Apresentacao legislacao em enfermagem 1

1.414 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.414
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacao legislacao em enfermagem 1

  1. 1. ABORTAMENTO ASPECTOS ÉTICOS ELEGAIS: O DIREITO A VIDA
  2. 2. ACADÊMICOS:•Berenice da Silva Parentes•Claudia de Sousa Pereira•Francilvana souza de Oliveira•Keliane Bezerra de Souza Cesar•Laio Lunardo Souza Morais•Regiany Cardoso dos Santos•Valdiane Gomes da Silva Curso: Enfermagem Turma: D1 Disciplina: Legislação em Enfermagem Professores: Joseneide Viana Danyelle Monte
  3. 3. CONCEITO É a interrupção da gravidezpela morte do feto ouembrião;Ocorre de forma espontânea ou artificial.
  4. 4. TIPOS DE ABORTOS• Aborto Espontâneo Ocorre involuntariamente Iminente: é uma ameaça de aborto Inevitável: Ocorre dilatação do útero
  5. 5. ABORTO PROVOCADOO agente causador é externo
  6. 6. TÉCNICAS DO ABORTO PROVOCADODILATAÇÃO OU CORTE SUCÇÃO CURETAGEM DROGAS PLANTAS
  7. 7. MINI-ABORTO ENVENENAMENTO POR SALSUFOCAMENTO ESQUARTEJAMENTO
  8. 8. COMPLICAÇÕES IMEDIATAS DO ABORTO Método da aspiração• Laceração do colo uterino• Perfuração do útero;• Hemorragias uterinas;• Endometrite;• Evacuação incompleta da cavidade uterina
  9. 9. • Extração menstrual;• Método das laminárias;• Solução hipertônica salina;• Histerectomia.
  10. 10. FORMAS CLANDESTINAS DO ABORTO• Corpo estranho na cavidade uterina;• Soluções diversas;• Injeção intra-amniótica;• Curetagem;• Microcesárea;• Misoprostol.
  11. 11. ABORTO E OS CÓDIGOS: PENAL E ÉTICA PROFISSIONALAborto provocado e com consentimentoArtigo 124 – provocar aborto em si mesma ou consentir que outro o provoque.
  12. 12. Aborto provocado por terceiro• Artigo 125- Provocar aborto sem o consentimento da gestante;- Artigo 126- Provocar aborto com o consentimento da gestante.
  13. 13. Forma qualificadaArtigo 127• Conseqüência do aborto ou dos meios empregados;Artigo 128• Não se pune o aborto praticado por médico.
  14. 14. PROIBIÇÕES RESOLUCAO COFEN 311/2007Art. 28Provocar aborto ou cooperar.Parágrafo ÚnicoAutonomia de participação.
  15. 15. CÓDIGO DE ÉTICADas infraçõesArtigo 121 1(leves) – As que ofendem a integridade física. 2(graves)- provoquem perigo de vida 3 (gravíssima)- provoquem deformidades.
  16. 16. Das penalidadesArtigo 124- Pena de (multa);- Pena de (suspensão) do exercício profissional;- Pena de (cassação) do exercício profissional.
  17. 17. ABORTO X RELIGIÃO CATÓLICA ISLÂMICA ESPÍRITA JUDAICA CANDOMBLÉ BUDISMO, HIDUÍSMO E HARE KRISHMA – perante a autorização do marido.
  18. 18. CUIDADOS DE ENFERMAGEM Prestar assistência humanizada; Acolhimento amigável; Apoio Psicológico; Não julgar; Atender com Equidade;
  19. 19. DIREMOS SEMPRE NÃO AO ABORTO! DIREMOS SEMPRE SIM À VIDA!
  20. 20. Muito obrigado! Muito obrigado!

×