A GrAnde SínteSe  (Revisitando Pietro Ubaldi) Mediador: Silvânio Barcelos
Créditos: imagens• Disponível em:• http://www.monismo.com.br/album.html• Acesso em: 12 de Março de 2012
Explicações indispensáveis• O contato direto com a expressiva e poderosa  linguagem de “Sua Voz” que dita a obra é um  mom...
1
A ciência não satisfaz mais as      nossas necessidades• Ciência = comodidade: espírito vazio• Informação # síntese• Prost...
Intuição: único caminho possível• Evolução do espírito: único caminho  capaz de satisfazer nossos anseios mais  íntimos, d...
Uma nova maneira de   compreender os fenômenos• Dilatar a visão do espírito para se chegar à  essência das coisas.• Sentir...
• 2
A psique de superfície e a psique           profunda• CONSCIÊNCIA DE SUPERFÍCIE: Eu  exterior – filho da matéria (morre co...
A visão de síntese• Visão intuitiva: transferir o centro  de nossa personalidade, o eu,  para as camadas mais profundas  d...
Como apressar esta aquisição• “Purificai moralmente e  refinai a sensibilidade do  instrumento de pesquisa,  que sois vós ...
• 3
Síntese de superfície e síntese        profunda do Eu• Profundeza do nosso eu = consciência  latente, profunda. Essa é sín...
Mediunidade intuitiva• À medida que nos tornamos conscientes na  realidade profunda do eu, é que estaremos  aptos a perceb...
• 4
Do monoteísmo ao monismo• Princípio único: a realidade de todas as  coisas, onde existe uma lei única, que  tudo dirige, q...
A razão desta viagem• Nova consciência cósmica: não sou apenas  eterno e membro de uma humanidade que  abraça todo os sere...
A Ciência do novo homem• Nova ciência• Novo sistema místico: penetração dos  fenômenos com a alma possuída de nova  sensib...
A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)
A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)
A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)

686 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
686
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)

  1. 1. A GrAnde SínteSe (Revisitando Pietro Ubaldi) Mediador: Silvânio Barcelos
  2. 2. Créditos: imagens• Disponível em:• http://www.monismo.com.br/album.html• Acesso em: 12 de Março de 2012
  3. 3. Explicações indispensáveis• O contato direto com a expressiva e poderosa linguagem de “Sua Voz” que dita a obra é um momento mágico, capaz de falar intimamente à alma do leitor e imprescindível para aquele que deseja saciar-se nessa fonte de verdades eternas. Não menospreze, portanto, essa oportunidade surpreendente de contatar-se diretamente com as correntes de pensamentos que movem os elevados conceitos desenvolvidos nesse majestoso compêndio do espírito. (Gilson Freire)
  4. 4. 1
  5. 5. A ciência não satisfaz mais as nossas necessidades• Ciência = comodidade: espírito vazio• Informação # síntese• Prostituiu nosso espírito, vendendo nossa alma à matéria, que se tornou a razão da vida e a senhora do nosso destino• Intuição = visão unitária do Universo• máquinas poderosas = vazios de alma e de sentimentos
  6. 6. Intuição: único caminho possível• Evolução do espírito: único caminho capaz de satisfazer nossos anseios mais íntimos, de vencer a dor, a morte e fazer- nos viver a grandiosidade para a qual fomos criados.• Não temos mais o alimento do espírito e remastigamos velhos conhecimentos.
  7. 7. Uma nova maneira de compreender os fenômenos• Dilatar a visão do espírito para se chegar à essência das coisas.• Sentir a unidade da vida que irmana todos os seres: do mineral ao homem e além.• Como somente entre semelhantes é possível a comunicação, para sintonizarmo-nos com as potências do Universo e compreender os seus mistérios, é preciso ter a alma pura.• Faz-se necessário a purificação moral.
  8. 8. • 2
  9. 9. A psique de superfície e a psique profunda• CONSCIÊNCIA DE SUPERFÍCIE: Eu exterior – filho da matéria (morre com ela)• CONSCIÊNCIA PROFUNDA: Eu interior = personalidade, tendências, atrações e repulsões.• Evolução: despertar do eu interior• OBJETIVO DA VIDA: Através da evolução o eu interior se expande até a fusão com Deus.
  10. 10. A visão de síntese• Visão intuitiva: transferir o centro de nossa personalidade, o eu, para as camadas mais profundas do nosso ser• interagir com o fenômeno e compreender os mistérios da Criação.
  11. 11. Como apressar esta aquisição• “Purificai moralmente e refinai a sensibilidade do instrumento de pesquisa, que sois vós mesmos, e só então podereis ver. [...]”
  12. 12. • 3
  13. 13. Síntese de superfície e síntese profunda do Eu• Profundeza do nosso eu = consciência latente, profunda. Essa é síntese divina, eterna, formadora do nosso eu verdadeiro.• Existe antes do nascimento e sobrevive à morte.• Como não experimentamos sensação nesta consciência profunda, nós comumente a negamos.
  14. 14. Mediunidade intuitiva• À medida que nos tornamos conscientes na realidade profunda do eu, é que estaremos aptos a perceber as correntes de pensamentos que trafegam pelas dimensões espirituais.• Ser consciente nesta realidade profunda é participar de uma forma mais alta de mediunidade, chamada mediunidade inspirativa, vivida de forma ativa e consciente.• (Os arquivos Akáshicos: memória coletiva)
  15. 15. • 4
  16. 16. Do monoteísmo ao monismo• Princípio único: a realidade de todas as coisas, onde existe uma lei única, que tudo dirige, que explica todos os fenômenos.• Politeísmo ao monoteísmo: Deus único, antropomórfico e fora da Criação.• Monoteísmo ao monismo: conceito de um Deus que é a Criação, formando uma unidade com o ser.
  17. 17. A razão desta viagem• Nova consciência cósmica: não sou apenas eterno e membro de uma humanidade que abraça todo os seres do Universo, mas também co-criador.• Novas normas de comportamento: sabendo olhar nos abismo de seu próprio destino, saberá agir cada vez de forma mais elevada.• Paixão de ascensão, a idéia que nos domina, e de amor, o sentimento que nos inflama.
  18. 18. A Ciência do novo homem• Nova ciência• Novo sistema místico: penetração dos fenômenos com a alma possuída de nova sensibilidade além dos seus meros sentidos materiais.• Delicado instrumento de pesquisa, refinado pela aperfeiçoamento moral.

×