SlideShare uma empresa Scribd logo

Configuração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentais

Roberta Almeida
Roberta Almeida
Roberta AlmeidaColégio Paula Frassinetti

:) Química

Configuração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentais

1 de 7
Baixar para ler offline
CONFIGURAÇÃO
ELETRÔNICA PARA ÁTOMOS
NEUTROS E CONCEITOS
FUNDAMENTAIS DE UM
ÁTOMO
POR ROBERTA ALMEIDA
CONCEITOS FUNDAMENTAIS
Um átomo é neutro em seu estado fundamental. Isso significa que a
quantidade de prótons ( positivo) e elétrons é a mesma.
O número de nêutrons de um átomo é maior ou igual ao número de
prótons.
Número Atômico (Z) : O número de prótons de um átomo. Tal número
define ( identifica) cada elemento da tabela periódica.
Número de Massa(A): Número de Prótons + Nêutrons de um átomo.
A A
z
CONCEITOS FUNDAMENTAIS
Íons : Quando um átomo perde ou ganha elétrons, ele se transforma em um
íon, que pode ser um cátion (perde elétrons=+) ou um ânion ( ganha elétrons)
Isótopo: São elementos que contém o mesmo número de prótons. Assim
sendo, são iguais.
Isóbaros: Possuem o mesmo número de massa.
Isótonos: Possuem o mesmo número de nêutrons.
DIAGRAMA DE LINUS
PAULING
•Número quântico principal: Número de camadas
ou Níveis de um átomo;
 K  1  2 elétrons
 L  2  8 elétrons
 M  3  18 elétrons
 N  4  32 elétrons
 O  5  32 elétrons
 P  6  18 elétrons
 Q  7  8 elétrons
•Número quântico secundário: Número de subníveis de
energia dos elétrons
 S  2
 P  6
 D  10
 F  14
DIAGRAMA DE LINUS
PAULING
Os elétrons são
distribuídos, no diagrama,
de forma crescente.
Camada de valência: é a
última camada na distribuição
eletrônica, ou seja, o maior
número é sempre a ultima
camada.
Subnível mais energético: O
último na ordem crescente de
Pauling.
CONFIGURAÇÕES ELETRÔNICAS
PARA ÁTOMOS NEUTROS
Principio da Incerteza de Heisenberg: Não podemos medir com
precisão, simultaneamente, a velocidade, a trajetória e a posição de um
elétron, o que derrubou a teoria de órbitas perfeitas.
Orbital é o local de maior probabilidade de encontrarmos um elétron.
Elétron de diferenciação: Na distribuição dos
elétrons em orbitais, é o último a preencher.
Princípio de exclusão de Pauli: Em um orbital
cabem no máximo dois elétrons de spins
contrários.
Regra de Hund: Devo preencher todos os
elétrons no mesmo sentido e, após completar
todos os orbitais, distribuo os que faltaram em
sentidos contrários.
Elétron desemparelhado: Aquele que fica sem
um par na distribuição.
A ordem de camada geométrica diferencia-se da
ordem de subnível mais energético.

Recomendados

Estrutura atômica e configuração eletrônica
Estrutura atômica e configuração eletrônicaEstrutura atômica e configuração eletrônica
Estrutura atômica e configuração eletrônicaProfª Alda Ernestina
 
Distribuição Eletrônica - Diagrama de Linus Pauling
Distribuição Eletrônica - Diagrama de Linus PaulingDistribuição Eletrônica - Diagrama de Linus Pauling
Distribuição Eletrônica - Diagrama de Linus PaulingTabela Periódica
 
Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronicaRubao1E
 
Diagrama de linus pauling 1
Diagrama de linus pauling 1Diagrama de linus pauling 1
Diagrama de linus pauling 1simone1444
 
8 orbitais e numeros quanticos
8   orbitais e numeros quanticos8   orbitais e numeros quanticos
8 orbitais e numeros quanticosdaniela pinto
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 08 o modelo de rutherford - böhr e a distribuição eletrônica - 3º ano
Aula 08   o modelo de rutherford - böhr e a distribuição eletrônica - 3º anoAula 08   o modelo de rutherford - böhr e a distribuição eletrônica - 3º ano
Aula 08 o modelo de rutherford - böhr e a distribuição eletrônica - 3º anoAlpha Colégio e Vestibulares
 
Números quânticos
Números quânticosNúmeros quânticos
Números quânticoscmdantasba
 
8 04 distribuição-eletrônica
8 04 distribuição-eletrônica8 04 distribuição-eletrônica
8 04 distribuição-eletrônicaLuiza Ferreira
 
Distribuição eletrônica
Distribuição eletrônicaDistribuição eletrônica
Distribuição eletrônicaJoanna de Paoli
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxDaniDu3
 
Distribuição eletrônica
Distribuição eletrônica  Distribuição eletrônica
Distribuição eletrônica Karol Maia
 
Lista de exercícios ll Química- Números Quânticos
Lista de exercícios ll Química- Números QuânticosLista de exercícios ll Química- Números Quânticos
Lista de exercícios ll Química- Números QuânticosCarlos Priante
 
Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3Katia Venancio
 
Elementos químicos, Tabela Periódica e Propriedades periódicas e aperiódicas
Elementos químicos, Tabela Periódica e Propriedades periódicas e aperiódicasElementos químicos, Tabela Periódica e Propriedades periódicas e aperiódicas
Elementos químicos, Tabela Periódica e Propriedades periódicas e aperiódicasCarlos Priante
 
Lista2 exercicios quimica_2
Lista2 exercicios quimica_2Lista2 exercicios quimica_2
Lista2 exercicios quimica_2Rafael Santos
 
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.Mara Farias
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas11112qmi007
 
Propriedades periodicas
Propriedades periodicas Propriedades periodicas
Propriedades periodicas cmdantasba
 
1 elementos químicos
1   elementos químicos1   elementos químicos
1 elementos químicosdaniela pinto
 

Mais procurados (19)

7 atomo hidrogénio
7   atomo hidrogénio7   atomo hidrogénio
7 atomo hidrogénio
 
Aula 08 o modelo de rutherford - böhr e a distribuição eletrônica - 3º ano
Aula 08   o modelo de rutherford - böhr e a distribuição eletrônica - 3º anoAula 08   o modelo de rutherford - böhr e a distribuição eletrônica - 3º ano
Aula 08 o modelo de rutherford - böhr e a distribuição eletrônica - 3º ano
 
Números quânticos
Números quânticosNúmeros quânticos
Números quânticos
 
8 04 distribuição-eletrônica
8 04 distribuição-eletrônica8 04 distribuição-eletrônica
8 04 distribuição-eletrônica
 
Distribuição eletrônica
Distribuição eletrônicaDistribuição eletrônica
Distribuição eletrônica
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
 
Distribuição eletrônica
Distribuição eletrônica  Distribuição eletrônica
Distribuição eletrônica
 
Números quânticos
Números quânticosNúmeros quânticos
Números quânticos
 
Lista de exercícios ll Química- Números Quânticos
Lista de exercícios ll Química- Números QuânticosLista de exercícios ll Química- Números Quânticos
Lista de exercícios ll Química- Números Quânticos
 
Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3
 
Slide Sobre Tabela PerióDica
Slide Sobre Tabela PerióDicaSlide Sobre Tabela PerióDica
Slide Sobre Tabela PerióDica
 
Elementos químicos, Tabela Periódica e Propriedades periódicas e aperiódicas
Elementos químicos, Tabela Periódica e Propriedades periódicas e aperiódicasElementos químicos, Tabela Periódica e Propriedades periódicas e aperiódicas
Elementos químicos, Tabela Periódica e Propriedades periódicas e aperiódicas
 
Lista2 exercicios quimica_2
Lista2 exercicios quimica_2Lista2 exercicios quimica_2
Lista2 exercicios quimica_2
 
Aulas 6 a 16 - Atomística
Aulas 6 a 16 -  AtomísticaAulas 6 a 16 -  Atomística
Aulas 6 a 16 - Atomística
 
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
 
Propriedades periodicas
Propriedades periodicas Propriedades periodicas
Propriedades periodicas
 
1 elementos químicos
1   elementos químicos1   elementos químicos
1 elementos químicos
 
quimica atomica
quimica atomicaquimica atomica
quimica atomica
 

Destaque

Trabalho de quimica Modelo de Niels Bohr
Trabalho de quimica Modelo de Niels BohrTrabalho de quimica Modelo de Niels Bohr
Trabalho de quimica Modelo de Niels BohrRute Queren
 
Íons e Elementos químicos
Íons e Elementos químicosÍons e Elementos químicos
Íons e Elementos químicosCarlos Priante
 
6. partículas subatômicas
6. partículas subatômicas6. partículas subatômicas
6. partículas subatômicasRebeca Vale
 
Questões Corrigidas, em Word: Física Moderna - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word:  Física Moderna  - Conteúdo vinculado ao blog  ...Questões Corrigidas, em Word:  Física Moderna  - Conteúdo vinculado ao blog  ...
Questões Corrigidas, em Word: Física Moderna - Conteúdo vinculado ao blog ...Rodrigo Penna
 
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-robertoexercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-robertoKassen Azanki
 
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6Maiquel Vieira
 

Destaque (11)

Simulado de prop periodicas
Simulado de prop periodicasSimulado de prop periodicas
Simulado de prop periodicas
 
Trabalho de quimica Modelo de Niels Bohr
Trabalho de quimica Modelo de Niels BohrTrabalho de quimica Modelo de Niels Bohr
Trabalho de quimica Modelo de Niels Bohr
 
Íons e Elementos químicos
Íons e Elementos químicosÍons e Elementos químicos
Íons e Elementos químicos
 
Simulado de ligações químicas
Simulado de ligações químicasSimulado de ligações químicas
Simulado de ligações químicas
 
6. partículas subatômicas
6. partículas subatômicas6. partículas subatômicas
6. partículas subatômicas
 
Questões Corrigidas, em Word: Física Moderna - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word:  Física Moderna  - Conteúdo vinculado ao blog  ...Questões Corrigidas, em Word:  Física Moderna  - Conteúdo vinculado ao blog  ...
Questões Corrigidas, em Word: Física Moderna - Conteúdo vinculado ao blog ...
 
estrutura atômica
estrutura atômicaestrutura atômica
estrutura atômica
 
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-robertoexercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
exercicios-de-tabela-periodica-profº-agamenon-roberto
 
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
 
O átomo
O átomoO átomo
O átomo
 
Química 9º ano
Química 9º anoQuímica 9º ano
Química 9º ano
 

Semelhante a Configuração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentais

ATOMÍSTICA E TABELA PERIÓDICA
ATOMÍSTICA E TABELA PERIÓDICAATOMÍSTICA E TABELA PERIÓDICA
ATOMÍSTICA E TABELA PERIÓDICAneivaldolucio
 
Química inorgânica
Química inorgânica Química inorgânica
Química inorgânica Alex Junior
 
Quimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganicaQuimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganicajoogolombori
 
Apostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjfApostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjfPedro Santos
 
Aula 2 – modelos atômicos
Aula 2 – modelos atômicosAula 2 – modelos atômicos
Aula 2 – modelos atômicosalicyatalves
 
Quimica organica
Quimica organicaQuimica organica
Quimica organicaTayse Mota
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômicaestead2011
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômicaestead2011
 
Modelo atômico atual e partículas
Modelo atômico atual e partículasModelo atômico atual e partículas
Modelo atômico atual e partículascezaoo
 
Atomística, Números Quânticos, Íons
Atomística, Números Quânticos, ÍonsAtomística, Números Quânticos, Íons
Atomística, Números Quânticos, ÍonsCarlos Priante
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxDaniDu3
 
Inorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestreInorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestrecris_bastardis
 
Estrutura atômica.pptx
Estrutura atômica.pptxEstrutura atômica.pptx
Estrutura atômica.pptxMaykonSilva38
 
QUÍMICA ORGÂNICA TEÓRICA
QUÍMICA ORGÂNICA TEÓRICAQUÍMICA ORGÂNICA TEÓRICA
QUÍMICA ORGÂNICA TEÓRICAautonomo
 

Semelhante a Configuração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentais (20)

Modelo atomico
Modelo atomicoModelo atomico
Modelo atomico
 
ATOMÍSTICA E TABELA PERIÓDICA
ATOMÍSTICA E TABELA PERIÓDICAATOMÍSTICA E TABELA PERIÓDICA
ATOMÍSTICA E TABELA PERIÓDICA
 
Química inorgânica
Química inorgânica Química inorgânica
Química inorgânica
 
Quimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganicaQuimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganica
 
Apostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjfApostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjf
 
Aula 2 – modelos atômicos
Aula 2 – modelos atômicosAula 2 – modelos atômicos
Aula 2 – modelos atômicos
 
Quimica organica
Quimica organicaQuimica organica
Quimica organica
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
 
2012 cap01 estrutura e ligação
2012 cap01  estrutura e ligação2012 cap01  estrutura e ligação
2012 cap01 estrutura e ligação
 
Modelo atômico atual e partículas
Modelo atômico atual e partículasModelo atômico atual e partículas
Modelo atômico atual e partículas
 
Atomística, Números Quânticos, Íons
Atomística, Números Quânticos, ÍonsAtomística, Números Quânticos, Íons
Atomística, Números Quânticos, Íons
 
Atomística
AtomísticaAtomística
Atomística
 
Atomicidade
AtomicidadeAtomicidade
Atomicidade
 
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptxAula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
Aula 1 - Estrutura atômica e eletrônica.pptx
 
Inorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestreInorgânica 2º bimestre
Inorgânica 2º bimestre
 
Estrutura atômica.pptx
Estrutura atômica.pptxEstrutura atômica.pptx
Estrutura atômica.pptx
 
Teoria atômica
Teoria atômicaTeoria atômica
Teoria atômica
 
QUÍMICA ORGÂNICA TEÓRICA
QUÍMICA ORGÂNICA TEÓRICAQUÍMICA ORGÂNICA TEÓRICA
QUÍMICA ORGÂNICA TEÓRICA
 
Ciências - 9º Ano
Ciências - 9º AnoCiências - 9º Ano
Ciências - 9º Ano
 

Mais de Roberta Almeida

Mais de Roberta Almeida (11)

Tabela periódica
Tabela periódica Tabela periódica
Tabela periódica
 
Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matéria
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 
Organização celular - tipos de célula
Organização celular - tipos de célulaOrganização celular - tipos de célula
Organização celular - tipos de célula
 
Nematódeos
NematódeosNematódeos
Nematódeos
 
Metabolismo - Substâncias orgânicas
Metabolismo - Substâncias orgânicasMetabolismo - Substâncias orgânicas
Metabolismo - Substâncias orgânicas
 
Leis ponderais e modelos atômicos
Leis ponderais e modelos atômicosLeis ponderais e modelos atômicos
Leis ponderais e modelos atômicos
 
Cnidários
CnidáriosCnidários
Cnidários
 
Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)
Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)
Bioquímica celular (substâncias inorgânicas)
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Poríferos
PoríferosPoríferos
Poríferos
 

Último

Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfPedroGual4
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsApresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsAlexandre Oliveira
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfkeiciany
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOColaborar Educacional
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 

Último (20)

Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsApresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 

Configuração eletrônica para átomos neutros e conceitos fundamentais

  • 1. CONFIGURAÇÃO ELETRÔNICA PARA ÁTOMOS NEUTROS E CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE UM ÁTOMO POR ROBERTA ALMEIDA
  • 2. CONCEITOS FUNDAMENTAIS Um átomo é neutro em seu estado fundamental. Isso significa que a quantidade de prótons ( positivo) e elétrons é a mesma. O número de nêutrons de um átomo é maior ou igual ao número de prótons. Número Atômico (Z) : O número de prótons de um átomo. Tal número define ( identifica) cada elemento da tabela periódica. Número de Massa(A): Número de Prótons + Nêutrons de um átomo. A A z
  • 3. CONCEITOS FUNDAMENTAIS Íons : Quando um átomo perde ou ganha elétrons, ele se transforma em um íon, que pode ser um cátion (perde elétrons=+) ou um ânion ( ganha elétrons) Isótopo: São elementos que contém o mesmo número de prótons. Assim sendo, são iguais. Isóbaros: Possuem o mesmo número de massa. Isótonos: Possuem o mesmo número de nêutrons.
  • 4. DIAGRAMA DE LINUS PAULING •Número quântico principal: Número de camadas ou Níveis de um átomo;  K  1  2 elétrons  L  2  8 elétrons  M  3  18 elétrons  N  4  32 elétrons  O  5  32 elétrons  P  6  18 elétrons  Q  7  8 elétrons •Número quântico secundário: Número de subníveis de energia dos elétrons  S  2  P  6  D  10  F  14
  • 5. DIAGRAMA DE LINUS PAULING Os elétrons são distribuídos, no diagrama, de forma crescente. Camada de valência: é a última camada na distribuição eletrônica, ou seja, o maior número é sempre a ultima camada. Subnível mais energético: O último na ordem crescente de Pauling.
  • 6. CONFIGURAÇÕES ELETRÔNICAS PARA ÁTOMOS NEUTROS Principio da Incerteza de Heisenberg: Não podemos medir com precisão, simultaneamente, a velocidade, a trajetória e a posição de um elétron, o que derrubou a teoria de órbitas perfeitas. Orbital é o local de maior probabilidade de encontrarmos um elétron. Elétron de diferenciação: Na distribuição dos elétrons em orbitais, é o último a preencher. Princípio de exclusão de Pauli: Em um orbital cabem no máximo dois elétrons de spins contrários. Regra de Hund: Devo preencher todos os elétrons no mesmo sentido e, após completar todos os orbitais, distribuo os que faltaram em sentidos contrários. Elétron desemparelhado: Aquele que fica sem um par na distribuição. A ordem de camada geométrica diferencia-se da ordem de subnível mais energético.
  • 7. CONFIGURAÇÃO ELETRÔNICA DE UM ÍON Íons são aqueles que perdem ou ganham elétrons. 1. Para se fazer a distribuição eletrônica de um íon, distribuímos, primeiramente, como se fosse um átomo neutro, levando em consideração o número de prótons. 2. Depois, retiramos o número de elétrons ou colocamos mais elétrons na ultima camada do íon.