O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

ESPAÇO MAKER.pptx

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 22 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais recentes (20)

Anúncio

ESPAÇO MAKER.pptx

  1. 1. O que é? Espaço Maker é um Espaço de Livre Criação para a exploração da cultura da gambiarra e de habilidades, para desenvolver e materializar projetos ou produtos, mas também um espaço compartilhado, que reúne agentes inovadores, socializa ideias, explora possibilidades e estimula a cultura de rede. É espaço para sonhar. Permite que jovens (de todas as idades) criem, desenhem, transformem e construam projetos com suas próprias mãos, podendo desenvolver diversas habilidades, estimulando a criatividade, o convívio de e transformando ideias em realidade.
  2. 2. O ELC (Espaço de Livre Criação), é um resgate da garagem oficina, estimula o empreendedorismo e a inovação por meio de tecnologia de ponta, do uso de sucata e do faça você mesmo, em ambiente que pode oferecer desde uma Impressora 3D até um simples martelo. Com o conceito de “inovação aberta”, o movimento maker é visto como a nova Revolução Industrial e seus adeptos chamados de sprinklers, por espalharem seus modelos na web. (Makers: a nova revolução industrial / Chris Anderson / Google Books)
  3. 3. Para quem? Qualquer pessoa que, com espírito agregador, convergente e inspirador, queira construir, consertar, modificar e fabricar os mais diversos tipos de objetos e projetos com suas próprias mãos. (Wikpédia – makerspace e movimento maker)
  4. 4. Como criar? Um ELC permite que pessoas com as mais diferentes experiências possam interagir, aprender e criar projetos ligados ao universo da fabricação digital, eletrônica, robótica, biotecnologia, marcenaria, artesanato — em uma junção da “alta” com a “baixa” tecnologia e com foco em inovação social, tecnologia e criatividade. Pode ser usada uma sala de aula adaptada ou um espaço tipo garagem para as criações. Não precisa ter equipamentos e materiais caros, como impressoras 3d, cortadora a laser e instrumentos de robótica. Podem ser disponibilizados vários materiais, como papéis coloridos, retalhos de tecidos, materiais recicláveis, sucatas, balões, colas, madeira, tintas, botões, massinha de modelar e muitas ferramentas.
  5. 5. Com estes materiais, as pessoas podem criar seus próprios brinquedos, jogos, trabalhos artísticos e até produtos funcionais em outras áreas. Trabalhar com consertos, produções culturais e até criação de produtos. A reutilização também é um atrativo e fonte de insumos para os espaços maker.
  6. 6. Pode ser utilizado para confecção de figurinos e cenários
  7. 7. O espaço pode ser equipado também com impressão 3D, mecânica, robótica e até biohacking - entre implantes magnéticos ou biológicos e movimentos como o biopunk e o transumanismo, temas mais afeitos a ativistas -, quem nunca ouviu falar de mão-mecânica impressa em 3D?
  8. 8. Biohackers estão implantando luzes led em punhos. Um aparelho do tamanho de uma moeda que acende sua luz quando em contato com algum material magnético.
  9. 9. Implantes de LED
  10. 10. Implantes magnéticos
  11. 11. Espaços Maker
  12. 12. O quê, como? Filme 01 Link: https://youtu.be/m5WuIUWlNvg
  13. 13. O quê, como? Filme 02 Filme 03
  14. 14. O quê, como? Filme 04 Link: https://www.youtube.com/watch?v=rfQqh7iCcOU
  15. 15. Capacitação Atto Box Educacional Informações básicas sobre o manuseio das peças, instruções metodológicas, didáticas e aplicações práticas através da proposição de desafios. A capacitação, com carga horária de 20 horas e realizada pelo DR/SC, treinou o grupo na utilização do kit Attobox, envolvendo o seguinte conteúdo: - Construção e solução de desafios com a utilização de aparatos mecânicos, eletrônicos e programação iconográfica; - Programação iconográfica a partir de softwares livres (Scratch S4A 1.6. / Arduíno e Ardublock); - Construção de protótipo; e - Uso de controle por equipamentos móveis (cel e tablet), via bluetooth.
  16. 16. Axioma do Salu: “Nada serve para tudo, mas tudo serve para alguma coisa.”
  17. 17. Vlw o/
  18. 18. Referências Bibliográficas • http://infograficos.estadao.com.br/e/focas/movimento-maker/cultura-maker-e-coadjuvante-nas-escolas.php • http://www.fundacaolemann.org.br/makers/ • http://porvir.org/como-construir-um-espaco-maker-inclusivo/ • http://lite.acad.univali.br/pt/projetos/espaco-maker/ • http://playtable.com.br/blog/3-exemplos-de-como-incentivar-o-movimento-maker-na-educacao/ • http://www.daquibh.com.br/espaco-maker-e-inaugurado-no-buritis/ • https://motherboard.vice.com/pt_br/article/biohackers-estao-implantando-leds-debaixo-de-suas-peles • http://www.neuronsandglia.com/2015/02/implantes-magneticos-bio-hackeando-los-sentidos/ • http://www.manualdomundo.com.br/ • Links • Hidráulica - https://youtu.be/m5WuIUWlNvg • Makey Makey - https://www.youtube.com/watch?v=rfQqh7iCcOU

×