PSICOLOGIA DO TRABALHO
Profª. Msc. Rossana Cristine Floriano Jost
rossana.jost@fae.edu
Por uma antropologia da
condição hu...
2
TRANSFORMAÇÃO DA SOCIEDADE
(econômicas, sociais, políticas culturais)
• Racionalização
• Acumulação do capital
• Hegemon...
3
TRANSFORMAÇÃO DA SOCIEDADE
(econômicas, sociais, políticas culturais)
Proliferação de um grande número de organizações.
...
4
COMPORTAMENTO
HUMANO NAS
ORGANIZAÇÕES
5
COMPORTAMENTO HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES
Melhor compreensão do comportamento
humano para tornar as pessoas mais
produtivas ...
6
COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL
Objeto de estudo científico específico
(cognitiva, psíquica, afetiva, simbólica, etc.)
As d...
7
ECONOMIZAÇÃO
(André Gorz, 1988)
• Sistema de controle inspirado na OCT.
• Orientação tecnocrática (prioriza o econômico,...
8
UNIDADE FUNDAMENTAL DO SER HUMANO
• Concepção da
“pessoa em pedaços”
– visão da biologia,
psicologia, etc.
• Nas organiz...
9
O SER HUMANO
• Ativo/reflexivo: através dos seus atos, pode construir a
própria realidade social.
• Usa a palavra: acess...
10
O SER HUMANO
• Não se pode analisar o ser humano como se
analisaria um objeto inerte, um átomo ou uma
molécula (CHANLAT...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

CHANLAT - A DIMENSÃO HUMANA ESQUECIDA NAS ORGANIZAÇÕES

896 visualizações

Publicada em

Por uma antropologia da condição humana nas organizações
Jean-François Chanlat O indivíduo na Organização: dimensões esquecidas (Vol.I)

  • Seja o primeiro a comentar

CHANLAT - A DIMENSÃO HUMANA ESQUECIDA NAS ORGANIZAÇÕES

  1. 1. PSICOLOGIA DO TRABALHO Profª. Msc. Rossana Cristine Floriano Jost rossana.jost@fae.edu Por uma antropologia da condição humana nas organizações Jean-François Chanlat O indivíduo na Organização: dimensões esquecidas (Vol.I)
  2. 2. 2 TRANSFORMAÇÃO DA SOCIEDADE (econômicas, sociais, políticas culturais) • Racionalização • Acumulação do capital • Hegemonia das categorias econômicas • Individualismo • Obsessão do progresso • Urbanização • Explosão da tecnologia Capitalismo Histórico (Wallerstein)
  3. 3. 3 TRANSFORMAÇÃO DA SOCIEDADE (econômicas, sociais, políticas culturais) Proliferação de um grande número de organizações. ECONOMIA–SOCIOLOGIA–CIÊNCIASPOLÍTICAS–PSICOLOGIA-ADMINISTRAÇÃO
  4. 4. 4 COMPORTAMENTO HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES
  5. 5. 5 COMPORTAMENTO HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES Melhor compreensão do comportamento humano para tornar as pessoas mais produtivas e satisfeitas nas organizações. M o t i v a ç ã o L i d e ra n ç a S t r e s s C u l t u ra Psicologia, Psicologia social, Sociologia, Antropologia e Ciências Políticas Ciências do Management e do Culto da Empresa
  6. 6. 6 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Objeto de estudo científico específico (cognitiva, psíquica, afetiva, simbólica, etc.) As dimensões humanas são esquecidas.
  7. 7. 7 ECONOMIZAÇÃO (André Gorz, 1988) • Sistema de controle inspirado na OCT. • Orientação tecnocrática (prioriza o econômico, o quantitativo) Psicologia do Trabalho simbólico do trabalho - a experiência humana é complexa e rica. Psicologia Organizacional interesse na motivação, desempenho, eficácia - perspectiva adaptativa.
  8. 8. 8 UNIDADE FUNDAMENTAL DO SER HUMANO • Concepção da “pessoa em pedaços” – visão da biologia, psicologia, etc. • Nas organizações, ações e práticas sociais que ocultam a dimensão humana. • Ser humano racional, que reage a estímulos externos, quer melhorar a produtividade HOMO ECONOMICUS. • Ser humano UNO com elementos interligados. • Resgate do conceito de antropologia: existe um mundo próprio do homem. • Perceber a experiência humana como ela é vivenciada. • Atenção ao fato humano: HOMO HUMANUS. • Genérico e singular.
  9. 9. 9 O SER HUMANO • Ativo/reflexivo: através dos seus atos, pode construir a própria realidade social. • Usa a palavra: acessa o mundo das significações. •Os signos, imagens, metáforas, mitos, alegorias, etc. representam o universo humano - mundo com significação (organização). • Desejo, pulsão e relação: não pode ser um organismo submetido a um bombardeamento de estímulos. • Está inserido no tempo – é um ser histórico. • Está inserido no espaço: espacialidade (lugar, profissão, etc.). • O homem luta por lugares porque reafirma sua identidade.
  10. 10. 10 O SER HUMANO • Não se pode analisar o ser humano como se analisaria um objeto inerte, um átomo ou uma molécula (CHANLAT, 2009). • Não se pode destituir a subjetividade a afetividade do ser humano. • O ser humano deve ser olhado internamente e externamente – fenômenos organizacionais. • É preciso compreender o sentido que as pessoas dão aos seus gestos, às suas ações e aos seus sentimentos.

×