Preconceitos diante a Sociedade

3.580 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.580
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
222
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Preconceitos diante a Sociedade

  1. 1. Preconceito é uma postura ou idéia préconcebida, uma atitude de alienação a tudo aquilo que foge dos “padrões” de uma sociedade. As principais formas de preconceito são: racial, social, sexual e religioso. O preconceito leva à discriminação, à marginalização e à violência, uma vez que é baseado unicamente nas aparências e na empatia.
  2. 2. O preconceito racial é caracterizado pela convicção da existência de indivíduos com características físicas hereditárias, traços de caráter, inteligência e manifestações culturais superiores a outros pertencentes a etnias diferentes.
  3. 3. Racismo: É uma maneira de discriminar as pessoas baseada em motivos raciais, cor da pele ou outras características físicas, de tal forma que umas se consideram superiores a outras. Portanto, o racismo tem como finalidade intencional (ou como resultado) a diminuição ou a anulação dos direitos humanos das pessoas discriminadas. O preconceito racial, ou racismo, é uma violação aos direitos humanos, visto que foi utilizado para justificar a escravidão, o domínio de alguns povos sobre outros e as atrocidades que ocorreram ao longo da história.
  4. 4. Preconceito que está presente no dia-a-dia das pessoas. Essa forma de preconceito acontece quando alguma pessoa é julgada inferior por suas roupas, moradia, sexo, sexualidade, aparê ncia, condição financeira, deficiência, estilo de vida entre outros. Sobre o modo de se vestir há vários preconceitos. Quando uma pessoa com roupas simples e desgastadas, ou mal vestida entra em uma loja os funcionários do local muitas vezes não a atendem ou agem com frieza, pois pensam que o cliente é um ladrão ou não tem dinheiro para comprar os produtos ou serviços da loja.
  5. 5. Um bom exemplo de um local onde ocorre o preconceito social é a sala de aula. Pode-se perceber claramente que há a formação de grupos, fazendo a turma ficar separada. Isso é natural, mas passa a ser prejudicial quando um desses grupos deixa de interagir com um outro porque esse último possui uma forma de pensar diferente. Bullying: É um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos causando dor e angústia, sendo executadas dentro de uma relação desigual de poder.
  6. 6. É discriminar alguém por ser homem ou mulher ou por sua orientação sexual. Durante muitos anos, as mulheres tiverem que buscar por direitos iguais em uma sociedade machista. Nos dias atuais o papel das mulheres, estão em constante transformação, porém com várias conquistas apesar da dupla jornada de trabalho, mas hoje possuem um espaço bem definido na sociedade.
  7. 7. Outra questão são os Homossexuais e bissexuais que são agredidos por não serem "iguais" às regras da sociedade. Nesse caso, muitas pessoas escondem sua orientação sexual, por medo de insultos e preconceitos de outra ordem. Homofobia: É uma série de atitudes e sentimentos negativos em relação a lésbicas, gays, bissexuais e, em alguns casos, contra transexuais e pessoas intersexuais. A maioria das sociedades contemporâneas são heterossexistas e imaginam que a heterossexualidade é a única manifestação do desejo sexual, interpretando as demais manifestações como dignas de sanção moral.
  8. 8. O Preconceito religioso é um termo que descreve a atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar as diferenças ou crenças religiosas de terceiros. Poderá ter origem nas próprias crenças religiosas de alguém ou ser motivada pela intolerância contra as crenças e as práticas religiosas de outros. A intolerância religiosa pode resultar em perseguição religiosa e ambas têm sido comuns através da história. A maioria dos grupos religiosos já passou por tal situação numa época ou outra.
  9. 9. A perseguição religiosa atingiu níveis nunca vistos antes na história durante o Século XX, quando os nazistas desenvolveram métodos industriais de extermínio em massa e eliminaram milhões de judeus e outras etnias indesejadas pelo regime. Hoje em dia, um dos maiores exemplos de preconceito religioso são os conflitos no Oriente Médio. A luta entre judeus e islâmicos custa dezenas de vidas diariamente. Grupos extremistas no Iraque matam inocentes cruelmente somente porque são de outra religião.
  10. 10. Celebração Ecumênica Católico Hinduismo Espiritualismo Evangélico Islaminsmo Budismo
  11. 11.  Mundo Educação  Info Escola  Wikipédia

×