SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
Passatempos Missionários #2 – MAR 2014
EDITORIAL - Passatempos Missionários é uma publicação do blog
Veredas Missionárias, e objetiva transmitir informações relevantes, direta e
indiretamente ensinando e despertando a Igreja sobre a importância e a
urgência da causa missionária, tudo isso através de divertidos
passatempos.
Esta edição é dedicada àqueles que são considerados os oito grupos ou
segmentos menos evangelizados do Brasil. Já há algum tempo, o
missionário Ronaldo Lidório (www.ronaldo.lidorio.com.br) e outros vêm
informando e conclamando a igreja brasileira para a necessidade de
alcançar tais grupos. O que sua igreja tem feito em relação a esses
segmentos? O que você em particular tem feito? Informe-se, interceda,
contribua, envie alguém, vá até eles!
Este é um material totalmente gratuito, sem cores denominacionais,
concebido para ser livremente distribuído entre a membresia de igrejas
evangélicas, seminários, classes de escola dominical, grupos e células,
cultos e eventos de Missões etc.
Redação e edição: Sammis Reachers
<<<<<<<<<<<< Imprima, tire cópias e distribua! >>>>>>>>>>>>
www.veredasmissionarias.blogspot.com.br
www.equattoria.blogspot.com.br
(Você pode baixar cópia deste e de outros recursos gratuitos no blog)
QUIZZ
1) A quem pertence a bandeira ao lado?
a.( ) Bandeira do povo Cigano;
b.( ) Bandeira do Quilombo de Palmares;
c. ( ) Bandeira de Niterói (RJ), cidade
fundada por índios Temiminós.
2) A culinária indígena influenciou na formação da culinária brasileira,
não apenas com ingredientes como a mandioca e o milho, mas
também com pratos prontos. Três desses pratos são:
a.( ) Pirão, beiju e tacacá;
b.( ) Mungunzá, vatapá e acarajé;
c.( ) Pão-de-ló, caldo verde, churrasco.
PASSATEMPOS
Quilombolas
Os QUILOMBOS ou mocambos, cujas origens remontam à época
colonial, foram inicialmente comunidades formadas por agrupamentos
de escravos fugitivos. Posteriormente alguns abrigaram também
escravos ALFORRIADOS (libertos). Buscavam para abrigo florestas e
regiões isoladas, para evitar a dura perseguição. Há ocorrência deles
em praticamente todo o BRASIL.
Em alguns quilombos, buscava-se retomar práticas de vida e cultura
típicas da África, havendo até a nomeação de reis TRIBAIS.
Muito famoso foi o Quilombo de PALMARES, localizado em
Pernambuco, e que chegou a ter 30 mil habitantes, tendo durado 94
anos. O herói ZUMBI dos Palmares chefiou durante algum tempo o
quilombo. Outro quilombo famoso foi o de Campo Grande, em Minas
Gerais, que chegou a POSSUIR quase 20 mil habitantes.
Atualmente, cerca de 2 mil comunidades quilombolas foram legalmente
reconhecidas e certificadas pelo Estado brasileiro, com alguns de seus
moradores recebendo o TÍTULO de posse da terra e outros benefícios.
A Fundação Palmares (www.palmares.org.br), instituição federal
focada na promoção e preservação da arte e CULTURA afrobrasileira,
é a responsável pela certificação. Estima-se em 600 o NÚMERO de
comunidades quilombolas sem igreja evangélica nelas ou nas
proximidades.
Algumas das principais comunidades quilombolas do Brasil são:
Rio das Rãs, localizado próximo a Bom Jesus da Lapa (BA) -
CAMPINHO da Independência (próximo a Parati - RJ) - Boa Vista
(próximo ao município de ORIXIMINÁ - PA) - Frenchal (próxima a
Mirinzal - MA) - CAFUNDÓ (próximo a Sorocaba - SP) - Kalungas
(próximo a Monte Alegre e Cavalcante - GO) - Caxambu (Rio
Piracicaba - MG) - Ivaporunduva (região do VALE do Ribeira - SP).
P D Y L S Z R O A N T P A L M A R E S S C N S Z Y O V I J
X X N X N I U U H T O A O D N U F A C O U A Z Y L U A B S
L L Q Q Z G A M E B R N S I M C Y R T B Q K M U U D L M F
T L H U J Z U B B G F U M O U I Y M G M I Y T P X W E X A
H E B T X C N Z I I K I J L D Q I Y K O P I D L I I V R E
C X O P D D D L C R X E T S A A U B K L T V N K V N K Q V
L H F Q O L D U Q I T U L X H E I I K I C Z N Q K I H W M
I L F R O R T L R A R A I W P X L R U U X B K P I P V O O
C Q E T I S J O V A I K S V O D J N R Q T T N F N C Y Z N
M X Y F D B K I L O W J A I S X V M A O V N U M E R O J K
Z G O Q A X J E Y W R B R C S J S N H D F M F F O U T R N
D I K E C A Y C Y T X S B N U A N Y C P A L B A L A U Z D
I W C H R L T K H D E R W E I W P V S I C R A M M P S T O
X E J B N D G J C F X X G D R N I M T U K S E R N K I T X
Povos Ciganos
Acredita-se que os ciganos tiveram sua origem no subcontinente
INDIANO, devido à sua língua, o ROMANI (que por sua vez comporta
diversos dialetos), possuir semelhanças com línguas daquela região.
Conhecidos pela característica de ser um POVO nômade, que evita
fixar residência permanente (embora atualmente muitos grupos tenham
abandonado essa característica), os CIGANOS sempre foram alvo de
perseguição e preconceito, acusados de ladrões, místicos e
desordeiros, acusações tantas vezes infundadas. Estão presentes em
diversos países do mundo, notadamente na EUROPA.
Em geral, os povos ciganos não possuem uma mesma identidade
religiosa, normalmente adotando as religiões dos PAÍSES onde vivem.
Ao contrário do que se pensa, os ciganos possuem grande variedade
sociocultural, com grupos muito diferentes entre si. Entre eles, ainda é
grande o índice de analfabetismo, principalmente entre as mulheres.
Os ciganos dividem-se em diversos grupos, dos quais os mais
importantes são: sinti, rom (roma) e calon. No Brasil, os mais presentes
são os rom (roma) e CALON.
Os primeiros a chegarem ao Brasil, ainda no período COLONIAL,
foram ciganos calon, oriundos da Europa (principalmente Portugal e
Espanha). Nos séculos XIX e XX chegam os roma e outras linhagens.
No Brasil, estimativas de associações ciganas e do governo dão conta
de 800 mil a 1 milhão de ciganos vivendo no país atualmente.
As maiores comunidades ciganas no Brasil encontram-se em Nova
Iguaçu (RJ), e nos estados de Minas Gerais e BAHIA.
Estima-se que existam atualmente apenas 14 missionários de tempo
integral trabalhando entre os ciganos. Um dos MINISTÉRIOS que
trabalham especificamente entre ciganos é a Missão Amigos dos
Ciganos – www.amigosdosciganos.blogspot.com.br
Y L C B O D N C S F R D U Q X O H H N H E P E N O L A C Z
K I A A V V C S O P E D U B N O N Y W Y L J L W Y G O C N
Y R O I I I O J N F F M P A N O W N A Q F Z C A H H C N H
W S B C N P J P A X H B I G K O J J M O U R U W E E Y C A
C K L C Q O U I G J H D W S O I R E T S I N I M U L G Y U
B Q N B L E L B I K N P S Y J Z X Q V D A P D C R V G E D
K X L Z F Q A O C I Z N L N V P L C U B M A C B O V B T T
A I W X F H R F C H G I E S P A I S E S R J C X P T Q G T
P M F T I Y H E T Q R B G X O R D L Q G Z O L K A C E T X
O A Q A D G A Q N L Q K R W C H L M P U E Z M R K D W U S
L O I S X Z Q I N Z N K R T S O E L Z S E I B A O K R H K
S N Y H U D J G K E A Z G U Y N Y Y G O I K C O N X L Y I
U E S C J A R H C G B B J E L S Y C C S I Z M Q Q I B H L
Imigrantes
Especialistas consideram que as pessoas que chegaram ao BRASIL
até 1822, ano da independência do Brasil, eram colonizadores. A partir
desta data, com a nação independente, passam a ser considerados
imigrantes.
O Brasil tem recebido, ao longo de sua história, IMIGRANTES de mais
de 100 países diferentes. Dentre esses, 27 são oriundos de países
fechados à evangelização, ao Evangelho.
A recente CRISE econômica que abalou o mundo teve relativamente
poucos efeitos sobre a economia brasileira, que obteve bons resultados
no período, passando o país a ser visto como promissor campo de
TRABALHO. Entre 2010 e 2011, quase 600.000 pessoas imigraram
para cá.
Outro fenômeno recente é a chegada de HAITIANOS, principalmente
pela fronteira do ACRE (por onde também entram senegaleses),
notadamente após o grande terremoto que arrasou o país em 2010, e
pelo fato do Brasil chefiar uma missão de paz da ONU naquele país, o
que aumentou os laços entre nossos povos.
Em Foz do Iguaçu (PR) há um grande núcleo ÁRABE, com indivíduos
de diversos países muçulmanos. Em São Paulo chegam bolivianos e
peruanos (dentre outros sulamericanos) para trabalhar em confecções
e fábricas (muitos de maneira ilegal). CHINESES e coreanos também
têm vindo ao país. Quem, em nossas grandes cidades, nunca se
deparou com uma das lanchonetes dirigidas por chineses?
Em quantidades totais, os maiores contingentes de imigrantes no Brasil
são: portugueses, depois italianos, espanhóis, ALEMÃES e japoneses.
São Paulo é o estado brasileiro que mais recebeu e recebe imigrantes.
T D D C U T Q B Y N A X K J A E X D L C H N Q Q P E M E Z
E R V O Z T L S Q R D P O L R P A M M G U E O U E J G B A
S D A L I S A R B Y D Z E C S P O T J T C U X P G J B A P
B R F B D U Y M J C B M A A O Q K I M J A J C S T F N R N
A P I Q A L G U I S A E C S U L Z K Q F Y W J Y H G B Á N
M A U I M L E E E E H I H I H H O B D B S R L X Z N Y I I
Z N C S A X H T S S Y O I G E G O H X V X N X W U U G L H
Z W G I C I N O T I I M N D T F I G V I N P G S N G H V V
N I J G J A V G W D R Y E Y Y O U E G Y V P O P N Z J M D
N Z I Y R I T P S L N C S F D Q P A X C N X R Q L X S T Q
R G R G J G P Q R Y D N E U N U P R T R R S A W K U H T W
M K I F J P K J O A H N S U P B D P M S H A I T I A N O S
J M O S W R M U L R O W P G A Z W B C M Q D V W A Q P U O
I F R K N F Z Q M M F H U A E T T L I L R C P G J U P K V
S S I J Q Y A L C M O M I B U O N U L U Y L R R V J G B N
Sertanejos
A região conhecida como Sertão Brasileiro ou Sertão NORDESTINO
estende-se por grande parte da Bahia, Pernambuco, Paraíba, Rio
Grande do Norte e Piauí; por todo o estado do Ceará; e por uma
pequena parte de SERGIPE e Alagoas, além do norte de Minas Gerais.
Frutos do contato entre brancos e índios principalmente, os povos
SERTANEJOS habitam em regiões onde a ÁGUA é escassa (índice
pluviométrico médio de 750 mm anuais). O CLIMA é quente e seco. Os
pastos, poucos e ralos, são avidamente consumidos pelo gado bovino
e CAPRINO.
Com sua dieta em geral baseada em MANDIOCA (macaxeira) e seus
derivados, feijão, milho, carne seca ou de bode, dormindo em redes
(herança indígena), espalhados em pequenos ASSENTAMENTOS por
todo o interior nordestino, muitas vezes desassistidos pelas
autoridades, o sertanejo é um forte. Em muitos LUGARES, estão ainda
à mercê dos grandes latifundiários, os ‘CORONÉIS’ donos das terras e
da água.
Altos índices de analfabetismo, desnutrição, POBREZA. Longos
períodos de seca. População humilde, CATÓLICA, prisioneira de
superstições e sincretismos: essa é a realidade do sertão.
Estima-se que existam 6.000 assentamentos sertanejos sem a
presença de IGREJAS evangélicas, neles ou nas proximidades.
No site www.21diasdeoracao.com.br é possível acessar uma listagem
dos 195 municípios nordestinos com índice de evangélicos de 0,8 a 5%
da população. Muitos desses municípios estão localizados no sertão.
C G I M Z Z G A N N P H C W B Q Z O M H I C K H K D I L L
F C K O D Q F B C E O L G W I J Q A W F M G L C R W E U L
D E K O T S S X B I U R X J T A N P N U G R R Y V R L G B
N T T P R D M J S C L C D D X D A T Z X R I D E H B L A A
A S S E N T A M E N T O S E I A U G A E D E B E J N B R Y
R J T R M E T M R S P J T O S P O B R E Z A J P Z A O E E
X H C Q G F L F T U Z I C A I T J T S K S E E I C N S S Z
S Z P N Y W K B A P J A C A C H I Y K Y B H W G I N R C N
E P M D I L M V N M K L S R R P U N D K F R L R A V L L N
X I A A Z N L B E A X C Y U P W E K O B D V P E K I K A L
V H B P Y M F H J O B M U O Z H U P U L U A F S M J M L B
K U R L Q J L Y O S R K R Y V G I V A O C V C A B B A V G
S T B R K B F L S V S J K N C G B C A U P Y D S L A J S S
Z T G F H K O Q D V V U A H N L V V J A H A X V N N D M V
F Q M R I K D G G T R W X R S V D A V M Q K J R T F V E Z
N Z O J W S I E N O R O C S J G S V G I P D S X E Y Y J S
S S B W V X E O U A C G R Z X G Q E B Q A X Q Z F W G S H
A Y N M Q Q C F Q I X B G J S I Q U T O G I N N W F U G L
Indígenas
O Brasil possui em torno de 340 grupos e subgrupos indígenas, os
quais falam 189 LÍNGUAS. Desses 340, 121 nunca ouviram falar do
Evangelho. E se você imagina que essas tribos estão apenas na
imensidão da Floresta AMAZÔNICA, engana-se: apenas no Nordeste,
existem 57 TRIBOS, sendo que 23 delas permanecem não alcançadas.
As tribos indígenas brasileiras estão divididas de ACORDO com o
tronco linguístico a que pertencem, que são principalmente o Tupi-
Guarani (litoral do país), o Macro-Jê, e o Aruak, embora existam outras.
A contribuição dos índios para nossa CULTURA é imensa. Seja pela
culinária, pelas palavras (mais de 20.000 anexadas ao português), seja
por práticas como o banho DIÁRIO ou o dormir em redes, por exemplo.
Um problema comum, principalmente nas tribos mais urbanizadas ou
que tiveram maior CONTATO com o homem branco, é o alcoolismo.
A Missão ALEM (Associação Linguística Evangélica e Missionária -
www.missaoalem.org.br) oferece TREINAMENTO para quem deseja
ser um missionário tradutor da Bíblia, com foco especial em nossos
povos indígenas não alcançados. A Missão Novas Tribos do Brasil
(www.novastribosdobrasil.org.br), dentre outras, tem prestado também
relevante serviço de EVANGELIZAÇÃO entre nossos indígenas.
Por diversas dificuldades levantadas pela FUNAI (Fundação Nacional
do Índio) à presença de missionários entre algumas tribos, tem-se
incentivado aquilo que se chama de a Terceira Onda Missionária, onde
os próprios indígenas, CONVERTIDOS, evangelizam outros indígenas,
seja da mesma ou de outras tribos. Note-se o trabalho realizado, nesse
sentido, pelo CONPLEI (Conselho de Pastores e Líderes Indígenas).
X C E K D O C L A I G A Y K O K C C U Z M A S O B I R T M
Q O S A P O T C A C C F B U I A O L U L Q V R M U T R G H
B R U K N X I N Z R Q S B A R Y N V V L T A F C X Z Q K K
E Y A T E N U L E L I N G U A S P R D S T A N W N I O D D
S A A Y O F F Z Y M J P F H I Q L E J O L U N Q X I L M V
J T C Z J T Z J P L A E G T D N E K K D Y J R V M X J P C
O M A J N Y P J W A A N L U F W I Y K I F X C A M M L M P
T M I D X I F R U F B W I L A W E Q H T T V B C E Z O A M
A E V Y R Z J P J D K O C E D N Q R Y R S N X Y T I X Q Y
K Z U G G M K N M U A M D L R Q C I R E W D H X B D W A S
K M U N S R C Z I D G G Q R D T R D Z V I S N O P X W U L
J D R D F R T U U V B Z M H O F C J Z N G W S F C Y W X U
W M G P I U L P O L X O C B M C Q R U O A B N J I G Q X D
X T S L U A O A C A Z I L E G N A V E C P D C J A S Z Y X
O G T L C O T I I J U A Y S J M C A L E M Y E B U P Y P R
V Z U P U F Y V M G S I U B J K Q I C M Q Y U E S O R Q G
Os mais ricos dentre os ricos
Um dos segmentos menos evangelizados do Brasil, o mais RICOS
dentre os ricos, pode ser também um dos mais duros ‘campos
missionários’. Isso a própria BÍBLIA deixa claro, ao falar da dificuldade
maior de os ricos entrarem no Reino dos Céus (Mt 19:22-24). Como
disse certo pregador: “”Nunca haverá muitos VERDADEIROS cristãos
ricos, mas haverá alguns.” Pois muitos deles são pessoas ávidas pela
verdade, mas vazias ou enganadas espiritualmente, e que muitas
vezes, por incrível que possa parecer, nunca ouviram uma explicação
satisfatória do EVANGELHO.
Pesquisas apontam a existência de mais de 165.000 MILIONÁRIOS no
Brasil (considera-se milionário aquela pessoa que possui mais de um
milhão de DÓLARES em ou para investimentos, não considerando-se o
valor de sua habitação principal). Já o número de BILIONÁRIOS
brasileiros chega a 65, Segundo a revista Forbes, e tende a mais que
DOBRAR em 10 anos.
Ilhados em seus condomínios de LUXO e mansões, muitos
escravizados pela MÁQUINA de fazer mais e mais dinheiro, sempre
ocupados em seus NEGÓCIOS, ou então usufruindo em lazeres a vida
que sua riqueza proporciona, eles estão ESPALHADOS por todo o
pais, com concentração maior no Sudeste, principalmente nas cidades
de São Paulo e RIO DE JANEIRO.
Ainda que a desigualdade econômica e social tenha diminuído nos
últimos anos, em virtude da melhora na ECONOMIA e de programas
sociais do Governo (como o Bolsa-Família), o Brasil segue como um
dos CAMPEÕES mundiais em desigualdade, com poucas pessoas
possuindo muito (recursos, terras etc.), e muitas possuindo tão pouco.
V Z F F G B G A P M G B D O C E H N A H U M O A Y M Q K G
Q E C Q I E I E Q S I D Y R Z L D G W M A I X V C W U K U
R Y R B M M J S M L W D V J B N D I S A R L U L K O H X I
E Q L D O P I D I V Z P L Y P A N X O Q N I L Y S N F R L
U I J N A N C O N K R A R B O D Z N I U E O T D S X U L Q
A O O X V D N Q K X H Y O F H P Y N C I L N J I K T S T X
Z C H W V A E S O D A H L A P S E H O N F A I J E L O I T
E S X L R W R I O D E J A N E I R O G A N R K X V B S O J
A I H I E T P Q R S D O Q Z T L H H E I V I L M Z C Y Z Q
I E O W M G G D C O O O U U I F L V N N B O B A Y X G E Q
U S D M D C N A M I S C L G P U P E A K G S Z O E C G H K
K J C Z A W Z A K R M Q I A H U D B D E H R F K N P U Y J
B P Y H K L F G V S J D Y R R M O F Z X C R S P L J R W N
W D R V Z X J Z E E M H J S H E Z A O J H A Z Z Y U B A G
C A M P E O E S U P C G O H D V S W E H K G B Z N N Q G Y
Ribeirinhos
A AMAZÔNIA possui a maior bacia fluvial do mundo: são 7 milhões de
quilômetros QUADRADOS, que se estendem por oito países. O rio
Amazonas possui mais de 7 mil AFLUENTES, e 25 mil quilômetros de
vias navegáveis. E é por tais extensões de águas que se espalham os
RIBEIRINHOS. Apenas na Amazônia brasileira, estima-se que existam
37.000 comunidades ribeirinhas, sendo que 10.000 delas não possuem
a presença de IGREJAS evangélicas, nelas ou nas proximidades. A
imensa maioria das comunidades ribeirinhas da Amazônia só pode ser
alcançada por via FLUVIAL (barcos), em viagens que podem durar
diversos dias.
Mas quem são os ribeirinhos? Ribeirinhos são pessoas que vivem às
margens dos rios, alimentando-se principalmente da PESCA artesanal,
mas também da caça, extrativismo (recolhendo os ALIMENTOS que
encontram na floresta), e da agricultura de subsistência. Suas casas de
MADEIRA são construídas sobre palafitas, devido às constantes cheias
dos rios e IGARAPÉS*.
Além do Amazonas, alguns dos principais rios da Amazônia são o Rio
Negro, Rio SOLIMÕES, Rio Araguaia, Rio Nhamundá, Rio TAPAJÓS,
Rio Tocantins, Rio Madeira, Rio Xingu.
*Igarapés são pequenos RIOS ou braços de rio, em geral estreitos e de
pouca profundidade, aptos apenas para a navegação por CANOAS ou
pequenos barcos.
S Q W A V C Y X S F I P P Q H T Z Q F M O Y K U K J J R V
E X F R V K X O I C G Y E L P E I T O U J D C N L K F S P
B Y N I I O J O S L A H T S C W J S W Z D R P W E L Q A G
U F W E D A E E J Y R X T W C W J Y Z W L S V V I B B U Q
T K R D P N T W B Y A L G C H A W S B K J Q Z E S C I D F
P Z B A A N W J H S P F A Q J X D Y O M Q S C Q P B U P T
L H T M E I B J F O E Y P I Y C L Y R H S I B D I V A H D
W J S U J X Q L B D S J T S V Q Y I C I N T S S Y A U J D
M T L R R M C Y D A L G M X K U C C T W V I O W Y H X Y E
P F C A N O A S H R A X A B C D L Q I D P L R P T F Q A A
A C J A W G Y G I D N M L Y X E S F W F I C O I X W J G L
L B F Q W E Z E Z A Z K A W K K A G P M A Y M D E V P N I
R C J C R O X Y A U Y Q K Z B X W N O K A F S P H B Z W V
T J Q X N J B P X Q G J A Z O G Z E O E I B V H L T I X Q
V K W Q T G M H I C L I S P I N S K R I J K L U T F I R N
M P B C S A J E R G I X B R N D I F I Y W Y N X F D L A U
D M A I T Y V T K N V Z H I C E B A O I M B O R C O B M C
T K Y K Y S O D C E A L I M E N T O S P B M B Z A N F C H
Y K H M F K H C D U V F S P Z L K P B E J H L A G X D J X
W X Q R C M D U F C T W H E Q X J O A M X O N Y T M P H C
Os mais pobres dentre os pobres
Em economia, costuma-se falar em linha de pobreza e linha de
pobreza extrema, também chamada indigência. Governos, entidades
internacionais e ONGs não possuem um consenso sobre como efetuar
essas medições, cada qual adotando padrões diversos. Segundo o
GOVERNO brasileiro, vivem em pobreza extrema pessoas que
recebem uma renda mensal per capita (por cabeça) de até 70 reais. No
Brasil, em torno de 4% a 7% da população encontra-se nesta condição.
Os programas sociais do Governo (como Bolsa-Família, Bolsa-Escola
etc.), mesmo com os problemas que apresentam, têm contribuído
significativamente para a diminuição da POBREZA extrema no Brasil.
Os cinco estados brasileiros onde é maior o índice de pobreza extrema
são: MARANHÃO, Alagoas, Piauí, Pará e CEARÁ. O estado onde esse
índice é menor é Santa Catarina.
Um subgrupo a ser considerado é o daqueles vitimados pelo trabalho
ESCRAVO ou análogo à escravidão. Segundo dados do Índice de
Escravidão Global, há no Brasil 200 mil PESSOAS nesta situação.
Mas, para além dessas estatísticas, há uma categoria de pessoas
‘invisíveis’ aos recenseadores: os moradores de rua, sobre os quais
não há estimativas oficiais sobre sua quantidade. Números não oficiais
dão conta de até 1,8 milhão de pessoas morando nas ruas, em
situação de MENDICÂNCIA. Fatores como alcoolismo, uso de drogas,
doenças psiquiátricas (além de problemas ESPIRITUAIS), problemas
familiares ou simples falta de oportunidades, de perspectivas na vida, e
de ajuda efetiva por parte de quem quer que seja (Estado, Sociedade,
IGREJA), são as causas da dificuldade de reabilitação dessas pessoas.
Muitos preferem não vê-los, ou acreditar que ‘para esses não há
solução’. São geralmente os INALCANÇADOS mais próximos de nós.
Estão sempre ao alcance de um abraço, de uma mão estendida.
M A R A N H A O G E P M D A V M Z E W M F B P H W A S A D
P M S Q R Y X T S O H G T G S A O S S E P E X B Q I J I Z
N B M Y R Q V C T U V W R Z G L L O E U L V U Z A C X M Z
E C A F X S R O P L C E V L O X N O X Y H S F U Z N M F N
Q Z W R G A B Y O T K T R S Z F F C U E L L T D G A D T C
N A D A V R H Q B Z X T Z N U D E Q L R L I J W O C F S W
S A T O R T C S R Q Q N A Q O P S H I S R C K R V I K U S
N G C A D O S A E X T R H H R A D D J I K Z D C I D W L I
H D O L T D R J Z V A F Y Y M H Y P P Q P Y Z T X N Q J F
X Q T J A U E E A E U M S P B H R S U K N N B S V E H W V
X Y L U Z N Y R C C I I M Z K F E U F H B U Z W T M S I V
L K O O E M I G N C I B X E W K L X V G A H N V N H L T C
X S O S V V C I Z X I N Z H F C T N C A R B Y J F X Z N C
R W R J Q Y W A I Z S W D C A F I U G P F M K V Q Z Z E P
CRUZADAS
1. Como é chamada a canoa utilizada por ribeirinhos amazônicos,
talhada numa única peça (ou tora) de madeira.
2. O terceiro estado mais rico do Brasil.
3. O estado mais populoso da região Nordeste. É também o estado
brasileiro que reúne o maior número de comunidades quilombolas.
4. Estado brasileiro que concentra o maior número de imigrantes
japoneses.
5. Para viagens com destino à região Norte do país, bem como para
certos países, o Ministério da Saúde recomenda que se tome a vacina
contra a Febre ? , que deve ser tomada ao menos 10 dias antes da
viagem, e vale por 10 anos.
6. Estado brasileiro que concentra o maior número de indígenas.
7. O Dia Nacional da Consciência Negra, também chamado de Dia de
Zumbi dos Palmares, é comemorado anualmente no dia 20 do mês de
?
8. Como é chamada a prática divinatória da leitura de mãos, praticada
por algumas mulheres ciganas?
Reflexão Missionária
Não há nada no mundo ou na igreja que torne impossível terminar de
evangelizar o mundo ainda nesta geração, a não ser a desobediência da
própria igreja. - Roberto Speer
Se aos olhos de Deus você não pode dizer que tem a certeza de ter uma
chamada especial para ficar em casa, por que você está desobedecendo
o comando simples do Salvador para ir? - J. Hudson Taylor
Hoje, 112 anos depois de sua criação, 94% das pessoas do mundo
reconhecem o logotipo da Coca-Cola. Em 112 anos, pudemos alcançar o
mundo por causa do LUCRO. Mas não pudemos fazê-lo para a glória
de Deus, em 2.000 anos. - David Sills
A dimensão da grande comissão é tão extensa quanto a humanidade,
isto é, abarca todas as áreas geográficas, classes sociais e culturas. -
Timóteo Carriker
Se você encontrar uma cura para o câncer, não será inconcebível
ocultá-la do resto da humanidade? Será muito mais inconcebível
guardar silêncio se você tem a cura para o eterno salário do pecado, a
Morte. - Dave Davidson
Se você tem a visão de alcançar o teu bairro, a tua cidade – ou melhor,
todo o Brasil, regozija-te! Você está vendo quase 5% do coração de
Deus. Pois essa é a porcentagem desta população comparada com toda
a população mundial. Expanda a tua visão para todo o mundo - e
conhecerás os outros 95% do coração de Deus. - Bob Sjogren
Evangelização é a tarefa perpétua de toda a igreja, não o passatempo
peculiar de alguns de seus membros. - E. Wilson Carlisle
Um Grande Compromisso com o Grande Mandamento (o amor) e com
a Grande Comissão (fazer discípulos de todas as Nações) edificará uma
grande Igreja. - Rick Warren
A Bíblia não manda que os pecadores procurem a igreja, mas ordena
que a igreja saia em busca dos pecadores. - Billy Graham
QUIZZ
1. Doença comum em países de clima tropical e subtropical, típica da
região amazônica, e que é conhecida também como Febre Terçã ou
Maleita. Seus sintomas são febre alta, calafrios intensos que se
alternam com ondas de calor e sudorese abundante, dor de cabeça e
no corpo, falta de apetite, pele amarelada e cansaço. Dependendo do
tipo da doença, esses sintomas se repetem a cada dois ou três dias.
a( ) Febre Amarela
b( ) Febre Tifóide
c( ) Malária
2. Não se podem confundir imigrantes com refugiados. Enquanto o
imigrante é alguém que viaja com o objetivo primário de conseguir
trabalho ou melhores condições de vida, o refugiado é, segundo a
Convenção de Genebra 51, “toda a pessoa que, em razão de fundados
temores de perseguição devido à sua raça, religião, nacionalidade,
associação a determinado grupo social ou opinião política, encontra-se
fora de seu país de origem e que, por causa dos ditos temores, não
pode ou não quer regressar ao mesmo.” Ou seja, o refugiado é alguém
que foge de seu país por ter ou considerar ter sua vida ou sua
integridade física e liberdades em risco.
O Brasil já recebeu refugiados de mais de 45 países, embora nem
todos sejam reconhecidos pelas autoridades como tais. Até hoje, de
qual país veio o maior número de refugiados, legalmente reconhecidos,
no Brasil?
a( ) República Democrática do Congo
b( ) Angola
c( ) Colômbia
3. No mapa ao lado, estão assinalados
os três estados menos evangelizados do
Brasil, todos localizados na região
Nordeste. Quais são eles?
a( ) Maranhão, Ceará e Alagoas
b( ) Piauí, Ceará e Sergipe
c( ) Piauí, Pernambuco e Rio Grande do
Norte
CRUZADAS
1) Próspera cidade brasileira que possui a maior frota de helicópteros
particulares do mundo, superando até mesmo Nova Iorque.
2) País europeu que mais enviou imigrantes para o Brasil, dentre todos
os países do mundo.
3) Segundo maior município do estado do Amazonas.
4) Segundo estado mais pobre do Brasil, atrás apenas do Maranhão.
Seu nome vem do tupi-guarani e significa “rio de piau” (piau é um tipo
de peixe).
5) Rio ? , é o maior rio de águas escuras do mundo, e o principal
afluente do rio Amazonas. Suas águas banham a cidade de Manaus.
6) Juscelino ? , ex-presidente do Brasil e descendente de ciganos.
7) Capital do maior estado nordestino, é a cidade mais populosa do
Nordeste, e a terceira mais populosa do Brasil.
8) Povo que, no Brasil, também são chamados de boêmios, gitanos e
calons (plural).
QUIZZ: PALAVRAS E EXPRESSÕES DO NORDESTE
O Nordeste brasileiro é riquíssimo em palavras e expressões
idiomáticas interessantes, e por vezes bem divertidas. Algumas são
exclusivas de determinado estado, outras são comuns a toda a região.
Vejamos se você conhece o significado de algumas delas:
1. Comer insosso e beber salgado:
a( ) O mesmo que comer da banda podre, pegar a pior parte.
b( ) Afogar-se.
c( ) Passar fome.
2. Samangar:
a( ) Fazer nada, viver no ócio, vagabundar.
b( ) Processo de fiar redes de dormir.
c( ) Coletar frutas no pomar ou na mata.
3. Casa de Noca:
a( ) Local onde são realizados rituais de religiões afro, terreiro.
b( ) Lugar onde ninguém manda, casa-de-mãe-Joana.
c( ) Bar, bodega.
4. Dor-de-menino:
a( ) Dores do parto, as contrações que antecedem o parto.
b( ) Momento de desmame da criança (que mamava no peito).
c( ) Dor na região pubiana da criança (menino).
5. Tá com a bixiga! :
a( ) Está bêbado, alcoolizado.
b( ) Significa "eu não acredito. Isso é impossível!".
c( ) Está com dinheiro, bem de vida.
6. Embirar:
a( ) Naufragar (embarcação).
b( ) Enlouquecer, surtar.
c( ) Casar, juntar, unir.
7. Mangar:
a( ) Caçoar, grear, zombar.
b( ) Namorar, paquerar.
c( ) Chorar, lamentar-se.
Fonte: Dicionário do Nordeste, de Fred Navarro (Editora Cepe, 2013).
LABIRINTO
Você agora é um missionário que precisa chegar até a casa de
palafitas do senhor João, um ribeirinho amazônico, onde será realizado
um culto. Vá, encontre o caminho!
Louvores, pregações e podcasts somente sobre missões? Ouça online a
Rádio Veredas: http://www.lognplay.com/radio.asp?cod_rad=138863

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Colorindo Missões - Revista Evangélica Infantil
Colorindo Missões - Revista Evangélica InfantilColorindo Missões - Revista Evangélica Infantil
Colorindo Missões - Revista Evangélica InfantilSammis Reachers
 
Marcadores de biblia para imprimir
Marcadores de biblia para imprimirMarcadores de biblia para imprimir
Marcadores de biblia para imprimirSammis Reachers
 
Calendário Missionário Países 2016
Calendário Missionário Países 2016Calendário Missionário Países 2016
Calendário Missionário Países 2016Sammis Reachers
 
Apostila Culto de Missões - Volume 1
Apostila Culto de Missões - Volume 1Apostila Culto de Missões - Volume 1
Apostila Culto de Missões - Volume 1Sammis Reachers
 
Ideias criativas para o promotor de missoes
Ideias criativas para o promotor de missoesIdeias criativas para o promotor de missoes
Ideias criativas para o promotor de missoesSammis Reachers
 
Apostila Culto de Missões - Volume 2
Apostila Culto de Missões - Volume 2Apostila Culto de Missões - Volume 2
Apostila Culto de Missões - Volume 2Sammis Reachers
 
Teatro Missionário - Peças teatrais e jograis sobre missões e evangelização p...
Teatro Missionário - Peças teatrais e jograis sobre missões e evangelização p...Teatro Missionário - Peças teatrais e jograis sobre missões e evangelização p...
Teatro Missionário - Peças teatrais e jograis sobre missões e evangelização p...Sammis Reachers
 
Revista crianca e_missoes
Revista crianca e_missoesRevista crianca e_missoes
Revista crianca e_missoeselianenane24
 
Boneco Lutero para montar - Infantil
Boneco Lutero para montar  - InfantilBoneco Lutero para montar  - Infantil
Boneco Lutero para montar - InfantilSammis Reachers
 
Calendário Evangélico Crianças 2017
Calendário Evangélico Crianças 2017Calendário Evangélico Crianças 2017
Calendário Evangélico Crianças 2017Sammis Reachers
 
Cartazes de datas comemorativas para igrejas evangélicas
Cartazes de datas comemorativas para igrejas evangélicasCartazes de datas comemorativas para igrejas evangélicas
Cartazes de datas comemorativas para igrejas evangélicasSammis Reachers
 
Calendário Missionário 2017
Calendário Missionário 2017Calendário Missionário 2017
Calendário Missionário 2017Sammis Reachers
 
Cartazes missionarios para imprimir
Cartazes missionarios para imprimirCartazes missionarios para imprimir
Cartazes missionarios para imprimirSammis Reachers
 
Cartazes para escola bíblica infantil
Cartazes para escola bíblica infantilCartazes para escola bíblica infantil
Cartazes para escola bíblica infantilSammis Reachers
 

Destaque (15)

Colorindo Missões - Revista Evangélica Infantil
Colorindo Missões - Revista Evangélica InfantilColorindo Missões - Revista Evangélica Infantil
Colorindo Missões - Revista Evangélica Infantil
 
Marcadores de biblia para imprimir
Marcadores de biblia para imprimirMarcadores de biblia para imprimir
Marcadores de biblia para imprimir
 
Calendário Missionário Países 2016
Calendário Missionário Países 2016Calendário Missionário Países 2016
Calendário Missionário Países 2016
 
Apostila Culto de Missões - Volume 1
Apostila Culto de Missões - Volume 1Apostila Culto de Missões - Volume 1
Apostila Culto de Missões - Volume 1
 
Ideias criativas para o promotor de missoes
Ideias criativas para o promotor de missoesIdeias criativas para o promotor de missoes
Ideias criativas para o promotor de missoes
 
Apostila Culto de Missões - Volume 2
Apostila Culto de Missões - Volume 2Apostila Culto de Missões - Volume 2
Apostila Culto de Missões - Volume 2
 
Teatro Missionário - Peças teatrais e jograis sobre missões e evangelização p...
Teatro Missionário - Peças teatrais e jograis sobre missões e evangelização p...Teatro Missionário - Peças teatrais e jograis sobre missões e evangelização p...
Teatro Missionário - Peças teatrais e jograis sobre missões e evangelização p...
 
Revista crianca e_missoes
Revista crianca e_missoesRevista crianca e_missoes
Revista crianca e_missoes
 
Boneco Lutero para montar - Infantil
Boneco Lutero para montar  - InfantilBoneco Lutero para montar  - Infantil
Boneco Lutero para montar - Infantil
 
Calendário Evangélico Crianças 2017
Calendário Evangélico Crianças 2017Calendário Evangélico Crianças 2017
Calendário Evangélico Crianças 2017
 
Separadores
SeparadoresSeparadores
Separadores
 
Cartazes de datas comemorativas para igrejas evangélicas
Cartazes de datas comemorativas para igrejas evangélicasCartazes de datas comemorativas para igrejas evangélicas
Cartazes de datas comemorativas para igrejas evangélicas
 
Calendário Missionário 2017
Calendário Missionário 2017Calendário Missionário 2017
Calendário Missionário 2017
 
Cartazes missionarios para imprimir
Cartazes missionarios para imprimirCartazes missionarios para imprimir
Cartazes missionarios para imprimir
 
Cartazes para escola bíblica infantil
Cartazes para escola bíblica infantilCartazes para escola bíblica infantil
Cartazes para escola bíblica infantil
 

Semelhante a Revista Passatempos Missionários 2 - Os segmentos menos evangelizados do Brasil

Carlota- Revista Digital
Carlota- Revista DigitalCarlota- Revista Digital
Carlota- Revista DigitalYasmin Yassine
 
Curitiba: A cidade Modelo
Curitiba: A cidade Modelo Curitiba: A cidade Modelo
Curitiba: A cidade Modelo LilhaneMoro
 
Indigenismo no Brasil Império: Analises e Reflexoes
Indigenismo no Brasil Império: Analises e ReflexoesIndigenismo no Brasil Império: Analises e Reflexoes
Indigenismo no Brasil Império: Analises e Reflexoesgeovana586875
 
Sabotando os planos do inímigo
Sabotando os planos do inímigoSabotando os planos do inímigo
Sabotando os planos do inímigoMarcelo Santos
 
Peculiaridades de-municipios-brasileiros
Peculiaridades de-municipios-brasileirosPeculiaridades de-municipios-brasileiros
Peculiaridades de-municipios-brasileirosPaulo Bachur
 
Pactoprotecao social-jun2014
Pactoprotecao social-jun2014Pactoprotecao social-jun2014
Pactoprotecao social-jun2014Pactoporsc
 
Pacto Por SC - Proteção Social 2014
Pacto Por SC - Proteção Social 2014Pacto Por SC - Proteção Social 2014
Pacto Por SC - Proteção Social 2014Pactoporsc
 
Excerto jf paio pires boletim2004nov
Excerto  jf paio pires boletim2004novExcerto  jf paio pires boletim2004nov
Excerto jf paio pires boletim2004novJose Aníbal Martins
 
Diversidad étnica en Colombia.pdf
Diversidad étnica en Colombia.pdfDiversidad étnica en Colombia.pdf
Diversidad étnica en Colombia.pdfJuan Camilo M Morgan
 
Apresentacao colorado do 6 ao 9 ano 2011.
Apresentacao colorado do 6 ao 9 ano 2011.Apresentacao colorado do 6 ao 9 ano 2011.
Apresentacao colorado do 6 ao 9 ano 2011.margarida2453
 
Informativo Paroquial Vinde e Adoremos: Junho/2012 - Paróquia São Benedito
Informativo Paroquial Vinde e Adoremos: Junho/2012 - Paróquia São BeneditoInformativo Paroquial Vinde e Adoremos: Junho/2012 - Paróquia São Benedito
Informativo Paroquial Vinde e Adoremos: Junho/2012 - Paróquia São BeneditoAdriano de Paula
 
Exercício sobre a formação do feudalismo
Exercício sobre a formação do feudalismoExercício sobre a formação do feudalismo
Exercício sobre a formação do feudalismoÓcio do Ofício
 
Nobre Povo (Distribuição e Vendas)
Nobre Povo (Distribuição e Vendas)Nobre Povo (Distribuição e Vendas)
Nobre Povo (Distribuição e Vendas)Inês Esteves Cardoso
 
Resenha Espírita on line nº 12
Resenha Espírita on line nº 12Resenha Espírita on line nº 12
Resenha Espírita on line nº 12MRS
 
Mundi Resort Residencial
Mundi Resort ResidencialMundi Resort Residencial
Mundi Resort ResidencialAna Cláudia
 

Semelhante a Revista Passatempos Missionários 2 - Os segmentos menos evangelizados do Brasil (20)

Carlota- Revista Digital
Carlota- Revista DigitalCarlota- Revista Digital
Carlota- Revista Digital
 
Pacto Pela Proteção Social
Pacto Pela Proteção SocialPacto Pela Proteção Social
Pacto Pela Proteção Social
 
Sociedadesostiblepdf
SociedadesostiblepdfSociedadesostiblepdf
Sociedadesostiblepdf
 
Caça palavras brasil pre colonial
Caça palavras brasil pre colonialCaça palavras brasil pre colonial
Caça palavras brasil pre colonial
 
Curitiba: A cidade Modelo
Curitiba: A cidade Modelo Curitiba: A cidade Modelo
Curitiba: A cidade Modelo
 
Indigenismo no Brasil Império: Analises e Reflexoes
Indigenismo no Brasil Império: Analises e ReflexoesIndigenismo no Brasil Império: Analises e Reflexoes
Indigenismo no Brasil Império: Analises e Reflexoes
 
Sabotando os planos do inímigo
Sabotando os planos do inímigoSabotando os planos do inímigo
Sabotando os planos do inímigo
 
Peculiaridades de-municipios-brasileiros
Peculiaridades de-municipios-brasileirosPeculiaridades de-municipios-brasileiros
Peculiaridades de-municipios-brasileiros
 
Pactoprotecao social-jun2014
Pactoprotecao social-jun2014Pactoprotecao social-jun2014
Pactoprotecao social-jun2014
 
Pacto Por SC - Proteção Social 2014
Pacto Por SC - Proteção Social 2014Pacto Por SC - Proteção Social 2014
Pacto Por SC - Proteção Social 2014
 
Excerto jf paio pires boletim2004nov
Excerto  jf paio pires boletim2004novExcerto  jf paio pires boletim2004nov
Excerto jf paio pires boletim2004nov
 
Diversidad étnica en Colombia.pdf
Diversidad étnica en Colombia.pdfDiversidad étnica en Colombia.pdf
Diversidad étnica en Colombia.pdf
 
Cartilha embaixada
Cartilha embaixadaCartilha embaixada
Cartilha embaixada
 
Apresentacao colorado do 6 ao 9 ano 2011.
Apresentacao colorado do 6 ao 9 ano 2011.Apresentacao colorado do 6 ao 9 ano 2011.
Apresentacao colorado do 6 ao 9 ano 2011.
 
Informativo Paroquial Vinde e Adoremos: Junho/2012 - Paróquia São Benedito
Informativo Paroquial Vinde e Adoremos: Junho/2012 - Paróquia São BeneditoInformativo Paroquial Vinde e Adoremos: Junho/2012 - Paróquia São Benedito
Informativo Paroquial Vinde e Adoremos: Junho/2012 - Paróquia São Benedito
 
Exercício sobre a formação do feudalismo
Exercício sobre a formação do feudalismoExercício sobre a formação do feudalismo
Exercício sobre a formação do feudalismo
 
Nobre Povo (Distribuição e Vendas)
Nobre Povo (Distribuição e Vendas)Nobre Povo (Distribuição e Vendas)
Nobre Povo (Distribuição e Vendas)
 
Resenha Espírita on line nº 12
Resenha Espírita on line nº 12Resenha Espírita on line nº 12
Resenha Espírita on line nº 12
 
Mundi Resort Residencial
Mundi Resort ResidencialMundi Resort Residencial
Mundi Resort Residencial
 
Resort Residencial Mundi
Resort Residencial MundiResort Residencial Mundi
Resort Residencial Mundi
 

Mais de Sammis Reachers

O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - Antologia
O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - AntologiaO Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - Antologia
O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - AntologiaSammis Reachers
 
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé 1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé Sammis Reachers
 
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdf
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdfFanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdf
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdfSammis Reachers
 
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãos
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãosRevista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãos
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãosSammis Reachers
 
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-bookSammis Reachers
 
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologia
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologiaPoemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologia
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologiaSammis Reachers
 
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistas
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistasLinha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistas
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistasSammis Reachers
 
GoMobilize - Manual de Mibilização Missionária
GoMobilize - Manual de Mibilização MissionáriaGoMobilize - Manual de Mibilização Missionária
GoMobilize - Manual de Mibilização MissionáriaSammis Reachers
 
Curso de Visitação Hospitalar para Adultos
Curso de Visitação Hospitalar para AdultosCurso de Visitação Hospitalar para Adultos
Curso de Visitação Hospitalar para AdultosSammis Reachers
 
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdf
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdfCOMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdf
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdfSammis Reachers
 
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdf
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdfAs Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdf
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdfSammis Reachers
 
Sonetos Natalinos - Filemon Martins
Sonetos Natalinos - Filemon MartinsSonetos Natalinos - Filemon Martins
Sonetos Natalinos - Filemon MartinsSammis Reachers
 
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis Reachers
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis ReachersRenato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis Reachers
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis ReachersSammis Reachers
 
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis Reachers
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis ReachersCARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis Reachers
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis ReachersSammis Reachers
 
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...Sammis Reachers
 
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERING
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERINGPôsteres para Mobilização para Missões em LETTERING
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERINGSammis Reachers
 
O que Jesus fez? E-book gratuito
O que Jesus fez? E-book gratuitoO que Jesus fez? E-book gratuito
O que Jesus fez? E-book gratuitoSammis Reachers
 
Antes que seja tarde demais - E-book
Antes que seja tarde demais  - E-bookAntes que seja tarde demais  - E-book
Antes que seja tarde demais - E-bookSammis Reachers
 
Poema educativo sobre as frutas nativas do Brasil
Poema educativo sobre as frutas nativas do Brasil Poema educativo sobre as frutas nativas do Brasil
Poema educativo sobre as frutas nativas do Brasil Sammis Reachers
 
Cronograma de leitura bíblica para crianças - 2022
Cronograma de leitura bíblica para crianças - 2022Cronograma de leitura bíblica para crianças - 2022
Cronograma de leitura bíblica para crianças - 2022Sammis Reachers
 

Mais de Sammis Reachers (20)

O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - Antologia
O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - AntologiaO Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - Antologia
O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - Antologia
 
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé 1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé
 
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdf
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdfFanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdf
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdf
 
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãos
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãosRevista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãos
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãos
 
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book
 
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologia
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologiaPoemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologia
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologia
 
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistas
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistasLinha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistas
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistas
 
GoMobilize - Manual de Mibilização Missionária
GoMobilize - Manual de Mibilização MissionáriaGoMobilize - Manual de Mibilização Missionária
GoMobilize - Manual de Mibilização Missionária
 
Curso de Visitação Hospitalar para Adultos
Curso de Visitação Hospitalar para AdultosCurso de Visitação Hospitalar para Adultos
Curso de Visitação Hospitalar para Adultos
 
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdf
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdfCOMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdf
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdf
 
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdf
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdfAs Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdf
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdf
 
Sonetos Natalinos - Filemon Martins
Sonetos Natalinos - Filemon MartinsSonetos Natalinos - Filemon Martins
Sonetos Natalinos - Filemon Martins
 
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis Reachers
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis ReachersRenato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis Reachers
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis Reachers
 
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis Reachers
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis ReachersCARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis Reachers
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis Reachers
 
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...
 
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERING
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERINGPôsteres para Mobilização para Missões em LETTERING
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERING
 
O que Jesus fez? E-book gratuito
O que Jesus fez? E-book gratuitoO que Jesus fez? E-book gratuito
O que Jesus fez? E-book gratuito
 
Antes que seja tarde demais - E-book
Antes que seja tarde demais  - E-bookAntes que seja tarde demais  - E-book
Antes que seja tarde demais - E-book
 
Poema educativo sobre as frutas nativas do Brasil
Poema educativo sobre as frutas nativas do Brasil Poema educativo sobre as frutas nativas do Brasil
Poema educativo sobre as frutas nativas do Brasil
 
Cronograma de leitura bíblica para crianças - 2022
Cronograma de leitura bíblica para crianças - 2022Cronograma de leitura bíblica para crianças - 2022
Cronograma de leitura bíblica para crianças - 2022
 

Último

Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 

Último (20)

Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 

Revista Passatempos Missionários 2 - Os segmentos menos evangelizados do Brasil

  • 1. Passatempos Missionários #2 – MAR 2014 EDITORIAL - Passatempos Missionários é uma publicação do blog Veredas Missionárias, e objetiva transmitir informações relevantes, direta e indiretamente ensinando e despertando a Igreja sobre a importância e a urgência da causa missionária, tudo isso através de divertidos passatempos. Esta edição é dedicada àqueles que são considerados os oito grupos ou segmentos menos evangelizados do Brasil. Já há algum tempo, o missionário Ronaldo Lidório (www.ronaldo.lidorio.com.br) e outros vêm informando e conclamando a igreja brasileira para a necessidade de alcançar tais grupos. O que sua igreja tem feito em relação a esses segmentos? O que você em particular tem feito? Informe-se, interceda, contribua, envie alguém, vá até eles! Este é um material totalmente gratuito, sem cores denominacionais, concebido para ser livremente distribuído entre a membresia de igrejas evangélicas, seminários, classes de escola dominical, grupos e células, cultos e eventos de Missões etc. Redação e edição: Sammis Reachers <<<<<<<<<<<< Imprima, tire cópias e distribua! >>>>>>>>>>>> www.veredasmissionarias.blogspot.com.br www.equattoria.blogspot.com.br (Você pode baixar cópia deste e de outros recursos gratuitos no blog) QUIZZ 1) A quem pertence a bandeira ao lado? a.( ) Bandeira do povo Cigano; b.( ) Bandeira do Quilombo de Palmares; c. ( ) Bandeira de Niterói (RJ), cidade fundada por índios Temiminós. 2) A culinária indígena influenciou na formação da culinária brasileira, não apenas com ingredientes como a mandioca e o milho, mas também com pratos prontos. Três desses pratos são: a.( ) Pirão, beiju e tacacá; b.( ) Mungunzá, vatapá e acarajé; c.( ) Pão-de-ló, caldo verde, churrasco. PASSATEMPOS
  • 2. Quilombolas Os QUILOMBOS ou mocambos, cujas origens remontam à época colonial, foram inicialmente comunidades formadas por agrupamentos de escravos fugitivos. Posteriormente alguns abrigaram também escravos ALFORRIADOS (libertos). Buscavam para abrigo florestas e regiões isoladas, para evitar a dura perseguição. Há ocorrência deles em praticamente todo o BRASIL. Em alguns quilombos, buscava-se retomar práticas de vida e cultura típicas da África, havendo até a nomeação de reis TRIBAIS. Muito famoso foi o Quilombo de PALMARES, localizado em Pernambuco, e que chegou a ter 30 mil habitantes, tendo durado 94 anos. O herói ZUMBI dos Palmares chefiou durante algum tempo o quilombo. Outro quilombo famoso foi o de Campo Grande, em Minas Gerais, que chegou a POSSUIR quase 20 mil habitantes. Atualmente, cerca de 2 mil comunidades quilombolas foram legalmente reconhecidas e certificadas pelo Estado brasileiro, com alguns de seus moradores recebendo o TÍTULO de posse da terra e outros benefícios. A Fundação Palmares (www.palmares.org.br), instituição federal focada na promoção e preservação da arte e CULTURA afrobrasileira, é a responsável pela certificação. Estima-se em 600 o NÚMERO de comunidades quilombolas sem igreja evangélica nelas ou nas proximidades. Algumas das principais comunidades quilombolas do Brasil são: Rio das Rãs, localizado próximo a Bom Jesus da Lapa (BA) - CAMPINHO da Independência (próximo a Parati - RJ) - Boa Vista (próximo ao município de ORIXIMINÁ - PA) - Frenchal (próxima a Mirinzal - MA) - CAFUNDÓ (próximo a Sorocaba - SP) - Kalungas (próximo a Monte Alegre e Cavalcante - GO) - Caxambu (Rio Piracicaba - MG) - Ivaporunduva (região do VALE do Ribeira - SP). P D Y L S Z R O A N T P A L M A R E S S C N S Z Y O V I J X X N X N I U U H T O A O D N U F A C O U A Z Y L U A B S L L Q Q Z G A M E B R N S I M C Y R T B Q K M U U D L M F T L H U J Z U B B G F U M O U I Y M G M I Y T P X W E X A H E B T X C N Z I I K I J L D Q I Y K O P I D L I I V R E C X O P D D D L C R X E T S A A U B K L T V N K V N K Q V L H F Q O L D U Q I T U L X H E I I K I C Z N Q K I H W M I L F R O R T L R A R A I W P X L R U U X B K P I P V O O C Q E T I S J O V A I K S V O D J N R Q T T N F N C Y Z N M X Y F D B K I L O W J A I S X V M A O V N U M E R O J K Z G O Q A X J E Y W R B R C S J S N H D F M F F O U T R N D I K E C A Y C Y T X S B N U A N Y C P A L B A L A U Z D I W C H R L T K H D E R W E I W P V S I C R A M M P S T O X E J B N D G J C F X X G D R N I M T U K S E R N K I T X Povos Ciganos Acredita-se que os ciganos tiveram sua origem no subcontinente INDIANO, devido à sua língua, o ROMANI (que por sua vez comporta diversos dialetos), possuir semelhanças com línguas daquela região. Conhecidos pela característica de ser um POVO nômade, que evita fixar residência permanente (embora atualmente muitos grupos tenham abandonado essa característica), os CIGANOS sempre foram alvo de perseguição e preconceito, acusados de ladrões, místicos e desordeiros, acusações tantas vezes infundadas. Estão presentes em diversos países do mundo, notadamente na EUROPA. Em geral, os povos ciganos não possuem uma mesma identidade religiosa, normalmente adotando as religiões dos PAÍSES onde vivem. Ao contrário do que se pensa, os ciganos possuem grande variedade sociocultural, com grupos muito diferentes entre si. Entre eles, ainda é grande o índice de analfabetismo, principalmente entre as mulheres. Os ciganos dividem-se em diversos grupos, dos quais os mais importantes são: sinti, rom (roma) e calon. No Brasil, os mais presentes são os rom (roma) e CALON. Os primeiros a chegarem ao Brasil, ainda no período COLONIAL, foram ciganos calon, oriundos da Europa (principalmente Portugal e Espanha). Nos séculos XIX e XX chegam os roma e outras linhagens. No Brasil, estimativas de associações ciganas e do governo dão conta de 800 mil a 1 milhão de ciganos vivendo no país atualmente. As maiores comunidades ciganas no Brasil encontram-se em Nova Iguaçu (RJ), e nos estados de Minas Gerais e BAHIA. Estima-se que existam atualmente apenas 14 missionários de tempo integral trabalhando entre os ciganos. Um dos MINISTÉRIOS que trabalham especificamente entre ciganos é a Missão Amigos dos Ciganos – www.amigosdosciganos.blogspot.com.br Y L C B O D N C S F R D U Q X O H H N H E P E N O L A C Z K I A A V V C S O P E D U B N O N Y W Y L J L W Y G O C N Y R O I I I O J N F F M P A N O W N A Q F Z C A H H C N H W S B C N P J P A X H B I G K O J J M O U R U W E E Y C A C K L C Q O U I G J H D W S O I R E T S I N I M U L G Y U B Q N B L E L B I K N P S Y J Z X Q V D A P D C R V G E D K X L Z F Q A O C I Z N L N V P L C U B M A C B O V B T T A I W X F H R F C H G I E S P A I S E S R J C X P T Q G T P M F T I Y H E T Q R B G X O R D L Q G Z O L K A C E T X O A Q A D G A Q N L Q K R W C H L M P U E Z M R K D W U S L O I S X Z Q I N Z N K R T S O E L Z S E I B A O K R H K S N Y H U D J G K E A Z G U Y N Y Y G O I K C O N X L Y I U E S C J A R H C G B B J E L S Y C C S I Z M Q Q I B H L
  • 3. Imigrantes Especialistas consideram que as pessoas que chegaram ao BRASIL até 1822, ano da independência do Brasil, eram colonizadores. A partir desta data, com a nação independente, passam a ser considerados imigrantes. O Brasil tem recebido, ao longo de sua história, IMIGRANTES de mais de 100 países diferentes. Dentre esses, 27 são oriundos de países fechados à evangelização, ao Evangelho. A recente CRISE econômica que abalou o mundo teve relativamente poucos efeitos sobre a economia brasileira, que obteve bons resultados no período, passando o país a ser visto como promissor campo de TRABALHO. Entre 2010 e 2011, quase 600.000 pessoas imigraram para cá. Outro fenômeno recente é a chegada de HAITIANOS, principalmente pela fronteira do ACRE (por onde também entram senegaleses), notadamente após o grande terremoto que arrasou o país em 2010, e pelo fato do Brasil chefiar uma missão de paz da ONU naquele país, o que aumentou os laços entre nossos povos. Em Foz do Iguaçu (PR) há um grande núcleo ÁRABE, com indivíduos de diversos países muçulmanos. Em São Paulo chegam bolivianos e peruanos (dentre outros sulamericanos) para trabalhar em confecções e fábricas (muitos de maneira ilegal). CHINESES e coreanos também têm vindo ao país. Quem, em nossas grandes cidades, nunca se deparou com uma das lanchonetes dirigidas por chineses? Em quantidades totais, os maiores contingentes de imigrantes no Brasil são: portugueses, depois italianos, espanhóis, ALEMÃES e japoneses. São Paulo é o estado brasileiro que mais recebeu e recebe imigrantes. T D D C U T Q B Y N A X K J A E X D L C H N Q Q P E M E Z E R V O Z T L S Q R D P O L R P A M M G U E O U E J G B A S D A L I S A R B Y D Z E C S P O T J T C U X P G J B A P B R F B D U Y M J C B M A A O Q K I M J A J C S T F N R N A P I Q A L G U I S A E C S U L Z K Q F Y W J Y H G B Á N M A U I M L E E E E H I H I H H O B D B S R L X Z N Y I I Z N C S A X H T S S Y O I G E G O H X V X N X W U U G L H Z W G I C I N O T I I M N D T F I G V I N P G S N G H V V N I J G J A V G W D R Y E Y Y O U E G Y V P O P N Z J M D N Z I Y R I T P S L N C S F D Q P A X C N X R Q L X S T Q R G R G J G P Q R Y D N E U N U P R T R R S A W K U H T W M K I F J P K J O A H N S U P B D P M S H A I T I A N O S J M O S W R M U L R O W P G A Z W B C M Q D V W A Q P U O I F R K N F Z Q M M F H U A E T T L I L R C P G J U P K V S S I J Q Y A L C M O M I B U O N U L U Y L R R V J G B N Sertanejos A região conhecida como Sertão Brasileiro ou Sertão NORDESTINO estende-se por grande parte da Bahia, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Piauí; por todo o estado do Ceará; e por uma pequena parte de SERGIPE e Alagoas, além do norte de Minas Gerais. Frutos do contato entre brancos e índios principalmente, os povos SERTANEJOS habitam em regiões onde a ÁGUA é escassa (índice pluviométrico médio de 750 mm anuais). O CLIMA é quente e seco. Os pastos, poucos e ralos, são avidamente consumidos pelo gado bovino e CAPRINO. Com sua dieta em geral baseada em MANDIOCA (macaxeira) e seus derivados, feijão, milho, carne seca ou de bode, dormindo em redes (herança indígena), espalhados em pequenos ASSENTAMENTOS por todo o interior nordestino, muitas vezes desassistidos pelas autoridades, o sertanejo é um forte. Em muitos LUGARES, estão ainda à mercê dos grandes latifundiários, os ‘CORONÉIS’ donos das terras e da água. Altos índices de analfabetismo, desnutrição, POBREZA. Longos períodos de seca. População humilde, CATÓLICA, prisioneira de superstições e sincretismos: essa é a realidade do sertão. Estima-se que existam 6.000 assentamentos sertanejos sem a presença de IGREJAS evangélicas, neles ou nas proximidades. No site www.21diasdeoracao.com.br é possível acessar uma listagem dos 195 municípios nordestinos com índice de evangélicos de 0,8 a 5% da população. Muitos desses municípios estão localizados no sertão. C G I M Z Z G A N N P H C W B Q Z O M H I C K H K D I L L F C K O D Q F B C E O L G W I J Q A W F M G L C R W E U L D E K O T S S X B I U R X J T A N P N U G R R Y V R L G B N T T P R D M J S C L C D D X D A T Z X R I D E H B L A A A S S E N T A M E N T O S E I A U G A E D E B E J N B R Y R J T R M E T M R S P J T O S P O B R E Z A J P Z A O E E X H C Q G F L F T U Z I C A I T J T S K S E E I C N S S Z S Z P N Y W K B A P J A C A C H I Y K Y B H W G I N R C N E P M D I L M V N M K L S R R P U N D K F R L R A V L L N X I A A Z N L B E A X C Y U P W E K O B D V P E K I K A L V H B P Y M F H J O B M U O Z H U P U L U A F S M J M L B K U R L Q J L Y O S R K R Y V G I V A O C V C A B B A V G S T B R K B F L S V S J K N C G B C A U P Y D S L A J S S Z T G F H K O Q D V V U A H N L V V J A H A X V N N D M V F Q M R I K D G G T R W X R S V D A V M Q K J R T F V E Z N Z O J W S I E N O R O C S J G S V G I P D S X E Y Y J S S S B W V X E O U A C G R Z X G Q E B Q A X Q Z F W G S H A Y N M Q Q C F Q I X B G J S I Q U T O G I N N W F U G L
  • 4. Indígenas O Brasil possui em torno de 340 grupos e subgrupos indígenas, os quais falam 189 LÍNGUAS. Desses 340, 121 nunca ouviram falar do Evangelho. E se você imagina que essas tribos estão apenas na imensidão da Floresta AMAZÔNICA, engana-se: apenas no Nordeste, existem 57 TRIBOS, sendo que 23 delas permanecem não alcançadas. As tribos indígenas brasileiras estão divididas de ACORDO com o tronco linguístico a que pertencem, que são principalmente o Tupi- Guarani (litoral do país), o Macro-Jê, e o Aruak, embora existam outras. A contribuição dos índios para nossa CULTURA é imensa. Seja pela culinária, pelas palavras (mais de 20.000 anexadas ao português), seja por práticas como o banho DIÁRIO ou o dormir em redes, por exemplo. Um problema comum, principalmente nas tribos mais urbanizadas ou que tiveram maior CONTATO com o homem branco, é o alcoolismo. A Missão ALEM (Associação Linguística Evangélica e Missionária - www.missaoalem.org.br) oferece TREINAMENTO para quem deseja ser um missionário tradutor da Bíblia, com foco especial em nossos povos indígenas não alcançados. A Missão Novas Tribos do Brasil (www.novastribosdobrasil.org.br), dentre outras, tem prestado também relevante serviço de EVANGELIZAÇÃO entre nossos indígenas. Por diversas dificuldades levantadas pela FUNAI (Fundação Nacional do Índio) à presença de missionários entre algumas tribos, tem-se incentivado aquilo que se chama de a Terceira Onda Missionária, onde os próprios indígenas, CONVERTIDOS, evangelizam outros indígenas, seja da mesma ou de outras tribos. Note-se o trabalho realizado, nesse sentido, pelo CONPLEI (Conselho de Pastores e Líderes Indígenas). X C E K D O C L A I G A Y K O K C C U Z M A S O B I R T M Q O S A P O T C A C C F B U I A O L U L Q V R M U T R G H B R U K N X I N Z R Q S B A R Y N V V L T A F C X Z Q K K E Y A T E N U L E L I N G U A S P R D S T A N W N I O D D S A A Y O F F Z Y M J P F H I Q L E J O L U N Q X I L M V J T C Z J T Z J P L A E G T D N E K K D Y J R V M X J P C O M A J N Y P J W A A N L U F W I Y K I F X C A M M L M P T M I D X I F R U F B W I L A W E Q H T T V B C E Z O A M A E V Y R Z J P J D K O C E D N Q R Y R S N X Y T I X Q Y K Z U G G M K N M U A M D L R Q C I R E W D H X B D W A S K M U N S R C Z I D G G Q R D T R D Z V I S N O P X W U L J D R D F R T U U V B Z M H O F C J Z N G W S F C Y W X U W M G P I U L P O L X O C B M C Q R U O A B N J I G Q X D X T S L U A O A C A Z I L E G N A V E C P D C J A S Z Y X O G T L C O T I I J U A Y S J M C A L E M Y E B U P Y P R V Z U P U F Y V M G S I U B J K Q I C M Q Y U E S O R Q G Os mais ricos dentre os ricos Um dos segmentos menos evangelizados do Brasil, o mais RICOS dentre os ricos, pode ser também um dos mais duros ‘campos missionários’. Isso a própria BÍBLIA deixa claro, ao falar da dificuldade maior de os ricos entrarem no Reino dos Céus (Mt 19:22-24). Como disse certo pregador: “”Nunca haverá muitos VERDADEIROS cristãos ricos, mas haverá alguns.” Pois muitos deles são pessoas ávidas pela verdade, mas vazias ou enganadas espiritualmente, e que muitas vezes, por incrível que possa parecer, nunca ouviram uma explicação satisfatória do EVANGELHO. Pesquisas apontam a existência de mais de 165.000 MILIONÁRIOS no Brasil (considera-se milionário aquela pessoa que possui mais de um milhão de DÓLARES em ou para investimentos, não considerando-se o valor de sua habitação principal). Já o número de BILIONÁRIOS brasileiros chega a 65, Segundo a revista Forbes, e tende a mais que DOBRAR em 10 anos. Ilhados em seus condomínios de LUXO e mansões, muitos escravizados pela MÁQUINA de fazer mais e mais dinheiro, sempre ocupados em seus NEGÓCIOS, ou então usufruindo em lazeres a vida que sua riqueza proporciona, eles estão ESPALHADOS por todo o pais, com concentração maior no Sudeste, principalmente nas cidades de São Paulo e RIO DE JANEIRO. Ainda que a desigualdade econômica e social tenha diminuído nos últimos anos, em virtude da melhora na ECONOMIA e de programas sociais do Governo (como o Bolsa-Família), o Brasil segue como um dos CAMPEÕES mundiais em desigualdade, com poucas pessoas possuindo muito (recursos, terras etc.), e muitas possuindo tão pouco. V Z F F G B G A P M G B D O C E H N A H U M O A Y M Q K G Q E C Q I E I E Q S I D Y R Z L D G W M A I X V C W U K U R Y R B M M J S M L W D V J B N D I S A R L U L K O H X I E Q L D O P I D I V Z P L Y P A N X O Q N I L Y S N F R L U I J N A N C O N K R A R B O D Z N I U E O T D S X U L Q A O O X V D N Q K X H Y O F H P Y N C I L N J I K T S T X Z C H W V A E S O D A H L A P S E H O N F A I J E L O I T E S X L R W R I O D E J A N E I R O G A N R K X V B S O J A I H I E T P Q R S D O Q Z T L H H E I V I L M Z C Y Z Q I E O W M G G D C O O O U U I F L V N N B O B A Y X G E Q U S D M D C N A M I S C L G P U P E A K G S Z O E C G H K K J C Z A W Z A K R M Q I A H U D B D E H R F K N P U Y J B P Y H K L F G V S J D Y R R M O F Z X C R S P L J R W N W D R V Z X J Z E E M H J S H E Z A O J H A Z Z Y U B A G C A M P E O E S U P C G O H D V S W E H K G B Z N N Q G Y
  • 5. Ribeirinhos A AMAZÔNIA possui a maior bacia fluvial do mundo: são 7 milhões de quilômetros QUADRADOS, que se estendem por oito países. O rio Amazonas possui mais de 7 mil AFLUENTES, e 25 mil quilômetros de vias navegáveis. E é por tais extensões de águas que se espalham os RIBEIRINHOS. Apenas na Amazônia brasileira, estima-se que existam 37.000 comunidades ribeirinhas, sendo que 10.000 delas não possuem a presença de IGREJAS evangélicas, nelas ou nas proximidades. A imensa maioria das comunidades ribeirinhas da Amazônia só pode ser alcançada por via FLUVIAL (barcos), em viagens que podem durar diversos dias. Mas quem são os ribeirinhos? Ribeirinhos são pessoas que vivem às margens dos rios, alimentando-se principalmente da PESCA artesanal, mas também da caça, extrativismo (recolhendo os ALIMENTOS que encontram na floresta), e da agricultura de subsistência. Suas casas de MADEIRA são construídas sobre palafitas, devido às constantes cheias dos rios e IGARAPÉS*. Além do Amazonas, alguns dos principais rios da Amazônia são o Rio Negro, Rio SOLIMÕES, Rio Araguaia, Rio Nhamundá, Rio TAPAJÓS, Rio Tocantins, Rio Madeira, Rio Xingu. *Igarapés são pequenos RIOS ou braços de rio, em geral estreitos e de pouca profundidade, aptos apenas para a navegação por CANOAS ou pequenos barcos. S Q W A V C Y X S F I P P Q H T Z Q F M O Y K U K J J R V E X F R V K X O I C G Y E L P E I T O U J D C N L K F S P B Y N I I O J O S L A H T S C W J S W Z D R P W E L Q A G U F W E D A E E J Y R X T W C W J Y Z W L S V V I B B U Q T K R D P N T W B Y A L G C H A W S B K J Q Z E S C I D F P Z B A A N W J H S P F A Q J X D Y O M Q S C Q P B U P T L H T M E I B J F O E Y P I Y C L Y R H S I B D I V A H D W J S U J X Q L B D S J T S V Q Y I C I N T S S Y A U J D M T L R R M C Y D A L G M X K U C C T W V I O W Y H X Y E P F C A N O A S H R A X A B C D L Q I D P L R P T F Q A A A C J A W G Y G I D N M L Y X E S F W F I C O I X W J G L L B F Q W E Z E Z A Z K A W K K A G P M A Y M D E V P N I R C J C R O X Y A U Y Q K Z B X W N O K A F S P H B Z W V T J Q X N J B P X Q G J A Z O G Z E O E I B V H L T I X Q V K W Q T G M H I C L I S P I N S K R I J K L U T F I R N M P B C S A J E R G I X B R N D I F I Y W Y N X F D L A U D M A I T Y V T K N V Z H I C E B A O I M B O R C O B M C T K Y K Y S O D C E A L I M E N T O S P B M B Z A N F C H Y K H M F K H C D U V F S P Z L K P B E J H L A G X D J X W X Q R C M D U F C T W H E Q X J O A M X O N Y T M P H C Os mais pobres dentre os pobres Em economia, costuma-se falar em linha de pobreza e linha de pobreza extrema, também chamada indigência. Governos, entidades internacionais e ONGs não possuem um consenso sobre como efetuar essas medições, cada qual adotando padrões diversos. Segundo o GOVERNO brasileiro, vivem em pobreza extrema pessoas que recebem uma renda mensal per capita (por cabeça) de até 70 reais. No Brasil, em torno de 4% a 7% da população encontra-se nesta condição. Os programas sociais do Governo (como Bolsa-Família, Bolsa-Escola etc.), mesmo com os problemas que apresentam, têm contribuído significativamente para a diminuição da POBREZA extrema no Brasil. Os cinco estados brasileiros onde é maior o índice de pobreza extrema são: MARANHÃO, Alagoas, Piauí, Pará e CEARÁ. O estado onde esse índice é menor é Santa Catarina. Um subgrupo a ser considerado é o daqueles vitimados pelo trabalho ESCRAVO ou análogo à escravidão. Segundo dados do Índice de Escravidão Global, há no Brasil 200 mil PESSOAS nesta situação. Mas, para além dessas estatísticas, há uma categoria de pessoas ‘invisíveis’ aos recenseadores: os moradores de rua, sobre os quais não há estimativas oficiais sobre sua quantidade. Números não oficiais dão conta de até 1,8 milhão de pessoas morando nas ruas, em situação de MENDICÂNCIA. Fatores como alcoolismo, uso de drogas, doenças psiquiátricas (além de problemas ESPIRITUAIS), problemas familiares ou simples falta de oportunidades, de perspectivas na vida, e de ajuda efetiva por parte de quem quer que seja (Estado, Sociedade, IGREJA), são as causas da dificuldade de reabilitação dessas pessoas. Muitos preferem não vê-los, ou acreditar que ‘para esses não há solução’. São geralmente os INALCANÇADOS mais próximos de nós. Estão sempre ao alcance de um abraço, de uma mão estendida. M A R A N H A O G E P M D A V M Z E W M F B P H W A S A D P M S Q R Y X T S O H G T G S A O S S E P E X B Q I J I Z N B M Y R Q V C T U V W R Z G L L O E U L V U Z A C X M Z E C A F X S R O P L C E V L O X N O X Y H S F U Z N M F N Q Z W R G A B Y O T K T R S Z F F C U E L L T D G A D T C N A D A V R H Q B Z X T Z N U D E Q L R L I J W O C F S W S A T O R T C S R Q Q N A Q O P S H I S R C K R V I K U S N G C A D O S A E X T R H H R A D D J I K Z D C I D W L I H D O L T D R J Z V A F Y Y M H Y P P Q P Y Z T X N Q J F X Q T J A U E E A E U M S P B H R S U K N N B S V E H W V X Y L U Z N Y R C C I I M Z K F E U F H B U Z W T M S I V L K O O E M I G N C I B X E W K L X V G A H N V N H L T C X S O S V V C I Z X I N Z H F C T N C A R B Y J F X Z N C R W R J Q Y W A I Z S W D C A F I U G P F M K V Q Z Z E P
  • 6. CRUZADAS 1. Como é chamada a canoa utilizada por ribeirinhos amazônicos, talhada numa única peça (ou tora) de madeira. 2. O terceiro estado mais rico do Brasil. 3. O estado mais populoso da região Nordeste. É também o estado brasileiro que reúne o maior número de comunidades quilombolas. 4. Estado brasileiro que concentra o maior número de imigrantes japoneses. 5. Para viagens com destino à região Norte do país, bem como para certos países, o Ministério da Saúde recomenda que se tome a vacina contra a Febre ? , que deve ser tomada ao menos 10 dias antes da viagem, e vale por 10 anos. 6. Estado brasileiro que concentra o maior número de indígenas. 7. O Dia Nacional da Consciência Negra, também chamado de Dia de Zumbi dos Palmares, é comemorado anualmente no dia 20 do mês de ? 8. Como é chamada a prática divinatória da leitura de mãos, praticada por algumas mulheres ciganas? Reflexão Missionária Não há nada no mundo ou na igreja que torne impossível terminar de evangelizar o mundo ainda nesta geração, a não ser a desobediência da própria igreja. - Roberto Speer Se aos olhos de Deus você não pode dizer que tem a certeza de ter uma chamada especial para ficar em casa, por que você está desobedecendo o comando simples do Salvador para ir? - J. Hudson Taylor Hoje, 112 anos depois de sua criação, 94% das pessoas do mundo reconhecem o logotipo da Coca-Cola. Em 112 anos, pudemos alcançar o mundo por causa do LUCRO. Mas não pudemos fazê-lo para a glória de Deus, em 2.000 anos. - David Sills A dimensão da grande comissão é tão extensa quanto a humanidade, isto é, abarca todas as áreas geográficas, classes sociais e culturas. - Timóteo Carriker Se você encontrar uma cura para o câncer, não será inconcebível ocultá-la do resto da humanidade? Será muito mais inconcebível guardar silêncio se você tem a cura para o eterno salário do pecado, a Morte. - Dave Davidson Se você tem a visão de alcançar o teu bairro, a tua cidade – ou melhor, todo o Brasil, regozija-te! Você está vendo quase 5% do coração de Deus. Pois essa é a porcentagem desta população comparada com toda a população mundial. Expanda a tua visão para todo o mundo - e conhecerás os outros 95% do coração de Deus. - Bob Sjogren Evangelização é a tarefa perpétua de toda a igreja, não o passatempo peculiar de alguns de seus membros. - E. Wilson Carlisle Um Grande Compromisso com o Grande Mandamento (o amor) e com a Grande Comissão (fazer discípulos de todas as Nações) edificará uma grande Igreja. - Rick Warren A Bíblia não manda que os pecadores procurem a igreja, mas ordena que a igreja saia em busca dos pecadores. - Billy Graham
  • 7. QUIZZ 1. Doença comum em países de clima tropical e subtropical, típica da região amazônica, e que é conhecida também como Febre Terçã ou Maleita. Seus sintomas são febre alta, calafrios intensos que se alternam com ondas de calor e sudorese abundante, dor de cabeça e no corpo, falta de apetite, pele amarelada e cansaço. Dependendo do tipo da doença, esses sintomas se repetem a cada dois ou três dias. a( ) Febre Amarela b( ) Febre Tifóide c( ) Malária 2. Não se podem confundir imigrantes com refugiados. Enquanto o imigrante é alguém que viaja com o objetivo primário de conseguir trabalho ou melhores condições de vida, o refugiado é, segundo a Convenção de Genebra 51, “toda a pessoa que, em razão de fundados temores de perseguição devido à sua raça, religião, nacionalidade, associação a determinado grupo social ou opinião política, encontra-se fora de seu país de origem e que, por causa dos ditos temores, não pode ou não quer regressar ao mesmo.” Ou seja, o refugiado é alguém que foge de seu país por ter ou considerar ter sua vida ou sua integridade física e liberdades em risco. O Brasil já recebeu refugiados de mais de 45 países, embora nem todos sejam reconhecidos pelas autoridades como tais. Até hoje, de qual país veio o maior número de refugiados, legalmente reconhecidos, no Brasil? a( ) República Democrática do Congo b( ) Angola c( ) Colômbia 3. No mapa ao lado, estão assinalados os três estados menos evangelizados do Brasil, todos localizados na região Nordeste. Quais são eles? a( ) Maranhão, Ceará e Alagoas b( ) Piauí, Ceará e Sergipe c( ) Piauí, Pernambuco e Rio Grande do Norte CRUZADAS 1) Próspera cidade brasileira que possui a maior frota de helicópteros particulares do mundo, superando até mesmo Nova Iorque. 2) País europeu que mais enviou imigrantes para o Brasil, dentre todos os países do mundo. 3) Segundo maior município do estado do Amazonas. 4) Segundo estado mais pobre do Brasil, atrás apenas do Maranhão. Seu nome vem do tupi-guarani e significa “rio de piau” (piau é um tipo de peixe). 5) Rio ? , é o maior rio de águas escuras do mundo, e o principal afluente do rio Amazonas. Suas águas banham a cidade de Manaus. 6) Juscelino ? , ex-presidente do Brasil e descendente de ciganos. 7) Capital do maior estado nordestino, é a cidade mais populosa do Nordeste, e a terceira mais populosa do Brasil. 8) Povo que, no Brasil, também são chamados de boêmios, gitanos e calons (plural).
  • 8. QUIZZ: PALAVRAS E EXPRESSÕES DO NORDESTE O Nordeste brasileiro é riquíssimo em palavras e expressões idiomáticas interessantes, e por vezes bem divertidas. Algumas são exclusivas de determinado estado, outras são comuns a toda a região. Vejamos se você conhece o significado de algumas delas: 1. Comer insosso e beber salgado: a( ) O mesmo que comer da banda podre, pegar a pior parte. b( ) Afogar-se. c( ) Passar fome. 2. Samangar: a( ) Fazer nada, viver no ócio, vagabundar. b( ) Processo de fiar redes de dormir. c( ) Coletar frutas no pomar ou na mata. 3. Casa de Noca: a( ) Local onde são realizados rituais de religiões afro, terreiro. b( ) Lugar onde ninguém manda, casa-de-mãe-Joana. c( ) Bar, bodega. 4. Dor-de-menino: a( ) Dores do parto, as contrações que antecedem o parto. b( ) Momento de desmame da criança (que mamava no peito). c( ) Dor na região pubiana da criança (menino). 5. Tá com a bixiga! : a( ) Está bêbado, alcoolizado. b( ) Significa "eu não acredito. Isso é impossível!". c( ) Está com dinheiro, bem de vida. 6. Embirar: a( ) Naufragar (embarcação). b( ) Enlouquecer, surtar. c( ) Casar, juntar, unir. 7. Mangar: a( ) Caçoar, grear, zombar. b( ) Namorar, paquerar. c( ) Chorar, lamentar-se. Fonte: Dicionário do Nordeste, de Fred Navarro (Editora Cepe, 2013). LABIRINTO Você agora é um missionário que precisa chegar até a casa de palafitas do senhor João, um ribeirinho amazônico, onde será realizado um culto. Vá, encontre o caminho! Louvores, pregações e podcasts somente sobre missões? Ouça online a Rádio Veredas: http://www.lognplay.com/radio.asp?cod_rad=138863