Projeto politico pedagogico PPP

5.745 visualizações

Publicada em

Projeto Político Pedagógico

Publicada em: Educação
3 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.745
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
301
Comentários
3
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto politico pedagogico PPP

  1. 1. Seminário II Letras 2º Semestre
  2. 2. “A educação é projeto, e, mais do que isto, encontro de projetos; encontro muitas vezes difícil, conflitante, angustiante mesmo; todavia altamente provocativo, desafiador, e, porque não dizer, prazeroso, realizador.” Celso Vasconcellos
  3. 3. É o instrumento que define o “ser” da escola, a sua identidade, o modelo pedagógico que é aplicado, os objetivos, a metodologia do ensino, o perfil do aluno que deseja formar, o perfil dos educadores, as estratégias de avaliação dos processos de ensino e aprendizagem, contemplando a diversidade do campo em todos os seus aspectos: sociais, culturais, políticos, econômicos, de gênero, geração e etnia.
  4. 4. “O projeto representa a oportunidade de a direção, a coordenação pedagógica, os professores e a comunidade, tomarem sua escola nas mãos, definir seu papel estratégico na educação das crianças e jovens, organizar suas ações, visando a atingir os objetivos que se propõem. É o ordenador, o norteador da vida escolar”. J.C. Libâneo
  5. 5.  O QUE É O PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO (PPP)? O PPP define a identidade da escola e indica caminhos para ensinar com qualidade:  Projeto;  Político;  Pedagógico.
  6. 6. Projeto = vem do latim PROJICERE que significa lançar para frente Chama-se projeto porque reúne propostas de ação concreta a executar durante determinado período de tempo.
  7. 7. Política = Refere-se à ciência ou arte de governar, orientação administrativa de um governo Chama-se político por considerar a escola como um espaço de formação de cidadãos conscientes, responsáveis e críticos que aturarão individual e coletivamente na sociedade, modificando os rumos que ela vai seguir.
  8. 8. Pedagógico = Relativo ou conforme à pedagogia; filosofia ou ciência da educação.  Chama-se pedagógico porque define e organiza as atividades e os projetos educativos necessários ao processo de ensino e aprendizagem.
  9. 9.  Ambiente social, cultural e físico: da comunidade em que a escola está inserida - características da população, costumes,  lazer,  grupos comunitários,  lideranças comunitárias,  associações,  clubes,  igrejas,  acesso a meios de comunicação etc.;
  10. 10.  Localização física da escola – características do bairro,  ruas,  praças,  espaços de lazer,  equipamentos comunitários,  instituições educativas,  meios de acesso,  sistema de transporte,  situação das residências,  saneamento,  serviços de saúde, comércio.
  11. 11.  Situação socioeconômica e educacional da comunidade: ocupações principais, níveis de renda, condições de trabalho, acesso a bens de consumo, níveis de escolaridade da população, crianças fora da escola, principais setores de atividade econômica, perfil profissional dos pais, acesso aos serviços de saúde e de assistência social, condições de habitação etc.  População atendida pela escola: nível de instrução dos pais e irmãos, qualificação profissional, hábitos alimentares e de higiene, lazer etc.
  12. 12.  Histórico da escola: fundação, denominação, lideranças históricas, vínculos com egressos, participação na comunidade.  Situação física da escola: condições da edificação, dimensões, dependências, espaços para atividades pedagógicas e de lazer,biblioteca, estado de conservação, instalações hidráulicas e sanitárias, paisagismo, conforto ambiental (iluminação, ventilação,etc.); adequação de salas de aula.
  13. 13.  Recursos humanos e materiais: quantitativos do corpo docente, discente, administrativo e de apoio; vínculos funcionais; distribuição de funções e tarefas; nível de formação inicial e acesso à formação continuada (qualificação).  Características dos alunos.  Condições de trabalho e estudo de professores na escola.  Condições de trabalho dos servidores da escola.  Direitos e deveres.  Recursos materiais disponíveis e sua adequação: móveis, equipamentos, material didático.
  14. 14.  Gestão da escola: forma de provimento da direção; estilo de gestão;  conselho escolar;  associação de pais e mestres;  grêmio escolar;  gerenciamento de recursos materiais e financeiros:  política adotada para o atendimento da demanda (oferta de vagas);  funcionamento de biblioteca;  funcionamento da secretaria;  sistema de coleta e registro de dados.
  15. 15.  Organização da escola e do ensino: estatuto, regimento, planos e projetos existentes; distribuição e ocupação do tempo e dos espaços pedagógicos; constituição de turmas; número de turmas; períodos ou turnos de funcionamento; organização em séries ou ciclos; existência de classes de aceleração; sistema de recuperação; distribuição do tempo escolar; condições de atendimento a portadores de necessidades especiais; condições de atendimento a jovens e adultos.
  16. 16.  Relações entre a escola e a comunidade: formas de participação da comunidade educativa (pais, autoridades locais, associações de moradores, clubes de mães); parcerias com entidades, órgãos públicos e empresas; parcerias com organizações da sociedade civil; relacionamento com outras escolas; utilização dos espaços da escola pela comunidade; trabalho voluntário; relacionamento escola-família (APM); participação dos alunos (Grêmio); relações da escola com o órgão gestor da educação (Secretaria Municipal de Educação).
  17. 17.  Currículo: Verificar como a escola vem trabalhando: o atendimento à base nacional comum; como está posta a parte diversificada; forma de composição curricular; definição de conteúdos curriculares; interdisciplinaridade (integração de disciplinas) e transversalidade (definição de temas transversais); distribuição do tempo pelos componentes curriculares; orientação didática adotada; atividades didáticas integradas; adequação dos materiais da biblioteca ao currículo; materiais didáticos adotados: escolha e adequação; parâmetros de avaliação adotados; instrumentos de avaliação.
  18. 18.  Desempenho escolar dos alunos: aprovação, reprovação e evasão. Relação entre idade e série. Medidas que estão sendo tomadas para a melhoria do desempenho dos alunos.  Desempenho global da escola: avaliação do desempenho global da escola: índices alcançados em relação a outras escolas do município e do estado. Dados do censo escolar. Medidas que estão sendo tomadas em relação a problemas. Relações institucionais e com a comunidade atendida.
  19. 19.  Relações interpessoais na escola. Formas de tratamento de questões de violência externa, interna; indisciplina.
  20. 20. Diretrizes  Tendo em vista os resultados do diagnóstico, definição dos compromissos gerais a serem assumidos pelo coletivo da escola.  Concretização da Política Educacional do Sistema no âmbito da unidade escolar, tendo em vista o atendimento de suas características particulares, quanto a gestão (aspectos administrativos, financeiros e pedagógicos) e ação docente e atividades de apoio.
  21. 21. Fundamentos  Concepções, conceitos e princípios que fundamentarão o trabalho da escola: conceito de educação, papel da educação, papel da escola pública, concepção de aprendizagem, concepção de avaliação, perfil do cidadão a ser formado etc.
  22. 22. Dispositivos legais  Dispositivos legais e normativos a serem considerados e o que eles determinam em relação à educação escolar. Ver: Constituição federal de 1988, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9934/96), Plano Nacional de Educação, Plano estadual de Educação, Plano Municipal de educação, Parâmetros Curriculares Nacionais,disposições do CNE, e do CEE e do CME, regimento da escola
  23. 23. Currículo  Concepção de currículo a ser trabalhada. Objetivos gerais e específicos a atingir Base comum. Definição da parte diversificada. Definição da forma de composição curricular. definição de conteúdos curriculares e sua distribuição no tempo. Definição da orientação pedagógica a ser adotada. Definição de parâmetros, critérios e formas de avaliação da aprendizagem. Definição de critérios para elaboração, escolha e uso de material didático. Definição de espaços pedagógicos interdisciplinares e temas transversais. Aspectos ou áreas prioritárias no que diz respeito à aprendizagem.
  24. 24. Prioridades  Considerar os problemas mais urgentes ou mais graves detectados no diagnóstico, em relação a: contexto da escola, características da escola, resultados educacionais e convivência na escola.
  25. 25. Objetivos  Definir objetivos gerais e específicos em relação aos problemas definidos, quanto a: contexto da escola, características da escola, resultados educacionais e convivência na escola.
  26. 26. Metas  Para cada objetivo específico, definir metas.  Metas são desdobramentos dos objetivos que indicam os resultados esperados em termos quantitativos e em determinados prazos.
  27. 27. Previsão e provisão de recursos  Definir a necessidade de recursos para o alcance de objetivos ou metas.
  28. 28. Acompanhamento e assistência à execução  Prever o modo pelo qual a equipe de direção da escola deverá acompanhar a execução do Plano, bem como o trabalho dos professores, apoiando-os nas dificuldades que surgirem, provendo os recursos necessários, etc. Poderão ser previstas reuniões periódicas para discussão do andamento do projeto.
  29. 29. Avaliação  O projeto deve ser objeto de avaliação contínua para permitir o atendimento de situações imprevistas, correção de desvios e ajustes das atividades propostas.  Podem ser previstos momentos de avaliação (semestral, anual, bianual), com participação de toda a comunidade escolar.
  30. 30. • consonante com as leis vigentes com os princípios éticos, políticos e estéticos previstos nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil e Ensino Fundamental , as Diretrizes Pedagógicas Municipais, as Diretrizes Ambientais e a prática da eco-pedagogia, as Diretrizes Municipais para a Inclusão da História e Cultura Afro-Brasileira e Africana e o Estatuto da Criança e do Adolescente- ECA. • disponível para a comunidade escolar , as autoridades competentes e para os pais dos alunos interessados em conhecer o documento.
  31. 31. O Projeto Político Pedagógico ultrapassa a dimensão de uma proposta pedagógica. É uma ação intencional, com um sentido explícito, com um compromisso definido coletivamente. Por isso, todo projeto pedagógico da escola é, também, um projeto político por estar intimamente articulado ao compromisso sócio - político e com os interesses reais e coletivos da população majoritária. Ele é fruto da interação entre os objetivos e prioridades estabelecidas pela coletividade, que estabelece, através da reflexão, as ações necessárias à construção de uma nova realidade.
  32. 32. Antes de tudo, o PPP é um trabalho que exige comprometimento de todos os envolvidos no processo educativo: professores, equipe técnica, alunos, seus pais e a comunidade como um todo.
  33. 33.  Os fins e objetivos do trabalho pedagógico, buscando a garantia da igualdade de tratamento,do respeito às diferenças,da qualidade do atendimento e da liberdade de expressão;  A concepção de criança, jovem e adulto, seu desenvolvimento e aprendizagem;  As características da população a ser atendida e da comunidade na qual se insere;  O regime de funcionamento;  A descrição do espaço físico, das instalações e dos equipamentos;  A relação de profissionais, especificando cargos, funções,habilitação e níveis de formação;
  34. 34.  Os parâmetros de organização de grupos e relação professor/ aluno ; • A organização do cotidiano de trabalho com as crianças, jovens e adultos; • A proposta de articulação da escola com a família e a comunidade; • O processo de avaliação, explicitando suas práticas, instrumentos e registros; • O processo de planejamento geral. • Trazer anexos como: a Matriz Curricular vigente e Projetos Especiais a serem desenvolvidos.
  35. 35.  Apresentação ou Introdução (nela devem constar dados sobre o espaço físico,instalações e equipamentos, relação de recursos humanos,especificando cargos e funções; habilitações e níveis de escolaridade de cada profissional que presta serviço na instituição).  Breve histórico da unidade escolar  Eixo norteador da escola ( é o que a diferencia das demais, a sua identidade e função no meio social onde está inserida ).  Valores e Missão da escola
  36. 36.  O que queremos? É a busca de um posicionamento:  Político - visão ideal de sociedade e de homem  Pedagógico – definição sobre a ação educativa e sobre as características que deve ter a instituição que planeja. Ou seja : - os princípios - as teorias de aprendizagem - o sistema de avaliação
  37. 37.  O que somos ? O diagnóstico da realidade da escola. É a busca das necessidades a partir da análise da realidade e/ou juízo sobre a realidade da escola, comparação com o que se deseja ser.
  38. 38.  O que faremos? Programação do que deve ser feito concretamente para suprir as faltas. É a proposta de ação. Que mediações (conteúdos, metodologias e recursos) serão necessários para diminuir a distância entre o que vem sendo a instituição e o que deverá ser. Ou seja, a Proposta Curricular - organização da escola - organização do trabalho - processos de avaliação
  39. 39. IMPORTANTE: A proposta curricular deve estar diretamente relacionada aos pressupostos teóricos estabelecidos pela instituição, sem perder o foco nos objetivos, conteúdos e avaliação por segmento e área de conhecimento.
  40. 40.  Anexos  matriz curricular  marcos de aprendizagem  projetos especiais  outros  Referências Bibliográficas
  41. 41. Ao concluir este documento (PPP) coletivamente, a escola terá dado um grande passo, não apenas pela definição do trabalho pedagógico, mas pela vivência de um trabalho onde foi possível exercitar a cidadania.
  42. 42.  Concluímos que para a formação da consciência crítica dos futuros profissionais da educação; Avançar na construção de uma teoria geral da educação; Contribuir para a formação de profissionais que tenham condições de assumir a docência no campo da Educação Infantil e do Ensino Fundamental e médio, coordenar experiências pedagógicas em educação formal e não formal.
  43. 43.  Entender o conhecimento como produto da construção histórica do ser humano, que nas suas interações o constrói e reconstrói, conforme suas necessidades. Saber as diferenças de etnia, gênero, classe etc. que dão origem a diferentes modos de organização da vida, valores e crenças apresenta-se para a educação como um desafio interessante e como contribuição, de forma que é impossível desconhecê-lo e ignorá-lo.
  44. 44.  Compreender a educação como fio condutor e elemento aglutinador dos demais componentes curriculares, constituindo-se em elemento articulador entre teoria e prática. As atividades docentes também compreendem participação na organização e gestão de sistemas e instituições de ensino, englobando: Planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de tarefas próprias do setor da Educação; Produção e difusão do conhecimento científico-tecnológico do campo educacional, em contextos escolares e não-escolares.
  45. 45. “Projeto Político Pedagógico: ação intencional. Compromisso sócio-político no sentido de compromisso com a formação do cidadão, para um tipo de sociedade e Pedagógico: no sentido de definir as ações educativas e as características necessárias às escolas para que essas cumpram seus propósitos e sua intencionalidade”

×