SlideShare uma empresa Scribd logo

Jornal Evolução

S
SCastilhos

Edição do Mês de Setembro de 2015

1 de 12
Baixar para ler offline
Para manter sua cultura em alta!XVII- nº 996 - 15 de setembro de 2015- cruz alta - R$ 1,50
EVENTOS/12
Encerramento do
2° turno do CAS 2015
Asilos recebem voluntários
para fazer o bem.
GERAL/6GERAL/8
Comitiva divulga
Fenatrigo na Expointer
jornal evoluçãoCruz Alta, 15 de setembro de 20152 cidade
18 ANOSREGISTRANDO,EVENTOS,NOTÍCIAS,
TALENTOS QUE VALORIZAM
NOSSA CIDADE E REGIÃO
jornal
evolução
Editorial
Nossa Capa
Unicruz
A administradora Jessica Casali Turcato
Alegria.ÉesseotemadojornalEVO-
LUÇÃO deste mês. Procuramos trazer
sempre temas que ajudem a melhorar
a autoestima e estado emocional geral
dos nossos leitores.
Desta vez, gostaríamos de dedicar
uma atenção especial à melhor idade.
Nestaedição,vocêencontraráhistórias
de pessoas que reservam parte do seu
tempo para trabalhos voluntários ou
visitas periódicas a asilos para ofere-
cer conforto, carinho, solidariedade e
entretenimento para quem vive nesses
abrigos, muitas vezes abandonados
pelas próprias famílias.
Aadministradora Jessica CasaliTur-
cato comemora com muita alegria sua
formatura é a Capa do Mês. Com seu
perfildeterminadoeassertivotípicosda
novageração,faladecarreira,trajetória
de vida, hobbies e planos para o futuro.
Agora vamos falar de Eventos, na
nossa seção mais badalada teremos
a festa que o Clube Arranca fez para
comemorar seus 101 anos com muita
animação, homenagem às soberanas
e lembranças dos belos momentos
vividos no clube. Fotos da segunda
turma de formandos da EASA – 2015
demonstrando o orgulho da Escola de
Aperfeiçoamento de Sargentos das
Armas. E, ainda, o marcante evento
Superação Duque de Caxias, promovi-
do pelo comando daAD3 e RBSTV na
Praça General Firmino de Paula, que
contou com vários serviços médicos e
odontológicos gratuitos oferecidos à
comunidade Cruzaltense.
Outra notícia que merece destaque
é a ação DOE CABELOS, além de
se sentir bem com um novo corte de
cabelos, ao doá-los pode experimentar
uma incrível sensação de prazer e bem
estarporajudaraquemestaprecisando
de implantes por motivo de tratamento
de câncer.
Sejam felizes e aproveitem a leitura.
Até a próxima!
AadministradoraJessicaCasaliTurcato,
filha de Marisandra da Silva Casali e Luiz
Henrique Turcato, é determinada. Nascida
em Cruz Alta, desde cedo já sabia o que
queria fazer da vida, ser uma profissional
de sucesso e ingressar na carreira pública.
Tendoamãecomoexemploereferência,
nãodemorouabuscarseusobjetivos.Iniciou
suacarreiracomestágiosnaáreaadministra-
tiva e logo ingressou na CIEN – Companhia
de Interconexão Energética – empresa de
comérciodeenergiaelétricacontroladapela
multinacional espanhola Endesa, através de
sua subsidiária Endesa Brasil, oportunidade
dasmaiscobiçadasporestudantesdaregião,
com um processo seletivo bem disputado.
Jessica concluiu seu curso de Bacharel
emAdministração pela Unijuí. Seu trabalho
Fazer o bem sem
olhar a quem!
CNPJ 11.312.825.0001-68
Rua Barão do Rio Branco, 2512 - Sala 100 - Cruz Alta - RS
Fone: (55) 9913-6937 / 3322-3487 / 8129-3282 / 9994-0603 / 9963-4540
IMPRESSÃO:
Editora Gráfica Gespi
Rua Mauá 590 - Tapera/Rs - Fone: 54-3385.1735
Diretora / Editora: Solange Castilhos
Colaboradora: Catarina Lopes
Diagramação/Arte Final: Nilton Golle
Tiragem: 3000 exemplares
e-mail: jornalevolucao2013@gmail.com
jornalevolucao@hotmail.com
Três gerações - Avó, Filha e Neta.
Zelinda Casali, Marisandra da Silva Casali e Jessica Casali Turcato.
FENATRIGO - Unicruz
marcará presença
com eventos técnicos e
projetos de extensão
Após estar representada no lançamento
oficial da 12ª Feira Nacional do Trigo (Fena-
trigo), a Universidade de Cruz Alta anunciou
as atividades institucionais que serão levadas
ao Parque Integrado de Exposições. O estande
da Unicruz concentrará ações de dois projetos
de extensão: AmiCão da Unicruz – saúde em
primeiro lugar, com desfile e doação de cães,
e Administrando para o futuro, que informará
dicas de finanças pessoais, elaboração de cur-
rículoeentrevistadeemprego.Osvisitantesda
Feiratambémpoderãorealizartestevocacional
gratuito e conferir a exposição do Laboratório
de Entomologia.
FrenteàcoordenaçãodaComissãodeEven-
tosTécnicosdaFenatrigo,docentesdaUnicruz
estão envolvidos em uma série de encontros
direcionados para estudantes, pesquisadores
e profissionais de setores ligados ao agrone-
gócio – alguns previstos para acontecerem
antes do início da programação oficial e em
outros espaços. Da mesma forma, o Mestrado
ProfissionalemDesenvolvimentoRuraligual-
mente aproveitará a importância da Feira para
promover atividades focadas no ramo. Por sua
vez,ocursodeMedicinaVeterináriaestaráen-
gajadonoplantãoveterináriodeovinos,ovinos
e equinos e no concurso leiteiro da Fenatrigo.
Veja abaixo a programação:
28/9 - Noite: 1º Fórum sobre tecnologias
agropecuárias
Local: Salão Nobre do Campus
29/9 - Manhã e tarde: 1º Fórum sobre
tecnologias agropecuárias
Local: Salão Nobre do Campus
30/9-14h:Oficinadeavaliaçãomorfológica
de bovinos de corte
Local: Pista Central
19h: Workshop sobre produção de carne
de qualidade
Local: Auditório do Sindicato Rural
1º/10 - 14h: Administrando para o futuro
Local: Estande da Unicruz
02/10 - 9h: Seminário do Trigo
Local: Auditório do Sindicato Rural
14h: Oficina de avaliação morfológica de
bovinos leiteiros
Local: Pista Central
19h: IVFórum de Desenvolvimento Rural
Sustentável
Local: Auditório do Sindicato Rural
03/10-8h30min:Palestrassobreosdesafios
da triticultura gaúcha
Local: Auditório da CCGL
14h: AmiCão da Unicruz: saúde em pri-
meiro lugar
Local: Estande da Unicruz
Acompanhado de sua esposa Tânia, o go-
vernador do Distrito LD4, Eusébio de Vargas
Neto, visitou o Lions Clube de Cruz Alta na
última sexta-feira, cumprindo o tradicional
cronograma de visitas aos clubes que com-
põem a região. Na oportunidade, eles foram
recepcionados pelo presidente Ricardo e sua
esposa Andréa Servieri, bem como demais
convidados e, após a recepção, participaram
de um jantar festivo. Além disto, durante o
restododia,ogovernadordoDistritotambém
realizou diversas visitas à instituições locais,
como o Asilo Santo Antônio, Museu Érico
Veríssimo e Monumento de Fátima.
Eusébio de Vargas Neto assumiu o cargo
durante o mês de julho deste ano. Natural do
município de Santiago, o novo governador
Visita do Governador do Distrito LD-4 do
Lions é recepcionado com jantar festivo
final de graduação (TCC), orientado para a
área de Responsabilidade Social com base
na ISO 26000, obteve nota máxima e desta-
que pela banca examinadora, tanto que será
apresentadonoSalãodoConhecimento2015
no final de setembro.
Mas como ninguém é de ferro, Jessica
também tem seus hobbies. Desde pequena
adoracozinhar,estásempretestandoreceitas
novas.Também gosta muito de viajar, sendo
que seu destino predileto são as praias. Já
esteve no Ceará, Bahia e sempre que pode
daumafugidinhacomPablo,seunamorado,
para as praias do Rio de Janeiro.
Para amenizar o estresse e cuidar da
beleza ela adota uma dieta equilibrada e é
adepta do kangoo jumps, aquelas botinhas
saltitantes.
tem feito, desde então, a visita anual aos 54
clubesquefazempartedoDistrito14,omaior
em área territorial.
jornal evolução 3Geral Cruz Alta, 15 de setembro de 2015
Cruz Alta - No dia 7 de
setembro, cerca de cinco
mil pessoas reuniram-se em
frente à Prefeitura Munici-
pal de Cruz Alta para presti-
giar o Desfile Cívico Militar,
que reuniu militares do Co-
mando da Artilharia Divisio-
nária/3, de suas Organiza-
ções Militares Diretamente
Subordinadas (OMDS), da
Escola de Aperfeiçoamento
de Sargentos (EASA), da
Brigada Militar e Entidades
Civis. O desfile militar foi
comandado pelo General de
Brigada Severino de Ramos
Bento da Paixão, Coman-
dante AD/3.
Além do grande público,
também estiveram presentes
o Prefeito Municipal Juliano
da Silva e demais autorida-
des civis e militares.
O efetivo militar contou,
ainda, com a participação de
ex-integrantes da Força Ex-
pedicionária Brasileira, uma
representação de cadetes da
Academia Militar das Agu-
lhas Negras, viaturas opera-
cionais, carros de combate e
peças de artilharia.
Comando da Artilharia Divisionária/3
Desfile 7 de Setembro
jornal evoluçãoCruz Alta, 15 de setembro de 20154 geral
Com grande adesão da comu-
nidade, o Exército Brasileiro e
a RBS TV Cruz Alta promoveu
a 3ª SuperAção Social Duque
de Caxias. O evento reuniu na
Praça da Bandeira uma série
de atividades gratuitas aos visi-
tantes. A Universidade de Cruz
Alta marcou presença com uma
barraca exclusiva, dispondo de
atendimentos e orientações com
o envolvimento de 12 cursos.
AdiaristaNádiaFreitasCardo-
so ficou sabendo da SuperAção e
não pensou duas vezes: decidiu
prestigiar as atividades. “Che-
gueiacancelarumcompromisso
para ir à Praça. É a primeira vez
que visito um evento assim e
estou achando uma maravilha.
Gostei de tudo um pouco, mas
as dicas de limpeza de pele me
chamaram bastante a atenção”,
disseenquantorecebiatratamen-
to facial.
Quem atendeu Nádia foi
a estudante do 4ª semestre de
Estética e Cosmética da Unicruz
Tamires Cossetim. Ela se volun-
tariou a participar por entender
que a informação é a melhor
forma de tornar uma sociedade
autossustentável. “Estar em
contato com o público e poder
prestar atendimentos é a nossa
melhor contribuição, porque
eles geralmente não têm acesso
a cosméticos avançados, então
estamosensinandocomoutilizar
produtos comuns, sem grandes
investimentos”,explicouaaluna.
Apesar de a inserção da Uni-
cruz na SuperAção Duque de
Caxiassersemelhanteàsedições
anteriores, houve inovação no
planejamento das atividades.
Em 2015, os alunos não se limi-
taram a interagir com o público
no dia do evento, mas estiveram
envolvidos diretamente na orga-
nização.Segundoacoordenadora
de Extensão da Universidade,
Aline Cezar Costa, a contribui-
ção da Instituição para o evento
foi planejada durante meses.
“Desdemaio,quandorecebemos
o convite para integrar mais uma
vez a SuperAção, os estudantes
que fazem parte do Núcleo do
Projeto Rondon estão pensando
nas ações. Isso dá uma nova
perspectiva às atividades, por-
que amplia mais a integração
do aluno”.
Atualização: Segundo o Nú-
cleo do Projeto Rondon, foram
registrados 1.677 atendimentos
feitos pela Unicruz durante a 3ª
SuperAção Duque de Caxias.
Atendimentos
prestados pela
Unicruz na 3ª
SuperAção Duque
de Caxias caem no
gosto do públicoContinuaoimpassereferente
à destinação de recursos do Es-
tado e da União ao município de
Cruz Alta para o ressarcimento
do valor investido, de R$ 1,7
milhão, na Unidade de Pronto
Atendimento – UPA– desde sua
abertura em dezembro de 2014.
No final da tarde de quinta-
feira, 10, foi divulgada, pelo
TRF4, a suspensão da liminar
queobrigavaaUniãoeogoverno
do Rio Grande do Sul a repassar
valor que compreende o período
entre o início do funcionamento
e a habilitação da unidade junto
aoMinistériodaSaúde,ocorrida
em abril deste ano. A decisão,
tomada na última semana, é do
Tribunal Regional Federal da
4ª Região (TRF4), que julgou
procedente recurso impetrado
pelo Executivo gaúcho.
A UPA da cidade começou
a atender em dezembro do ano
passado, inscrita no Sistema do
Cadastro Nacional de Estabele-
cimentos de Saúde (SCNES),
Tribunal Regional Federal da 4ª Região
suspende liminar referente à UPA
conformeaPortarianº342/2013,
do Ministério da Saúde, que
define as diretrizes para a im-
plantação de novas unidades.
Entretanto,osrepassesfinancei-
ros iniciaram somente em maio,
com o credenciamento junto ao
ministério.
Para a União e o Estado, a
portaria garante, no artigo 30,
queosrepassescomecemapartir
da habilitação. Já o município
aponta o artigo 36 da mesma
regulamentação,comobasepara
o entendimento de que as verbas
devem chegar a partir do início
do funcionamento.
Com ação movida pelo mu-
nicípio em 8 de julho deste ano,
a Justiça Federal de Cruz Alta
concedeu liminar ordenando o
repasse de R$ 1,7 milhão, sendo
que o governo do RS recorreu
ao tribunal. A 3ª Turma aceitou
o pedido de suspensão da verba,
entendo que a UPA funciona
sem a necessidade imediata do
dinheiro. Segundo a relatora
do processo, desembargadora
federalMargaIngeBarthTessler,
“o fato é que a verba passou a
ser disponibilizada a partir da
habilitação, de modo que o tema
controvertidoserestringeapenas
àverbapretérita.TendoaUPA24
horasfuncionadonoperíodo,não
há que se falar em risco de dano
advindo da não imediata dispo-
nibilizaçãodevaloresatrasados”.
Conforme a procuradoria
jurídica do município, depois
dessa decisão o processo de
agravo retornará ao tribunal de
origem aguardando o mérito da
ação que ainda vai ser analisada
pela1ªVaraFederaldeCruzAlta.
Agropecuária Agrodambroz
Soja - Milho - Trigo
Boa Vista do Cadeado - Fone: (55) 9963-1320
jornal evolução Cruz Alta, 15 de setembro de 2015 5MODA
Tendências
Prof. Dr. Argemiro Luís
Brum (Ceema/Dacec/Unijuí)
Neste momento o mundo ainda não
saiu da crise iniciada em 2007/08,
apesar de sinais de retomada na eco-
nomia dos EUA. Ao mesmo tempo,
o Brasil, e o Rio Grande do Sul em
particular, enfrentam a pior crise eco-
nômica das últimas décadas. O que
fazer? Para uma economia de merca-
do funcionar ela precisa de um Estado
eficiente que, pela qualidade de sua
gestão (governo), crie o bem-estar
social e antecipe as crises, mitigando
seus efeitos sobre os cidadãos. Portan-
to, independentemente das ideologias,
o que deve assumir o centro de nossas
atenções é a qualidade da gestão, seja
pública ou privada. A crise brasileira
atual, se é verdade que possui compo-
nentes externos, encontra na realidade
interna do país as principais razões de
existir. Por interesses particulares, por
radicalismos ideológicos, por questi-
únculas políticas de todos os lados,
e principalmente por incompetência
gerencial, comprometemos a econo-
mia do país nos últimos anos. Hoje,
o país chegou ao seu limite. O Estado
brasileiro esgotou sua capacidade de
sustentação. Para sairmos dessa situ-
ação, somente com ajustes profundos.
Isso requer superar as forças retró-
gradas nacionais que, geralmente em
defesa de seus privilégios específicos,
insistem em não enfrentar os desafios
que a crise exige. Afinal, corrigir um
Estado pesado, inchado e ineficiente,
construído por anos à luz de gestões
incompetentes, exige muito trabalho
e senso coletivo. Ao mesmo tempo,
pela própria desestruturação na ges-
tão, os brasileiros se vêem diante de
um enorme processo de corrupção pú-
blica, o qual se instalou nas diferentes
instâncias oficiais. Torna-se urgente
eliminá-lo! Portanto, a nossa crise
não é oriunda de causas naturais. A
dívida que temos de pagar, em função
de tal crise, é culpa de quem a fez, ou
seja, dos governos incompetentes ou
mal intencionados que, por sinal, nós
mesmos elegemos. Sim, infelizmente
a prática da sociedade brasileira tem
sido, ao exercer o direito democrá-
tico do voto, pouco questionar a
capacidade moral, ética e gerencial
de quem escolhe para receber seu
voto. Portanto, também somos, em
parte, culpados pela crise. Hoje, a
conta que temos de pagar é pesada.
O remédio a ser tomado é amargo.
Para sairmos dela, somente cortando
despesas desnecessárias, enxugando
o tamanho do Estado, tornando-o de
fato eficiente, gerando uma economia
competitiva. Isso requer qualidade
de gestão, por um lado, e limpeza
absoluta daqueles que, via corrupção,
usaram (e ainda usam) o bem público
em benefício pessoal e de seus grupos
políticos, transferindo à sociedade
a conta, principalmente aos mais
pobres, seguidamente enganada por
discursos demagógicos. O Brasil pode
sair muito bem dessa crise estrutural
em que foi colocado, desde que faça
esses deveres de casa.Apior coisa que
pode nos acontecer é nada ou pouco
fazermos, nos iludindo que melhora-
mos de patamar quando na verdade
construímos uma artificialidade sem
sustentabilidade. Temos a obrigação
de não deixarmos acontecer o pior e
de evitarmos que tal situação se repi-
ta, tirando as lições necessárias dessa
dura e triste realidade que agora re-
cebemos como herança, se quisermos
ter alguma chance de avançarmos
para o desenvolvimento.
O QUE FAZER?
Oi, gurias! Para quem ainda não me conhece, eu sou
a Tata Cabral, gaúcha, de São Luiz Gonzaga, tenho 28
anos e moro no Rio de Janeiro há 7. Sou formada em
Design e descobri minha paixão pela moda há cerca de
5 anos, quando comecei as postagens sobre moda no
canal @oigurias.
Esta semana, enquanto estava em Nova York acom-
panhando a semana de moda, recebi o convite da dire-
tora do Jornal Evolução Monique Bilibio, para escrever
esse artigo, e não poderia ter vindo em hora melhor,
pois aquela cidade é uma inspiração total, basta sair na
rua para ver os mais variados looks e estilos de pessoas
de todas as partes do mundo.
Morei em Nova York ano passado por um mês para
fazer um curso de consultoria de imagem na FIT
(Fashion Institute Technology) e o que eu mais vi na
época e ao longo desse ano no “street style” nova ior-
quino foi a tendência Hi-lo, a qual, inclusive eu sou ex-
tremamente adepta. Para quem não conhece, esse nome
vem de High Low, é uma forma super expressiva e in-
dividual de estilo, nos permitindo ousar mais, mistu-
rar roupas e acessórios de grifes renomadas com peças
mais baratinhas que encontramos em brechós ou nas
“fast-fashion” como a Forever 21, H&M, Zara, C&A,
Renner, etc. Dá para fazer um mix super bacana de pe-
ças de tecidos e cortes mais nobres com outras bem
despojadas, como uma blusa de seda ou de couro junto
com uma calça ou bermuda jeans destroyed ou até mes-
mo de moletom. O mesmo também funciona em um
visual simples, como uma blusa branca e shorts jeans
compondo com uma bolsa mais chique. A combinação
de peças de cortes mais sofisticados com outras de pe-
gada esportiva, também funciona e inclusive, apareceu
no desfile da coleção de primavera 2016 da label Ma-
rissa Webb, marcando um encontro entre o militarismo
e a alfaiataria, com uma feminilidade não tão óbvia.
Hora de usar as nossas parkas de cintura marcada sobre
vestidos e saias!
Aproveitando para falar sobre as tendências para o
verão 2016, segundo a NYFW, o desfile da Gyvenchi
deixou bem claro que dessa vez, a parte do corpo que
vamos deixar a mostra serão os ombros.
Peças com recortes ressaltando estrategicamente esta
região ganharam as passarelas de uma série de grifes,
como a Givenchy e o estilista israelense Yigal Azrouël,
ele apresentou modelos interessantíssimos de alfaiata-
ria clássica desconstruídos, com ombros a mostra.
MODA
Dicas & Sugestões. Tendências 2016 - Inspire-se!
Por Thainá Cabral
Cruz Alta, 15 de setembro de 20156 jornal evoluçãoeventos
Encerramento do 2° turno do CAS 2015
Após trinta semanas de ensino à distância e onze
semanas de instruções presenciais, no dia 28 de agosto
de 2015, a EASA entregou ao Exército Brasileiro mais 214
Sargentos Aperfeiçoados.
No primeiro momento, às 09:00 horas, sob a presidência
do Cel Paulo Sérgio FelipeAlves Comandante da Escola, foi
realizada a solenidade de diplomação e premiação, na qual
os concludentes dos curso receberam seus diplomas, e os
1º, 2º e 3º colocados de cada Arma e o Sargento Escol de
cada turma receberam a justa homenagem e a premiação
pelos excelentes resultados obtidos. Na oportunidade, o
2º Sgt Com Salatiel Alves da Silva Junior, destaque geral
do Curso, fez a inauguração da placa alusiva a 72ª turma
aperfeiçoada.
AFormatura de Diplomação do Curso, ocorreu às 11:00
horas,tendoporlocalaPraçaD’Armas“BatalhãoCurupaiti”,
sendo presidida pelo Excelentíssimo Sr General de Exército
Antônio Hamilton Martins Mourão, Comandante Militar
do Sul, com a presença de autoridades civis e militares,
convidados especiais e familiares dos 214 Segundos
Sargentos das Armas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia,
Engenharia e Comunicações do Exército Brasileiro, que
receberam de seus padrinhos e madrinhas a Quaderna de
Sargento Aperfeiçoado. Os primeiros colocados de cada
Arma, 2° Sgt InfAlexandre Gomes Batalha, 2 Sgt Cav Pedro
Henrique Meira, 2° Sgt Art Mário Justino Nascimento dos
Santos, 2° Sgt Eng José Claudionor Gomes Filho e 2 Sgt
Com Salatiel Alves da Silva Júnior, receberam do Sr Cel
Paulo Sérgio, comandante da EASA, a medalha Marechal
Hermes – Aplicação e Estudos.
Logo em seguida, foi oferecido a todos os presentes
um coquetel, proporcionando um agradável momento de
confraternização e despedidas.
Anúncio

Recomendados

JORNAL DAQUI ESMERALDAS - 2ª EDIÇÃO - TUDO DE BOM - ANDIROBA EXISTE
JORNAL DAQUI ESMERALDAS - 2ª EDIÇÃO - TUDO DE BOM - ANDIROBA EXISTEJORNAL DAQUI ESMERALDAS - 2ª EDIÇÃO - TUDO DE BOM - ANDIROBA EXISTE
JORNAL DAQUI ESMERALDAS - 2ª EDIÇÃO - TUDO DE BOM - ANDIROBA EXISTEederbraga
 
CULTURARTEEN 157 - fevereiro 2016
CULTURARTEEN 157 - fevereiro 2016CULTURARTEEN 157 - fevereiro 2016
CULTURARTEEN 157 - fevereiro 2016josé pery salgado
 
CULTURARTEEN 159 - abril 2016
CULTURARTEEN 159 - abril 2016CULTURARTEEN 159 - abril 2016
CULTURARTEEN 159 - abril 2016Pery Salgado
 
CULTURARTEEN 134 - JUNHO 2014
CULTURARTEEN 134 - JUNHO 2014CULTURARTEEN 134 - JUNHO 2014
CULTURARTEEN 134 - JUNHO 2014Pery Salgado
 
INFORMAÇÃO COMPLETA 120 - abril de 2016
INFORMAÇÃO COMPLETA 120 - abril de 2016INFORMAÇÃO COMPLETA 120 - abril de 2016
INFORMAÇÃO COMPLETA 120 - abril de 2016Pery Salgado
 
INFORMAÇÃO COMPLETA 116 - dezembro 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 116 - dezembro 2015INFORMAÇÃO COMPLETA 116 - dezembro 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 116 - dezembro 2015Pery Salgado
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

CULTURARTEEN 143 - janeiro 2015 - 10 ANOS
CULTURARTEEN 143 - janeiro 2015 - 10 ANOSCULTURARTEEN 143 - janeiro 2015 - 10 ANOS
CULTURARTEEN 143 - janeiro 2015 - 10 ANOSPery Salgado
 
AGRISSÊNIOR nOTÍCIAS - Nº 586 an 23 agosto_2016.ok
AGRISSÊNIOR nOTÍCIAS - Nº 586 an  23 agosto_2016.okAGRISSÊNIOR nOTÍCIAS - Nº 586 an  23 agosto_2016.ok
AGRISSÊNIOR nOTÍCIAS - Nº 586 an 23 agosto_2016.okRoberto Rabat Chame
 
CULTURARTEEN 132 edição de abril de 2014
CULTURARTEEN 132 edição de abril de 2014CULTURARTEEN 132 edição de abril de 2014
CULTURARTEEN 132 edição de abril de 2014Pery Salgado
 
Jmc pg 1 2 3 4 e 5
Jmc pg 1 2 3 4 e 5Jmc pg 1 2 3 4 e 5
Jmc pg 1 2 3 4 e 5Ely Pereira
 
CULTURARTEEN 137 - setembro 2014
CULTURARTEEN 137 - setembro 2014CULTURARTEEN 137 - setembro 2014
CULTURARTEEN 137 - setembro 2014Pery Salgado
 
CULTURARTEEN 172 - maio 2017
CULTURARTEEN 172 - maio 2017CULTURARTEEN 172 - maio 2017
CULTURARTEEN 172 - maio 2017Pery Salgado
 
CULTURARTEEN 181 - novembro 2017
CULTURARTEEN 181 - novembro 2017CULTURARTEEN 181 - novembro 2017
CULTURARTEEN 181 - novembro 2017josé pery salgado
 
INFORMAÇÃO COMPLETA 117 - janeiro 2016
INFORMAÇÃO COMPLETA 117 - janeiro 2016INFORMAÇÃO COMPLETA 117 - janeiro 2016
INFORMAÇÃO COMPLETA 117 - janeiro 2016josé pery salgado
 
INFORMAÇÃO COMPLETA 112 - agosto 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 112 - agosto 2015INFORMAÇÃO COMPLETA 112 - agosto 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 112 - agosto 2015Pery Salgado
 
BARÃO DE INOHAN 97 - 13 de maio de 2014
BARÃO DE INOHAN 97 - 13 de maio de 2014BARÃO DE INOHAN 97 - 13 de maio de 2014
BARÃO DE INOHAN 97 - 13 de maio de 2014Pery Salgado
 
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 10ª edição
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 10ª ediçãoJornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 10ª edição
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 10ª ediçãoGabriel Abreu
 
CULTURARTEEN 173 - junho 2017
CULTURARTEEN 173 - junho 2017CULTURARTEEN 173 - junho 2017
CULTURARTEEN 173 - junho 2017Pery Salgado
 
CULTURARTEEN 133 - maio 2014
CULTURARTEEN 133 - maio 2014CULTURARTEEN 133 - maio 2014
CULTURARTEEN 133 - maio 2014Pery Salgado
 
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 9ª edição
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 9ª ediçãoJornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 9ª edição
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 9ª ediçãoGabriel Abreu
 
Informação Completa 114 - outubro 2015
Informação Completa 114 - outubro 2015Informação Completa 114 - outubro 2015
Informação Completa 114 - outubro 2015Pery Salgado
 
INFORMAÇÃO COMPLETA 109 - maio 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 109 - maio 2015INFORMAÇÃO COMPLETA 109 - maio 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 109 - maio 2015Pery Salgado
 
BARÃO DE INOHAN 142 - 11 de agosto de 2017
BARÃO DE INOHAN 142 - 11 de agosto de 2017BARÃO DE INOHAN 142 - 11 de agosto de 2017
BARÃO DE INOHAN 142 - 11 de agosto de 2017rosy rodrigues
 

Mais procurados (20)

CULTURARTEEN 143 - janeiro 2015 - 10 ANOS
CULTURARTEEN 143 - janeiro 2015 - 10 ANOSCULTURARTEEN 143 - janeiro 2015 - 10 ANOS
CULTURARTEEN 143 - janeiro 2015 - 10 ANOS
 
AGRISSÊNIOR nOTÍCIAS - Nº 586 an 23 agosto_2016.ok
AGRISSÊNIOR nOTÍCIAS - Nº 586 an  23 agosto_2016.okAGRISSÊNIOR nOTÍCIAS - Nº 586 an  23 agosto_2016.ok
AGRISSÊNIOR nOTÍCIAS - Nº 586 an 23 agosto_2016.ok
 
O Alterense 12
O Alterense 12O Alterense 12
O Alterense 12
 
CULTURARTEEN 132 edição de abril de 2014
CULTURARTEEN 132 edição de abril de 2014CULTURARTEEN 132 edição de abril de 2014
CULTURARTEEN 132 edição de abril de 2014
 
Jmc pg 1 2 3 4 e 5
Jmc pg 1 2 3 4 e 5Jmc pg 1 2 3 4 e 5
Jmc pg 1 2 3 4 e 5
 
CULTURARTEEN 137 - setembro 2014
CULTURARTEEN 137 - setembro 2014CULTURARTEEN 137 - setembro 2014
CULTURARTEEN 137 - setembro 2014
 
CULTURARTEEN 172 - maio 2017
CULTURARTEEN 172 - maio 2017CULTURARTEEN 172 - maio 2017
CULTURARTEEN 172 - maio 2017
 
CULTURARTEEN 181 - novembro 2017
CULTURARTEEN 181 - novembro 2017CULTURARTEEN 181 - novembro 2017
CULTURARTEEN 181 - novembro 2017
 
INFORMAÇÃO COMPLETA 117 - janeiro 2016
INFORMAÇÃO COMPLETA 117 - janeiro 2016INFORMAÇÃO COMPLETA 117 - janeiro 2016
INFORMAÇÃO COMPLETA 117 - janeiro 2016
 
Folha 224
Folha 224Folha 224
Folha 224
 
Jsf 57 web
Jsf 57 webJsf 57 web
Jsf 57 web
 
INFORMAÇÃO COMPLETA 112 - agosto 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 112 - agosto 2015INFORMAÇÃO COMPLETA 112 - agosto 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 112 - agosto 2015
 
BARÃO DE INOHAN 97 - 13 de maio de 2014
BARÃO DE INOHAN 97 - 13 de maio de 2014BARÃO DE INOHAN 97 - 13 de maio de 2014
BARÃO DE INOHAN 97 - 13 de maio de 2014
 
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 10ª edição
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 10ª ediçãoJornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 10ª edição
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 10ª edição
 
CULTURARTEEN 173 - junho 2017
CULTURARTEEN 173 - junho 2017CULTURARTEEN 173 - junho 2017
CULTURARTEEN 173 - junho 2017
 
CULTURARTEEN 133 - maio 2014
CULTURARTEEN 133 - maio 2014CULTURARTEEN 133 - maio 2014
CULTURARTEEN 133 - maio 2014
 
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 9ª edição
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 9ª ediçãoJornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 9ª edição
Jornal Comunitario da Aldeia de Muratuba - Arte Vida 9ª edição
 
Informação Completa 114 - outubro 2015
Informação Completa 114 - outubro 2015Informação Completa 114 - outubro 2015
Informação Completa 114 - outubro 2015
 
INFORMAÇÃO COMPLETA 109 - maio 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 109 - maio 2015INFORMAÇÃO COMPLETA 109 - maio 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 109 - maio 2015
 
BARÃO DE INOHAN 142 - 11 de agosto de 2017
BARÃO DE INOHAN 142 - 11 de agosto de 2017BARÃO DE INOHAN 142 - 11 de agosto de 2017
BARÃO DE INOHAN 142 - 11 de agosto de 2017
 

Semelhante a Jornal Evolução

Semelhante a Jornal Evolução (20)

Jornal
Jornal Jornal
Jornal
 
Jornal de outubro dia das Crianças
Jornal de outubro dia das CriançasJornal de outubro dia das Crianças
Jornal de outubro dia das Crianças
 
Boletim 17 setembro2013
Boletim 17 setembro2013Boletim 17 setembro2013
Boletim 17 setembro2013
 
Jornal site
Jornal siteJornal site
Jornal site
 
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019
 
Jornal digital 4781_sex_23102015
Jornal digital 4781_sex_23102015Jornal digital 4781_sex_23102015
Jornal digital 4781_sex_23102015
 
Diário Oficial: 05-12-2015
Diário Oficial: 05-12-2015Diário Oficial: 05-12-2015
Diário Oficial: 05-12-2015
 
Jornal A Voz do Povo
Jornal A Voz do PovoJornal A Voz do Povo
Jornal A Voz do Povo
 
Jornal site
Jornal site Jornal site
Jornal site
 
Acontece agora ed334
Acontece agora ed334Acontece agora ed334
Acontece agora ed334
 
Acontece agora ed334
Acontece agora ed334Acontece agora ed334
Acontece agora ed334
 
Jornal da FETAEP edição 131 - Outubro de 2015
Jornal da FETAEP edição 131 - Outubro de 2015Jornal da FETAEP edição 131 - Outubro de 2015
Jornal da FETAEP edição 131 - Outubro de 2015
 
Jornal Março 2015 - Semana Santa
Jornal Março 2015 - Semana Santa Jornal Março 2015 - Semana Santa
Jornal Março 2015 - Semana Santa
 
Diário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de GuarujáDiário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de Guarujá
 
Diário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de GuarujáDiário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de Guarujá
 
Jornal A Voz do Povo ed. 522
Jornal A Voz do Povo ed. 522Jornal A Voz do Povo ed. 522
Jornal A Voz do Povo ed. 522
 
Jornal familia cj abril
Jornal familia cj abrilJornal familia cj abril
Jornal familia cj abril
 
GAZETA SANTA CÂNDIDA SETEMBRO 2015
GAZETA SANTA CÂNDIDA SETEMBRO 2015GAZETA SANTA CÂNDIDA SETEMBRO 2015
GAZETA SANTA CÂNDIDA SETEMBRO 2015
 

Jornal Evolução

  • 1. Para manter sua cultura em alta!XVII- nº 996 - 15 de setembro de 2015- cruz alta - R$ 1,50 EVENTOS/12 Encerramento do 2° turno do CAS 2015 Asilos recebem voluntários para fazer o bem. GERAL/6GERAL/8 Comitiva divulga Fenatrigo na Expointer
  • 2. jornal evoluçãoCruz Alta, 15 de setembro de 20152 cidade 18 ANOSREGISTRANDO,EVENTOS,NOTÍCIAS, TALENTOS QUE VALORIZAM NOSSA CIDADE E REGIÃO jornal evolução Editorial Nossa Capa Unicruz A administradora Jessica Casali Turcato Alegria.ÉesseotemadojornalEVO- LUÇÃO deste mês. Procuramos trazer sempre temas que ajudem a melhorar a autoestima e estado emocional geral dos nossos leitores. Desta vez, gostaríamos de dedicar uma atenção especial à melhor idade. Nestaedição,vocêencontraráhistórias de pessoas que reservam parte do seu tempo para trabalhos voluntários ou visitas periódicas a asilos para ofere- cer conforto, carinho, solidariedade e entretenimento para quem vive nesses abrigos, muitas vezes abandonados pelas próprias famílias. Aadministradora Jessica CasaliTur- cato comemora com muita alegria sua formatura é a Capa do Mês. Com seu perfildeterminadoeassertivotípicosda novageração,faladecarreira,trajetória de vida, hobbies e planos para o futuro. Agora vamos falar de Eventos, na nossa seção mais badalada teremos a festa que o Clube Arranca fez para comemorar seus 101 anos com muita animação, homenagem às soberanas e lembranças dos belos momentos vividos no clube. Fotos da segunda turma de formandos da EASA – 2015 demonstrando o orgulho da Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos das Armas. E, ainda, o marcante evento Superação Duque de Caxias, promovi- do pelo comando daAD3 e RBSTV na Praça General Firmino de Paula, que contou com vários serviços médicos e odontológicos gratuitos oferecidos à comunidade Cruzaltense. Outra notícia que merece destaque é a ação DOE CABELOS, além de se sentir bem com um novo corte de cabelos, ao doá-los pode experimentar uma incrível sensação de prazer e bem estarporajudaraquemestaprecisando de implantes por motivo de tratamento de câncer. Sejam felizes e aproveitem a leitura. Até a próxima! AadministradoraJessicaCasaliTurcato, filha de Marisandra da Silva Casali e Luiz Henrique Turcato, é determinada. Nascida em Cruz Alta, desde cedo já sabia o que queria fazer da vida, ser uma profissional de sucesso e ingressar na carreira pública. Tendoamãecomoexemploereferência, nãodemorouabuscarseusobjetivos.Iniciou suacarreiracomestágiosnaáreaadministra- tiva e logo ingressou na CIEN – Companhia de Interconexão Energética – empresa de comérciodeenergiaelétricacontroladapela multinacional espanhola Endesa, através de sua subsidiária Endesa Brasil, oportunidade dasmaiscobiçadasporestudantesdaregião, com um processo seletivo bem disputado. Jessica concluiu seu curso de Bacharel emAdministração pela Unijuí. Seu trabalho Fazer o bem sem olhar a quem! CNPJ 11.312.825.0001-68 Rua Barão do Rio Branco, 2512 - Sala 100 - Cruz Alta - RS Fone: (55) 9913-6937 / 3322-3487 / 8129-3282 / 9994-0603 / 9963-4540 IMPRESSÃO: Editora Gráfica Gespi Rua Mauá 590 - Tapera/Rs - Fone: 54-3385.1735 Diretora / Editora: Solange Castilhos Colaboradora: Catarina Lopes Diagramação/Arte Final: Nilton Golle Tiragem: 3000 exemplares e-mail: jornalevolucao2013@gmail.com jornalevolucao@hotmail.com Três gerações - Avó, Filha e Neta. Zelinda Casali, Marisandra da Silva Casali e Jessica Casali Turcato. FENATRIGO - Unicruz marcará presença com eventos técnicos e projetos de extensão Após estar representada no lançamento oficial da 12ª Feira Nacional do Trigo (Fena- trigo), a Universidade de Cruz Alta anunciou as atividades institucionais que serão levadas ao Parque Integrado de Exposições. O estande da Unicruz concentrará ações de dois projetos de extensão: AmiCão da Unicruz – saúde em primeiro lugar, com desfile e doação de cães, e Administrando para o futuro, que informará dicas de finanças pessoais, elaboração de cur- rículoeentrevistadeemprego.Osvisitantesda Feiratambémpoderãorealizartestevocacional gratuito e conferir a exposição do Laboratório de Entomologia. FrenteàcoordenaçãodaComissãodeEven- tosTécnicosdaFenatrigo,docentesdaUnicruz estão envolvidos em uma série de encontros direcionados para estudantes, pesquisadores e profissionais de setores ligados ao agrone- gócio – alguns previstos para acontecerem antes do início da programação oficial e em outros espaços. Da mesma forma, o Mestrado ProfissionalemDesenvolvimentoRuraligual- mente aproveitará a importância da Feira para promover atividades focadas no ramo. Por sua vez,ocursodeMedicinaVeterináriaestaráen- gajadonoplantãoveterináriodeovinos,ovinos e equinos e no concurso leiteiro da Fenatrigo. Veja abaixo a programação: 28/9 - Noite: 1º Fórum sobre tecnologias agropecuárias Local: Salão Nobre do Campus 29/9 - Manhã e tarde: 1º Fórum sobre tecnologias agropecuárias Local: Salão Nobre do Campus 30/9-14h:Oficinadeavaliaçãomorfológica de bovinos de corte Local: Pista Central 19h: Workshop sobre produção de carne de qualidade Local: Auditório do Sindicato Rural 1º/10 - 14h: Administrando para o futuro Local: Estande da Unicruz 02/10 - 9h: Seminário do Trigo Local: Auditório do Sindicato Rural 14h: Oficina de avaliação morfológica de bovinos leiteiros Local: Pista Central 19h: IVFórum de Desenvolvimento Rural Sustentável Local: Auditório do Sindicato Rural 03/10-8h30min:Palestrassobreosdesafios da triticultura gaúcha Local: Auditório da CCGL 14h: AmiCão da Unicruz: saúde em pri- meiro lugar Local: Estande da Unicruz Acompanhado de sua esposa Tânia, o go- vernador do Distrito LD4, Eusébio de Vargas Neto, visitou o Lions Clube de Cruz Alta na última sexta-feira, cumprindo o tradicional cronograma de visitas aos clubes que com- põem a região. Na oportunidade, eles foram recepcionados pelo presidente Ricardo e sua esposa Andréa Servieri, bem como demais convidados e, após a recepção, participaram de um jantar festivo. Além disto, durante o restododia,ogovernadordoDistritotambém realizou diversas visitas à instituições locais, como o Asilo Santo Antônio, Museu Érico Veríssimo e Monumento de Fátima. Eusébio de Vargas Neto assumiu o cargo durante o mês de julho deste ano. Natural do município de Santiago, o novo governador Visita do Governador do Distrito LD-4 do Lions é recepcionado com jantar festivo final de graduação (TCC), orientado para a área de Responsabilidade Social com base na ISO 26000, obteve nota máxima e desta- que pela banca examinadora, tanto que será apresentadonoSalãodoConhecimento2015 no final de setembro. Mas como ninguém é de ferro, Jessica também tem seus hobbies. Desde pequena adoracozinhar,estásempretestandoreceitas novas.Também gosta muito de viajar, sendo que seu destino predileto são as praias. Já esteve no Ceará, Bahia e sempre que pode daumafugidinhacomPablo,seunamorado, para as praias do Rio de Janeiro. Para amenizar o estresse e cuidar da beleza ela adota uma dieta equilibrada e é adepta do kangoo jumps, aquelas botinhas saltitantes. tem feito, desde então, a visita anual aos 54 clubesquefazempartedoDistrito14,omaior em área territorial.
  • 3. jornal evolução 3Geral Cruz Alta, 15 de setembro de 2015 Cruz Alta - No dia 7 de setembro, cerca de cinco mil pessoas reuniram-se em frente à Prefeitura Munici- pal de Cruz Alta para presti- giar o Desfile Cívico Militar, que reuniu militares do Co- mando da Artilharia Divisio- nária/3, de suas Organiza- ções Militares Diretamente Subordinadas (OMDS), da Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos (EASA), da Brigada Militar e Entidades Civis. O desfile militar foi comandado pelo General de Brigada Severino de Ramos Bento da Paixão, Coman- dante AD/3. Além do grande público, também estiveram presentes o Prefeito Municipal Juliano da Silva e demais autorida- des civis e militares. O efetivo militar contou, ainda, com a participação de ex-integrantes da Força Ex- pedicionária Brasileira, uma representação de cadetes da Academia Militar das Agu- lhas Negras, viaturas opera- cionais, carros de combate e peças de artilharia. Comando da Artilharia Divisionária/3 Desfile 7 de Setembro
  • 4. jornal evoluçãoCruz Alta, 15 de setembro de 20154 geral Com grande adesão da comu- nidade, o Exército Brasileiro e a RBS TV Cruz Alta promoveu a 3ª SuperAção Social Duque de Caxias. O evento reuniu na Praça da Bandeira uma série de atividades gratuitas aos visi- tantes. A Universidade de Cruz Alta marcou presença com uma barraca exclusiva, dispondo de atendimentos e orientações com o envolvimento de 12 cursos. AdiaristaNádiaFreitasCardo- so ficou sabendo da SuperAção e não pensou duas vezes: decidiu prestigiar as atividades. “Che- gueiacancelarumcompromisso para ir à Praça. É a primeira vez que visito um evento assim e estou achando uma maravilha. Gostei de tudo um pouco, mas as dicas de limpeza de pele me chamaram bastante a atenção”, disseenquantorecebiatratamen- to facial. Quem atendeu Nádia foi a estudante do 4ª semestre de Estética e Cosmética da Unicruz Tamires Cossetim. Ela se volun- tariou a participar por entender que a informação é a melhor forma de tornar uma sociedade autossustentável. “Estar em contato com o público e poder prestar atendimentos é a nossa melhor contribuição, porque eles geralmente não têm acesso a cosméticos avançados, então estamosensinandocomoutilizar produtos comuns, sem grandes investimentos”,explicouaaluna. Apesar de a inserção da Uni- cruz na SuperAção Duque de Caxiassersemelhanteàsedições anteriores, houve inovação no planejamento das atividades. Em 2015, os alunos não se limi- taram a interagir com o público no dia do evento, mas estiveram envolvidos diretamente na orga- nização.Segundoacoordenadora de Extensão da Universidade, Aline Cezar Costa, a contribui- ção da Instituição para o evento foi planejada durante meses. “Desdemaio,quandorecebemos o convite para integrar mais uma vez a SuperAção, os estudantes que fazem parte do Núcleo do Projeto Rondon estão pensando nas ações. Isso dá uma nova perspectiva às atividades, por- que amplia mais a integração do aluno”. Atualização: Segundo o Nú- cleo do Projeto Rondon, foram registrados 1.677 atendimentos feitos pela Unicruz durante a 3ª SuperAção Duque de Caxias. Atendimentos prestados pela Unicruz na 3ª SuperAção Duque de Caxias caem no gosto do públicoContinuaoimpassereferente à destinação de recursos do Es- tado e da União ao município de Cruz Alta para o ressarcimento do valor investido, de R$ 1,7 milhão, na Unidade de Pronto Atendimento – UPA– desde sua abertura em dezembro de 2014. No final da tarde de quinta- feira, 10, foi divulgada, pelo TRF4, a suspensão da liminar queobrigavaaUniãoeogoverno do Rio Grande do Sul a repassar valor que compreende o período entre o início do funcionamento e a habilitação da unidade junto aoMinistériodaSaúde,ocorrida em abril deste ano. A decisão, tomada na última semana, é do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), que julgou procedente recurso impetrado pelo Executivo gaúcho. A UPA da cidade começou a atender em dezembro do ano passado, inscrita no Sistema do Cadastro Nacional de Estabele- cimentos de Saúde (SCNES), Tribunal Regional Federal da 4ª Região suspende liminar referente à UPA conformeaPortarianº342/2013, do Ministério da Saúde, que define as diretrizes para a im- plantação de novas unidades. Entretanto,osrepassesfinancei- ros iniciaram somente em maio, com o credenciamento junto ao ministério. Para a União e o Estado, a portaria garante, no artigo 30, queosrepassescomecemapartir da habilitação. Já o município aponta o artigo 36 da mesma regulamentação,comobasepara o entendimento de que as verbas devem chegar a partir do início do funcionamento. Com ação movida pelo mu- nicípio em 8 de julho deste ano, a Justiça Federal de Cruz Alta concedeu liminar ordenando o repasse de R$ 1,7 milhão, sendo que o governo do RS recorreu ao tribunal. A 3ª Turma aceitou o pedido de suspensão da verba, entendo que a UPA funciona sem a necessidade imediata do dinheiro. Segundo a relatora do processo, desembargadora federalMargaIngeBarthTessler, “o fato é que a verba passou a ser disponibilizada a partir da habilitação, de modo que o tema controvertidoserestringeapenas àverbapretérita.TendoaUPA24 horasfuncionadonoperíodo,não há que se falar em risco de dano advindo da não imediata dispo- nibilizaçãodevaloresatrasados”. Conforme a procuradoria jurídica do município, depois dessa decisão o processo de agravo retornará ao tribunal de origem aguardando o mérito da ação que ainda vai ser analisada pela1ªVaraFederaldeCruzAlta. Agropecuária Agrodambroz Soja - Milho - Trigo Boa Vista do Cadeado - Fone: (55) 9963-1320
  • 5. jornal evolução Cruz Alta, 15 de setembro de 2015 5MODA Tendências Prof. Dr. Argemiro Luís Brum (Ceema/Dacec/Unijuí) Neste momento o mundo ainda não saiu da crise iniciada em 2007/08, apesar de sinais de retomada na eco- nomia dos EUA. Ao mesmo tempo, o Brasil, e o Rio Grande do Sul em particular, enfrentam a pior crise eco- nômica das últimas décadas. O que fazer? Para uma economia de merca- do funcionar ela precisa de um Estado eficiente que, pela qualidade de sua gestão (governo), crie o bem-estar social e antecipe as crises, mitigando seus efeitos sobre os cidadãos. Portan- to, independentemente das ideologias, o que deve assumir o centro de nossas atenções é a qualidade da gestão, seja pública ou privada. A crise brasileira atual, se é verdade que possui compo- nentes externos, encontra na realidade interna do país as principais razões de existir. Por interesses particulares, por radicalismos ideológicos, por questi- únculas políticas de todos os lados, e principalmente por incompetência gerencial, comprometemos a econo- mia do país nos últimos anos. Hoje, o país chegou ao seu limite. O Estado brasileiro esgotou sua capacidade de sustentação. Para sairmos dessa situ- ação, somente com ajustes profundos. Isso requer superar as forças retró- gradas nacionais que, geralmente em defesa de seus privilégios específicos, insistem em não enfrentar os desafios que a crise exige. Afinal, corrigir um Estado pesado, inchado e ineficiente, construído por anos à luz de gestões incompetentes, exige muito trabalho e senso coletivo. Ao mesmo tempo, pela própria desestruturação na ges- tão, os brasileiros se vêem diante de um enorme processo de corrupção pú- blica, o qual se instalou nas diferentes instâncias oficiais. Torna-se urgente eliminá-lo! Portanto, a nossa crise não é oriunda de causas naturais. A dívida que temos de pagar, em função de tal crise, é culpa de quem a fez, ou seja, dos governos incompetentes ou mal intencionados que, por sinal, nós mesmos elegemos. Sim, infelizmente a prática da sociedade brasileira tem sido, ao exercer o direito democrá- tico do voto, pouco questionar a capacidade moral, ética e gerencial de quem escolhe para receber seu voto. Portanto, também somos, em parte, culpados pela crise. Hoje, a conta que temos de pagar é pesada. O remédio a ser tomado é amargo. Para sairmos dela, somente cortando despesas desnecessárias, enxugando o tamanho do Estado, tornando-o de fato eficiente, gerando uma economia competitiva. Isso requer qualidade de gestão, por um lado, e limpeza absoluta daqueles que, via corrupção, usaram (e ainda usam) o bem público em benefício pessoal e de seus grupos políticos, transferindo à sociedade a conta, principalmente aos mais pobres, seguidamente enganada por discursos demagógicos. O Brasil pode sair muito bem dessa crise estrutural em que foi colocado, desde que faça esses deveres de casa.Apior coisa que pode nos acontecer é nada ou pouco fazermos, nos iludindo que melhora- mos de patamar quando na verdade construímos uma artificialidade sem sustentabilidade. Temos a obrigação de não deixarmos acontecer o pior e de evitarmos que tal situação se repi- ta, tirando as lições necessárias dessa dura e triste realidade que agora re- cebemos como herança, se quisermos ter alguma chance de avançarmos para o desenvolvimento. O QUE FAZER? Oi, gurias! Para quem ainda não me conhece, eu sou a Tata Cabral, gaúcha, de São Luiz Gonzaga, tenho 28 anos e moro no Rio de Janeiro há 7. Sou formada em Design e descobri minha paixão pela moda há cerca de 5 anos, quando comecei as postagens sobre moda no canal @oigurias. Esta semana, enquanto estava em Nova York acom- panhando a semana de moda, recebi o convite da dire- tora do Jornal Evolução Monique Bilibio, para escrever esse artigo, e não poderia ter vindo em hora melhor, pois aquela cidade é uma inspiração total, basta sair na rua para ver os mais variados looks e estilos de pessoas de todas as partes do mundo. Morei em Nova York ano passado por um mês para fazer um curso de consultoria de imagem na FIT (Fashion Institute Technology) e o que eu mais vi na época e ao longo desse ano no “street style” nova ior- quino foi a tendência Hi-lo, a qual, inclusive eu sou ex- tremamente adepta. Para quem não conhece, esse nome vem de High Low, é uma forma super expressiva e in- dividual de estilo, nos permitindo ousar mais, mistu- rar roupas e acessórios de grifes renomadas com peças mais baratinhas que encontramos em brechós ou nas “fast-fashion” como a Forever 21, H&M, Zara, C&A, Renner, etc. Dá para fazer um mix super bacana de pe- ças de tecidos e cortes mais nobres com outras bem despojadas, como uma blusa de seda ou de couro junto com uma calça ou bermuda jeans destroyed ou até mes- mo de moletom. O mesmo também funciona em um visual simples, como uma blusa branca e shorts jeans compondo com uma bolsa mais chique. A combinação de peças de cortes mais sofisticados com outras de pe- gada esportiva, também funciona e inclusive, apareceu no desfile da coleção de primavera 2016 da label Ma- rissa Webb, marcando um encontro entre o militarismo e a alfaiataria, com uma feminilidade não tão óbvia. Hora de usar as nossas parkas de cintura marcada sobre vestidos e saias! Aproveitando para falar sobre as tendências para o verão 2016, segundo a NYFW, o desfile da Gyvenchi deixou bem claro que dessa vez, a parte do corpo que vamos deixar a mostra serão os ombros. Peças com recortes ressaltando estrategicamente esta região ganharam as passarelas de uma série de grifes, como a Givenchy e o estilista israelense Yigal Azrouël, ele apresentou modelos interessantíssimos de alfaiata- ria clássica desconstruídos, com ombros a mostra. MODA Dicas & Sugestões. Tendências 2016 - Inspire-se! Por Thainá Cabral
  • 6. Cruz Alta, 15 de setembro de 20156 jornal evoluçãoeventos Encerramento do 2° turno do CAS 2015 Após trinta semanas de ensino à distância e onze semanas de instruções presenciais, no dia 28 de agosto de 2015, a EASA entregou ao Exército Brasileiro mais 214 Sargentos Aperfeiçoados. No primeiro momento, às 09:00 horas, sob a presidência do Cel Paulo Sérgio FelipeAlves Comandante da Escola, foi realizada a solenidade de diplomação e premiação, na qual os concludentes dos curso receberam seus diplomas, e os 1º, 2º e 3º colocados de cada Arma e o Sargento Escol de cada turma receberam a justa homenagem e a premiação pelos excelentes resultados obtidos. Na oportunidade, o 2º Sgt Com Salatiel Alves da Silva Junior, destaque geral do Curso, fez a inauguração da placa alusiva a 72ª turma aperfeiçoada. AFormatura de Diplomação do Curso, ocorreu às 11:00 horas,tendoporlocalaPraçaD’Armas“BatalhãoCurupaiti”, sendo presidida pelo Excelentíssimo Sr General de Exército Antônio Hamilton Martins Mourão, Comandante Militar do Sul, com a presença de autoridades civis e militares, convidados especiais e familiares dos 214 Segundos Sargentos das Armas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações do Exército Brasileiro, que receberam de seus padrinhos e madrinhas a Quaderna de Sargento Aperfeiçoado. Os primeiros colocados de cada Arma, 2° Sgt InfAlexandre Gomes Batalha, 2 Sgt Cav Pedro Henrique Meira, 2° Sgt Art Mário Justino Nascimento dos Santos, 2° Sgt Eng José Claudionor Gomes Filho e 2 Sgt Com Salatiel Alves da Silva Júnior, receberam do Sr Cel Paulo Sérgio, comandante da EASA, a medalha Marechal Hermes – Aplicação e Estudos. Logo em seguida, foi oferecido a todos os presentes um coquetel, proporcionando um agradável momento de confraternização e despedidas.
  • 7. jornal evolução Cruz Alta, 15 de setembro de 2015 7S O CIAL solangecastilhos@hotmail.com Isabelle Lopes 13/09 Sandra Maria Mariotti Fronza 13/09 Marcelli Valerio 17/09 Lylian Ribeiro Carus 20/09 Móises Prevedello 22/09 Lucas Simonetti Eidt 18/09 Paulo Gustavo Schuh 21/09 Maria Daura Carlan Martins 27/09 Reencontro A história de mais de quatro décadas do curso de Educação Física da Unicruz foi revivida e recontada em um reencontro dos ex-alunos e professores. O local selecionado para reencontro foi o Clube Internacional. O DJ Marcos Maffei veio de Porto Alegre especialmente para a festa, com jantar e muita animação, que reuniu colegas, professores e amigos de diversas localidades. Essa turma comprovou a tese de que, quando se tem vontade, o companheirismo e amizade resistem ao tempo e a distância. Sucesso Mais de mil pessoas tiveram o privilégio de assistir a palestra do renomado empresário Eduardo Tevah que abordou com brilhantismo o tema “As novas leis do sucesso Profissional”. Durante o encontro Tevah sugeriu às pessoas que buscam obter sucesso no seu dia- a-dia, se adaptarem a um novo estilo de trabalho e de atitude. A palestra foi ministrada no Clube arranca a convite de Luciana Zeidler, da Lidere, que também pensou em um caráter assistencial para o evento, ou seja, destinou os alimentos arrecadados ao Hospital São Vicente. Visita Os Rotary Clubs de Cruz Alta, Érico Veríssimo e Ana Terra receberam na quinta-feira dia 3 de setembro, a visita do Governador do Distrito 4660 do Rotary Internacional, Gelso Luiz De Carli. Durante o dia foram realizadas visitas e reuniões de trabalho e a noite um jantar festivo no salão do Restaurante do Clube Internacional. EXPOAGAS Vanessa Linke Cadore, Elissandra e Elisângela Linke, participaram da 34ª Convenção Gaúcha de Supermercados – EXPOAGAS 2015 em PoA, na FIERGS, nos dias 25, 26 e 27 de Agosto. Reinauguração Muitas amigas e clientes prestigiaram a reinauguração do novo espaço moderno, amplo e chique do salão de beleza da Carolina Noronha, decorado com bom gosto de Carol como é conhecida por todas. Em um local reservado foi implantada uma ilha de lingerie e acessórios, com muitas opções e sugestões de moda Intima. Brindes foram distribuídos às convidadas. Aniversário do Clube Arranca! O Clube Arranca completou 101 anos de fundação sendo referência de local para eventos glamourosos. E comemorou em alto estilo com uma mega festa para convidados ao som do DJ Leo Assumpção e delicioso jantar de Araújos Buffet de Santa Maria. Durante a festa foram homenageadas suas rainhas e dadas boas vindas às novas soberanas. Parabéns ao presidente do Clube, Wilson Hoffmeister e sua esposa, elegante casal que comandou a festa. Embelezando esta página a ex Rainha do Clube Arranca Louise Fernandez Hoffmeister, passou a faixa para Nathalia Costa, na foto Louise com o casal presidente do Clube Wil- son e Laurita Hoffmeister Penteada,maquiada: Alcides Cabeleireiro Fotografado: Leila Rocha Maria Eduarda Manjabosco se despediu do Clube Arranca com muita graça e beleza Elsa e Gildo Marcon da Silva, presença notada em recente formatura O Casal Idiles e Vladimir de Pietro, bonitas pre- senças no baile dos 101 anos do Clube Arranca
  • 8. jornal evoluçãoCruz Alta, 15 de setembro de 20158 As obras de revitalização do calçadão de Cruz Alta estão em rit- mo acelerado. A empresa contratada para executar o serviço tra- balha na colocação do piso intertravado, inclusive parcialmente liberado para os pedestres. A tubulação que receberá as instalações elétricas já foram executadas e aguardam os postes de ilumina- ção que estarão dispostos com os bancos ao longo do trajeto. A obra contempla a modernização da pavimentação existente, novo sistema de drenagem, nova proposta de paisagismo, colocação de novos equipamentos públicos como bancos, lixeiras e iluminação. Outra novidade é que o novo calçadão poderá ser mantido fechado ou aberto para circulação de veículos. Além disso, o projeto ofere- cerá maior fluidez visual ao local. As obras compreendem o espaço entre das ruas General Osório a Presidente Vargas e ao todo serão investidos R$ 525.282,32 oriundos do Ministério do Turismo, sen- do R$ 43.478.26 de contrapartida do município de Cruz Alta atra- vés da secretaria de Desenvolvimento Econômico. Obras no calçadão Voluntários contam como é a experiência de visitar idosos em abrigos e casas de repouso e como sesentemaocontribuirparaobem- estar dessas pessoas. A partir de um movimento com a Legião Brasileira de Assis- tência – LBA, em 1982 um grupo de madrinhas voluntárias tomou a iniciativa de fundar um grupo especialparainteragirdiretamente com o Asilo Santo Antônio, em Cruz Alta, desenvolvendo, junto aos internos, atividades sociais e culturais.Dentreaspioneirasdeste grupo estavam Sahra Westphalen Corrêa, Alda Sampaio, Maria de Oliveira Canto, Olinda Roberto Stefanello, entre outras nobres madrinhas. Atualmentetrabalham voluntariamente neste grupo 25 mulheres sendo Vera Bronzatto Dambroz a coordenadora e Gra- ziela Fiorim, vice-coordenadora. A equipe do Jornal Evolução entrevistou uma dessas senhoras quededicouboapartedesuavidaa ofereceramor, amizadeeconforto aos idosos noAsilo SantoAntônio como madrinha voluntaria. Berenice Cunha, uma das madrinhas desse grupo, é a nossa entrevistadadestamatéria,quenos conta como se sente ao contribuir paraobem-estardessaspessoas.Há maisde30anoselasededicaaeste serviçovoluntáriocomgenerosida- Asilos recebem voluntários para fazer o bem. Seja um deles! Berenice Cunha Colaboradora da Entrevista. As duas vizinhas leda Almeida Havia duas vizinhas que viviam em pé de guerra. Não podiam se encontrar na rua que era briga na certa. Depois de um tempo, dona Ma- ria descobriu o verdadeiro valor da amizade e resolveu que iria fazer as pazes com dona Clotilde. Ao se encontrarem na rua, muito humil- demente, disse dona Maria: minha querida Clotilde, já estamos nessa desavença há anos e sem nenhum motivo aparente. Estou propondo para você que façamos as pazes e vivamos como duas boas e velhas amigas. Dona Clotilde, na hora estra- nhou a atitude da velha rival, e disse que iria pensar no caso. Pelo caminho foi matutando... Essa dona Maria não me engana, está querendo me aprontar alguma coi- sa e eu não vou deixar barato. Vou mandar – lhe um presente para ver a sua reação. Chegando em casa, prepa- rou uma bela cesta de presente, cobrindo-a com um lindo papel, mas encheu com esterco de vaca. “Eu adoraria ver a cara da Maria ao receber esse maravilhoso pre- sente. Vamos ver se ela vai gostar dessa”. Mandou a empregada levar o presente à casa da rival com um bilhete: “Aceito sua proposta de paz e para selarmos nosso com- promisso, envio-te esse lindo pre- sente”. Maria estranhou o presen- te, mas não exaltou. Que ela está propondo com isso? Não estamos fazendo as pazes? Bem deixa pra lá. Alguns dias depois Clotilde atende a porta e recebe uma linda cesta de presentes coberta com um belo papel. É a vingança daquela asquerosa da Maria. Que será que ela aprontou. Qual foi sua surpresa ao abrir a cesta e ver um lindo arranjo de flores que podiam existir num jar- dim, e um cartão com a seguinte mensagem: “Estas flores te ofere- ço em prova da minha amizade. Foram cultivadas com o esterco que você me enviou e que propor- cionou excelente adubo para meu jardim. Afinal cada um dá o que tem em abundância em sua vida”. MEU DESTAK de e, ao mesmo tempo, gratidão. “Sem dúvida, é uma experiência engrandecedoraparaquempratica e para quem recebe este gesto de carinho.”, diz Berenice. O que vocês fazem pelos ve- lhinhos? Tentamosreinseri-losnasocie- dade e ainda diminuir a carência com amor e carinho que aqueles filhosqueabandonaramtotalmente seus pais deixaram de dar. Con- versamos com os idosos que nos contam suas historias, memórias de suas vidas, decepções e relatos das saudades dos familiares. Atualmente existem cerca de cem idosos que vivem aqui total- mente abandonados pela família, sendo mais homens que mulheres, porque o homem é mais difícil de cuidar.Quandochegoaoasiloeles me reconhecem como madrinha e amiga para conversar com eles. Nas festas de final de ano, Páscoa eNatal,porexemplo,nósfazemos a festa com eles com uma bela confraternização. No dia 28 de setembro, como é o dia dedicado ao idoso, nós faremos uma grande recepçãoparaeles,quenecessitam de amor e carinho. Instituição para conhecer e ajudar Asilo Santo Antônio Rua: Bento Gonçalves, 91 – Cruz Alta - Fone: (55) 3322-1208 Voluntários contam como é a experiência de visitar idosos em abrigos e casas de repouso
  • 9. jornal evolução Cruz Alta, 15 de setembro de 2015 9variedades Horóscopo Seu Olhar INGREDIENTES 1 kg de filé-mignon cortado em cubos 2 colheres de azeite 2 dentes de alho amassado 1 cebola grande ralada 1 colher de margarina 500ml de leite 2 colheres de amido de milho 250g de requeijão cremoso Sal e pimenta a gosto 1 brócolis médio cozido 1 xícara de azeite 8 dentes de alho 50g de alho poró fatiado em rodelas MODO DE PREPARO Tempere o filé com sal a gosto no mínimo por 30 minutos. Refogue a carne com o azeite, alho, sal e pimenta, reserve. Frite a cebola na margarina, acrescente o leite, o amido e por último misture o requeijão cremoso e o alho poró. Também reserve. Separadamente cozinhe o brócolis com sal , e deixe-o al dente. Reserve. Corte o alho em lâminas e frite-os no azeite. Em um refratário coloque a carne, acrescente o molho, coloque o brócolis aleatoriamente e por último espalhe o alho com azeite. Leve no forno para gratinar por aproximadamente 20 minutos. Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde. E por pensarem ansiosamente no futuro esquecem do presente e da forma que acabam por não viver nem no presente nem no futuro. E vivem como se nunca fossem morrer... e morrem como se nunca tivessem vivido. Depois de tanto, mas de tanto pensar, resolvi descrever- lhes o que vi o hoje ... Uma cena no posto de saúde da Vila Nova, na última sexta feira, às 5 horas da tarde nos chocou. Uma paciente que foi até lá consultar, uma senhora com aproximadamente 85 anos pedindo para ser atendida. Mas a atendente foi lá dentrofaloucomomédicoeveiocomatristenoticiasenhora o doutor já havia encerrado os atendimentos, de tal forma, não poderia encaminhar-lhe ao consultório. Mas a idosa que sofredeosteoporosequemalconseguecaminharinsistiucom a funcionaria pública, que lhe trouxe o médico no balcão. O “doutor” bem jovem e bonito, reforçou a frase da moça dizendo: “- Senhora eu não posso lhe atender, em primeiro lugar a senhora não faz parte deste posto e outra já terminou meu expediente.”Asenhora muito indignada e morrendo de dor nas pernas, que para poder deslocar-se ao posto de saúde, havia pedido uma carona à uma amiga. Sem esmorecer ela FILÉ-MIGNON AO MOLHO DE REQUEI- JÃO E BRÓCOLIS PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS Solução www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL BANCO 28 LLRD ESQUELETO PNEUSACAR ATRASADOE EVADORAM OSASCOTRI DAISER FERIADOEG CEDOMADA PODIOODOR ENEMMONG TALAMEDA ANGELICAL TEMAEDO POEMAEROS Conjunto de ossos Que teve seus direitos violados As primeiras notas musicais Reveste a roda do carro Com forma de bola Depois da hora marcada Divide a quadra de vôlei Parte superior da garrafa (pl.) Ficar enfermo Palco dos vencedo- res O dos escoteiros é “Sempre alerta!” Organiza- ção Não Governa- mental Rua orlada de árvores Obra em versos A maior ave bra- sileira Sufixo de “vinhedo” Deus do amor (Mit.) Substitutas dos óculos Escrava; criada Sílaba de “quatro” Artigo re- tirado de revistas Lateral Retirar (dinheiro do banco) Satisfeito Gostam muitíssi- mo Afasta-se Cidade paulista Dia sem trabalho Domesti- cada Escultura de santo Cheiro Porta- bagagens do carro Relativo aos anjos Exame Nacional do Ensino Médio (sigla) Pena; piedade Existir Adiciono Sílaba de “tricô” 3/ong.4/enem—eros.5/poema.6/osasco. Um caminhão que transpor- tava madeira de Santa Maria para Cruz Alta vira na BR158 derrubando toda a carga. Embora o acidente tenha chocado as tes- temunhas, ninguém saiu ferido. Acidente na BR 158 NOTA PARA A IMPRENSA Em decorrência das recentes manifestações, as quais são de conhecimento da comunidade em geral, a Brigada Militar in- forma que não se encontra em greve e continua seus trabalhos em pról da ordem pública, bem como, da segurança pública na área de abrangência do 16º BPM. Rogério Nevinski Capitão - Cmt Interino do 16º BPM Poupança 15-9.2015................0,6800% Ouro 11.9.2015.................R$ 137,00(gr) Dolar Comercial (compra)...... R$ 3,8160 Dolar Comercial (venda) ...... R$ 3,8180 Dolar turismo (compra) ......... R$ 3,6000 Dolar turismo (venda)............ R$ 4,0500 Euro (compra) ....................... R$ 4,3195 Euro (venda) ......................... R$ 4,3220 IPC/FIPE Agosto/2015..................0,58% IGPM/FGV Agosto/2015.............. 0,28% INPC/IBGE Agosto/2015...............0,25% IPCA/IBGE Agosto/2015...............0,22% IGP-DI-FGV Agosto/2015.............0,58% ÁRIES Uma notícia agradável sobre negócio ou encontro amoroso, vai lhe trazer satisfação. Excelentes oportunidades de se realizar profissionalmente. Você está melhor consigo mesmo e passa a dar mais valor a tudo que você possui em termos materiais TOURO Todos os assuntos importantes, particularmente os de ordem financeira, se tratados com interesse e inteligência, obterão os mais excelentes resultados. Tendênciasaaventurasoesperam.Procure moderar o fumo e a bebida. GÊMEOS Momentoqueterásucessoemtudoque estárelacionadocomoensinoeaeducação de crianças, jovens e mesmo pessoas adultas. Forte tendência à especulação e muito sucesso nos negócios. Excelente período para contatos sociais. CÂNCER Pense positivamente e não se intimide diante das dificuldades que terá, neste período. Haja conscientemente, que conseguirá resolver todos os seus problemas mais sérios. Êxito romântico e em negócios com o sexo oposto. LEÃO O sucesso que obtiver será repetido nos próximos dias, pois terá a colaboração de amigos e de pessoas bem situadas financeiramente. Fará viagens agradáveis queredundarãoemlucros.Êxitonocampo profissional. VIRGEM Benéfica influência astral para tratar de questões sociais pendentes, para lucrar em negócios iniciados anteriormente e à sua prosperidade profissional. Contudo, as disputas no lar deverão ser evitadas. LIBRA Este é um ótimo período, pois tudo indica que obterá êxito em negócios ou questões ligadas ao comércio de materiais de ensino, de um modo geral. Sucesso social, profissional e amoroso, principalmente. ESCORPIÃO Momentopositivoparasuasatividades artísticas e tudo que está relacionado com as artes de um modo geral. Os lucros em negócio e através do esforço empreendido no trabalho deverão aumentar. SAGITÁRIO Período em que haverá muita paz no âmbito familiar. Muita felicidade íntima e proteção na vida social. Faça higiene mental divertindo-se passeando e conhecendo novas pessoas. Excelente ao trabalho e aos negócios. CAPRICÓRNIO Grandes possibilidades de sucesso estão ao seu redor. Procure ser mais cortês a fim de ganhar dinheiro e conquistar simpatias. Possibilidades de ganho na loteria ou ter sua situação mudada para melhor a qualquer momento. Fase excelente. AQUÁRIO Evite prejudicar sua saúde não cometendo excessos alimentares, alcoólicos e profissionais. Não confie demais, também, em subordinados e estranhos. Todavia o sucesso pessoal e a evoluçãodapersonalidadeserãoevidentes. PEIXES Disposição tranquila e excelente estado mental para entabular novas coisas visando sua melhora geral. A elevação da personalidade será o ponto máximo de seu sucesso. Melhora da saúde, mas não se descuide. OProjetodeExtensãodaUni- versidade de Cruz Alta Profissão Catador II, recebeu recentemente ainformaçãodecertificação,atra- vés do site da Fundação Banco do Brasil. Esta é a segunda vez que o projeto é contemplado com o certificado. Em 2013, o Profissão Catador passou a ser referência em Tecnologia Social. A entrega docertificadodeformapresencial serárealizadanaspróximassema- nas. O Projeto Profissão Catador II, patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental é exe- cutado pela Unicruz, conveniado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Governo Federal e conta com a parceria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã. O Prêmio: O Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social foi criado em 2001 e é o principal instrumento de identificação e certificaçãodetecnologiassociais que compõem o Banco deTecno- logias Sociais (BTS). Realizado a cada dois anos, o Prêmio tem por objetivo identificar, certificar, premiar e difundir tecnologias sociais já aplicadas, implemen- tadas em âmbito local, regional ou nacional, que sejam efetivas na solução de questões relativas à alimentação, educação, energia, habitação, meio ambiente, recur- sos hídricos, renda e saúde. Projeto recebeu certificação do Prêmio Banco do Brasil de Tecno- logia Social 2015 olhahumildementeparaeleediz:“...masdoutor,osenhor poderia me olhar e pelo menos me dar um remédio para esta do?” Mas as justificativas do medico permaneceram as mesmas. Então a senhora indignada perguntou: “Onde fica seu juramento doutor?” Mas o médico simplesmente não se abalou, negou a pobre senhora morrendo de dor foi embora. O caso chocou todos os presentes no momento. Então me pergunto: Mas que lei é esta que um paciente entra num posto de saúde e o medico sem paciente não atende uma idosa de quase 90 anos? Isto é um crime cadê as autoridades da saúde e da cidade???? Fica aqui a indignação das pessoas que presenciaram o lastimável fato! Saúde
  • 10. 10 jornal evoluçãoCruz Alta, 15 de setembro de 2015 Geral Catadoras e catadores coletaram mais de uma tonelada de vidros no Superação Doe Cabelos, colecione alegrias Experiência de quem Doou “Quando fui diagnosticada com câncer, minha maior pre- ocupação foi perder o cabelo. Disseram-me que seria muito difícil evitar a queda, que o ca- belo iria cair de qualquer jeito e em chumaços. E que seria mui- to traumatizante. Então, decidi pular a etapa do trauma, tosar o meu cabelo e usar uma peruca, feita sob medida, que cola na cabeça. Não me arrependo da decisão, foi ótimo para minha autoestima”. O depoimento é de Cristina Yuri Inada, 56 anos, consulto- ra de restaurantes e gerente do Nik Sushi. Mas poderia de ser de quase qualquer mulher que tenha que passar pelo tratamen- to de câncer. Também conhecida como alo- pecia, a queda de cabelo é uma das reações que podem ocorrer com alguns tipos de quimiote- rapias. Esse efeito ocorre por- que a quimioterapia afeta não apenas as células cancerígenas, mas todas as células do corpo, principalmente as células que se multiplicam com rapidez como as que realizam o crescimento do cabelo. Perder o cabelo não é fácil. Quem não se lembra da cena em que a atriz Carolina Dieckmann raspa a cabeça ao representar uma personagem com leuce- mia, na novela Laços de Famí- lia, e chora? Pensando nessa questão da au- toestima e como os cabelos po- dem ajudar, organizações como Laço Rosa e muitas outras fa- zem a mediação entre pacientes que precisam de perucas e pes- soas dispostas a doar seus cabe- los. Mas são necessário muitos fios para fazer uma só peruca, por isso, na hora de doar, quan- to mais cabelo, melhor. A comunidade cruzaltense teve a oportunidade de fazer o descarte correto dos vidros, con- tribuindo com o meio ambiente, gerando trabalho e renda aos catadores do Bairro Acelino Flo- res, Jardim Primavera 2, Funcio- nários e Bairro Planalto. A ação ocorreu na manhã e tarde do últi- mo sábado, dia 29 de agosto, na Praça do Ginásio Municipal de Esportes, junto ao evento Supe- ração Duque de Caxias. A atividade foi realizada pelo Projeto Profissão Catador, em parceria com o Rotary ClubeAna Terra e o Exército Brasileiro, realizador do Superação Duque de Caxias, que teve por objetivo proporcionar uma ação conjunta em apoio à comunidade cruzal- tense. Conforme a monitora de base do Acelino Flores, Marlete Moura, mais de 40 pessoas fo- ram atendidas pelos catadores. A integrante da Associação de Pais e Amigos dos Autistas, Carmen Desobediência a Medida Protetiva – Cruz Alta Em 10 de setembro de 2015, às 13h20min, na rua Cel. Tárcio Silveira, a vítima G.C.S. rela- tou que seu ex-companheiro J.S.S. desobedeceu a ordem judicial de medidas protetivas e tentou passar com o carro por cima da mesma, a vítima foi conduzida para a Delegacia para efetuar o registro. O acu- sado não foi localizado. Roubo a Pedestre – Cruz Alta 11 de setembro de 2015 Em 10 de setembro de 2015, às 09h05min, na rua João Mano- el, ocorreu a prisão em flagran- te delito de R.R., pelo crime de roubo a pedestre. A guar- nição de serviço foi solicitada a comparecer no local citado onde populares estavam com o indiciado detido. No local em contato com a vítima A.O.E., relatou que estava próximo a Unicruz (centro), quando o acusado lhe derrubou no chão roubando sua bolsa, ficando lesionada no joelho direito. Diante dos fatos a guarnição de serviço deu voz de prisão ao autor, sendo necessário o uso da força para algemá-lo. No interior da bolsa continha os documentos da vítima, medi- camentos, um aparelho celular e R$ 350,00 (trezentos e cin- quenta reais) em dinheiro. Foi lavrado o auto de prisão em flagrante delito e conduzido o mesmo ao Presídio Estadual de Cruz Alta. Roubo – Cruz Alta 11 de setembro de 2015 Em 10 de setembro de 2015, às 07h45min, na rua São Geraldo, a guarnição da Brigada Militar compareceu no endereço ci- tado e a vítima A.A.P.S. rela- tou que deslocava de bicicleta marca Oxxin de cor vermelha com amortecedores nas rodas. Quando em frente a RBS TV foi assaltado por dois indivídu- os, um dos indivíduos lhe deu um soco no rosto, o qual veio a cair da bicicleta, o assaltan- te pegou a bicicleta e fugiu em direção ao posto 2001 do bair- ro de Fátima, e o outro fugiu a pé na mesma direção. Conhece um dos assaltantes como sen- do um tal de Hermes, sabe que o mesmo pernoita no Presídio Estadual de Cruz Alta, o ou- tro não conhece. A guarnição de serviço efetuou buscas nas proximidades não localizando nenhum suspeito PLANTÃO POLICIAL “O cabelo para uma mulher significa muito! Por isso tive prazer em doar o meu . Cabelo cresce muito rápido, e fazer o bem sem saber a quem é muito bom pra alma”. – Conclui Cris- tina. Nome: Cristina Yuri Inada - Profissão : Consultora de Restaurantes. Seu cabelo tem mais força do que vc imagina. Doe seu cabelo, ele pode mudar a vida de muitas pessoas com Câncer Instituição para conhecer e ajudar Liga Feminina de Combate ao Cân- cer de Cruz Alta Dias de Atendimento de segunda a quarta das 13:30 às 16:30h Rua:BarãodoRioBranco,748Cruz Alta - RS - Fone: (55) 3322 - 6199 Silveira, relatou que embrulhou o vidro antes de fazer a entrega do material para os catadores, “tenho o hábito de separar os ma- teriais e fazer o descarte correto, pois penso em quem recebe esse material”, comentou. 15 catado- ras e catadores coletaram mais de uma tonelada de vidros no II Coletaço. A equipe do projeto aprovei- tou o momento para orientar a comunidade em relação ao novo ponto de coleta permanente de vidros, localizado na Avenida Pejuçara 855, junto a Associação de Catadores do Bairro dos Fun- cionários. O Projeto Profissão Catador II, patrocinado pelo Pro- grama Petrobras Socioambiental é executado pela Unicruz, conve- niado com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Gover- no Federal e conta com a parce- ria dos municípios de Cruz Alta, Salto do Jacuí, Júlio de Castilhos e Tupanciretã.
  • 11. jornal evolução Cruz Alta, 15 de setembro de 2015 11Geral Há semanas venho pensando numa parábola que ouvi há pouco mais de 10 anos quando buscava na família e nos amigos, conselhos sobre como superar momentos que para mim, eram de muitas dificuldades. Um deles me propôs uma leitura que lembro vez por outra e em especial, a poucos dias aconselhando uma pessoa próxima que sofreu uma ataque de gente que perdeu a noção no uso do poder que busca e recebe. É a parábola de um mestre do oriente que enquanto andava com seus discípulos viu uma cobra que estava prestes a morrer queimada, decidindo instintivamente tirá-la do fogo para salvá-la e aliviar o sofrimento daquele ser, mas quando o fez, a cobra o picou. Pela reação de dor, o mestre acabou soltando o animal que foi novamente ao fogo. Mesmo com muita dor o mestre tentou evitar novamente que ela se queimasse e antes que pudesse pegá-la, a cobra o picou pela segunda vez. Logo alguns discípulos vieram au- xiliar o mestre, que antes de deixá-los amenizar a dor das suas feridas pegou um galho comprido e tirou a cobra para longe do fogo. Um dos observadores perguntou ao mestre se a atitude não seria teimosia, afirmando que todas as vezes que tentasse tirar a cobra do fogo ela iria picá-lo. O mestre então teria reunido a todos para explicar que “as vezes é preciso ter mais cuidado e ser precavido, mas nunca mude a sua natureza se alguém de faz algum mal. Assim como é da natureza da cobra picar, isto não pode mudar a minha, que é ajudar.” Afalta de honestidade, de lealdade, a traição, a violência, a injustiça e muitas vezes a ingratidão, ao nosso redor nos causa muita indignação, dor e incom- preensão sobre as atitudes dos outros. Todavia, embora seja muito difícil, é preciso compreender que as atitudes que se revelam corriqueiras são da natureza de algumas pessoas e a sua reação a estas atitudes não deveriam ser na mesma lógica delas, se não for coerente com a sua natureza. Se você é do bem, da paz, tem e deseja continuar tendo uma vida digna da qual pode se orgulhar e honrar a sua família e amigos, mudar sua essência para reagir a alguém ou algo que te prejudicou, pode mudar também o rumo das boas coisas que você construiu e está con- solidando. Aquem sente a necessidade de reagir contra alguém que fez algo negativo, aconselho a vencer os obstáculos mais difíceis, surpreender fazendo muito melhor do que se esperava de você. Fazendo o sucesso mais esplendoroso que se consegue, é possível atingir e até desnortear alguém que eventualmente tentava te prejudicar. O sucesso é um conjunto de pequenos esforços repe- tidos, com pequenas conquistas que vão se somando e sendo cada vez mais reconhecidos. Quando me vejo diante destas situ- ações, procuro lembrar de uma frase deixada por Charles Chaplin, ator, diretor e escritor britânico, que também recomendo aos amigos e leitores: lute com determinação, abrace a vida com paixão, perca com classe e vença com ousadia! Um abraço e até a próxima. Cras - Centro de Referência de Assistência Social A natureza de cada um Marcelo Blume No mês de setembro, o Banco de Alimentos de Cruz Alta com- pletou cinco anos de fundação e comemorou organizando um Encontro Solidário com jantar no Clube Internacional. A con- fraternização reuniu cerca de 130 pessoas entre mantenedores, parceiros, entidades assistidas, voluntários e amigos do Banco de Alimentos. O Banco deAlimentos projeta e executa ações voluntárias junto a comunidade de CruzAlta com o objetivodeatenderasnecessidades de famílias e pessoas em situação de risco e de vulnerabilidade so- cial, seja por falta de emprego ou por serem portadoras de alguma Banco de Alimentos de Cruz Alta. O CRAS – Centro de Refe- rência de Assistência Social foi inaugurado em agosto de 2007 a fim de contemplar as propostas da Política Nacional de Assis- tência Social, o PNAS. O CRAS, também é conhecido como CASA DA FAMÍLIA, é uma unidade pública de responsabili- dade municipal com objetivo de atendimento socioassistencial à comunidade. É responsável pela oferta de serviços continuados de proteção social básica de as- sistência social às famílias, gru- pos e indivíduos que precisam da assistência social, conforme a constituição Federal art.203. Dentre várias iniciativas exis- tentes no CRAS destacamos desta vez, o grupo chamado “Cozinha Solidaria”, cujo obje- tivo é ajudar pessoas de baixa renda a terem uma profissão. A (Inclusive para geração de ren- da); •Elaboração de laudos, rela- tórios •Acompanhamento às famí- lias através de visitas domicilia- res e atendimentos • Visitas domiciliares e insti- tucionais; instrutora Sandra Mores e mais 11 aprendizes, aprendem tudo sobre os mais variados tipos de comida, por exemplo, pães, bis- coitos, massas, cuca entre outras delícias. Os produtos fabricados por eles são expostos e vendidos no próprio CRAS e em feiras e eventos e a renda destas vendas revertida para quem foi realizar o trabalho nas feiras. A Cozinha acontece três vezes por semana, terças, quintas e sextas-feiras e, durante esta semana, acompa- nhamos os trabalhos dos apren- dizes Tânia Oliveira, Maria La- maison, Nara Mello e Maria Elói de Souza Oliveira. Listamos abaixo os serviços oferecidos no CRAS: • Atendimento com assistente social e psicóloga às famílias; •Inserção das famílias em be- nefícios, programas e projetos • Suporte técnico aos progra- mas sociais; • Palestras sócio-educativas GRUPOS EXISTENTES NO CRAS UM LUGAR A O SOL. •COZINHA SOLIDÁRIA: Turmas na segunda e terça • ARTESANATO: Turmas às quartas-feiras, manhã e tarde. doença incapacitante. Durante o evento, a Presidente MariaLúciaJaquesOliveira,apre- sentouumdemonstrativodearreca- dações oriundas das contribuições voluntárias de pessoas físicas e jurídicas demonstrando responsa- bilidadeecomprometimentocoma propostasocialedetransformação a que a entidade se propõe junto à comunidade, salientando a im- portância de todos os parceiros e comunidade na manutenção desse projeto para Cruz Alta. A apresentação de abertura do Encontro Solidário foi feita pelo GrupodeDançasdaEscolaCoope- ração,coordenadopelaprofessora Carina Costa.
  • 12. ano XVIi - nº 996 - cruz alta Cruz Alta, 15 de setembro de 2015 Para você manter sua cultura em alta Comitiva divulga Fenatrigo na Expointer A comitiva da XII Fenatri- go composta pelo Presidente Airton Carlos Becker, Prefeito Juliano da Silva, Presidente da Associação Fenatrigo Gustavo Bilibio, Presidente do Sindi- cato Rural Fernando Carpes, Presidente da ACI João Paulo Reis, soberanas, coordenado- res e integrantes das comis- sões, estiveram nos dias 2 e 3 de setembro realizando a divul- gação da feira na Expointer. Na oportunidade foram entregues a autoridades convites para Abertura Oficial da Colhei- ta do Trigo no RS e Abertura Oficial da Fenatrigo, entre elas 1ª Dama do Rio Grande do Sul Maria Helena Sartori, Ministro Augusto Nardes do Tribunal de Contas da União, Presidente da FARSUL Carlos Sperotto, Se- cretários Estaduais, Deputados Estaduais e Federais. Conforme Airton o objetivo da viagem foi concretizado, a divulgação foi feita com suces- so. “Essa excursão para a Ex- pointer nos ajuda muito, pois todas as instituições públicas e privadas ligadas ao agronegó- cio estão presentes. Também visitamos importantes veículos de comunicação além da inte- ratividade com o público, nos- sas soberanas Milene, Priscila e Bruna representaram muito bem a Fenatrigo e o município de Cruz Alta com certeza reali- zaram um excelente trabalho”, destaca. A Comitiva retornou na quinta-feira, mas o Presiden- te da Fenatrigo e do Sindicato Rural permaneceram em Esteio para fazer a entrega do convite oficial para a Ministra de Agri- cultura, Pecuária e Abasteci- mento Kátia Abreu. “A Minis- tra confirmou presença na XII Fenatrigo. Tive a oportunidade de relatar a importância da fei- ra para a nossa região e tam- bém para o Estado. Vamos reu- nir pessoas ligadas à cadeia do trigo e confeccionar um docu- mento contendo as principais demandas para ser entregue para Ministra durante a feira” ressaltou Airton. A comitiva da XII Fenatrigo composta pelo Presidente Airton Carlos Becker, Prefeito Juliano da Silva, Presi- dente da Associação Fenatrigo Gustavo Bilibio, Presidente do Sindicato Rural Fernando Carpes, Presidente da ACI João Paulo Reis, soberanas, coordenadores e integrantes das comissões, estiveram realizando a divulgação da feira na Expointer