Direito a não ter religião

865 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
865
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Direito a não ter religião

  1. 1. Escola Augusto César Pires de Lima Trabalho elaborado por: Cláudia Teixeira nº9 8 A Ano Lectivo 2010/11
  2. 2.  Este trabalho foi pedido no âmbito da disciplina de Historia por o professor Arménio Libanio. Neste trabalho vou falar sobre “ O direito a não ter religião”.
  3. 3.  A liberdade de religião e de opinião é considerada por muitos como um direito humano fundamental. A liberdade de religião inclui ainda a liberdade de não seguir qualquer religião, ou mesmo de não ter opinião sobre a existência ou não de Deus .A Declaração dos DireitosHumanos, garante liberdade de Religião.
  4. 4.  A Declaração Universal dos Direitos Humanos adotada pelos 58 estados membros conjunto das Nações Unidas em 10 de Dezembro de 1948, no Palais de Chaillot em Paris, (França), definia a liberdade de religião e de opinião no seu artigo 18: Todo o homem tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou colectivamente, em público ou em particular.
  5. 5.  Historicamente, a liberdade de religião tem sido usado para referir-se a tolerância de diferentes sistemas de crença teológicas, ao passo que a "liberdade de culto" foi definida como a liberdade de acção individual. Cada um destes elementos existiram em diferentes graus na história. Embora muitos países na Antiguidade, Idade Média e Moderna tenham aceitado alguma forma de liberdade religiosa, ela foi frequentemente limitada, na prática, através de uma tributação punitiva, uma legislação repressiva socialmente e a privação de direitos políticos.
  6. 6.  A liberdade de culto  Algumas das excepções religioso foi estabelecida históricas foram as regiões no Império onde religiões possuíam Máuria da Índia por Asoka, uma posição de poder: no século III a.C., que foi o judaísmo, zoroastrismo, cr oficializado nos "Éditos de istianismo e islamismo. Ashoka". Outros casos de repressão ocorreram quando a ordem Na Império Romano e estabelecida se sentiu na Grécia devido ao ameaçada, como mostrado grande sincretismo, no julgamento de Sócrates, frequentemente ou onde o governante foi comunidades eram deificado, como em Roma, e autorizadas à possuir seus a recusa a oferecer próprios costumes. Quando sacrifício simbólico foi multidões nas ruas semelhante ao se recusar a enfrentavam-se por prestar um juramento de questões religiosas, a fidelidade, sendo esta a questão era geralmente razão da perseguição aos considerada uma violação cristãos. dos direitos da comunidade.
  7. 7.  A liberdade religiosa para os muçulmanos, judeus e pagãos foi declarada por Maomé no século VII d.C. O Califado islâmico garantia a liberdade religiosa, nas condições que as comunidades não - muçulmanas aceitassem certas restrições e pagassem alguns impostos especiais
  8. 8. Legenda daImagemLiberdade Religiosa:Estado laico não éEstado ateu. Estadolaico é um Estadoimparcial regido porLeis e pautado pelatolerância com adiversidade religiosae irreligiosa. Taltolerância não é sóum direito, mas umdever de todos.
  9. 9.  Neste trabalho falei sobre “O Direito a não ter religião”:-Liberdade Religiosa;-A Historia;-Antigamente. Gostei muito de fazer este trabalho!

×