O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR
Profº Ronilson de Souza Luiz
Doutor em Educação - PUC/SP
Blog: capronilson.wordpress.com
profr...
DIDÁTICA DO ENSINO
SUPERIOR
A atual conformação legal (LDB 9394/96) admite uma
variedade de tipos de instituições de ensino superior.
UNIVERSIDADE
Se ...
CENTRO UNIVERSITÁRIO
Se caracteriza por atuar em uma ou mais
áreas, com autonomia para abrir e fechar
cursos e vagas de gr...
FACULDADES INTEGRADAS
Reúnem instituições de diferentes
áreas do conhecimento e oferecem ensino
e, as vezes, extensão e pe...
INSTITUTOS OU ESCOLAS SUPERIORES
Atuam em área específica do
conhecimento e podem ou não fazer
pesquisa, além do ensino,ma...
No que se refere à exigência de titulação,
o Decreto 2.207/97 determina que, no
segundo ano de sua vigência, as
instituiçõ...
No quinto ano de vigência, com 25% dos
quais 10% de doutores, pelo menos; e no
oitavo ano de vigência, com um terço, dos
q...
DIDÁTICA – BREVE GÊNESE HISTÓRICA
Os cursos de licenciatura foram instituídos no
Brasil em 1934, na Universidade de São Pa...
MARCOS HISTÓRICOS DA DIDÁTICA
O termo didática é conhecido desde à Grécia,
representando uma ação de ensinar, presente
nas...
No século XVIII, Rousseau será o autor da
segunda revolução didática. Sua obra dá
origem a um novo conceito de infância,
p...
Século XIX:
Herbart erige as bases da pedagogia
científica e os passos formais da
aprendizagem.
Século XX:
Movimento escolanovista, que enfatiza o
aprendiz como agente ativo da
aprendizagem e a valorização dos
métodos ...
Saberes da docência: saberes conceituais,
integradores e pedagógicos;
A importância da reflexão na ação;
A formação contín...
A formação contínua: como processo de
articulação entre o trabalho docente, o
conhecimento e o desenvolvimento profissiona...
ENSINO SUPERIOR: FINALIDADES
Propiciar um conjunto de conhecimentos,
métodos e técnicas científicas, que assegurem o
domín...
Considerar o processo de ensinar e aprender
como atividade integrada à investigação;
Desenvolver a capacidade de reflexão;...
Integrar, vertical e horizontalmente, a atividade
de investigação à atividade de ensinar do professor, o
que supõe trabalh...
Conhecer o universo cultural e de
conhecimentos dos alunos e desenvolver,
com base nele, processos de ensino e
aprendizage...
A escola e o conhecimento: fundamentos
epistemológicos e políticos;
Pensamento sistêmico – A instituição do ensino
como or...
MODELO EDUCACIONAL
EDUCAÇÃO: processo global complexo.
PEDAGOGIA: subsistema – campo teórico da prática
educacional que nã...
DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR
CONCEITOS BÁSICOS
EDUCAÇÃO: ato ou efeito de educar, processo
de desenvolvimento das pessoas;
PEDAGOGIA: teoria e ciência da educação e do
e...
CONCEITOS BÁSICOS
DIDÁTICA: A técnica de dirigir e orientar a
aprendizagem. Técnicas de ensino. O estudo de
técnicas de en...
ENSINO: Transmissão de
conhecimentos, informações ou
esclarecimentos úteis e indispensáveis à
educação ou fim determinado....
HISTÓRICO DA DIDÁTICA
Entre os anos 20 e 50 – supera o
tradicionalismo, e busca os princípios de
individualidade e liberda...
Nos 60 a 80 – trata o processo de
ensino-aprendizagem como uma má
ação intencional e sistêmica – ênfase
na produtividade, ...
Momento atual: na atualidade as perspectivas
da didática são: assumir a multifuncionalidade
do processo de ensino-aprendiz...
CARACTERÍSTICA ATUAIS DA DIDÁTICA
Trabalhar sempre contextualizando teoria x prática;
Trabalhar as dimensões técnicas e hu...
Assumir o compromisso com a transformação
social, buscando tornar o ensino eficaz para a maior
parte da população;
Romper ...
EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI
Professor,professor.
Professor, profissional.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Apesar de desempenhar também um papel
político e social, o docente tem seu foco no
processo de ensino...
O docente deverá possuir não apenas o domínio
específico da área, mas também o domínio das
áreas pedagógicas/andragógicas ...
Profº Ronilson de Souza Luiz
Doutor em Educação - PUC/SP
Blog: capronilson.wordpress.com
profronilson@gmail.com
"Sem a cur...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Didática do ensino superior aula 01 07 08 2013

5.984 visualizações

Publicada em

Didática do ensino superior aula 01 07 08 2013

  1. 1. DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR Profº Ronilson de Souza Luiz Doutor em Educação - PUC/SP Blog: capronilson.wordpress.com profronilson@gmail.com
  2. 2. DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR
  3. 3. A atual conformação legal (LDB 9394/96) admite uma variedade de tipos de instituições de ensino superior. UNIVERSIDADE Se caracteriza pela autonomia didática, administrativa e financeira, por desenvolver ensino, extensão e pesquisa, portanto, conta com número expressivo de mestres e doutores.
  4. 4. CENTRO UNIVERSITÁRIO Se caracteriza por atuar em uma ou mais áreas, com autonomia para abrir e fechar cursos e vagas de graduação e ensino de excelência.
  5. 5. FACULDADES INTEGRADAS Reúnem instituições de diferentes áreas do conhecimento e oferecem ensino e, as vezes, extensão e pesquisa;
  6. 6. INSTITUTOS OU ESCOLAS SUPERIORES Atuam em área específica do conhecimento e podem ou não fazer pesquisa, além do ensino,mas, dependem do Conselho Nacional de Educação para criação de novos cursos.
  7. 7. No que se refere à exigência de titulação, o Decreto 2.207/97 determina que, no segundo ano de sua vigência, as instituições de ensino superior deverão contar com 15% de seus docentes titulados na pós-graduação strictu sensu, dos quais, 5% de doutores, pelo menos;
  8. 8. No quinto ano de vigência, com 25% dos quais 10% de doutores, pelo menos; e no oitavo ano de vigência, com um terço, dos quais 15% de doutores, pelo menos.
  9. 9. DIDÁTICA – BREVE GÊNESE HISTÓRICA Os cursos de licenciatura foram instituídos no Brasil em 1934, na Universidade de São Paulo (USP), com a finalidade explicita de oferecer aos bacharéis das várias áreas, os conhecimentos pedagógicos necessários às atividades de ensinar. A área da Pedagogia que tem por objetivo de estudo o ensino é a Didática.
  10. 10. MARCOS HISTÓRICOS DA DIDÁTICA O termo didática é conhecido desde à Grécia, representando uma ação de ensinar, presente nas diversas relações humanas. No século XVII, entre 1627 e 1657 João Amós Comênio escreve a obra Didática Magna – Tratado da arte universal de ensinar tudo a todos.
  11. 11. No século XVIII, Rousseau será o autor da segunda revolução didática. Sua obra dá origem a um novo conceito de infância, pondo em relevo sua natureza e transformando o método de ensinar em um procedimento natural, “exercido sem pressa e sem livros” (Castro, 1990, p. 19).
  12. 12. Século XIX: Herbart erige as bases da pedagogia científica e os passos formais da aprendizagem.
  13. 13. Século XX: Movimento escolanovista, que enfatiza o aprendiz como agente ativo da aprendizagem e a valorização dos métodos que respeitassem a natureza da criança, que a motivassem e estimulassem a aprender.
  14. 14. Saberes da docência: saberes conceituais, integradores e pedagógicos; A importância da reflexão na ação; A formação contínua: como processo de articulação entre o trabalho docente;
  15. 15. A formação contínua: como processo de articulação entre o trabalho docente, o conhecimento e o desenvolvimento profissional do professor, enquanto possibilidade de postura reflexiva dinamizada pela práxis (Lima, 2001,p. 45).
  16. 16. ENSINO SUPERIOR: FINALIDADES Propiciar um conjunto de conhecimentos, métodos e técnicas científicas, que assegurem o domínio científico e profissional do campo específico e devem ser ensinados criticamente; Conduzir o aluno a uma progressiva autonomia;
  17. 17. Considerar o processo de ensinar e aprender como atividade integrada à investigação; Desenvolver a capacidade de reflexão; Substituir a simples transmissão de conteúdos por um processo de investigação do conhecimento;
  18. 18. Integrar, vertical e horizontalmente, a atividade de investigação à atividade de ensinar do professor, o que supõe trabalho em equipe; Criar e recriar situações de aprendizagem; Valorizar a avaliação diagnóstica;
  19. 19. Conhecer o universo cultural e de conhecimentos dos alunos e desenvolver, com base nele, processos de ensino e aprendizagem interativos e participativos.
  20. 20. A escola e o conhecimento: fundamentos epistemológicos e políticos; Pensamento sistêmico – A instituição do ensino como organização; Organização e Planejamento – Gestão da sala de aula; Docência universitária com profissionalismo.
  21. 21. MODELO EDUCACIONAL EDUCAÇÃO: processo global complexo. PEDAGOGIA: subsistema – campo teórico da prática educacional que não se restringe à sala de aula de espaços escolares. DIDÁTICA – MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO. (estratégias)
  22. 22. DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR CONCEITOS BÁSICOS
  23. 23. EDUCAÇÃO: ato ou efeito de educar, processo de desenvolvimento das pessoas; PEDAGOGIA: teoria e ciência da educação e do ensino, conjunto de doutrinas, princípios e métodos de educação e instrução que tendem a um objetivo prático.
  24. 24. CONCEITOS BÁSICOS DIDÁTICA: A técnica de dirigir e orientar a aprendizagem. Técnicas de ensino. O estudo de técnicas de ensino.
  25. 25. ENSINO: Transmissão de conhecimentos, informações ou esclarecimentos úteis e indispensáveis à educação ou fim determinado. APRENDIZAGEM: Processo pelo qual o indivíduo aprende algo tanto teórico como prático, e de acordo com suas necessidades.
  26. 26. HISTÓRICO DA DIDÁTICA Entre os anos 20 e 50 – supera o tradicionalismo, e busca os princípios de individualidade e liberdade – aprender fazendo.
  27. 27. Nos 60 a 80 – trata o processo de ensino-aprendizagem como uma má ação intencional e sistêmica – ênfase na produtividade, eficiência, racionalização, operatividade e controle.
  28. 28. Momento atual: na atualidade as perspectivas da didática são: assumir a multifuncionalidade do processo de ensino-aprendizagem e articular suas três dimensões: técnica, humana e política no centro configurador de sua temática.
  29. 29. CARACTERÍSTICA ATUAIS DA DIDÁTICA Trabalhar sempre contextualizando teoria x prática; Trabalhar as dimensões técnicas e humanas; Análise de diferentes metodologias, buscando adequar a visão do homem, da sociedade e do conhecimento;
  30. 30. Assumir o compromisso com a transformação social, buscando tornar o ensino eficaz para a maior parte da população; Romper com a prática profissional individualista, promovendo trabalhos multidisciplinar.
  31. 31. EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI Professor,professor. Professor, profissional.
  32. 32. CONSIDERAÇÕES FINAIS Apesar de desempenhar também um papel político e social, o docente tem seu foco no processo de ensino-aprendizagem, e para lidar com a diversidade de indivíduos que constituem o cenário universitário.
  33. 33. O docente deverá possuir não apenas o domínio específico da área, mas também o domínio das áreas pedagógicas/andragógicas e o desenvolvimento das habilidades essenciais para o exercício docente, portanto, o docente do ensino superior deve, acima de tudo, ser um profissional da educação.
  34. 34. Profº Ronilson de Souza Luiz Doutor em Educação - PUC/SP Blog: capronilson.wordpress.com profronilson@gmail.com "Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino". (Paulo Freire)

×