Didática do ensino superior 03 aula 11 de abril de 2013

1.598 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.598
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
762
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Didática do ensino superior 03 aula 11 de abril de 2013

  1. 1. DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR Profº Ronilson de Souza Luiz Doutor em Educação - PUC/SP Blog: capronilson@wordpress.com profronilson@gmail.com
  2. 2. Metodologias utilizadasExposição dialogada;Discussões de temas relevantes;relacionados ao contexto da disciplina;Seminários;Aula didática;
  3. 3. a) A expansão quantitativa da educação superiore o conseqüente aumento do número dedocentes. Dados da UNESCO demonstram queo número de professores universitários, noperíodo de 1950 a 1992, saltou de 25 mil paraum milhão, isto é, aumentou 40 vezes. Noentanto, em sua maioria, são professoresimprovisados, não preparados para desenvolvera função de pesquisadores e sem formaçãopedagógica (Unesco, Cresalc, 1996);
  4. 4. b) Preocupação com a qualidade dos resultadosdo ensino superior, sobretudo, do ensino nagraduação. As pesquisas demonstram aimportância da preparação no campo específicoe no campo pedagógico dos docentes;
  5. 5. c) Novas demandas de trabalho - O documento da Conferência Internacional sobre Ensino Superior – uma perspectiva docente, Paris, 1997, promovida pela Organização Sindical Internacional de Educação, expressa preocupações com temas do campo educacional até então ausentes na docência universitária, como:
  6. 6.  qualidade da educação;educação à distância e novas tecnologias; gestão e controle do ensino superior; financiamento do ensino e da pesquisa; o mercado de trabalho e a sociedade; autonomia e as responsabilidades das instituições; os direitos e liberdades do professor de ensino superior; as condições de trabalho; entre outras;
  7. 7. d) Influência das novas configurações de trabalho na sociedade contemporânea da informação e do conhecimento; das tecnologias avançadas e do Estado Mínimo, reduzindo a empregabilidade. Em decorrência, nota-se um afluxo dos profissionais liberais, ex-empregados, ao exercício da docência no ensino superior, cuja oferta de empregos se encontra em expansão;
  8. 8. e) Exigência de permanente requalificação como condição de trabalho. O resultado disso é a expansão da oferta de cursos superiores de graduação e de pós- graduação lato e stricto sensu.
  9. 9. A preparação para o exercício do magistériosuperior far-se-á em nível de pós-graduação,prioritariamente em programas de mestrado edoutorado. Parágrafo único: O notório saber,reconhecido por universidade com curso dedoutorado em área afim, poderá suprir aexigência do título acadêmico (LDBEN, art. 66).
  10. 10. As pós-graduações stricto sensu compreendemprogramas de mestrado e doutorado abertos acandidatos diplomados em cursos superiores degraduação e que atendam às exigências dasinstituições de ensino e ao edital de seleção dosalunos.( art. 44, III, Lei nº 9.394/1996. ) Ao finaldo curso o aluno obterá diploma.
  11. 11. Saberes da docência: saberes conceituais,integradores e pedagógicos;A importância da reflexão na ação;A formação contínua: como processo dearticulação entre o trabalho docente;
  12. 12. O conhecimento e o desenvolvimentoprofissional do professor, enquantopossibilidade de postura reflexivadinamizada pela práxis (Lima, p. 45,2001).
  13. 13. A Lei de Diretrizes e Bases da EducaçãoNacional (LDB) dá normas gerais sobre aeducação escolar no Brasil, seja pública ouparticular, em todas as suas vertentes.
  14. 14. Art. 1º A educação abrange os processos formativos que sedesenvolvem na vida familiar, na convivência humana, notrabalho, nas instituições de ensino e pesquisa, nosmovimentos sociais e organizações da sociedade civil e nasmanifestações culturais.
  15. 15. § 1º Esta Lei disciplina a educação escolar, que se desenvolve, predominantemente, por meio do ensino, em instituições próprias.§ 2º A educação escolar deverá vincular-se ao mundo do trabalho e à prática social.
  16. 16. Art. 2º A educação, dever da família e do Estado,inspirada nos princípios de liberdade e nosideais de solidariedade humana, tem porFINALIDADE o pleno desenvolvimento doeducando, seu preparo para o exercício dacidadania e sua qualificação para o trabalho.
  17. 17.  Art. 3º O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios: I - igualdade de condições para o acesso e permanência na escola; II - liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber;
  18. 18.  III - pluralismo de idéias e de concepções pedagógicas; IV - respeito à liberdade e apreço à tolerância; V - coexistência de instituições públicas e privadas de ensino; VI - gratuidade do ensino público em estabelecimentos oficiais;
  19. 19.  VII - valorização do profissional da educação escolar; VIII - gestão democrática do ensino público, na forma desta Lei e da legislação dos sistemas de ensino; IX - garantia de padrão de qualidade; X - valorização da experiência extra-escolar; XI - vinculação entre a educação escolar, o trabalho e as práticas sociais.
  20. 20. Art. 13. Os docentes incumbir-se-ão de:I - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;II - elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;III - zelar pela aprendizagem dos alunos;
  21. 21. IV - estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;V - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional;VI - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.
  22. 22. “A única atitude intelectual digna de uma criatura superior éde uma calma e fria compaixão por tudo quanto não é elepróprio. Não que essa atitude tenha o mínimo cunho de justae verdadeira; mas é tão invejável que é preciso tê-la”.Fernando Pessoa Profº Ronilson de Souza Luiz Doutor em Educação - PUC/SP Blog: capronilson@wordpress.com profronilson@gmail.com

×