O espectro
eletromagnético
Fábio Francisco
O espetro eletromagnético
 O espetro eletromagnético representa o conjunto de todas as ondas
eletromagnéticas de diferent...
O espetro eletromagnético encontra-
se dividido em zonas distintas:
 Frequência extremamente baixa
 Ondas de rádio
 Mic...
Frequência extremamente baixa
 Frequência extremamente
baixa ou em inglês
Extremely low-frequency
(ELF) é o conjunto de
f...
Ondas de rádio
 As ondas de rádio são ondas eletromagnéticas, ou seja, são
ondas formadas pela oscilação simultânea de um...
Microondas
• Microondas são ondas eletromagnéticas de alta frequência.
Essas ondas não necessitam de um meio (agua, ar, et...
Radiação infravermelha
 A radiação infravermelha é uma radiação não ionizante na
porção invisível do espetro eletromagnét...
Espetro visível
• Espetro visível (ou espetro óptico) é a porção do espetro
eletromagnético cuja radiação composta por fot...
Raios ultravioletas
• A radiação ultravioleta é
definida como toda radiação
com comprimento de onda
menor que 400nm, sendo...
Raios X
• Os raios X são emissões eletromagnéticas de natureza
semelhante à luz visível. Seu comprimento de onda vai de 0,...
Raios Gama
 Os raios gama são
constituídos por
radiação composta por
fotões.
Os raios gama são os
mais energéticos e com...
Raios Cósmicos
 Raios Cósmicos são partículas
extremamente penetrantes,
dotadas de alta energia, que
se deslocam a veloci...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Espetro - Fabio

353 visualizações

Publicada em

Espetros

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
353
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Espetro - Fabio

  1. 1. O espectro eletromagnético Fábio Francisco
  2. 2. O espetro eletromagnético  O espetro eletromagnético representa o conjunto de todas as ondas eletromagnéticas de diferentes frequências.  Algumas são visíveis, podendo ser captadas pelo olho humano, no entanto, a maior parte delas são invisíveis aos nossos olhos.
  3. 3. O espetro eletromagnético encontra- se dividido em zonas distintas:  Frequência extremamente baixa  Ondas de rádio  Microondas  Infravermelhos  Luz visíveis  Raios ultravioletas  Raios X  Raios Gama  Raios cósmicos
  4. 4. Frequência extremamente baixa  Frequência extremamente baixa ou em inglês Extremely low-frequency (ELF) é o conjunto de frequências do espectro eletromagnético compreendidos no intervalo de 3 Hz a 30 Hz, geradas por eventos naturais ou artificialmente, de pequena largura de banda para a transmissão de informações e uso prático restrito. O espetro ELF é a mais baixa frequência de rádio com algum uso prático, sendo incapaz de transmitir voz só carregando informação codificada em forma binária simples como código Morse no entanto, por causa de seu enorme comprimento de onda, ela consegue atravessar o solo ou a água praticamente sem sofrer interferências ou perdas no sinal. Foto aérea tirada em 1982 das instalações ELF do Lago Clam em Wisconsin.
  5. 5. Ondas de rádio  As ondas de rádio são ondas eletromagnéticas, ou seja, são ondas formadas pela oscilação simultânea de um campo elétrico e de um campo magnético perpendiculares entre si.  Artificialmente, as ondas de rádio podem ser geradas para rádios, televisão, telefonia móvel, radar e outros sistemas de navegação, comunicação via satélite, redes de computadores e em inúmeras outras aplicações...
  6. 6. Microondas • Microondas são ondas eletromagnéticas de alta frequência. Essas ondas não necessitam de um meio (agua, ar, etc.) para se propagar, podendo se mover através do vácuo. • Microondas não servem apenas para fazer pipocas no Microondas, servem também para vermos televisão, podermos comunicar entre nos e muitas outras coisas…
  7. 7. Radiação infravermelha  A radiação infravermelha é uma radiação não ionizante na porção invisível do espetro eletromagnético, ou final vermelho do espetro da luz visível.  Esta radiação é muito utilizada nas trocas de informações entre computadores, telemóveis (celulares) e outros equipamentos eletrónicos.
  8. 8. Espetro visível • Espetro visível (ou espetro óptico) é a porção do espetro eletromagnético cuja radiação composta por fotões, pode ser captada pelo olho humano. Geralmente esta radiação identifica- se como sendo a luz visível, ou simplesmente luz. • Pessoas daltónicas costumam ter dificuldades em visualizar cores contidas em certas faixas do espectro.
  9. 9. Raios ultravioletas • A radiação ultravioleta é definida como toda radiação com comprimento de onda menor que 400nm, sendo muito prejudicial aos seres vivos. • As faixas de radiação não são exatas. • Como exemplo, o UVA começa em torno de 410 nm e termina em 315 nm. • O UVB começa em 330 nm e termina em 270 nm aproximadamente.
  10. 10. Raios X • Os raios X são emissões eletromagnéticas de natureza semelhante à luz visível. Seu comprimento de onda vai de 0,05 angstrom (5 pm) até dezenas de angstrom (1nm).
  11. 11. Raios Gama  Os raios gama são constituídos por radiação composta por fotões. Os raios gama são os mais energéticos e com menor comprimento de onda. Possuem elevado poder penetrante podendo mesmo atravessar um muro de betão ou 20 centímetros de chumbo.
  12. 12. Raios Cósmicos  Raios Cósmicos são partículas extremamente penetrantes, dotadas de alta energia, que se deslocam a velocidades próximas a da luz no espaço sideral.  Portanto, “raios” cósmicos não são raios, mas partículas de átomos.

×