UNIDADE CAMPINA GRANDE M O T I V A Ç Ã O Prof. Ronaldo Bernardino Aula 15
Motivação <ul><li>Prof. Ronaldo Bernardino </li></ul>
<ul><li>“ É difícil definir exatamente o conceito de motivação, uma vez que tem sido utilizado com diferentes sentidos. De...
Motivação <ul><li>“ É a força motriz de todo comportamento humano, o estado de moção ou excitação que impele o comportamen...
Tipos de motivação  <ul><li>Motivações fisiológicas (primárias, inatas, básicas ou biogenéticas): São inerentes a estrutur...
Teoria das necessidades de Maslow  <ul><li>Pirâmide das Necessidades de Maslow </li></ul><ul><li>  Auto Realização </li></...
Teoria X e a Teoria Y de McGregor   <ul><li>O gerente admite que: </li></ul><ul><li>Se não controla diretamente, a equipe ...
FUNCIONÁRIO SATISFEITO  <ul><li>EMPREGADO </li></ul><ul><li>Melhor Qualidade de Vida  </li></ul><ul><li>Melhor Salário </l...
COMO MOTIVAR PESSOAS  <ul><li>a)Valorizar as pessoas </li></ul><ul><li>b) Reconhecer os avanços </li></ul><ul><li>c)Encora...
O QUE NÃO ESTIMULAM AS PESSOAS  <ul><li>Falta de confiança; </li></ul><ul><li>Não ser ouvido; </li></ul><ul><li>Falta de t...
“ Não sejamos homens escravos do trabalho, mas motivados para o trabalho”
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Motivação

1.854 visualizações

Publicada em

Alguns aspectos teóricos sobre motivação

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.854
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Motivação

  1. 1. UNIDADE CAMPINA GRANDE M O T I V A Ç Ã O Prof. Ronaldo Bernardino Aula 15
  2. 2. Motivação <ul><li>Prof. Ronaldo Bernardino </li></ul>
  3. 3. <ul><li>“ É difícil definir exatamente o conceito de motivação, uma vez que tem sido utilizado com diferentes sentidos. De modo geral, motivo é tudo aquilo que impulsiona a pessoa a agir de determinada forma, ou pelo menos, que dá origem a uma propensão a um comportamento específico. </li></ul><ul><li>( Chiavenato, 1998, p.76)” </li></ul>
  4. 4. Motivação <ul><li>“ É a força motriz de todo comportamento humano, o estado de moção ou excitação que impele o comportamento na direção de um objeto alvo. </li></ul><ul><li>A moção é um estado interno, produz tensão, o objeto alvo é algo externo, cuja aquisição propicia a redução da tensão.” </li></ul>
  5. 5. Tipos de motivação <ul><li>Motivações fisiológicas (primárias, inatas, básicas ou biogenéticas): São inerentes a estrutura biológica do organismo, tendo por função garantir o equilíbrio orgânico. Exemplo: Sono, dor, sede, etc... </li></ul><ul><li>Motivações sociais (adquiridas, aprendidas, secundárias): Variam de pessoa para pessoa, de cultura para cultura e são adquiridas através do processo de socialização e resultam do processo se aprendizagem social . </li></ul>
  6. 6. Teoria das necessidades de Maslow <ul><li>Pirâmide das Necessidades de Maslow </li></ul><ul><li> Auto Realização </li></ul><ul><li> Estima </li></ul><ul><li> Amor </li></ul><ul><li> Segurança </li></ul><ul><li> Fisiológicas </li></ul>
  7. 7. Teoria X e a Teoria Y de McGregor <ul><li>O gerente admite que: </li></ul><ul><li>Se não controla diretamente, a equipe não produz; </li></ul><ul><li>Às vezes é preciso repreender ou mesmo demitir um funcionário para ensinar os demais;é preciso distanciar-se um pouco da equipe; </li></ul><ul><li>A maioria dos empregados não tem ambição e precisa de um empurrão; </li></ul><ul><li>As decisões mais importantes devem ser tomadas por ele. </li></ul><ul><li>Os gerentes admitem que: </li></ul><ul><li>Qualquer pessoa pode ser criativa, desde que devidamente estimulada; </li></ul><ul><li>De modo geral, os empregados são merecedores de sua confiança; </li></ul><ul><li>Em algumas ocasiões, seus subordinados podem conduzir as reuniões; </li></ul><ul><li>Seus empregados são capazes de se autocontrolarem; </li></ul><ul><li>Sob condições favoráveis, as pessoas gostam de trabalhar </li></ul>
  8. 8. FUNCIONÁRIO SATISFEITO <ul><li>EMPREGADO </li></ul><ul><li>Melhor Qualidade de Vida </li></ul><ul><li>Melhor Salário </li></ul><ul><li>Crescimento Profissional </li></ul><ul><li>Treinamento </li></ul><ul><li>Ser Melhor </li></ul><ul><li>Fazer do Brasil um Grande País </li></ul><ul><li>Preservação Ambiental Total </li></ul><ul><li>EMPREGADOR </li></ul><ul><li>Qualidade Total </li></ul><ul><li>Mais produtividade </li></ul><ul><li>Aumento do Nível de Empreendedores </li></ul><ul><li>Tecnologias Novas </li></ul><ul><li>Empresa Modelo </li></ul><ul><li>Fazer do Brasil um Grande País </li></ul><ul><li>Preservação Ambiental Total </li></ul>
  9. 9. COMO MOTIVAR PESSOAS <ul><li>a)Valorizar as pessoas </li></ul><ul><li>b) Reconhecer os avanços </li></ul><ul><li>c)Encorajar iniciativas </li></ul><ul><li>d)Oferecer incentivos </li></ul><ul><li>e)Enriquecer as funções </li></ul><ul><li>f)Delegar autoridade </li></ul><ul><li>g)Fazer avaliações </li></ul><ul><li>h)Promover mudanças </li></ul>
  10. 10. O QUE NÃO ESTIMULAM AS PESSOAS <ul><li>Falta de confiança; </li></ul><ul><li>Não ser ouvido; </li></ul><ul><li>Falta de tempo para resolver os problemas; </li></ul><ul><li>Políticas burocráticas; </li></ul><ul><li>Alguém resolvendo problemas por você; </li></ul><ul><li>Falta de tempo para se dedicar a assuntos importantes; </li></ul><ul><li>Não saber quando está tendo êxito; </li></ul><ul><li>Normas e regulamentos impostos sem consulta; </li></ul><ul><li>Chefe que rouba idéia dos outros; </li></ul><ul><li>Falta de perspectiva profissional; </li></ul><ul><li>Pouca autonomia. </li></ul>
  11. 11. “ Não sejamos homens escravos do trabalho, mas motivados para o trabalho”

×