Lean management GERENCIAMENTO ENXUTO

249 visualizações

Publicada em

LEAN MANAGEMENT GERENCIAMENTO ENXUTO

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
249
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lean management GERENCIAMENTO ENXUTO

  1. 1. GERENCIAMENTO ENXUTO LEAN MANAGEMENT 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 1
  2. 2. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 2 Produção Enxuta: um modelo Toyota de sucesso
  3. 3. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 3 Origens / História  Sakichi Toyoda-final do séc. XIX-Tear  Visita à Ford–1910–Produção em fluxo  Cenário da Toyota pós-guerra  Crise, sem crédito  Baixa demanda e alto mix  Produtividade 10x menor que a americana  Início do STP (1945 - Implementação até os dias de hoje)  Reconhecimento mundial veio em 1973 com a crise do petróleo, quando a Toyota foi uma das poucas empresas a sair ilesa.
  4. 4. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 4 Sinônimos  Toyota Production System - TPS  Sistema Toyota de Produção - STP  Produção Lean  Produção Enxuta
  5. 5. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 5 O que é a Produção Enxuta?  É um modo coerente de pensar;  é uma filosofia administrativa global;  é o foco total na satisfação do cliente;  é um ambiente de trabalho de equipe de melhorias;  é uma eterna procura de um modo melhor;  é a qualidade incluída no processo;  é um local de trabalho organizado, disciplinado e evolutivo.
  6. 6. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 6 Sistema Toyota de Produção É uma filosofia de gerenciamento que procura otimizar a organização de forma a atender as necessidades do cliente no menor prazo possível, na mais alta qualidade e ao mais baixo custo, ao mesmo tempo em que aumenta a segurança e a moral dos seus colaboradores, envolvendo e integrando não só a manufatura, mas todas as partes da organização.
  7. 7. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 7 Mas porquê cada vez mais as empresas querem conhecer e adotar o Sistema Toyota de Produção?
  8. 8. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 8 Visão Ocidental do STP
  9. 9. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 9 DESVENDANDO O STP  Fluxo de valor  Fundamentos do STP – Os 7 Desperdícios (MUDAS) – 5S – Gestão Visual – Gemba Kaizen  Ferramentas do STP – Fluxo Contínuo – Sistema de Produção Puxada – Qualidade na Fonte – Confiabilidade e Estabilidade
  10. 10. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 10 Valor e Fluxo de Valor
  11. 11. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 11 Valor para o Cliente  O ponto de partida para a Produção Enxuta é o conceito de valor, percebido pelo cliente.  Valor é definido em termos de produtos ou serviços específicos que têm capacidades/funcionalidades específicas, oferecidos a preços específicos para clientes específicos em intervalos de tempo específicos e que devem ser isentos de defeitos.  Valor deve ser visto sob o ponto de vista da sensação total do cliente. A meta é surpreender o cliente com uma solução completa.
  12. 12. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 12
  13. 13. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 13 Fluxo de Valor É a realização progressiva de tarefas ao longo da cadeia de valor para que um produto passe da concepção ao lançamento, do pedido à entrega e da matéria-prima às mãos do cliente.
  14. 14. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 14 Mapeamento do Fluxo de Valor  O que é uma análise do fluxo de valor?  É a atividade de criticar o fluxo atual, identificar e eliminar os desperdícios, propor uma situação futura, visando otimizar os resultados deste fluxo de valor.
  15. 15. 18/06/2015 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 15 DÚVIDAS?

×