DATA ESCOLA 
Alunos do CII 
TEMÁTICA TEMÁTICA 
Perf orm 
ance 10 min FONES 
22/10/2014 
19:04:30 
E.M. REPÚPLICA DE 
PORTU...
QUADRO 01: paródia produzida pelos alunos de 
1ª e 2ªTotalidades -2014 
Para a produção da paródia analisamos a letra inic...
projeto de desenvolvimento de caráter inclusivo, voltado à geração de trabalho, à distribuição de renda e à redução 
das d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

12ª mssfi stands

315 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

12ª mssfi stands

  1. 1. DATA ESCOLA Alunos do CII TEMÁTICA TEMÁTICA Perf orm ance 10 min FONES 22/10/2014 19:04:30 E.M. REPÚPLICA DE PORTUGAL Izabel Eleonora Conte Ferreira Pedagoga /E.M. Repúplica de Portugal Vera Alice Nogueira da Silv a Pedagoga /E.M. Repúplica de Portugal Leonice da Rocha Cardoso Pedagoga/ E.M. Repúplica de Portugal O PROCESSO DE APRENDIZAGEM PELA MUSICALIZAÇÃO LETRAMENT O E LINGUAGEN S Banner, Mural, Vídeos, Exposiç ão Oral, Outros O PROCESSO DE APRENDIZAGEM PELA MUSICALIZAÇÃO Izabel Eleonora Conte Ferreira Pedagoga /E.M. Repúplica de Portugal Vera Alice Nogueira da Silva Pedagoga /E.M. Repúplica de Portugal Leonice da Rocha Cardoso Pedagoga/ E.M. Repúplica de Portugal O presente trabalho tem como referência o projeto “Letramento na perspectiva dos gêneros textuais” desenvolvido pela escola através da Equipe Técnica de Jovens e Adultos-ETEJA/DIED/SEMEC por meio de formações continuadas aos professores da primeira e segunda totalidades. O projeto em questão tem como objetivo favorecer a alf abetização e letramento a partir do trabalho com gêneros textuais que possibilitem aos alunos práticas sociais da leitura e da escrita, observando seus propósitos em nossa sociedade. Conforme destaca Magda Soares (1999, p. 3), letramento significa “estado ou condição de quem não só sabe ler e escrever, mas exerce as práticas sociais de leitura e de escrita que circulam na sociedade em que vive, conjugando-as com as práticas sociais de interação oral”. Neste contexto, a E.M. República de Portugal desenvolveu o projeto de sequência didática intitulado “O processo de aprendizagem pela musicalização” com as turmas de primeira e segunda totalidades . Segundo Schneuwly e Dolz (2004) a sequência didática possibilita a estruturação do trabalho de modo sistemático e aprofundado, visando a aprendizagem de determinado gênero textual. Com o objetivo de fomentar o conhecimento dos educandos sobre o gênero paródia , as professoras planejaram suas atividades a partir dos seguintes objetivos específicos:  Possibilitar a leitura e reconhecimento do gênero textual paródia.  Fav orecer ao aluno o posicionamento crítico em relação ao tema trabalhado.  Estimular a troca de impressões com outros leitores a respeito dos textos lidos.  Ampliar o v ocabulário favorecendo o desenvolvimento da oralidade e autonomia da escrita.  Proporcionar, a partir do trabalho com os gêneros textuais, o diálogo entre as áreas de conhecimento trabalhadas.  Fav orecer a produção do gênero paródia, observando sua estrutura e f inalidade.  Realizar sarau literário com a paródia construída pela turma e apresentação coreográfica da parodia pelos alunos. Como metodologia utilizou-se roda de conversas, aula expositiva e dialogada, objetivando a interdisciplinaridade entre as áreas de conhecimento. Deste modo, iniciamos no primeiro momento uma roda de conversa a partir das canções do autor regional Rui Barata , compartilhando suas poesias e canções, o que possibilitou a sensibilização e o conhecimento da bibliografia do referido autor. Ver figuras 01 e 02 FIGURA 01- Ensaio e Gravação da Paródia/ 1ª Totalidade Arquiv o das autoras, 2014. FIGURA 02- Pesquisa no dicionário com as palavras da música original/ 2ª Totalidade - Arquiv o das autoras, 2014. A partir do contato com a obra do autor os alunos realizaram a leitura da mesma, selecionando em seguida a música que seria trabalhada com o título “Esse rio é minha rua” para compor uma paródia. Apresentamos abaixo a produção da paródia. Ver quadro 01 LRC_CAR DOSO@I G.COM.B R 88823413 therezas odre@mail.com
  2. 2. QUADRO 01: paródia produzida pelos alunos de 1ª e 2ªTotalidades -2014 Para a produção da paródia analisamos a letra inicial, os elementos da cultura que a música original retrata. A partir da produção da paródia os alunos realizaram ensaios e gravação da mesma. Ressaltamos que diversos aspectos das áreas de conhecimento foram abordados. Os resultados revelaram o envolvimento dos professores, da coordenação pedagógica, equipe técnica da SEMEC/ETEJA o que veio propiciar a participação dos alunos nas diversas fases da elaboração do trabalho, contribuindo também para o melhor desenvolvimento da oralidade e escrita manifestadas nas atividades orais e escritas realizadas nas diversas áreas do conhecimento, bem como o aprofundamento dos alunos sobre o gênero paródia, conforme demonstrado no quadro 02. ÁREAS DE CONHECIMENTO CONHECIMENTOS ABORDADOS Código e Linguagens Separação silábica; número de sílabas; Encontro vocálico e consonantal; artigo, pronomes, substantivos e adjetivos; sinônimos; uso de dicionário; vocabulário regional. Ciências da Natureza Estados físicos da matéria; a vegetação regional; os tipos de solos; espécies vegetais e animais; hábitos de higiene; astronomia; as formas geométricas; medidas de capacidade e medidas de comprimento. Ciências da Sociedade Espaço geográfico (memória do bairro e da rua, e suas origens); Meios de transportes locais; tipos de moradia; zona de rural e urbana. QUADRO 02: Construído pelas autoras a partir do planejamento do pedagógico 1ª e 2ªTotalidades - 2014 Ressaltamos que as atividades do projeto estão ainda em processo de conclusão e de realizações de culminâncias. Palav ras-Chaves: Letramento. Gêneros Textuais. Educação de Jovens e Adultos. REFERÊNCIAS SOARES, Magda. Português: uma proposta para o letramento. Manual do Professor. São Paulo: Moderna, 1999. SCHNEUWLY, Bernard e DOLZ, Joaquim. Gêneros orais e escritos na escola. Tradução e organização de Roxane Rojo e Glaís S. Cordeiro. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2004. http://pt.wikipedia.org/wiki/Rui_Barata. Acesso em Maio de 2014. http://pt.wikipedia.org/wiki/Paródia . Acesso em Maio de 2014. 22/10/2014 20:04:44 E. M. DES. MAROJA NETO ANA GLEIZE DE SOUZA PIRES ANDREZA GAMA ELAINE DO SOCORRO SOUZA MELO A literatura paraense em Histórias em Quadrinhos Leitura e Gêneros Literários. Mural *Apresentação do projeto “A expressão paraense em HQs” e “A literatura paraense em Histórias em quadrinhos”. *Apresentação de diversas Histórias em quadrinhos. *Apresentar as técnicas para a onstrução das HQs. *Apresentar as obras de Paulo Nunes (Banho de Chuva), Alfredo Garcia (Chove Chuva –12 poemas molhados e uma canção ensolarada), Andersen Medeiros (A lenda da chuva espertina). *Construção das HQs (manual e digital) *Culminância pedagoga melo945 @gmail.c om 83704842 22/10/2014 20:15:49 ESCOLA MUNICIPAL MARIA LUIZA PINTO AMARAL Maria do Socorro Serrão dos Santos, Vinicius Cesar Fonseca dos Santos, Tiago Lima Braga, Janaina de Fátima da Silv eira, Wendel Mendes da Silv a e Jarlana Cássia Gomes Viana. O artesanato, educação e cidadania : possibilidades e alternativas para uma geração de renda familiar. Juv entude e educação para o trabalho Outros A Escola Maria Luiza Pinto Amaral faz parte do projeto piloto da Secretaria Municipal de Educação "Qualificação para o trabalho e geração de renda" que visa proporcionar conhecimentos teórico-práticos sobre as diversas of icinas do artesanato( Sandálias confeccionadas com pedrarias; construção de móveis a partir da reciclagem da garraf a pet e copo descartável; confeçção de bijuterias a partir do caroço do açai) , contribuindo assim para a geração de renda familiar dos alunos da Educação de jovens e adultos, sendo que essas oficinas compõem o projeto intitulado "O artesanato, educação e cidadania : possibilidades e alternativas para uma geração de renda familiar. Esse projeto apresenta também os seguintes objetivos : Ampliar as opções dos jovens em relação a trabalho e geração de renda, incentivando sua autonomia, iniciativa e realização social; Propiciar o desenvolvimento de habilidades e capacidades dos alunos para atuar no mundo do trabalho; Articular a educação e o trabalho num mary - serrao@h otmail.co m 85027905
  3. 3. projeto de desenvolvimento de caráter inclusivo, voltado à geração de trabalho, à distribuição de renda e à redução das desigualdades regionais e Trabalhar a sociabilidade e a af etividade dos alunos, buscando reforçar valores de solidariedade e cidadania. Para o desenv olvimento das referidas oficinas e seus objetivos há um trabalho de parceria e de articulação com os prof essores de Sala de leitura, Laboratório de informática, Biblioteca e os professores regentes de História, Arte, Ciência, Português e Geografia.

×