SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
Por Roberta Almeida
 Todo ser vivo possui células, sendo
esta a unidade morfológica capaz de
designar a vida.
 Para ser considerado celular, é
necessário haver Membrana
plasmática, Citoplasma e Material
Genético.
 Os vírus, apesar de se reproduzirem e
apresentarem material genético, não
são enquadrados na teoria celular,
uma vez que não possuem
estruturação celular.
 Definição: Células que não apresentam carioteca nuclear e
nem organelas membranosas. Representadas pelas Bactérias
e Ciano bactérias.
 O material genético se encontra disperso pelo citoplasma em
uma região denominada nucleoide. É composto por DNA e
responsável por controlar todas as atividades da célula.
 Alguns tipos de bactéria apresentam o PLASMÍDEO, que é
responsável por funções adaptativas, como a destruição de
antibióticos.
 A única organela presente é o ribossomo, responsável pela
síntese de proteínas.
 Membrana plasmática: Constituída de uma dupla camada
de lipídeos ( lipoproteica) é responsável pela permeabilidade
seletiva.
 Parede Celular: Confere uma proteção extra a célula, além
de ser responsável pelo seu formato. Constituída de
Peptidoglicano (Carboidratos e proteínas)
 Algumas bactérias possuem flagelos que ajudam na
locomoção
 As cianobactérias possuem lamelas fotossintetizantes, além
de gotículas de lipídeos em seu citoplasma.
 Não possui parede celular. Tem núcleo delimitado por carioteca e
organelas membranosas.
 Membrana Plasmática: Lipoproteica, ajuda na permeabilidade seletiva
 Núcleo: Formado pelo Envelope nuclear, cromatina (material
genético), nucleoplasma ( água e nutrientes) e nucléolo (RNA e
protéinas).
 Ribossomos: Participam da síntese de proteínas.
 Retículo Endoplasmático Liso : Sintetiza lipídeos e participa da
desintoxicação do corpo.
 Retículo Endoplasmático Rugoso: Tem ribossomos aderidos e
participa da síntese de proteínas.
Encontrada nos demais tipos de
Reinos.Possui diferentes organelas
membranosas com funções
específicas .
 Complexo de Golgi: Localizado próximo ao núcleo, tem a função de
armazenar, secretar e empacotar substâncias que serão distribuídas
através da membrana plasmática.
 Lisossomos: Realizam a digestão intracelular.
 Peroxissomo: Tem enzimas responsáveis pela degradação da água
oxigenada (transformação em água e oxigênio).
 Mitocôndria : Obtenção de energia através da respiração celular.
 Centríolos: Sempre em par, responsáveis pela confecção de cílios e
flagelos, além da divisão celular e formação do citoesqueleto.
 Citoesqueleto: Mantém a estrutura celular organizada.
 Diferencia-se da célula animal pela presença de parede celular,
grandes vacúolos e cloroplasto.
 Parede Celular: Espessa, firme e permeável, é constituída por
celulose e delimita o formato da célula.
 Vacúolo: Estrutura que pode ocupar até 95% da célula vegetal, é
responsável por armazenar água e subtstâncias nutreicas, além de
fazer a osmose celular.
 Cloroplasto: Responsável pela fotossíntese celular, juntamente com
outros plastos.
 Glioxissomo: Semelhante ao peroxissomo, é responsável pela
degradação de lipídeos e liberação de energia para o embrião.
As principais características das células procariotas, eucariotas, animais, vegetais e fungos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Célula eucariótica
Célula eucarióticaCélula eucariótica
Célula eucariótica
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
Células
CélulasCélulas
Células
 
Composição Química do Ser Vivo
Composição Química do Ser VivoComposição Química do Ser Vivo
Composição Química do Ser Vivo
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
 
Núcleo e divisão celular
Núcleo e divisão celularNúcleo e divisão celular
Núcleo e divisão celular
 
Organelas Celulares I
Organelas Celulares IOrganelas Celulares I
Organelas Celulares I
 
Células procariontes e eucariontes
Células procariontes e eucariontesCélulas procariontes e eucariontes
Células procariontes e eucariontes
 
organização geral das celulas
organização geral das celulasorganização geral das celulas
organização geral das celulas
 
Aula Introdução à Citologia
Aula Introdução à CitologiaAula Introdução à Citologia
Aula Introdução à Citologia
 
Células
CélulasCélulas
Células
 
Teoria celular-
Teoria celular-Teoria celular-
Teoria celular-
 
A Célula - Unidade básica da vida
A Célula - Unidade básica da vidaA Célula - Unidade básica da vida
A Célula - Unidade básica da vida
 
Aula sobre células
Aula sobre célulasAula sobre células
Aula sobre células
 
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
 
Estrutura celular
Estrutura celularEstrutura celular
Estrutura celular
 
Aula Citologia
Aula CitologiaAula Citologia
Aula Citologia
 
Aula completa reino protista
Aula completa reino protistaAula completa reino protista
Aula completa reino protista
 
II. 1 As células
II. 1 As célulasII. 1 As células
II. 1 As células
 
Células ppt
Células   pptCélulas   ppt
Células ppt
 

Semelhante a As principais características das células procariotas, eucariotas, animais, vegetais e fungos

Semelhante a As principais características das células procariotas, eucariotas, animais, vegetais e fungos (20)

Biologia Celular
Biologia CelularBiologia Celular
Biologia Celular
 
Aula 3 citoplasma e organelas cito.
Aula 3 citoplasma e organelas cito.Aula 3 citoplasma e organelas cito.
Aula 3 citoplasma e organelas cito.
 
Explicação da Célula Vegetal
Explicação da Célula Vegetal Explicação da Célula Vegetal
Explicação da Célula Vegetal
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Organelas avaliação ii
Organelas   avaliação iiOrganelas   avaliação ii
Organelas avaliação ii
 
Organelas avaliação ii
Organelas   avaliação iiOrganelas   avaliação ii
Organelas avaliação ii
 
Organelas avaliação II
Organelas   avaliação IIOrganelas   avaliação II
Organelas avaliação II
 
Organelas avaliação II
Organelas   avaliação IIOrganelas   avaliação II
Organelas avaliação II
 
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdfCitologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
 
5 - biologia celular
5 - biologia celular5 - biologia celular
5 - biologia celular
 
A CéLula
A CéLulaA CéLula
A CéLula
 
Citoplasma
CitoplasmaCitoplasma
Citoplasma
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
A Célula
A CélulaA Célula
A Célula
 
Estruturas Celulares
Estruturas CelularesEstruturas Celulares
Estruturas Celulares
 
Citoplasma
CitoplasmaCitoplasma
Citoplasma
 
Citologia i
Citologia iCitologia i
Citologia i
 
Organelas eucariontes fij_ef
Organelas eucariontes fij_efOrganelas eucariontes fij_ef
Organelas eucariontes fij_ef
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 

Mais de Roberta Almeida

Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matériaRoberta Almeida
 
Metabolismo - Substâncias orgânicas
Metabolismo - Substâncias orgânicasMetabolismo - Substâncias orgânicas
Metabolismo - Substâncias orgânicasRoberta Almeida
 
Leis ponderais e modelos atômicos
Leis ponderais e modelos atômicosLeis ponderais e modelos atômicos
Leis ponderais e modelos atômicosRoberta Almeida
 
Configuração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentais
Configuração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentaisConfiguração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentais
Configuração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentaisRoberta Almeida
 
Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)
Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)
Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)Roberta Almeida
 

Mais de Roberta Almeida (11)

Tabela periódica
Tabela periódica Tabela periódica
Tabela periódica
 
Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matéria
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 
Nematódeos
NematódeosNematódeos
Nematódeos
 
Metabolismo - Substâncias orgânicas
Metabolismo - Substâncias orgânicasMetabolismo - Substâncias orgânicas
Metabolismo - Substâncias orgânicas
 
Leis ponderais e modelos atômicos
Leis ponderais e modelos atômicosLeis ponderais e modelos atômicos
Leis ponderais e modelos atômicos
 
Configuração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentais
Configuração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentaisConfiguração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentais
Configuração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentais
 
Cnidários
CnidáriosCnidários
Cnidários
 
Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)
Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)
Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Poríferos
PoríferosPoríferos
Poríferos
 

Último

Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoprofleticiasantosbio
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 

Último (20)

Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 

As principais características das células procariotas, eucariotas, animais, vegetais e fungos

  • 2.  Todo ser vivo possui células, sendo esta a unidade morfológica capaz de designar a vida.  Para ser considerado celular, é necessário haver Membrana plasmática, Citoplasma e Material Genético.  Os vírus, apesar de se reproduzirem e apresentarem material genético, não são enquadrados na teoria celular, uma vez que não possuem estruturação celular.
  • 3.  Definição: Células que não apresentam carioteca nuclear e nem organelas membranosas. Representadas pelas Bactérias e Ciano bactérias.  O material genético se encontra disperso pelo citoplasma em uma região denominada nucleoide. É composto por DNA e responsável por controlar todas as atividades da célula.  Alguns tipos de bactéria apresentam o PLASMÍDEO, que é responsável por funções adaptativas, como a destruição de antibióticos.  A única organela presente é o ribossomo, responsável pela síntese de proteínas.
  • 4.  Membrana plasmática: Constituída de uma dupla camada de lipídeos ( lipoproteica) é responsável pela permeabilidade seletiva.  Parede Celular: Confere uma proteção extra a célula, além de ser responsável pelo seu formato. Constituída de Peptidoglicano (Carboidratos e proteínas)  Algumas bactérias possuem flagelos que ajudam na locomoção  As cianobactérias possuem lamelas fotossintetizantes, além de gotículas de lipídeos em seu citoplasma.
  • 5.
  • 6.  Não possui parede celular. Tem núcleo delimitado por carioteca e organelas membranosas.  Membrana Plasmática: Lipoproteica, ajuda na permeabilidade seletiva  Núcleo: Formado pelo Envelope nuclear, cromatina (material genético), nucleoplasma ( água e nutrientes) e nucléolo (RNA e protéinas).  Ribossomos: Participam da síntese de proteínas.  Retículo Endoplasmático Liso : Sintetiza lipídeos e participa da desintoxicação do corpo.  Retículo Endoplasmático Rugoso: Tem ribossomos aderidos e participa da síntese de proteínas. Encontrada nos demais tipos de Reinos.Possui diferentes organelas membranosas com funções específicas .
  • 7.  Complexo de Golgi: Localizado próximo ao núcleo, tem a função de armazenar, secretar e empacotar substâncias que serão distribuídas através da membrana plasmática.  Lisossomos: Realizam a digestão intracelular.  Peroxissomo: Tem enzimas responsáveis pela degradação da água oxigenada (transformação em água e oxigênio).  Mitocôndria : Obtenção de energia através da respiração celular.  Centríolos: Sempre em par, responsáveis pela confecção de cílios e flagelos, além da divisão celular e formação do citoesqueleto.  Citoesqueleto: Mantém a estrutura celular organizada.
  • 8.
  • 9.  Diferencia-se da célula animal pela presença de parede celular, grandes vacúolos e cloroplasto.  Parede Celular: Espessa, firme e permeável, é constituída por celulose e delimita o formato da célula.  Vacúolo: Estrutura que pode ocupar até 95% da célula vegetal, é responsável por armazenar água e subtstâncias nutreicas, além de fazer a osmose celular.  Cloroplasto: Responsável pela fotossíntese celular, juntamente com outros plastos.  Glioxissomo: Semelhante ao peroxissomo, é responsável pela degradação de lipídeos e liberação de energia para o embrião.