02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
1 
Logística 
Disciplina: Técnico em logística 
Prof.:...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
2 
Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho 
Formação Acadêmica...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
3 
75
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
4 
75
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
5 
Páginas de 75 a 125
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
6
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
7
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
8 
75
CUSTO = VALOR DOS INSUMOS USADOS NA 
FABRICAÇÃO DOS PRODUTOS DA EMPRESA. 
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ss...
As despesas são diferenciadas dos custos pelo fato de 
estarem relacionadas com a administração geral da empresa, 
ao pass...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
11 
76
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
12 
76
Antigamente, as empresas podiam estabelecer preços de acordo 
com a seguinte fórmula: 
02/12/2014 
Velha Equação: 
Nova Eq...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
14 
77
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
15 
77
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
16 
78
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
17 
78
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
18 
78
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
19 
79
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
20 
79
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
21 
79/80
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
22 
80
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
23 
D 
129 
d
v 
v 
f 
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
24 
vfvfvff 
129 
f 
v 
f 
f
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
25 
81
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
26 
Razão 
Para abordar esses conteúdos, 
introduzimos...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
27 
Razão 
O significado da palavra leva a um 
entendi...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
28 
Razão 
Razão é o quociente indicado (exato) entre ...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
29 
Razão 
Como você pode perceber, uma razão é 
repre...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
30 
Razão 
Número racional 
(representado por fração) ...
Vamos considerar a notação . O que ela 
representa? 
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
3...
3 
48 
02/12/2014 
12 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
32 
RAZÕES EQUIVALENTES 
Ao multiplicar ou ...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
33 
PROPORÇÃO 
A PROPORÇÃO É UMA IGUALDADE 
ENTRE DUAS...
x 
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
34 
PROPORÇÃO 
Quando temos a igualdade só de duas ...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
35 
PROPORÇÃO 
Se tivermos a igualdade de mais de duas...
02/12/2014 
a 
     
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
36 
Propriedade Fundamental 
A proprieda...
Quatro números não nulos a, b, c e d 
formam, nessa ordem, 
uma proporção. 
02/12/2014 
Propriedade Fundamental 
O produto...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
38 
81
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
39 
81
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
40 
82
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
41 
82
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
42 
83
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
43 
83
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
44 
84
Razão inversa: duas razões são inversas quando 
o antecedente de uma for igual ao consequente 
da outra, e vice-versa. 
02...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
46 
Proporcionalidade Inversa 
Como o nome indica, é a...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
47 
Vejamos um exemplo: 
• Um motorista profissional 
...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
48 
Observe a tabela. 
• Quando a velocidade aumenta, ...
02/12/2014 
X 
10 50 500 
X 
  
10 25.000 
25.000 
10 
X 
 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
49 ...
02/12/2014 
20 160 
  
160 
125 
8 
160 
20.000 800 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
50 
Regra t...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
51 
85
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
52 
85
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
53 
129
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
54 
129
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
55 
129
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
56 
87
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
57 
87
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
58 
87 
106* 2,99/ 100= 3,17 
2,99*1.06 = 3,17
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
59 
88 
0.85 * 1540 = 1309 
1540 – 15% = 1309 
1540 * ...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
60 
88
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
61 
88
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
62 
88 / 89
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
63 
89
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
64 
89
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
65 
90 
15% + 100% = 115% 1,15 
20% + 100% = 120% 
4,5...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
66 
90
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
67 
90 
que é = R$ 950,00
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
68 
90/91
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
69 
91 
100% - 15% = 85% 0,85 
100% - 20% = 80% 
100% ...
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
70 
91
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
71 
91/92
02/12/2014 
SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes 
ssobrinhoo@gmail.com 
72 
92
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Elementos de custos no processo produtivo cap 1 2 e 3

429 visualizações

Publicada em

Elementos de custos no processo produtivo cap 1 2 e 3

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
429
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Elementos de custos no processo produtivo cap 1 2 e 3

  1. 1. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 1 Logística Disciplina: Técnico em logística Prof.: Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho 2º Sem - 2014 1
  2. 2. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 2 Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho Formação Acadêmica: Pós-Graduação em Lean Manufacture Univille – Universidade da Região de Joinville Pós-Graduação Gestão da Qualidade Six-Sigma FAE Business School Graduação em Administração Industrial Univille – Universidade da Região de Joinville Técnico em Processamento de Dados / Técnico em Mecânica E-mail: ssobrinhoo@gmail.com
  3. 3. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 3 75
  4. 4. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 4 75
  5. 5. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 5 Páginas de 75 a 125
  6. 6. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 6
  7. 7. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 7
  8. 8. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 8 75
  9. 9. CUSTO = VALOR DOS INSUMOS USADOS NA FABRICAÇÃO DOS PRODUTOS DA EMPRESA. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 9 75
  10. 10. As despesas são diferenciadas dos custos pelo fato de estarem relacionadas com a administração geral da empresa, ao passo que os custos estão ligados à produção. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 10 76
  11. 11. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 11 76
  12. 12. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 12 76
  13. 13. Antigamente, as empresas podiam estabelecer preços de acordo com a seguinte fórmula: 02/12/2014 Velha Equação: Nova Equação: SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 13 A NOVA ECONOMIA E RELAÇÃO AO CUSTOS Custo + Margem de Lucro = Preço Preço (fixo) – Custo = Lucro Portanto, o segredo para a lucratividade é: Redução de Custos
  14. 14. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 14 77
  15. 15. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 15 77
  16. 16. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 16 78
  17. 17. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 17 78
  18. 18. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 18 78
  19. 19. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 19 79
  20. 20. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 20 79
  21. 21. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 21 79/80
  22. 22. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 22 80
  23. 23. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 23 D 129 d
  24. 24. v v f 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 24 vfvfvff 129 f v f f
  25. 25. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 25 81
  26. 26. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 26 Razão Para abordar esses conteúdos, introduzimos o conceito de razão, apresentando o significado da palavra que, por si só, já se justifica. A palavra razão vem do latim ratio, que significa “quociente”.
  27. 27. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 27 Razão O significado da palavra leva a um entendimento natural do que seja razão entre dois números/grandezas.
  28. 28. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 28 Razão Razão é o quociente indicado (exato) entre dois números racionais, cujo segundo número é diferente de zero. A razão entre dois números a e b, com b ≠ 0 , nessa ordem, é o quociente. a b
  29. 29. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 29 Razão Como você pode perceber, uma razão é representada por uma fração. No entanto, não deve ser lida como se fosse um número racional. Observe o seguinte quadro:
  30. 30. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 30 Razão Número racional (representado por fração) Razão (representada por fração) 1/2 lê-se: um meio 1/2 lê-se: um para dois ou um está para dois 3/4 lê-se: três quartos 3/4 lê-se: três para quatro ou três está para quatro 5/3 lê-se: cinco terços 5/3lê-se: cinco para três ou cinco está para três 7/10lê-se: sete décimos 7/10 lê-se: sete para dez ou sete está para dez
  31. 31. Vamos considerar a notação . O que ela representa? 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 31 OS TERMOS DE UMA RAZÃO: O ANTECEDENTE E O CONSEQUENTE 5 7 5 A notação é um numeral (fração) que 7 representa um número “cinco sétimos”, onde 5 é o numerador, e 7, o denominador.
  32. 32. 3 48 02/12/2014 12 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 32 RAZÕES EQUIVALENTES Ao multiplicar ou dividir os termos de uma razão por um mesmo número diferente de zero, obtém-se outra razão equivalente à primeira. Veja o exemplo: 16 9 12 6 8 4    Forma Irredutível 4 5 12 15 24 30 60   
  33. 33. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 33 PROPORÇÃO A PROPORÇÃO É UMA IGUALDADE ENTRE DUAS OU MAIS RAZÕES.
  34. 34. x 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 34 PROPORÇÃO Quando temos a igualdade só de duas razões, chamamos essa igualdade de proporção simples. Dessa forma, temos que: proporção simples y 2  5
  35. 35. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 35 PROPORÇÃO Se tivermos a igualdade de mais de duas razões, chamamos de proporção contínua. Dessa forma, temos que: proporção contínua x y z   4 5 3
  36. 36. 02/12/2014 a      SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 36 Propriedade Fundamental A propriedade fundamental da proporção diz que o produto dos extremos é igual ao produto dos meios. a d b c c d b Quatro números não nulos a, b, c e d formam, nessa ordem, uma proporção.
  37. 37. Quatro números não nulos a, b, c e d formam, nessa ordem, uma proporção. 02/12/2014 Propriedade Fundamental O produto dos extremos é igual ao produto dos c a  meios. extremo meio SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 37 d b meio extremo meio extremo
  38. 38. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 38 81
  39. 39. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 39 81
  40. 40. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 40 82
  41. 41. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 41 82
  42. 42. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 42 83
  43. 43. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 43 83
  44. 44. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 44 84
  45. 45. Razão inversa: duas razões são inversas quando o antecedente de uma for igual ao consequente da outra, e vice-versa. 02/12/2014 Propriedade Fundamental 1 3   extremo meio SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 45 1 1 3 meio extremo
  46. 46. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 46 Proporcionalidade Inversa Como o nome indica, é a proporcionalidade entre um número e o inverso de outro. A principal propriedade deste tipo de proporção é que se mantida, ao contrário do que acontece no exemplo anterior, de quanto mais água mais açúcar, quanto MAIS de um elemento da proporção MENOS de outro.
  47. 47. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 47 Vejamos um exemplo: • Um motorista profissional que viajava constantemente de BH para Uberlândia, fez a seguinte tabela,após calcular a velocidade média. (V=Distância/tempo) • Obs: distância aproximada Distância percorrida Velocidade média Tempo gasto 560 Km 60 Km/h 9h33min 560 Km 70 Km/h 8h 560 Km 80 Km/h 7h 560 Km 120 Km/h 5h06min 560 Km 140 Km/h 4h
  48. 48. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 48 Observe a tabela. • Quando a velocidade aumenta, o que acontece com tempo gasto na viagem? • Quando a velocidade dobra o que acontece com o tempo gasto na viagem?
  49. 49. 02/12/2014 X 10 50 500 X   10 25.000 25.000 10 X  SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 49 Regra de três simples Chamamos de regra de três simples o processo de resolução de problemas de quatro valores, dos quais três são conhecidos e o quarto valor não. Devemos, portanto, relacionar as grandezas diretamente proporcionais e encontrar a incógnita em questão. – Exemplo: – Com o consumo de água em 10 dias é de 500m³, qual será a quantidade de água consumida em 50 dias? 10 500 50 X 3 2500 X  m 
  50. 50. 02/12/2014 20 160   160 125 8 160 20.000 800 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 50 Regra três composta Regra de três compostas é o relacionamento de grandezas diretamente proporcionais, inversamente proporcionais ou a mistura dessas situações. – Exemplo: – Em 8 horas, 20 caminhões descarregam 160m3 de areia. Em 5 horas, quantos caminhões serão necessários para descarregar 125m3? Horas Caminhões Descarga 8 20 160 5 X 125 25 5 125 5    X X X X
  51. 51. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 51 85
  52. 52. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 52 85
  53. 53. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 53 129
  54. 54. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 54 129
  55. 55. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 55 129
  56. 56. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 56 87
  57. 57. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 57 87
  58. 58. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 58 87 106* 2,99/ 100= 3,17 2,99*1.06 = 3,17
  59. 59. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 59 88 0.85 * 1540 = 1309 1540 – 15% = 1309 1540 * 0.15 = 231 1541 – 231 = 1309
  60. 60. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 60 88
  61. 61. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 61 88
  62. 62. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 62 88 / 89
  63. 63. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 63 89
  64. 64. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 64 89
  65. 65. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 65 90 15% + 100% = 115% 1,15 20% + 100% = 120% 4,5% + 100% = 104,5% 254% + 100% = 354% 0% + 100% = 100% 22,3% + 100% = 122,3% 60% + 100% = 160% 6% + 100% = 106% 1,20 1,045 3,54 1,00 1,223 1,6 1,06
  66. 66. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 66 90
  67. 67. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 67 90 que é = R$ 950,00
  68. 68. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 68 90/91
  69. 69. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 69 91 100% - 15% = 85% 0,85 100% - 20% = 80% 100% - 4,5% = 95,5% 100% - 254% = 154% 100% - 0% = 100% 100% - 22,3% = 77,7% 100% - 60% = 40% 100% - 06% = 94% 0,80 0,955 1,54 1,00 0,777 0,40 0,94
  70. 70. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 70 91
  71. 71. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 71 91/92
  72. 72. 02/12/2014 SOBRINHO, Samuel Rodrigues Lopes ssobrinhoo@gmail.com 72 92

×