A evolução da qualidade anhanguera

408 visualizações

Publicada em

A EVOLUÇÃO DA QUALIDADE
Segundo David Garvin as Quatro (4) evoluções da Qualidade no decorrer dos tempos.

Inspeção;
Controle Estatístico da Qualidade;
Garantia da Qualidade;
Gestão da qualidade.
O atraso da nossa percepção (Brasil) para a evolução do mundo para a Qualidade nos deixa mais ou menos com dez (10) anos defasados em termos de Gestão .

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

A evolução da qualidade anhanguera

  1. 1. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 1 2º Sem - 2014 18/06/2015
  2. 2. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 218/06/2015 Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho Formação Acadêmica: Pós-Graduação em Lean Manufacture Univille – Universidade da Região de Joinville Pós-Graduação Gestão da Qualidade Six-Sigma FAE Business School Graduação em Administração Industrial Univille – Universidade da Região de Joinville Técnico em Processamento de Dados / Técnico em Mecânica E-mail: ssobrinhoo@gmail.com
  3. 3. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 3 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL: Colaborador da Busscar Ônibus-S.A Área de atuação: Engenharia de Processo. Função: Analista de Processo. Atividade Foco: Área Dimensional. 18/06/2015
  4. 4. A EVOLUÇÃO DA QUALIDADE Segundo David Garvin as Quatro (4) evoluções da Qualidade no decorrer dos tempos. Inspeção; Controle Estatístico da Qualidade; Garantia da Qualidade; Gestão da qualidade. O atraso da nossa percepção (Brasil) para a evolução do mundo para a Qualidade nos deixa mais ou menos com dez (10) anos defasados em termos de Gestão .
  5. 5. OS GURUS DA QUALIDADE O conceito da Gestão da Qualidade Total (GQT) teve suas raízes no Japão. Seu criador Walter A. Shewhart considerado o pai do controle Estatístico e do PDCA não recebeu o devido valor nos Estados Unidos. Seus discípulos aplicaram no Japão e depois espalhou-se para os outros continentes e surgiu a partir de nomes como, Deming, Juran, Crosby e Feigenbaun. Cada guru, seguiu uma filosofia e, uma série de princípios para a adoção da Qualidade pelas organizações.
  6. 6. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 6 Walter A. shewhart 18/06/2015
  7. 7. • Nasceu em 1891, nos Estados Unidos. • Licenciou-se em Engenharia e fez Doutorado em Física na Universidade da Califórnia. BIBLIOGRAFIA
  8. 8. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 8 William Edwards Deming 18/06/2015
  9. 9. • Nasceu em 1900, no Estados Unidos. • Licenciou-se em Engenharia Elétrica fez Doutorado em Matemática e Física na Universidade de Yale. BIBLIOGRAFIA
  10. 10. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 10 Joseph Juran 18/06/2015
  11. 11. • Nasceu em 1904, na Romênia, filho de um sapateiro. • Emigrou para os Estados Unidos em 1912. • Falava romeno, alemão, hebreu e inglês. • Licenciou-se em Engenharia Electrotécnica pela Universidade do Minnesota e em Direito pela Universidade de Loyola, Chicago. BIBLIOGRAFIA
  12. 12. BIBLIOGRAFIA • Começou sua atividade profissional como gestor de qualidade na Western Electric Company. • Foi professor de Engenharia na New York University até decidir iniciar a carreira de consultor em 1950. • Juran é considerado o outro pai da revolução da Qualidade do Japão (colaborador de Deming), país onde lecionou e dirigiu ações de formação e consultoria.
  13. 13. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 13 Joseph Juran •Em 1979 fundou o Juran Institute, a instituição de maior atividade de promoção da qualidade teve desenvolvimento em todo o mundo. •Juran recebeu 40 prêmios internacionais de 12 países. 18/06/2015
  14. 14. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 14 A Trilogia Juran • Juran defende que a gestão da qualidade se divide em três pontos fundamentais: • Planejamento da qualidade; • Controle da qualidade; • Melhoramento da qualidade. 18/06/2015
  15. 15. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 15 Philip Crosby 18/06/2015
  16. 16. • Nasceu em 1926, nos Estados Unidos. • Licenciou-se em Engenharia. Sua carreira foi menos acadêmica que os demais gurus, com sua atuação primeiro em empresa e depois, em 1979, como consultor, montando sua própria empresa. Philip Crosby Associates. BIBLIOGRAFIA
  17. 17. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 17 Philip Crosby: O reformador da qualidade Philip Crosby – Filósofo da gestão empresarial – Autor – Palestrante – Educador – Executivo e empresário 18/06/2015
  18. 18. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 18 Philip Crosby: o reformador da qualidade Começou sua carreira profissional na linha de montagem e tornou-se conhecido por ser o criador do conceito de Zero Defeitos quando desempenhava como gerente da qualidade na Martin Marietta em 1961. Seu livro “Quality is Free” (traduzido para “Qualidade é Investimento”) publicado em 1979, deu início a revolução da Qualidade nos EUA e na Europa e vendeu mais de 1,5 milhões de exemplares sendo traduzido para 15 idiomas. 18/06/2015
  19. 19. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 19 Kaoru Ishikawa 18/06/2015
  20. 20. • Nasceu em 1915, no Japão. • Licenciou-se em Química Aplicada pela Universidade de Tóquio em 1939. • Foi o primeiro a utilizar o termo Controle de Qualidade Total e desenvolveu as Sete Ferramentas, nas quais considerou que qualquer pessoa pudesse trabalhar e que o distinguiram em relação à outras abordagens que colocavam a qualidade nas mãos dos especialistas. • Criou os CCQs (Círculo de Controle da Qualidade), que são “um pequeno grupo de trabalhadores, de uma mesma área, formado para desempenhar atividades de controle da qualidade. Este grupo procura continuamente a desenvolver suas habilidades e resolver os problemas relativos a qualidade no seu local de trabalho, através do uso de técnicas de CQ (controle da qualidade) e da participação de todos os membros." BIBLIOGRAFIA
  21. 21. 1. Gráfico de Pareto. 2. Diagramas de Causa-Efeito (Espinha de Peixe ou Diagrama de Ishikawa). 3. Histogramas. 4. Folhas de verificação. 5. Gráficos de dispersão. 6. Fluxogramas. 7. Cartas de controle. As Sete Ferramentas de Ishikawa
  22. 22. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 22 VICENTE FALCONI CAMPOS 18/06/2015
  23. 23. • Nasceu em 1940, no Brasil. • Licenciou-se em Engenharia de Minas e Metalurgia(1963) (UFMG); • Instrutor de ensino (1964) no Depto. De Eng. Metalúrgica (UFMG); • Iniciou estudos de Pós-Graduação (1966), nos Estados Unidos; BIBLIOGRAFIA
  24. 24. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 24 John Frances Welch Jr. 18/06/2015
  25. 25. • Executivo de eletrônica, John Frances Welch Jr. (Jack Welch) nasceu em Salem, Massachusetts, USA. Ele entrou na General Electric (GE) após fazer doutorado em engenharia química (1960). •Com um marketing agressivo e conhecimento em Qualidade, materiais, bens de consumo e dos serviços da empresa, ganhou constantes promoções (vice-presidente em 1972, vice- presidente sênior 1977, vice-presidente master em 1979), até se tornar o presidente e CEO da GE em 1981. BIBLIOGRAFIA
  26. 26. • SIX SIGMA O caminho para os zero defeitos. • Ter capacidade real para entregar resultados finais e não apenas soluções técnicas. • Para atingir o Six Sigma deve-se reduzir o número de defeitos na produção. E para atingir esta meta é preciso o treinamento dos colaboradores. IMPLATAÇÃO SIX SIGMA NA GE
  27. 27. AS FERRAMNETAS DA QUALIDADE E SUAS DATAS DE CRIAÇÃO
  28. 28. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 28 PDCA ano 1924 Na prestação de serviços é preciso buscar sempre melhorar cada vez mais e para tal recomenda-se utilizar a ferramenta da qualidade total conhecida como ciclo PDCA. Esta ferramenta está dividida em quadro etapas que sistematizam e equacionam os problemas á medida que são completadas cada uma. 18/06/2015
  29. 29. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 29 PDCA ano 1924 O método PDCA que se baseia no controle de processo, foi desenvolvido na década de 30 pelo americano SHEWHART, mas foi DEMING seu maior divulgador , ficando mundialmente conhecido ao aplicar os conceitos de qualidade no Japão . As etapas do PDCA são as seguintes: P ( Plan = Planejar) D ( Do = Executar) C ( Chek = Verificar ) A ( Action = Agir) “Nada substitui o conhecimento” Segundo Deming 18/06/2015
  30. 30. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 30 PDCA Eduque e treine Determine os métodos para alcançar as metas P Planejar D Executar C Verificar A Agir Defina as metas Execute o trabalho Verifique os efeitos do trabalho executado Atue no processo em função dos resultados PLAN DOCHECK ACTION 18/06/2015
  31. 31. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 31 PDCA + SDCA Eduque e treine Determine os métodos para alcançar as metas P DC A Defina as metas Execute o trabalho Verifique os efeitos do trabalho executado Atue no processo em função dos resultados PLAN DOCHECK ACTION Eduque e treine Determine os métodos para alcançar as metas Determine os métodos para alcançar as metas P DC A P DC A P DC A Defina as metas Execute o trabalho Execute o trabalho Verifique os efeitos do trabalho executado Atue no processo em função dos resultados PLAN DOCHECK ACTION Diretrizes anuais da alta administração Melhora Mantém Metas Anuais P DC A Padronização Produtos S DC A Ação corretiva Revisão periódica dos problemas crônicos Priorização 18/06/2015
  32. 32. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 32 PDCA X Ferramentas P Identificação do problema1 - Gráfico de pareto - Amostragem - CEP - Estratificação; Folha de verificação - Histograma e medidas de locação - Diagramas de dispersão - Amostragem Observação das características do problema 2 Análise das causas principais3 - Estratificação; Folha de verificação - Pareto; Causa-efeito; - Histograma e medidas de locação - Diagramas de dispersão - Amostragem; Intervalo de confiança - Planejamento de experimento - FMEA Plano de ação4 - Diagrama de árvore; - 5W1H 18/06/2015
  33. 33. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 33 PDCA X Ferramentas Execução conforme o plano de ação5D - Estratificação - Folha de verificação - Amostragem C Verificação da efetividade das ações6 - Estratificação - Folha de verificação - Gráfico de pareto - Histograma e medidas de locação - CEP; Amostragem - Intervalo de confiança 18/06/2015
  34. 34. Samuel Rodrigues Lopes Sobrinho ssobrinho@gmail.com 34 PDCA X Ferramentas A Padronização com eliminação das causas7 - Estratificação - Folha de verificação - FMEA Conclusão e revisão das atividades8 - Ferramentas de planejamento 18/06/2015
  35. 35. O prêmio seria atribuído à empresa que mais se destacasse na área da Qualidade em cada ano. Em 1951 foi criado o Prêmio Deming no Japão. Em 1987 foi criado o Prêmio Malcom baldrige nos USA. Em 1991 foi criado o Prêmio Europeu da Qualidade na Europa. Em 1992 foi criado o Prêmio Nacional da Qualidade – PNQ – no Brasil. A CRIAÇÃO DAS ENTIDADES DE PREMIAÇÃO DA QUALIDADE

×