O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Programação SEMAPI no FSM 15 anos

273 visualizações

Publicada em

Saiba todas as atividades que acontecem com apoio do SEMAPI durante o FSMPOA+15

Publicada em: Governo e ONGs
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Programação SEMAPI no FSM 15 anos

  1. 1. FST 2016: FsmPoa+15 O Fórum Social Mundial é uma importante novidade no cenário internacional por sua capacidade de articulação de inúmeras matrizes da luta anti-capitalista, seu caráter auto- gestionário, pela radicalidade de suas propostas políticas, sociais, econômicas e ambientais, e por sua metodologia radicalmente participativa e horizontal. Tem contribuído na reconstrução de uma referência utópica para milhões de pessoas que lutam contra o pensamento hegemônico de que não há possibilidades reais de um outro mundo fora das dinâmicas e imposições do mercado capitalista. FÒRUM SOCIAL MUNDIAL 15 ANOS: CRONOGRAMA DE ATIVIDADES AUTOGESTIONARIAS PROGRAMAÇÃO: I 19/01/2016-Terça Feira – Caminhada pela Paz, justiça social e solidariedade, Ato Oficial de abertura do FSM / Porto Alegre – 15 anos; ‫ﺤ‬ A partir das 15:00hs; ‫ﺤ‬ Locais sugeridos para a realização: LARGO GLÊNIO PERES II 20/01/2016-Quarta Feira - SEMINÁRIO SOBRE CONJUNTURA NACIONAL, REFORMA POLÍTICA E NOVA POLÍTICA ECONÔMICA. ‫ﺤ‬ Proponente e Apoiadores: Esquerda Latino-Americana - Rodrigo Oliveira (51)93314028 e Sindicato dos Empregados em Empresas de Assessoramento, Perícia, Informação e Pesquisa e de Fundações do RS – SEMAPI; ‫ﺤ‬Das 8:00 ás 8:30hs Acolhimento aos Participantes e Credenciamento; * Das 9:00 ás 1200 HS: APRESENTAÇÃO DO CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO 2015 E A "ANTI REFORMA POLÍTICA";
  2. 2. * Das 14:00 ás 18:30 HS: AVANÇO DA LUTA E UMA NOVA POLÍTICA ECONÔMICA E PERÍODO PARA DEBATES E QUESTIONAMENTOS; * FICHA TÉCNICA DA OFICINA: Público Alvo Participantes do FSM 2016, militantes de esquerda de todo o pais; * Locais sugeridos para a realização: SEMAPI SINDICATO – Rua General Lima e Silva, 280 – Cidade Baixa, Porto Alegre – RS, Fone (51)32877500. VAGAS JÁ ENCERRADO – PÚBLICO PRÉVIAMENTE CADASTRADO 20/01/2016 - Quarta Feira (Noite) – SEMENÁRIO A VIDA SEMPRE EM PRIMEIRO LUGAR, BIOTECNOLOGIAS, BIORISCO, ESPECULAÇÃO, ALIENAÇÃO.... O PROTAGONISMO RESOLVE ISSO E MUITO MAIS. ‫ﺤ‬ Proponente e Apoiadores: Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural – AGAPAN e Sindicato dos Empregados em Empresas de Assessoramento, Perícia, Informação e Pesquisa e de Fundações do RS – SEMAPI; Das 19:00 a 22:00 horas, FSM. Tema – Biotecnologias e Biorriscos; Expositores: Antonio Andrioli (UFFS-GEA, foco sobre o tema das lavouras transgênicas e suas implicações sobre a autonomia dos povos, o ambiente e a saúde) e Najar Tubino (Carta Maior, foco sobre as ações do homem e os desequilíbrios provocados no planeta) -Coord. Leonardo Melgarejo (AGAPAN); * LOCAL SUGERIDO: SEMAPI SINDICATO – Rua General Lima e Silva, 280 – Cidade Baixa, Porto Alegre – RS, Fone (51)32877500. III 21/01/2016 - Quinta Feira (Manhã) – OFICINA -ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL “IMPACTO DO USO DOS AGROTÓXICOS EM NOSSA VIDA” ‫ﺤ‬ Proponente: Central Única dos Trabalhadores RS, Sindicato dos Empregados em Empresas de Assessoramento, Perícia, Informação e Pesquisa e de Fundações do RS – SEMAPI, Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do RS – CONSEA-RS e Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul - FETRAF-RS; *As 10:00hs: Acolhimento e credenciamento dos participantes. Abertura dos Trabalhos com CUT/RS, palestrantes Edni Schroeder, professor, presidente do conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do RS – CONSEA-RS, Francisco Milanez, Professor, arquiteto, urbanista, biólogo, escritor e terapeuta. Ex-coordenador do Plano Rio Grande do Sul Sustentável do Governo do Estado do RGS, ex-presidente da AGAPAN - Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural, Sandra Fagundes, Diretora Superintendente do GHC, e representante do MDA. * Das 10:00 ás 12:00hs: Apresentação, Período para dúvidas e questionamentos. * FICHA TÈCNICA DA OFICINA: Público-Alvo: Participantes do FSM 2015, o tema deverá ser desenvolvido por Direito e Soberania Alimentar, mobilizar a Sociedade e Governo em torno da realização do direito humano à alimentação adequada em nosso Estado e os desafios que a Sustentabilidade traz para a Vida”.
  3. 3. * LOCAL SUGERIDO: Espaço do Fórum na Redenção - Auditório Araújo Viana. 21/01/2016 - Quinta Feira (Tarde) – SEMENÁRIO A VIDA SEMPRE EM PRIMEIRO LUGAR, BIOTECNOLOGIAS, BIORISCO, ESPECULAÇÃO, ALIENAÇÃO.... O PROTAGONISMO RESOLVE ISSO E MUITO MAIS. ‫ﺤ‬ Proponente e Apoiadores: Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural - AGAPAN, Sindicato dos Empregados em Empresas de Assessoramento, Perícia, Informação e Pesquisa e de Fundações do RS – SEMAPI; * Das 8:30 ás 9:00hs: Acolhimento e Credenciamento de Participantes. * Das 09:00 ás 12:00hs: Tema – Organizações e Protagonismo social, em resposta a crise: Expositores – Romário Rosseto (Via Campesina-MPA, foco sobre a produção de alimentos limpos e o projeto Brasil Popular), Paulo Guarnieri (Assoc. Moradores do Centro e Coletivo A Cidade que Queremos, foco sobre a qualidade de vida no espaço urbano e o combate à especulação imobiliária), Renato Barcelos (AGAPAN, foco sobre dificuldades atuais das organizações, na luta ambiental) * Das 14:00 ás 19:00hs: Tema – Alternativas Emergentes: Expositores – Denise Flores (foco no mapeamento e plantio de árvores frutíferas em áreas urbanas) Naira Hofmeister (Jornal JÁ, foco na construção de parcerias para busca de soluções coletivas), Juliano Foster (HUB – economia e sustentabilidade Colaborativa - https://sustentabilidadecolaborativa.wordpress.com/tag/hub/, foco na articulação de iniciativas para enfrentamento de problemas coletivos), Roberto Abreu (Agapan, foco na Agência Livre para Informação, Cidadania e Educação - ALICE) Será elaborado documento síntese e distribuído aos participantes, por meio magnético. Haverá lançamento (com sorteio) do livro Lavouras transgênicas -riscos e incertezas: Mais de 750 estudos desprezados pelos órgãos de avaliação de risco. Brasília: NEAD/MDA, 2015. 555p. Organizado por Ferment, Gilles; Melgarejo. Leonardo; Fernandes, Gabriel Bianconi e Ferraz, José Maria, a versão digital pode ser obtida em http://www.mda.gov.br/sitemda/pagina/nead-debate... * LOCAL SUGERIDO: SEMAPI SINDICATO – Rua General Lima e Silva, 280 – Cidade Baixa, Porto Alegre – RS, Fone (51)32877500. IV Fórum Social Temático – Porto Alegre 19 a 23 de janeiro de 2016 Paz, democracia, direitos dos povos e do planeta “Balanço, desafios e perspectivas na luta por outro mundo possível” Oficina: “Direito não se reduz, se amplia A transnacionalização do trabalho precário das multinacionais”
  4. 4. O objetivo da oficina é dar visibilidade às recentes arbitrariedades cometidas pelas multinacionais no Brasil através da transnacionalização dos modelos de negócio que não respeitam direitos, impactam na economia local e exigem isenção de impostos e incentivos financeiro para a instalação destas empresas sob o argumento da criação de postos de trabalho que nem sempre se cumprem. A oficina trará debates específicos sobre as redes Walmart e Mc Donald’s com o estudo de casos destas multinacionais, que tem desrespeitados diversos direitos. A Contracs tem atuado, no último período, de forma mais enfática nestas duas redes. O Walmart, por exemplo, anunciou o fechamento de diversas lojas no Brasil no final do ano enquanto o Mc Donald’s tem sido alvo de denúncias e irregularidades pelo Ministério Público e o Ministério Público do Trabalho ao explorar jovens trabalhadores e não respeitar normas de trabalho seguro e estabelecer a jornada móvel e variável. Diante do desrespeito promovido à legislação trabalhista brasileira e do descaso das multinacionais com seus trabalhadores, a Contracs promove um evento junto ao Fórum Social Temático Porto Alegre 2016 para dialogar com entidades sindicais, dirigentes, trabalhadores, ativistas e movimento social para propor alternativas e buscar ações efetivas na construção de um outro mundo possível com justiça social, respeito aos direitos e garantia de trabalho decente. ‫ﺤ‬ Proponente: Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços da CUT – CONTRACS e Sindicato dos Empregados em Empresas de Assessoramento, Perícia, Informação e Pesquisa e de Fundações do RS – SEMAPI; * Das 8:30 ás 9:00hs: Acolhimento e Credenciamento de Participantes. * Das 9:00 ás 11:00hs Mesa 1 – As redes multinacionais e a transnacionalização do trabalho precário no Brasil e no mundo Objetivo: apresentar um panorama da atuação das redes multinacionais no Brasil e fazer uma síntese do relatório do encontro das redes para abrir a oficina. Mara Luzia Feltes – Coordenadora Regional Sul – Coordenadora da mesa Alci Matos Araujo – Presidente da CONTRACS Rubens Cortina – Presidente da Uni Américas Eliezer Gomes – Secretário de Relações Internacionais da Contracs; * Das 11:00 ás 13:00hs Mesa 2 – Estudos de caso: as violações de direitos do Walmart e do Mc Donald’s; Objetivo: denunciar as práticas existentes e as atuais irregularidades, tais como os fechamentos de lojas do Walmart e as irregularidades constantes do Mc Donalds e a campanha da Contracs e seus impactos para os trabalhadores Olinto Teonácio Neto - Coordenador da Rede WalMart Octaciano Neto – Coordenador da Rede McDonald’s Sandra Maura Sampaio Ribeiro - Presidente do Sindicato dos Comerciários de Camaquã/RS
  5. 5. * Das 13 ás 13:30hs: Espaço para questionamentos dos participantes. * FICHA TÈCNICA DA OFICINA: Participantes do FSM 2015, Regional Sul, Redes de Trabalhadores da Contracs, Sindicatos filiados, CUT-RS, Parceiros internacionais, Dieese local, Instituto Observatório Social, Dar visibilidade às recentes arbitrariedades cometidas pelas multinacionais no Brasil tal como Walmart e Mc Donald’s através de uma oficina que ressalte a temática das multinacionais e o desrespeito aos direitos no Brasil e no Mundo através da transnacionalização dos modelos de negócio que não respeitam direitos, impactam na economia local e exigem isenção de impostos e incentivos financeiro para a instalação de empresas multinacionais sob o argumento da criação de postos de trabalho. * LOCAL SUGERIDO: SEMAPI SINDICATO – Rua General Lima e Silva, 280 – Cidade Baixa, Porto Alegre – RS, Fone (51)32877500. V 23/01/2016-Sabado: – ASSEMBLÉIA DOS MOVIMENTOS SOCIAIS, SHOW DE ENCERRAMENTO; ATUALIZADO 13 de Janeiro de 2016.

×