História da matematica

1.268 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.268
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
326
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História da matematica

  1. 1.  CONSTRUÇÃO DOS NÚMEROS
  2. 2. » Ariane Gomes da Silva - RA – 176648» Isabel Cristina Caetano – RA- 178140» Priscila Pozeto Rosa Sousa - RA 3225533698» Rita de Cássia Pereira Rodrigues – RA – 176042» Sandra Aparecida Savassa – RA – 175685
  3. 3. QUANTO MAIS VOLTARMOS NA HISTÓRIA, VEREMOS QUEMENOR É A PRESENÇA DOS NÚMEROS.
  4. 4. »Os homens primitivos não tinhamnecessidade de contar, pois o quenecessitavam para a sua sobrevivênciaera retirado da própria natureza. Anecessidade de contar começou com odesenvolvimento das atividadeshumanas, quando o homem foi deixandode ser pescador e coletor de alimentospara fixar-se no solo. O homem começoua produzir alimentos, construir casas edomesticar animais, aproveitando-se dosmesmos através do uso da lã e doleite, tornando-se criador edesenvolvendo o pastoreio, o que trouxeprofundas modificações na vida humana.
  5. 5. » No pastoreio, o pastor usava várias formas para controlar o seu rebanho. Pela manhã, ele soltava os seus carneiros e analisava ao final da tarde, se algum tinha sido roubado, fugido, se perdido do rebanho ou se havia sido acrescentado um novo carneiro ao rebanho.» Assim eles tinham a correspondência um a um, onde cada carneiro correspondia a uma pedrinha que era armazenada em um saco.
  6. 6. A correspondência unidade a unidadenão era feita somente com pedras, maseram usados também nós emcordas, marcas nas paredes, talhes emossos, desenhos nas cavernas e outrostipos de marcação.Os talhes nas barras de madeira, queeram usados para marcarquantidades, continuaram a ser usadosaté o século XVIII na Inglaterra. Apalavra talhe significa corte.
  7. 7. Representação numérica Com o passar do tempo, as quantidades foram representadas por expressões, gestos, palavras e símbolos, sendo que cada povo tinha a sua maneira de representação.Alguns símbolos antigosNo começo da história daescrita de algumas civilizações OBS: Depois este método foicomo a egípcia, a babilônica e mudado, devido à dificuldadeoutras, os primeiros nove de se contar mais do quenúmeros inteiros eram quatro termos:anotados pela repetição detraços verticais: I II III IIII IIIII IIIIII IIIIIII IIIIIIII IIIIIIIII 1 2 3 4 5 6 7 8 9
  8. 8. » Outro sistema de numeração muito importante foi o da Babilônia, criado a aproximadamente 4 mil anos.» Algumas das primeiras formas de contagem foram utilizadas com as partes do corpo humano, sendo que em algumas aldeias os indivíduos chegavam a contar até o número 33.
  9. 9. O ábaco» O ábaco, em sua forma geral, é uma moldura retangular com fileiras de arame, cada fileira representando uma classe decimal diferente, nas quais correm pequenas bolas No princípio, os sistemas de numeração não facilitavam os cálculos, logo, um dos instrumentos utilizados para facilitar os cálculos foi o ábaco muito usado por diversas civilizações orientais e ocidentais.
  10. 10. O Sistema de numeração Indo-Arábico» Nosso sistema de numeração surgiu na Ásia, há muitos séculos no Vale do rio Indo, onde hoje é o Paquistão.» O primeiro número inventado foi o 1 e ele significava o homem e sua unicidade, o segundo número 2, significava a mulher da família, a dualidade e o número 3 significava muitos, multidão.Observemos uma curiosidade que não pode ter ocorrida poracaso:Português Inglês Francês Latim Grego Italiano Três three trois tres treis treEspanhol Sueco Alemão Russo Polonês Hindu tres tre drei tri trzy tri
  11. 11. O Sistema Romano de Numeração» O sistema de numeração Romano é um sistema decimal, ou seja, sua base é dez.» Este sistema é utilizado até hoje em representações de séculos, capítulos de livros, mostradores de relógios antigos, nomes de reis e papas e outros tipos de representações oficiais em documentos. Estas eram as primeiras formas da grafia dos algarismos romanos.» Este sistema não permite que sejam feitos cálculos, não se destinavam a fazer operações aritméticas mas apenas representar quantidades. Com o passar do tempo, os símbolos utilizados pelos romanos eram sete letras, cada uma com um valor numérico: Letra I V X L C D M Valor 1 5 10 50 100 500 1000Leitura Um Cinco Dez Cinquenta Cem Quinhentos Mil
  12. 12. Estas letras obedeciam aos seguintes três princípios:•Todo símbolo numérico que possui valor menor do que o que está à suaesquerda, deve ser somado ao maior.•VI = 5 + 1 = 6•XII = 10 + 1 + 1 = 12•CLIII = 100 + 50 + 3 = 153•Todo símbolo numérico que possui valor menor ao que está à sua direita, deveser subtraído do maior.•IX = 10 - 1 = 9•XL = 50 - 10 = 40•VD = 500 - 5 = 495•Todo símbolo numérico com um traço horizontal sobre ele representa milhar e osímbolo numérico que apresenta dois traços sobre ele representa milhão. ___ XII = 12.000 = X = 10.000.000 === LII = 52.000.000

×