azul. Istambul, Turquia. Possui seis minaretes e chão acarpetado (receber fiéis descalços, em sinal de respeito).
  7. 7. Decoração interna produzida com azulejos Iznik (cerâmica pintada e vitrificada do período otomano). Mesquita Azul. Istambul, Turquia.
  8. 8. Decoração composta por um jogo de pirâmides invertidas (formam arcos que pendem do alto). É encontrada em cúpulas, pórticos e capitéis. Muqarna
  9. 9. Palácio Alhambra. Granada, Espanha. Os mouros (habitavam o norte da África) criaram a arte mourisca conhecida por arcados (arcos), estuque (esculpiam ornamentos em argamassa com gesso, rendilhados em arabescos), caligrafias e azulejos.
  10. 10. Desenhos baseados em motivos: vegetais, geométricos e epigráficos. Arabescos Ornamentação empregada: na tapeçaria, na arquitetura, na caligrafia, na cerâmica.
  11. 11. Síntese da experiência egípcia, chinesa e mesopotâmica. Os muçulmanos usavam a cor na arquitetura (revestimento com cerâmicas vitrificadas). Padrões florais, geométricos e caligráficos. Azulejos com desenho inteiro ou combinado na forma de mosaico (pequenas peças de ladrilhos). Cerâmica Mesquita Hassan II. Casablanca, Marrocos.
  12. 12. Herança do antigo nomadismo. Peça de suma importância aos muçulmanos (com elementos decorativos). Tapete
  13. 13. A escrita árabe possui o mesmo poder persuasivo das imagens cristãs. A escrita era produzida com ritmo e formas sugerindo sons (poesia visual). Usavam as cores: azul evocando o céu, o dourado o paraíso, os sinais em vermelho aumentava-se a voz e o verde determinava a pausa. O papel foi introduzido em 751, vindo da China (produzido de algodão, seda ou outras fibras). Caligrafia
  14. 14. Miniatura da história de Bayad e Riyad. Biblioteca do Vaticano, Roma. Artistas de outras religiões apresentaram aspectos mais ricos na pintura com influências orientais (temas épicos ou do cotidiano). Desse modo, a representação figurativa se faz presente. Iluminuras

×