Slides geohist larissa

573 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
573
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides geohist larissa

  1. 1. Os “campos” como Territórios: dos campos de concentração aos campos de refugiados<br />
  2. 2. Estado de exceção como regra e a formação do Homo Sacer contemporâneo<br />
  3. 3. Campos como Territórios <br />Os Campos e suas Disposições<br />
  4. 4. (Des)territorialização e a questão identitária<br />
  5. 5. Considerações finais<br />
  6. 6. Presos no campo de Auschwitz<br />
  7. 7. Uma barreira física na construção do imaginário do campo<br />
  8. 8. Presos em Guantánamo<br />
  9. 9. A perda da identidade nos campos de concentração<br />
  10. 10. Massacre dos refugiados<br />
  11. 11. Mapa da perda de terra dos palestinos<br />
  12. 12. (Re)territorializaçaono campo de refugiados<br />
  13. 13. Base naval americana na baía cubana de Guantánamo<br />
  14. 14. Perda de identidade na prisão de Guantánamo<br />
  15. 15. Reconstrução identitária no campo de refugiados<br />
  16. 16. AGAMBEN, Giorgio. (2002), Homo Sacer: o poder soberano e a Vida Nua I. Belo Horizonte: editora UFMG.<br />__________________. (2008), Estado de Exceção. São Paulo: Boitempo Editorial.<br />__________________. (1998), Al di là dei diritti dell’uomo. In: Mezzi senza fine: notte sulla politica. Torino: Bolatti Boringhieri, p. 20-29. (Tradução de Murilo Duarte Costa Corrêa).<br />FOUCAULT, Michel. (1998), Vigiar e Punir. Rio de Janeiro: Editora Vozes.<br />HAESBAERT, Rogério. (2007), “Sociedades de In-segurança e Des-Controle dos Territórios”. In: I Encontro nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI), Transformações na Ordem Internacional na 1a. Década do Séculos XXI. Brasília, v. 1. p. 1-32.<br />____________________. (2009), Des-controle dos territórios – e das fronteiras – num mundo globalizado. In: Revista Geografia em Questão, edição° n 02.<br />MARTINS, Jasson da Silva. (2010), Estado de exceção e biopolítica no pensamento de Giorgio Agamben. In: Revista Tessituras (docentesfsd.com.br), edição n°2. <br />REGEDAS LUIZ, José Victor. (2007), “Estado de Exceção como Regra”: O i<br />Revista BBC História. Ano 1. Edição n°1.<br />Bibliografia:<br />

×