Cristiane
Chapinotti
• O termo hidroterapia deriva das palavras gregas
hydor (água) e therapia (cura), é a utilização da
água para fins terapêu...
• A água é um dos elementos essenciais da
natureza humana e do planeta Terra, pois sem
ela não haveria vida.
• Ao consider...
• Nosso corpo é composto por 75% de água.
• Iron (2000) registra que em 2.400 a.C. a cultura
proto-índia já possuía instalações higiênicas, e
que os egípcios, assír...
• Há registros que em 1.500 a.C. os hindus usavam
a água para combater a febre.
• As cultura grega, hebraica, romana e cri...
• Civilizações japonesas e chinesas faziam
menção honrosa e de adoração à água corrente,
além da imersão por períodos prol...
• Índia tratamentos terapêuticos Medicina
Ayurveda;
Métodos utilizados:
Jala neti – Limpeza das vias aéreas
• Ingestão de água morna : período da manhã
em jejum.
• China utilização da água como um dos cinco
elementos; observação da natureza para os
tratamentos.
• Egito, tratamentos terapêuticos através dos
banhos e óleos essenciais, ervas;
• Banhos utilizados pela nobreza, e os sac...
• Heródoto (446 a.C.), médico grego, publicou o
“Tratado sobre Águas Quentes e Saúde”.
• Em 334 a. C. os lacedemônios (esp...
• No Séc. I a.C., na Roma Antiga, as termas
passaram a ser um costume romano, um ato
tão importante na vida social de Roma...
• Os romanos utilizavam os banhos para atletas,
para higiene e prevenção de doenças.
• Os romanos frequentavam diariamente...
• Os grandes Thermae romanos ofereciam, além
do ritual do banho, outras atividades como
alimentação, venda de perfumes, bi...
• Os Romanos criaram quatro tipos de banhos:
Tepidarium – local do banho morno. Sua função
era preparar o corpo para entra...
• Caldarium – local extremamente quente e
cheio de vapor, sendo a água aquecida pelo
hipocausto (porão por onde o ambiente...
• Frigidarium - local onde tomava-se o banho
frio. Consistia, basicamente numa piscina para
imersão até a altura do ombro....
• Sudatorium – Cômodo das termas onde os
banhistas sentavam-se para, com o calor ali
produzido, provocar o suor. Nestas sa...
• Piscinas imensas foram criadas no Império
Romano, como a piscina do Imperador
Caracala que media 135.680 m².
• Suas ativ...
• Infelizmente com o declínio do Império
Romano houve o banimento dos banhos
públicos pelos cristãos, e por volta do ano
5...
• Por várias décadas, houve a ruína da hidroterapia
e só no século XV é que gradualmente voltou-se a
utilizar a água com f...
• Em 1700 o médico alemão Sigmund Hahn, e
seus filhos defenderam a utilização da água
para tratamento de úlceras nas perna...
• Dr. Simon Baruch, foi um dos primeiros norte-
americanos a dedicar seus estudos à
hidroterapia.
• Ele publicou os livros...
• O “Tanque de Hubbard” foi descrito pelo
médico Walter Blount em 1928. Ele descreveu
o uso de um tanque com turbilhão ati...
• No Brasil, a hidroterapia científica, teve início na
Santa Casa do Rio de Janeiro com banhos de água
doce e salgada. Naq...
• Existem diversas formas de usar a água como
elemento terapêutico. O termo hidroterapia
engloba todas elas. Estas formas ...
Água oriunda de fontes medicinais
• Banhos quentes, mornos e frios, podem ser
alcalinos, sulfurosos, entre outros. Encontrados em
estâncias hidrominerais, o...
• Jatos de água direcionadas contra a pele do
paciente, em diferentes temperaturas e pressão,
para provocar hiperemia com ...
• Pode ser quente ou fria. Quente causa
vasodilatação e a fria vasoconstrição.
• Utiliza-se gelo ou baixas temperaturas para
controlar a dor e a inflamação.
• Utiliza-se a água do mar para tratamento.
• É o tratamento através de lama, proveniente
de terras com características vulcânicas e
misturada com águas termais.
• Consiste no uso de águas minerais com
propriedades consideradas medicamentosas e que
podem ser utilizadas, para compleme...
• Pode ser utilizada a sauna seca ou úmida.
• Recentemente, a sauna foi estudada como
opção terapêutica para doenças
cardi...
• Promove massageamento e relaxamento
muscular. Indicado em casos de contratura
muscular, processos traumáticos, circulató...
• O banho de hidromassagem é uma forma
terapêutica que utiliza em simultâneo a
energia dinâmica da água associada a uma
te...
• Constitui um conjunto de técnicas
terapêuticas fundamentadas no movimento
humano. É a fisioterapia na água ou a prática
...
• A hidroterapia é indicada em todas as áreas da
fisioterapia que envolvam problemas ortopédicos,
respiratórios, esportivo...
• Fraqueza muscular
• Baixa resistência muscular
• Elevado nível de dor
• Desvios da marcha
• Diminuição da mobilidade
• D...
• Existem também contra indicações à
hidroterapia, são necessárias precauções a
fim de prevenir a proliferação de doenças ...
• Doenças transmitidas pela água
• Insuficiência cardíaca
• Pressão arterial descontrolada
• Incontinência urinária e feca...
Hidroterapia
Hidroterapia
Hidroterapia
Hidroterapia
Hidroterapia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Hidroterapia

2.325 visualizações

Publicada em

História, indicações, técnicas da hidroterapia

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
93
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hidroterapia

  1. 1. Cristiane Chapinotti
  2. 2. • O termo hidroterapia deriva das palavras gregas hydor (água) e therapia (cura), é a utilização da água para fins terapêuticos.
  3. 3. • A água é um dos elementos essenciais da natureza humana e do planeta Terra, pois sem ela não haveria vida. • Ao considerar que o ser é gerado nove meses no líquido amniótico e ainda que o elemento água é constituinte essencial do corpo, afirma-se que a água é habitat ancestral dos seres vivos (MARTINEZ, 2000).
  4. 4. • Nosso corpo é composto por 75% de água.
  5. 5. • Iron (2000) registra que em 2.400 a.C. a cultura proto-índia já possuía instalações higiênicas, e que os egípcios, assírios e muçulmanos usavam a água com fins curativos e terapêuticos.
  6. 6. • Há registros que em 1.500 a.C. os hindus usavam a água para combater a febre. • As cultura grega, hebraica, romana e cristã também utilizavam a água para cura individual, religiosa e social, cuja finalidade era limpar o corpo terreno de doenças e o corpo espiritual dos pecados (DE VIEVILLE,200) .
  7. 7. • Civilizações japonesas e chinesas faziam menção honrosa e de adoração à água corrente, além da imersão por períodos prolongados; • Homero indicava a água para aliviar a fadiga, curar lesões e combater a melancolia (IRION,200).
  8. 8. • Índia tratamentos terapêuticos Medicina Ayurveda; Métodos utilizados: Jala neti – Limpeza das vias aéreas
  9. 9. • Ingestão de água morna : período da manhã em jejum.
  10. 10. • China utilização da água como um dos cinco elementos; observação da natureza para os tratamentos.
  11. 11. • Egito, tratamentos terapêuticos através dos banhos e óleos essenciais, ervas; • Banhos utilizados pela nobreza, e os sacerdotes, momentos de rituais e respeito aos Deuses.
  12. 12. • Heródoto (446 a.C.), médico grego, publicou o “Tratado sobre Águas Quentes e Saúde”. • Em 334 a. C. os lacedemônios (espartanos) estabeleceram o primeiro sistema de banhos públicos, seguidos dos gregos que também desenvolveram centros de banhos e recreação perto de fontes naturais.
  13. 13. • No Séc. I a.C., na Roma Antiga, as termas passaram a ser um costume romano, um ato tão importante na vida social de Roma como as artes.
  14. 14. • Os romanos utilizavam os banhos para atletas, para higiene e prevenção de doenças. • Os romanos frequentavam diariamente as termas e permaneciam nas suas dependências por várias horas. Os romanos mais ricos, eram acompanhados por um ou mais escravos.
  15. 15. • Os grandes Thermae romanos ofereciam, além do ritual do banho, outras atividades como alimentação, venda de perfumes, bibliotecas e salas de leitura, performances teatrais e musicais. Era um espaço para exercícios e competições esportivas, (corridas, levantamento de peso leve e lutas).
  16. 16. • Os Romanos criaram quatro tipos de banhos: Tepidarium – local do banho morno. Sua função era preparar o corpo para entrar no caldarium, e depois resfriá-lo para entrar no frigidarium (água fria).
  17. 17. • Caldarium – local extremamente quente e cheio de vapor, sendo a água aquecida pelo hipocausto (porão por onde o ambiente era aquecido). Era o local mais quente na sucessão dos quartos de banho das termas, pela ordem do Caldarium passava-se para o Tepidarium e dali para o Frigidarium.
  18. 18. • Frigidarium - local onde tomava-se o banho frio. Consistia, basicamente numa piscina para imersão até a altura do ombro. Sua função era fechar os poros após o banho quente.
  19. 19. • Sudatorium – Cômodo das termas onde os banhistas sentavam-se para, com o calor ali produzido, provocar o suor. Nestas salas o aquecimento dava-se por um sistema, semelhante a chaminés, que partia de lareiras dispostas no ambiente, aquecendo as paredes laterais.
  20. 20. • Piscinas imensas foram criadas no Império Romano, como a piscina do Imperador Caracala que media 135.680 m². • Suas atividades eram voltadas para aspectos intelectuais além de tornarem-se centros de saúde, higiene, repouso, atividades recreativas e de exercícios onde os banhos não eram só para atletas, mas também para a nobreza. Caracala hoje é utilizada para concertos musicais e montagens operísticas (IRON,2000).
  21. 21. • Infelizmente com o declínio do Império Romano houve o banimento dos banhos públicos pelos cristãos, e por volta do ano 500 d.C foi extinto. • De centros para uma vida saudável, eles se transformaram em centros para uma vida dissoluta e, com a degeneração dos costumes, alguns se tornaram enormes prostíbulos.
  22. 22. • Por várias décadas, houve a ruína da hidroterapia e só no século XV é que gradualmente voltou-se a utilizar a água com fins terapêuticos (IRON,2000).
  23. 23. • Em 1700 o médico alemão Sigmund Hahn, e seus filhos defenderam a utilização da água para tratamento de úlceras nas pernas. • Winterwitz (1834-1912), fundou uma escola de hidroterapia e um centro de pesquisa em Viena.
  24. 24. • Dr. Simon Baruch, foi um dos primeiros norte- americanos a dedicar seus estudos à hidroterapia. • Ele publicou os livros “O uso da água na medicina moderna” e “Princípios e práticas da hidroterapia”.
  25. 25. • O “Tanque de Hubbard” foi descrito pelo médico Walter Blount em 1928. Ele descreveu o uso de um tanque com turbilhão ativado por motor.
  26. 26. • No Brasil, a hidroterapia científica, teve início na Santa Casa do Rio de Janeiro com banhos de água doce e salgada. Naquela época a entrada principal da Santa Casa era banhada pelo mar (em meados de 1922).
  27. 27. • Existem diversas formas de usar a água como elemento terapêutico. O termo hidroterapia engloba todas elas. Estas formas são:
  28. 28. Água oriunda de fontes medicinais
  29. 29. • Banhos quentes, mornos e frios, podem ser alcalinos, sulfurosos, entre outros. Encontrados em estâncias hidrominerais, ou preparados em banheiras.
  30. 30. • Jatos de água direcionadas contra a pele do paciente, em diferentes temperaturas e pressão, para provocar hiperemia com massagem vibratória.
  31. 31. • Pode ser quente ou fria. Quente causa vasodilatação e a fria vasoconstrição.
  32. 32. • Utiliza-se gelo ou baixas temperaturas para controlar a dor e a inflamação.
  33. 33. • Utiliza-se a água do mar para tratamento.
  34. 34. • É o tratamento através de lama, proveniente de terras com características vulcânicas e misturada com águas termais.
  35. 35. • Consiste no uso de águas minerais com propriedades consideradas medicamentosas e que podem ser utilizadas, para complementar o tratamento de vários problemas de saúde.
  36. 36. • Pode ser utilizada a sauna seca ou úmida. • Recentemente, a sauna foi estudada como opção terapêutica para doenças cardiovasculares e observou-se melhora de indicadores clínicos com a terapia térmica em doenças relacionadas com o estilo de vida.
  37. 37. • Promove massageamento e relaxamento muscular. Indicado em casos de contratura muscular, processos traumáticos, circulatórios, etc.
  38. 38. • O banho de hidromassagem é uma forma terapêutica que utiliza em simultâneo a energia dinâmica da água associada a uma temperatura ideal da mesma.
  39. 39. • Constitui um conjunto de técnicas terapêuticas fundamentadas no movimento humano. É a fisioterapia na água ou a prática de exercícios terapêuticos em piscinas.
  40. 40. • A hidroterapia é indicada em todas as áreas da fisioterapia que envolvam problemas ortopédicos, respiratórios, esportivos, reumáticos, neurológicos, cardiológicos, estéticos, etc.
  41. 41. • Fraqueza muscular • Baixa resistência muscular • Elevado nível de dor • Desvios da marcha • Diminuição da mobilidade • Diminuição da flexibilidade • Resistência cardiovascular diminuída • Contraturas articulares • Disfunções posturais
  42. 42. • Existem também contra indicações à hidroterapia, são necessárias precauções a fim de prevenir a proliferação de doenças e constrangimentos ao paciente.
  43. 43. • Doenças transmitidas pela água • Insuficiência cardíaca • Pressão arterial descontrolada • Incontinência urinária e fecal • Febre alta • Epilepsias • Baixa capacidade pulmonar vital • Doenças sistêmicas • Sintomas de trombose venosa profunda

×