SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
universidade de Santa Cruz do Sul
Faculdade de Serviço Social
Pesquisa em Serviço Social I I
BIBLIOGRAFIA:
MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa. 2.ed., rev
e ampliada. São Paulo: Atlas, 1990
MARTINELLI, Maria Lúcia. O uso de abordagens qualitativas na pesquisa em Serviço
Social. NESPI nº 1. São Paulo: PUCSP, 1994.
PRATES, Jane. Apostila didática de Pesquisa Social.PUCRS, 2006.
PESQUISA QUANTITATIVA e QUALITATIVA
Material elaborado por Edla Hoffmann para fins didáticos- Aula dia
09-04-2010.
CONCEITUANDO...
“Pesquisa é um procedimento formal, com método do pensamento
reflexivo, que requer um tratamento científico, e se constitui para
conhecer a realidade ou descobrir verdades parciais”. Marconi e
Lakatos, 1991.p15.
“ Pesquisa social como o processo que, utilizando a metodologia
científica, permite a obtenção de novos conhecimentos no campo da
realidade social” Gil, 2006.p42.
 Procedimento racional e sistemático que tem como objetivo
proporcionar respostas aos problemas que são propostos. (. . . ) A
pesquisa é desenvolvida mediante o concurso dos conhecimentos
disponíveis e a utilização cuidadosa de métodos, técnicas e outros
procedimentos científicos (. . . ) ao longo de um processo que envolve
inúmeras fases, desde a adequada formulação do problema até a
satisfatória apresentação dos resultados. (Gil, 2006)
NÍVEIS DE PESQUISA (GIL)
Pesquisas Exploratórias: tem por finalidade desenvolver,
esclarecer e modificar conceitos e idéias, a formulação de
problemas mais precisos ou hipóteses pesquisáveis para
estudos posteriores. Primeiras aproximações temática.
Envolvem levantamento, pesquisa bibliográfica e documental,
entrevistas não padronizadas e estudos de caso.
Pesquisas Descritivas: propõe-se a descrever características de
determinada população ou fenômeno, problema ou objeto
estudo, associações de variáveis. Se destaca pela utilização de
técnicas padronizadas de coleta de dados.
Pesquisas Explicativas: propor uma teoria a respeito de um
fenômeno. Busca os porquês. Preocupam-se por identificar os
fatores que determinam ou contribuem para a ocorrência dos
fenômenos.Maior profundidade no conhecimento da realidade.
METODOLOGIAS
QUANTITATIVAS E
QUALITATIVAS
CONCEITOS E
CARACTERÍSTICAS
NATUREZA DA PESQUISA
• Quando pensamos no ato de desenvolver pesquisa, alguns
pressupostos devem ser considerados:
a) O ato de fazer pesquisa;
b) O pensar pesquisa;
c) O como fazer pesquisa;
d) Para quê fazer pesquisa;
e) O que pesquisar;
f) O hábitos cientifico;
g) Diante destes questionamentos, optamos e nos orientamos
pela natureza do estudo que deve ser definido de acordo
com a nossa proposição de pesquisa. De antemão, devemos
ter claro que pesquisa quantitativa e qualitativa não se
opõem e sim, são complementares.
1. A PESQUISA QUANTITATIVA
 Nas ciências sociais é a expressão Quantitativa da
realidade social.
 Preocupação com o mensurável, com o Transmissível,
observável, materialmente Manipulável Uso da
experimentação, da matemática, da estatística.
Ex. nº de visitas realizadas, idade, nº internações, quantidade
de meninos em situação de rua, etc..
 Estabelece relação entre variáveis
 Preocupação com o rigor científico, com a precisão dos
instrumentos de medida.
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
 Estudo quantitativo;
 Mensura o objeto de estudo
 Utiliza-se de instrumentos fechados que permitam a
quantificação do objeto de estudo; As informações são
colhidas por meio de um questionário estruturado ou
entrevista fechada com perguntas claras e objetivas;
 Utiliza-se de uma amostra que seja representantiva;
 Utiliza-se de um universo e amostra, cujos resultados
possam ser generalizados
 Requer um estudo estatístico para definir a amostragem;
 Exige um número maior de entrevistados para garantir maior
precisão nos resultados, que serão projetados para a
população representada.
 Seu objetivo é mensurar e permitir o teste de hipóteses, já
que os resultados são mais concretos e, conseqüentemente,
menos passíveis de erros de interpretação.
 Permitem que se realizem projeções para a população
representada;
 Interessam fatos que possam ser mensurados;
 A PESQUISA QUANTITATIVA PERMITE ESTABELECER
RELAÇÃO ENTRE VARIÁVEIS (CHIZZOTTI,1995,
p.52).
 A pesquisa quantitativa possibilita a mensuração de variáveis pré-
estabelecidas.
 A pesquisa quantitativa verifica e explica a influência de
variáveis pré-estabelecidas sobre outras variáveis, mediante a
análise da freqüência de incidências e de correlações estatísticas
ESTUDOS EXPERIMENTAIS
 Modificam as condições que determinam um fato ou fenômeno e
observam e interpretam as mudanças que ocorrem.
 Exigem planejamento rigoroso ( mais do que nos outros tipos de
estudo )  partem de uma exata formulação do problema e das
hipóteses,  o que permite delimitação precisa das variáveis que atuam
sobre o fenômeno,  fixando com exatidão a maneira de controlá-las.
Em geral existem dois grupos : o experimental e o de controle
 há seleção cuidadosa dos sujeitos e dos instrumentos.  Controle
dos procedimentos de pesquisa.
 Manipula-se a variável independente x (causa) para observar as
mudanças que se produzem na variável dependente y (efeito).
SEGUNDO MARTINELLI (1994, PÁG. 34):
• “A abordagem quantitativa quando não exclusiva, serve de
fundamento ao conhecimento produzido pela pesquisa
qualitativa. Para muitos autores a pesquisa quantitativa não
deve ser oposta à pesquisa qualitativa, mas ambas devem
sinergicamente convergir na complementaridade mútua, sem
confinar os processos e questões metodológicas a limites que
contribuam os métodos quantitativos exclusivamente ao
positivismo ou os métodos qualitativos ao pensamento
interpretativo, ou seja, a fenomenologia, a dialética e a
hermenêutica.”
2. PESQUISA QUALITATIVA
 Procura dar respostas aos aspectos da realidade que não
podem ser quantificados.
 Trabalha com o universo de Significados, motivos, aspirações,
opiniões, simbologias, crenças, valores e atitudes.
 No mundo dos significados e das relações humanas os dados
quantitativos e qualitativos se complementam.
 Pode ser quantificada através da identificação de categorias e
realização de análise freqüencial ( análise de conteúdo- Bardin)
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
 São exploratórias, ou seja estimulam os entrevistados a
pensarem livremente sobre algum tema, objeto ou conceito;
 Fazem emergir aspectos subjetivos e atingem motivações não
explícitas, ou mesmo conscientes, de maneira espontânea;
 A pesquisa qualitativa pode ser caracterizada como a tentativa
de uma compreensão detalhada dos significados e
características situacionais apresentadas pelos entrevistados,
em lugar da produção de medidas quantitativas de
características ou comportamentos.
 Pesquisa qualitativa é basicamente aquela que busca entender
um fenômeno específico em profundidade. Ao invés de
estatísticas, regras e outras generalizações, a qualitativa
trabalha com descrições, comparações e interpretações.
 Utiliza-se de instrumentos e técnicas abertas que permitam
a compreensão e análise qualitativa do estudo: entrevista,
observação, grupo focal, história de vida;
OBJETIVO DA PESQUISA QUALITATIVA,
SEGUNDO MARTINELLI (1999, P. 21-22) É :
 Trazer à tona o que os participantes pensam a respeito do que
está sendo pesquisado.
 Não é só a visão de pesquisador que é importante, mas
também o que o sujeito tem a dizer em relação ao problema.
O SIGNIFICADO É DE IMPORTÂNCIA VITAL
NA ABORDAGEM QUALITATIVA
Há interesse especial:
 no modo como diferentes pessoas dão sentido às suas vidas;
 no que as pessoas experimentam;
 no modo como interpretam suas experiências
 e como estruturam o mundo social em que vivem;
A investigação reflete uma espécie de diálogo entre os
investigadores e os sujeitos do estudo
PRESSUPOSTOS DA PESQUISA QUALITATIVA
 1 - Reconhecimento da singularidade do sujeito;
 2 - As pesquisas partem do reconhecimento da importância de
se conhecer a experiência social do sujeito;
 3 - Reconhecimento de que conhecer o modo de vida do
sujeito pressupõe o conhecimento de sua experiência social.
RELAÇÃO ENTRE
QUANTITATIVO E QUALITATIVO
 No estudo de um fenômeno, os dados quantitativos e as
informações qualitativas se completam.
 Os dados quantitativos possibilitam a compreensão da
abrangência do fenômeno.
 As informações qualitativas permitem conhecer o significado
que as pessoas atribuem aos fenômenos.
 A relação entre pesquisa quantitativa e qualitativa não é de
oposição, mas de complementaridade e de articulação.
 Nas Ciências Naturais predominam os métodos
quantitativos: adotam uma estratégia de pesquisa baseada em
observações empíricas, em testagens de hipóteses, na
mensuração dos fenômenos, com o objetivo de explicar fatos e
fazer previsões.
 Nas Ciências Humanas e sociais predominam os
métodos qualitativos: considerando que o fenômeno humano
possui características próprias, típicas. Defendem a
necessidade de uma lógica própria para o estudo dos fenômenos
humanos e sociais, procurando as significações dos fatos no
contexto em que ocorrem.
O QUANTITATIVO E O QUALITATIVO NAS
CIÊNCIAS NATURAIS E NAS CIÊNCIAS
HUMANAS E SOCIAIS
FORMAS DIFERENTES DE APREENSÃO
DA REALIDADE
 As Ciências Naturais: apreendem o fenômeno pela
observação, pela experimentação em condições de controle,
submetendo-o a critérios de rigor, mensurando os fenômenos
dentro de uma sistemática própria.
 As Ciências Humanas e Sociais: utilizam formas mais
qualitativas de apreensão da realidade, buscando o significado e
a compreensão dos fenômenos.
PESQUISA QUANTI-QUALITATIVA
 Trabalha com dados de fácil quantificação e complementa-os
com dados subjetivos ou descritivos.
 Por ser também qualitativa reconhece o caráter político da
pesquisa social- como construção coletiva que parte da
realidade dos sujeitos mediando processos de desvendamento
por meio da reflexão.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revisão sistemática
Revisão sistemáticaRevisão sistemática
Revisão sistemáticaIared
 
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem Quantitativa
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem QuantitativaModelos de Pesquisa Científica de Abordagem Quantitativa
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem QuantitativaRilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Pesquisa com métodos quantitativos
Pesquisa com métodos quantitativosPesquisa com métodos quantitativos
Pesquisa com métodos quantitativosIvan Ricarte
 
Pesquisas qualitativa e quantitativa
Pesquisas qualitativa e quantitativaPesquisas qualitativa e quantitativa
Pesquisas qualitativa e quantitativaTaïs Bressane
 
Problema de Pesquisa e Hipóteses Científicas - Profa.Rilva - GESME
Problema de Pesquisa e Hipóteses Científicas - Profa.Rilva - GESMEProblema de Pesquisa e Hipóteses Científicas - Profa.Rilva - GESME
Problema de Pesquisa e Hipóteses Científicas - Profa.Rilva - GESMERilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Tema 1 fundamentos de pesquisa científica final1
Tema 1 fundamentos de pesquisa científica final1Tema 1 fundamentos de pesquisa científica final1
Tema 1 fundamentos de pesquisa científica final1Francisco Lindume Lindume
 
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICAFAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICAUFMA e UEMA
 
DA OBSERVAÇÃO À DECISÃO: MÉTODOS DE PESQUISA E DE ANÁLISE QUANTITATIVA E QUAL...
DA OBSERVAÇÃO À DECISÃO: MÉTODOS DE PESQUISA E DE ANÁLISE QUANTITATIVA E QUAL...DA OBSERVAÇÃO À DECISÃO: MÉTODOS DE PESQUISA E DE ANÁLISE QUANTITATIVA E QUAL...
DA OBSERVAÇÃO À DECISÃO: MÉTODOS DE PESQUISA E DE ANÁLISE QUANTITATIVA E QUAL...Marcus Bizareli
 
A Pesquisa Científica
A Pesquisa CientíficaA Pesquisa Científica
A Pesquisa CientíficaINSTITUTO GENS
 
Apresentação metodologia do trabalho científico
Apresentação metodologia do trabalho científicoApresentação metodologia do trabalho científico
Apresentação metodologia do trabalho científicoLarissa Almada
 
Pesquisa Qualitativa
Pesquisa QualitativaPesquisa Qualitativa
Pesquisa QualitativaÉrica Rigo
 
Pesquisa quantitativa e qualitativa
Pesquisa quantitativa e qualitativaPesquisa quantitativa e qualitativa
Pesquisa quantitativa e qualitativaEduardo Sant'Anna
 
Introdução aos métodos de pesquisa. 2, Métodos quaNTItativos
Introdução aos métodos de pesquisa. 2, Métodos quaNTItativosIntrodução aos métodos de pesquisa. 2, Métodos quaNTItativos
Introdução aos métodos de pesquisa. 2, Métodos quaNTItativosLeticia Strehl
 

Mais procurados (20)

Revisão sistemática
Revisão sistemáticaRevisão sistemática
Revisão sistemática
 
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem Quantitativa
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem QuantitativaModelos de Pesquisa Científica de Abordagem Quantitativa
Modelos de Pesquisa Científica de Abordagem Quantitativa
 
Pesquisa com métodos quantitativos
Pesquisa com métodos quantitativosPesquisa com métodos quantitativos
Pesquisa com métodos quantitativos
 
Pesquisas qualitativa e quantitativa
Pesquisas qualitativa e quantitativaPesquisas qualitativa e quantitativa
Pesquisas qualitativa e quantitativa
 
Elaborando uma pesquisa qualitativa
Elaborando uma pesquisa qualitativaElaborando uma pesquisa qualitativa
Elaborando uma pesquisa qualitativa
 
Problema de Pesquisa e Hipóteses Científicas - Profa.Rilva - GESME
Problema de Pesquisa e Hipóteses Científicas - Profa.Rilva - GESMEProblema de Pesquisa e Hipóteses Científicas - Profa.Rilva - GESME
Problema de Pesquisa e Hipóteses Científicas - Profa.Rilva - GESME
 
Tema 1 fundamentos de pesquisa científica final1
Tema 1 fundamentos de pesquisa científica final1Tema 1 fundamentos de pesquisa científica final1
Tema 1 fundamentos de pesquisa científica final1
 
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICAFAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
 
DA OBSERVAÇÃO À DECISÃO: MÉTODOS DE PESQUISA E DE ANÁLISE QUANTITATIVA E QUAL...
DA OBSERVAÇÃO À DECISÃO: MÉTODOS DE PESQUISA E DE ANÁLISE QUANTITATIVA E QUAL...DA OBSERVAÇÃO À DECISÃO: MÉTODOS DE PESQUISA E DE ANÁLISE QUANTITATIVA E QUAL...
DA OBSERVAÇÃO À DECISÃO: MÉTODOS DE PESQUISA E DE ANÁLISE QUANTITATIVA E QUAL...
 
A Pesquisa Científica
A Pesquisa CientíficaA Pesquisa Científica
A Pesquisa Científica
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 
Apresentação metodologia do trabalho científico
Apresentação metodologia do trabalho científicoApresentação metodologia do trabalho científico
Apresentação metodologia do trabalho científico
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 
Metodos e tecnicas de pesquisa
Metodos e tecnicas de pesquisaMetodos e tecnicas de pesquisa
Metodos e tecnicas de pesquisa
 
Estudo de caso
Estudo de casoEstudo de caso
Estudo de caso
 
Pesquisa Qualitativa
Pesquisa QualitativaPesquisa Qualitativa
Pesquisa Qualitativa
 
Pesquisa quantitativa e qualitativa
Pesquisa quantitativa e qualitativaPesquisa quantitativa e qualitativa
Pesquisa quantitativa e qualitativa
 
Introdução aos métodos de pesquisa. 2, Métodos quaNTItativos
Introdução aos métodos de pesquisa. 2, Métodos quaNTItativosIntrodução aos métodos de pesquisa. 2, Métodos quaNTItativos
Introdução aos métodos de pesquisa. 2, Métodos quaNTItativos
 
Etapas da pesquisa científica
Etapas da pesquisa científicaEtapas da pesquisa científica
Etapas da pesquisa científica
 
O Estudo De Caso
O Estudo De CasoO Estudo De Caso
O Estudo De Caso
 

Destaque

Pesquisa Quantitativa x Qualitativa. Pesquisa Básica x Aplicada
Pesquisa Quantitativa x Qualitativa. Pesquisa Básica x AplicadaPesquisa Quantitativa x Qualitativa. Pesquisa Básica x Aplicada
Pesquisa Quantitativa x Qualitativa. Pesquisa Básica x AplicadaHilma Khoury
 
Métodos quantitativos e_qualitativos1
Métodos quantitativos e_qualitativos1Métodos quantitativos e_qualitativos1
Métodos quantitativos e_qualitativos1queenbianca
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativavamcris
 
Explicações das metodologia da pesquisas - curta a fan page - Serviço Social-...
Explicações das metodologia da pesquisas - curta a fan page - Serviço Social-...Explicações das metodologia da pesquisas - curta a fan page - Serviço Social-...
Explicações das metodologia da pesquisas - curta a fan page - Serviço Social-...Rosane Domingues
 
(aula 03) REDES SOCIAIS E COMUNIDADES VIRTUAIS
(aula 03) REDES SOCIAIS E COMUNIDADES VIRTUAIS(aula 03) REDES SOCIAIS E COMUNIDADES VIRTUAIS
(aula 03) REDES SOCIAIS E COMUNIDADES VIRTUAISHélio Sassen Paz
 
Aula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iiiAula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iiijeancff84
 
Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades online
Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades onlineNetnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades online
Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades onlinePaperCliQ Comunicação
 
RESULTADO QUANTITATIVO E-BOOK INFANTIL - QUEST ADULTO
RESULTADO QUANTITATIVO E-BOOK INFANTIL - QUEST ADULTORESULTADO QUANTITATIVO E-BOOK INFANTIL - QUEST ADULTO
RESULTADO QUANTITATIVO E-BOOK INFANTIL - QUEST ADULTOLidia Ribeiro
 
Métodos de pesquisa para internet
Métodos de pesquisa para internetMétodos de pesquisa para internet
Métodos de pesquisa para internetGuilherme Carvalho
 
Quantitativo qualitativo
Quantitativo qualitativoQuantitativo qualitativo
Quantitativo qualitativoqueenbianca
 
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...PaperCliQ Comunicação
 
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.soraia_quaresma
 
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISA
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISAMÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISA
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISATecoluca Luiz
 
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativaA elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativaPascoal Lisian
 
Ketchup Scarlatto
Ketchup ScarlattoKetchup Scarlatto
Ketchup ScarlattoPedro Godoy
 
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.mike wasofsky
 
Sumário de Situação Paciente ( idoso)
Sumário de Situação Paciente ( idoso)Sumário de Situação Paciente ( idoso)
Sumário de Situação Paciente ( idoso)luzienne moraes
 

Destaque (20)

Pesquisa Quantitativa x Qualitativa. Pesquisa Básica x Aplicada
Pesquisa Quantitativa x Qualitativa. Pesquisa Básica x AplicadaPesquisa Quantitativa x Qualitativa. Pesquisa Básica x Aplicada
Pesquisa Quantitativa x Qualitativa. Pesquisa Básica x Aplicada
 
Qualiquanti
QualiquantiQualiquanti
Qualiquanti
 
Métodos quantitativos e_qualitativos1
Métodos quantitativos e_qualitativos1Métodos quantitativos e_qualitativos1
Métodos quantitativos e_qualitativos1
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 
Explicações das metodologia da pesquisas - curta a fan page - Serviço Social-...
Explicações das metodologia da pesquisas - curta a fan page - Serviço Social-...Explicações das metodologia da pesquisas - curta a fan page - Serviço Social-...
Explicações das metodologia da pesquisas - curta a fan page - Serviço Social-...
 
(aula 03) REDES SOCIAIS E COMUNIDADES VIRTUAIS
(aula 03) REDES SOCIAIS E COMUNIDADES VIRTUAIS(aula 03) REDES SOCIAIS E COMUNIDADES VIRTUAIS
(aula 03) REDES SOCIAIS E COMUNIDADES VIRTUAIS
 
Aula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iiiAula online pesquisa em serviço social iii
Aula online pesquisa em serviço social iii
 
Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades online
Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades onlineNetnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades online
Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades online
 
RESULTADO QUANTITATIVO E-BOOK INFANTIL - QUEST ADULTO
RESULTADO QUANTITATIVO E-BOOK INFANTIL - QUEST ADULTORESULTADO QUANTITATIVO E-BOOK INFANTIL - QUEST ADULTO
RESULTADO QUANTITATIVO E-BOOK INFANTIL - QUEST ADULTO
 
Métodos de pesquisa para internet
Métodos de pesquisa para internetMétodos de pesquisa para internet
Métodos de pesquisa para internet
 
Quantitativo qualitativo
Quantitativo qualitativoQuantitativo qualitativo
Quantitativo qualitativo
 
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
 
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
 
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISA
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISAMÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISA
MÉTODOS QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS DE PESQUISA
 
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativaA elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
 
Metodos abordagens 2012
Metodos abordagens 2012Metodos abordagens 2012
Metodos abordagens 2012
 
Coleta e preparo de amostras
Coleta e preparo de amostrasColeta e preparo de amostras
Coleta e preparo de amostras
 
Ketchup Scarlatto
Ketchup ScarlattoKetchup Scarlatto
Ketchup Scarlatto
 
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
 
Sumário de Situação Paciente ( idoso)
Sumário de Situação Paciente ( idoso)Sumário de Situação Paciente ( idoso)
Sumário de Situação Paciente ( idoso)
 

Semelhante a Pesquisa em Serviço Social I: Metodologias Quantitativas e Qualitativas

Métodos de pesquisa selecao rosimar
Métodos de pesquisa selecao rosimarMétodos de pesquisa selecao rosimar
Métodos de pesquisa selecao rosimareadmulheres
 
Sintese -metodologia_de_pesquisa
Sintese  -metodologia_de_pesquisaSintese  -metodologia_de_pesquisa
Sintese -metodologia_de_pesquisaAlexandre Pereira
 
Apresentação1 da aula 2.pdf
Apresentação1 da aula 2.pdfApresentação1 da aula 2.pdf
Apresentação1 da aula 2.pdfBrunoAfoncilGime
 
23 metodos qualitativos e quantitativos
23 metodos qualitativos e quantitativos23 metodos qualitativos e quantitativos
23 metodos qualitativos e quantitativosJoao Balbi
 
METODOLOGIA CIENTÍFICA - Guia Simplificado para a Classificação de Pesquisas ...
METODOLOGIA CIENTÍFICA - Guia Simplificado para a Classificação de Pesquisas ...METODOLOGIA CIENTÍFICA - Guia Simplificado para a Classificação de Pesquisas ...
METODOLOGIA CIENTÍFICA - Guia Simplificado para a Classificação de Pesquisas ...IFSC
 
2 metodostec-aula-02--tipos de pesquisa e método cientifico
2 metodostec-aula-02--tipos de pesquisa e método cientifico2 metodostec-aula-02--tipos de pesquisa e método cientifico
2 metodostec-aula-02--tipos de pesquisa e método cientificoMaria Luiza Morais
 
Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1Moises Ribeiro
 
PPT__Aula 2_Ciencias-Humanas_vs_Naturais.pdf
PPT__Aula 2_Ciencias-Humanas_vs_Naturais.pdfPPT__Aula 2_Ciencias-Humanas_vs_Naturais.pdf
PPT__Aula 2_Ciencias-Humanas_vs_Naturais.pdfManuelTalacuece
 
Mtodosquantitativosequalitativos1 101025183952-phpapp02
Mtodosquantitativosequalitativos1 101025183952-phpapp02Mtodosquantitativosequalitativos1 101025183952-phpapp02
Mtodosquantitativosequalitativos1 101025183952-phpapp02Grace Lacerda
 
Pesquisa científica
Pesquisa científicaPesquisa científica
Pesquisa científicacostafranklin
 

Semelhante a Pesquisa em Serviço Social I: Metodologias Quantitativas e Qualitativas (20)

A pesqusia cientifica
A pesqusia cientificaA pesqusia cientifica
A pesqusia cientifica
 
Qualiquanti
QualiquantiQualiquanti
Qualiquanti
 
Metodologia Ead
Metodologia EadMetodologia Ead
Metodologia Ead
 
Métodos de pesquisa selecao rosimar
Métodos de pesquisa selecao rosimarMétodos de pesquisa selecao rosimar
Métodos de pesquisa selecao rosimar
 
Sintese -metodologia_de_pesquisa
Sintese  -metodologia_de_pesquisaSintese  -metodologia_de_pesquisa
Sintese -metodologia_de_pesquisa
 
Apresentação1 da aula 2.pdf
Apresentação1 da aula 2.pdfApresentação1 da aula 2.pdf
Apresentação1 da aula 2.pdf
 
Quest
QuestQuest
Quest
 
23 metodos qualitativos e quantitativos
23 metodos qualitativos e quantitativos23 metodos qualitativos e quantitativos
23 metodos qualitativos e quantitativos
 
Slide projeto
Slide projetoSlide projeto
Slide projeto
 
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
 
C03 art06
C03 art06C03 art06
C03 art06
 
METODOLOGIA CIENTÍFICA - Guia Simplificado para a Classificação de Pesquisas ...
METODOLOGIA CIENTÍFICA - Guia Simplificado para a Classificação de Pesquisas ...METODOLOGIA CIENTÍFICA - Guia Simplificado para a Classificação de Pesquisas ...
METODOLOGIA CIENTÍFICA - Guia Simplificado para a Classificação de Pesquisas ...
 
2 metodostec-aula-02--tipos de pesquisa e método cientifico
2 metodostec-aula-02--tipos de pesquisa e método cientifico2 metodostec-aula-02--tipos de pesquisa e método cientifico
2 metodostec-aula-02--tipos de pesquisa e método cientifico
 
181259177 pesquisa-qualitativa
181259177 pesquisa-qualitativa181259177 pesquisa-qualitativa
181259177 pesquisa-qualitativa
 
Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1Pesquisa metodologia 1
Pesquisa metodologia 1
 
PPT__Aula 2_Ciencias-Humanas_vs_Naturais.pdf
PPT__Aula 2_Ciencias-Humanas_vs_Naturais.pdfPPT__Aula 2_Ciencias-Humanas_vs_Naturais.pdf
PPT__Aula 2_Ciencias-Humanas_vs_Naturais.pdf
 
Mtodosquantitativosequalitativos1 101025183952-phpapp02
Mtodosquantitativosequalitativos1 101025183952-phpapp02Mtodosquantitativosequalitativos1 101025183952-phpapp02
Mtodosquantitativosequalitativos1 101025183952-phpapp02
 
Pesquisa científica
Pesquisa científicaPesquisa científica
Pesquisa científica
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 
A Pesquisa Acao
A Pesquisa AcaoA Pesquisa Acao
A Pesquisa Acao
 

Mais de Rosane Domingues

Projeto de vida- Brincadeira poética- 2020
Projeto de vida- Brincadeira poética- 2020Projeto de vida- Brincadeira poética- 2020
Projeto de vida- Brincadeira poética- 2020Rosane Domingues
 
Eletiva- Cinema e Fotografia
Eletiva- Cinema e Fotografia Eletiva- Cinema e Fotografia
Eletiva- Cinema e Fotografia Rosane Domingues
 
Acolhimento Aula de Eletiva - Inova
Acolhimento Aula de Eletiva - InovaAcolhimento Aula de Eletiva - Inova
Acolhimento Aula de Eletiva - InovaRosane Domingues
 
Acolhimento- Projeto d Vida- Inova- MODELO
Acolhimento-  Projeto d Vida- Inova- MODELOAcolhimento-  Projeto d Vida- Inova- MODELO
Acolhimento- Projeto d Vida- Inova- MODELORosane Domingues
 
1960 Quarto de despejo - Carolina maria de jesus.
1960 Quarto de despejo - Carolina maria de jesus.1960 Quarto de despejo - Carolina maria de jesus.
1960 Quarto de despejo - Carolina maria de jesus.Rosane Domingues
 
101 questões- Ética no serviço social - simulado grupo de estudo- CONCURSO SE...
101 questões- Ética no serviço social - simulado grupo de estudo- CONCURSO SE...101 questões- Ética no serviço social - simulado grupo de estudo- CONCURSO SE...
101 questões- Ética no serviço social - simulado grupo de estudo- CONCURSO SE...Rosane Domingues
 
Parte 3 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...
Parte 3 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...Parte 3 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...
Parte 3 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...Rosane Domingues
 
Parte 2 de 4-ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441 d...
Parte 2 de 4-ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441 d...Parte 2 de 4-ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441 d...
Parte 2 de 4-ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441 d...Rosane Domingues
 
Parte 1 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...
Parte 1 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...Parte 1 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...
Parte 1 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...Rosane Domingues
 
MODELO- Pesquisa Socioeconômica clima organizacional
MODELO- Pesquisa Socioeconômica clima organizacional MODELO- Pesquisa Socioeconômica clima organizacional
MODELO- Pesquisa Socioeconômica clima organizacional Rosane Domingues
 
FORMULÁRIO DE DENÚNCIA ÉTICA-SERVIÇO SOCIAL- versão 2016
FORMULÁRIO DE DENÚNCIA ÉTICA-SERVIÇO SOCIAL-  versão 2016FORMULÁRIO DE DENÚNCIA ÉTICA-SERVIÇO SOCIAL-  versão 2016
FORMULÁRIO DE DENÚNCIA ÉTICA-SERVIÇO SOCIAL- versão 2016Rosane Domingues
 
MANUAL DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
MANUAL DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIALMANUAL DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
MANUAL DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIALRosane Domingues
 
OS CONTEÚDOS E AS REFERÊNCIAS PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA CULTURA E ...
OS CONTEÚDOS E AS REFERÊNCIAS PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA CULTURA E ...OS CONTEÚDOS E AS REFERÊNCIAS PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA CULTURA E ...
OS CONTEÚDOS E AS REFERÊNCIAS PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA CULTURA E ...Rosane Domingues
 
ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL PLURIANUAL DE ASSISTÊNCIA SO...
ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL PLURIANUAL DE ASSISTÊNCIA SO...ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL PLURIANUAL DE ASSISTÊNCIA SO...
ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL PLURIANUAL DE ASSISTÊNCIA SO...Rosane Domingues
 
Plano municipal - CULTURA- social - 2012
Plano municipal - CULTURA- social  - 2012Plano municipal - CULTURA- social  - 2012
Plano municipal - CULTURA- social - 2012Rosane Domingues
 
Plano municipal social - Vulnerabilidade e riscos sociais-2012
Plano municipal social - Vulnerabilidade e riscos sociais-2012Plano municipal social - Vulnerabilidade e riscos sociais-2012
Plano municipal social - Vulnerabilidade e riscos sociais-2012Rosane Domingues
 
PEDAGOGIA- 176 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 176 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...PEDAGOGIA- 176 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 176 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...Rosane Domingues
 
PEDAGOGIA- 276 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 276 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...PEDAGOGIA- 276 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 276 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...Rosane Domingues
 
PEDAGOGIA- 150 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DE PEDAGOGIA PARA ESTUDANTE ...
PEDAGOGIA- 150 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DE PEDAGOGIA PARA ESTUDANTE ...PEDAGOGIA- 150 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DE PEDAGOGIA PARA ESTUDANTE ...
PEDAGOGIA- 150 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DE PEDAGOGIA PARA ESTUDANTE ...Rosane Domingues
 
PEDAGOGIA- 200 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 200 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...PEDAGOGIA- 200 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 200 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...Rosane Domingues
 

Mais de Rosane Domingues (20)

Projeto de vida- Brincadeira poética- 2020
Projeto de vida- Brincadeira poética- 2020Projeto de vida- Brincadeira poética- 2020
Projeto de vida- Brincadeira poética- 2020
 
Eletiva- Cinema e Fotografia
Eletiva- Cinema e Fotografia Eletiva- Cinema e Fotografia
Eletiva- Cinema e Fotografia
 
Acolhimento Aula de Eletiva - Inova
Acolhimento Aula de Eletiva - InovaAcolhimento Aula de Eletiva - Inova
Acolhimento Aula de Eletiva - Inova
 
Acolhimento- Projeto d Vida- Inova- MODELO
Acolhimento-  Projeto d Vida- Inova- MODELOAcolhimento-  Projeto d Vida- Inova- MODELO
Acolhimento- Projeto d Vida- Inova- MODELO
 
1960 Quarto de despejo - Carolina maria de jesus.
1960 Quarto de despejo - Carolina maria de jesus.1960 Quarto de despejo - Carolina maria de jesus.
1960 Quarto de despejo - Carolina maria de jesus.
 
101 questões- Ética no serviço social - simulado grupo de estudo- CONCURSO SE...
101 questões- Ética no serviço social - simulado grupo de estudo- CONCURSO SE...101 questões- Ética no serviço social - simulado grupo de estudo- CONCURSO SE...
101 questões- Ética no serviço social - simulado grupo de estudo- CONCURSO SE...
 
Parte 3 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...
Parte 3 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...Parte 3 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...
Parte 3 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...
 
Parte 2 de 4-ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441 d...
Parte 2 de 4-ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441 d...Parte 2 de 4-ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441 d...
Parte 2 de 4-ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441 d...
 
Parte 1 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...
Parte 1 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...Parte 1 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...
Parte 1 de 4- ECA -2017- Anotado e Interpretado- atualizado até a Lei 13.441d...
 
MODELO- Pesquisa Socioeconômica clima organizacional
MODELO- Pesquisa Socioeconômica clima organizacional MODELO- Pesquisa Socioeconômica clima organizacional
MODELO- Pesquisa Socioeconômica clima organizacional
 
FORMULÁRIO DE DENÚNCIA ÉTICA-SERVIÇO SOCIAL- versão 2016
FORMULÁRIO DE DENÚNCIA ÉTICA-SERVIÇO SOCIAL-  versão 2016FORMULÁRIO DE DENÚNCIA ÉTICA-SERVIÇO SOCIAL-  versão 2016
FORMULÁRIO DE DENÚNCIA ÉTICA-SERVIÇO SOCIAL- versão 2016
 
MANUAL DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
MANUAL DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIALMANUAL DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
MANUAL DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
 
OS CONTEÚDOS E AS REFERÊNCIAS PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA CULTURA E ...
OS CONTEÚDOS E AS REFERÊNCIAS PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA CULTURA E ...OS CONTEÚDOS E AS REFERÊNCIAS PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA CULTURA E ...
OS CONTEÚDOS E AS REFERÊNCIAS PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO ESTADUAL DA CULTURA E ...
 
ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL PLURIANUAL DE ASSISTÊNCIA SO...
ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL PLURIANUAL DE ASSISTÊNCIA SO...ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL PLURIANUAL DE ASSISTÊNCIA SO...
ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL PLURIANUAL DE ASSISTÊNCIA SO...
 
Plano municipal - CULTURA- social - 2012
Plano municipal - CULTURA- social  - 2012Plano municipal - CULTURA- social  - 2012
Plano municipal - CULTURA- social - 2012
 
Plano municipal social - Vulnerabilidade e riscos sociais-2012
Plano municipal social - Vulnerabilidade e riscos sociais-2012Plano municipal social - Vulnerabilidade e riscos sociais-2012
Plano municipal social - Vulnerabilidade e riscos sociais-2012
 
PEDAGOGIA- 176 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 176 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...PEDAGOGIA- 176 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 176 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
 
PEDAGOGIA- 276 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 276 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...PEDAGOGIA- 276 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 276 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
 
PEDAGOGIA- 150 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DE PEDAGOGIA PARA ESTUDANTE ...
PEDAGOGIA- 150 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DE PEDAGOGIA PARA ESTUDANTE ...PEDAGOGIA- 150 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DE PEDAGOGIA PARA ESTUDANTE ...
PEDAGOGIA- 150 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DE PEDAGOGIA PARA ESTUDANTE ...
 
PEDAGOGIA- 200 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 200 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...PEDAGOGIA- 200 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
PEDAGOGIA- 200 DE 809 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PARA ESTUDANTE E PROFESSORES...
 

Último

As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxalessandraoliveira324
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 

Último (20)

As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 

Pesquisa em Serviço Social I: Metodologias Quantitativas e Qualitativas

  • 1. universidade de Santa Cruz do Sul Faculdade de Serviço Social Pesquisa em Serviço Social I I BIBLIOGRAFIA: MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa. 2.ed., rev e ampliada. São Paulo: Atlas, 1990 MARTINELLI, Maria Lúcia. O uso de abordagens qualitativas na pesquisa em Serviço Social. NESPI nº 1. São Paulo: PUCSP, 1994. PRATES, Jane. Apostila didática de Pesquisa Social.PUCRS, 2006. PESQUISA QUANTITATIVA e QUALITATIVA Material elaborado por Edla Hoffmann para fins didáticos- Aula dia 09-04-2010.
  • 2. CONCEITUANDO... “Pesquisa é um procedimento formal, com método do pensamento reflexivo, que requer um tratamento científico, e se constitui para conhecer a realidade ou descobrir verdades parciais”. Marconi e Lakatos, 1991.p15. “ Pesquisa social como o processo que, utilizando a metodologia científica, permite a obtenção de novos conhecimentos no campo da realidade social” Gil, 2006.p42.  Procedimento racional e sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos. (. . . ) A pesquisa é desenvolvida mediante o concurso dos conhecimentos disponíveis e a utilização cuidadosa de métodos, técnicas e outros procedimentos científicos (. . . ) ao longo de um processo que envolve inúmeras fases, desde a adequada formulação do problema até a satisfatória apresentação dos resultados. (Gil, 2006)
  • 3. NÍVEIS DE PESQUISA (GIL) Pesquisas Exploratórias: tem por finalidade desenvolver, esclarecer e modificar conceitos e idéias, a formulação de problemas mais precisos ou hipóteses pesquisáveis para estudos posteriores. Primeiras aproximações temática. Envolvem levantamento, pesquisa bibliográfica e documental, entrevistas não padronizadas e estudos de caso. Pesquisas Descritivas: propõe-se a descrever características de determinada população ou fenômeno, problema ou objeto estudo, associações de variáveis. Se destaca pela utilização de técnicas padronizadas de coleta de dados. Pesquisas Explicativas: propor uma teoria a respeito de um fenômeno. Busca os porquês. Preocupam-se por identificar os fatores que determinam ou contribuem para a ocorrência dos fenômenos.Maior profundidade no conhecimento da realidade.
  • 5. NATUREZA DA PESQUISA • Quando pensamos no ato de desenvolver pesquisa, alguns pressupostos devem ser considerados: a) O ato de fazer pesquisa; b) O pensar pesquisa; c) O como fazer pesquisa; d) Para quê fazer pesquisa; e) O que pesquisar; f) O hábitos cientifico; g) Diante destes questionamentos, optamos e nos orientamos pela natureza do estudo que deve ser definido de acordo com a nossa proposição de pesquisa. De antemão, devemos ter claro que pesquisa quantitativa e qualitativa não se opõem e sim, são complementares.
  • 6. 1. A PESQUISA QUANTITATIVA  Nas ciências sociais é a expressão Quantitativa da realidade social.  Preocupação com o mensurável, com o Transmissível, observável, materialmente Manipulável Uso da experimentação, da matemática, da estatística. Ex. nº de visitas realizadas, idade, nº internações, quantidade de meninos em situação de rua, etc..  Estabelece relação entre variáveis  Preocupação com o rigor científico, com a precisão dos instrumentos de medida.
  • 7. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS  Estudo quantitativo;  Mensura o objeto de estudo  Utiliza-se de instrumentos fechados que permitam a quantificação do objeto de estudo; As informações são colhidas por meio de um questionário estruturado ou entrevista fechada com perguntas claras e objetivas;  Utiliza-se de uma amostra que seja representantiva;  Utiliza-se de um universo e amostra, cujos resultados possam ser generalizados
  • 8.  Requer um estudo estatístico para definir a amostragem;  Exige um número maior de entrevistados para garantir maior precisão nos resultados, que serão projetados para a população representada.  Seu objetivo é mensurar e permitir o teste de hipóteses, já que os resultados são mais concretos e, conseqüentemente, menos passíveis de erros de interpretação.  Permitem que se realizem projeções para a população representada;  Interessam fatos que possam ser mensurados;
  • 9.  A PESQUISA QUANTITATIVA PERMITE ESTABELECER RELAÇÃO ENTRE VARIÁVEIS (CHIZZOTTI,1995, p.52).  A pesquisa quantitativa possibilita a mensuração de variáveis pré- estabelecidas.  A pesquisa quantitativa verifica e explica a influência de variáveis pré-estabelecidas sobre outras variáveis, mediante a análise da freqüência de incidências e de correlações estatísticas
  • 10. ESTUDOS EXPERIMENTAIS  Modificam as condições que determinam um fato ou fenômeno e observam e interpretam as mudanças que ocorrem.  Exigem planejamento rigoroso ( mais do que nos outros tipos de estudo )  partem de uma exata formulação do problema e das hipóteses,  o que permite delimitação precisa das variáveis que atuam sobre o fenômeno,  fixando com exatidão a maneira de controlá-las. Em geral existem dois grupos : o experimental e o de controle  há seleção cuidadosa dos sujeitos e dos instrumentos.  Controle dos procedimentos de pesquisa.  Manipula-se a variável independente x (causa) para observar as mudanças que se produzem na variável dependente y (efeito).
  • 11. SEGUNDO MARTINELLI (1994, PÁG. 34): • “A abordagem quantitativa quando não exclusiva, serve de fundamento ao conhecimento produzido pela pesquisa qualitativa. Para muitos autores a pesquisa quantitativa não deve ser oposta à pesquisa qualitativa, mas ambas devem sinergicamente convergir na complementaridade mútua, sem confinar os processos e questões metodológicas a limites que contribuam os métodos quantitativos exclusivamente ao positivismo ou os métodos qualitativos ao pensamento interpretativo, ou seja, a fenomenologia, a dialética e a hermenêutica.”
  • 12. 2. PESQUISA QUALITATIVA  Procura dar respostas aos aspectos da realidade que não podem ser quantificados.  Trabalha com o universo de Significados, motivos, aspirações, opiniões, simbologias, crenças, valores e atitudes.  No mundo dos significados e das relações humanas os dados quantitativos e qualitativos se complementam.  Pode ser quantificada através da identificação de categorias e realização de análise freqüencial ( análise de conteúdo- Bardin)
  • 13. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS  São exploratórias, ou seja estimulam os entrevistados a pensarem livremente sobre algum tema, objeto ou conceito;  Fazem emergir aspectos subjetivos e atingem motivações não explícitas, ou mesmo conscientes, de maneira espontânea;  A pesquisa qualitativa pode ser caracterizada como a tentativa de uma compreensão detalhada dos significados e características situacionais apresentadas pelos entrevistados, em lugar da produção de medidas quantitativas de características ou comportamentos.
  • 14.  Pesquisa qualitativa é basicamente aquela que busca entender um fenômeno específico em profundidade. Ao invés de estatísticas, regras e outras generalizações, a qualitativa trabalha com descrições, comparações e interpretações.  Utiliza-se de instrumentos e técnicas abertas que permitam a compreensão e análise qualitativa do estudo: entrevista, observação, grupo focal, história de vida;
  • 15. OBJETIVO DA PESQUISA QUALITATIVA, SEGUNDO MARTINELLI (1999, P. 21-22) É :  Trazer à tona o que os participantes pensam a respeito do que está sendo pesquisado.  Não é só a visão de pesquisador que é importante, mas também o que o sujeito tem a dizer em relação ao problema.
  • 16. O SIGNIFICADO É DE IMPORTÂNCIA VITAL NA ABORDAGEM QUALITATIVA Há interesse especial:  no modo como diferentes pessoas dão sentido às suas vidas;  no que as pessoas experimentam;  no modo como interpretam suas experiências  e como estruturam o mundo social em que vivem; A investigação reflete uma espécie de diálogo entre os investigadores e os sujeitos do estudo
  • 17. PRESSUPOSTOS DA PESQUISA QUALITATIVA  1 - Reconhecimento da singularidade do sujeito;  2 - As pesquisas partem do reconhecimento da importância de se conhecer a experiência social do sujeito;  3 - Reconhecimento de que conhecer o modo de vida do sujeito pressupõe o conhecimento de sua experiência social.
  • 18. RELAÇÃO ENTRE QUANTITATIVO E QUALITATIVO  No estudo de um fenômeno, os dados quantitativos e as informações qualitativas se completam.  Os dados quantitativos possibilitam a compreensão da abrangência do fenômeno.  As informações qualitativas permitem conhecer o significado que as pessoas atribuem aos fenômenos.  A relação entre pesquisa quantitativa e qualitativa não é de oposição, mas de complementaridade e de articulação.
  • 19.  Nas Ciências Naturais predominam os métodos quantitativos: adotam uma estratégia de pesquisa baseada em observações empíricas, em testagens de hipóteses, na mensuração dos fenômenos, com o objetivo de explicar fatos e fazer previsões.  Nas Ciências Humanas e sociais predominam os métodos qualitativos: considerando que o fenômeno humano possui características próprias, típicas. Defendem a necessidade de uma lógica própria para o estudo dos fenômenos humanos e sociais, procurando as significações dos fatos no contexto em que ocorrem. O QUANTITATIVO E O QUALITATIVO NAS CIÊNCIAS NATURAIS E NAS CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS
  • 20. FORMAS DIFERENTES DE APREENSÃO DA REALIDADE  As Ciências Naturais: apreendem o fenômeno pela observação, pela experimentação em condições de controle, submetendo-o a critérios de rigor, mensurando os fenômenos dentro de uma sistemática própria.  As Ciências Humanas e Sociais: utilizam formas mais qualitativas de apreensão da realidade, buscando o significado e a compreensão dos fenômenos.
  • 21. PESQUISA QUANTI-QUALITATIVA  Trabalha com dados de fácil quantificação e complementa-os com dados subjetivos ou descritivos.  Por ser também qualitativa reconhece o caráter político da pesquisa social- como construção coletiva que parte da realidade dos sujeitos mediando processos de desvendamento por meio da reflexão.