Gestão e participação

460 visualizações

Publicada em

Gestão e Participação Pedagógica

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
460
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão e participação

  1. 1. Gestão e Participação Pedagógica: Uma Ação Coletiva SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Departamento de Gestão de Processos Ensino e Aprendizagem Vicência – PE 23/07/14
  2. 2. Equipe: Elizabete Félix Maria Luciana Rozivania Lima Valmira Patrícia
  3. 3. Gestão X Participação Pedagógica  Educação democrática;  Dimensões do ouvir;  Priorizar as análises do ensino- aprendizagem:Discentes, docentes;  Cumprimento de Metas;  Educação democrática;  Dimensões do ouvir;  Priorizar as análises do ensino- aprendizagem:Discentes, docentes;  Cumprimento de Metas;
  4. 4. Conflitos?
  5. 5. Os conflitos não é algo fácil, mas as divergências podem ser valorizadas quando há respeito e consciência de que a crescimento profissional se dá através da contribuição e formação continuada do outro.
  6. 6. Caso contrário...
  7. 7. ...Todos sofrem
  8. 8. E, quem é o nosso FOCO... Será o mais prejudicado!
  9. 9. Compromisso Participação Coletividade Formação Continuada Reuniões Conselho Escolar Ações coletivas
  10. 10. Papel do Coordenador PedagógicoÉ um profissional que deve valorizar as ações coletivas dentro da instituição escolar, ações essas que devem estar vinculadas ao eixo pedagógico desenvolvido na unidade. Ele deverá ser o articulador dos diferente segmentos, na elaboração de um projeto pedagógico coletivo e do desenvolvimento e legitimidade dessas ações.
  11. 11. Mas contudo, toda a ação do coordenador deve está vinculada a formação continuada do professor, sistematizando na interação do professor com outros professores e pares, no qual resulte na melhoria da prática pedagógica.
  12. 12. Educação crítico-reflexiva  Que transforme os sujeitos;  Que a proposta de trabalho seja centrada na ação-reflexão-ação
  13. 13. Contribuições da ação-reflexão-ação  O conhecimento e a experiência dos professores;  O princípio da “construção coletiva”;  Uma metodologia que superem os problemas existentes; Proposta Metodológica
  14. 14. Para finalizar, reforçamos as ações significativas para o trabalho do coordenador pedagógico, porque envolvem a leitura de uma totalidade que prima pela contextualização de todos os elementos envolvidos no processo ensino-aprendizagem, bem como das condições em que este se processa, levando também as delimitações da função, mas ao mesmo tempo todas as atribuições que fazem no cotidiano escolar.
  15. 15. A competência do gestor é a ponte que permite a passagem entre o que se é o

×