GABARITO – ENGENHEIRO/SEGURANÇA DO TRABALHO 01. C 02. C 03. D 04. A 05. A 06. A 07. B 08. B 09. B 10. B 11. A 12. D 13. C ...
Questões Abertas:                    1- Como deve ser o cômputo do tempo para aposentadoria de um                       se...
são exigidos                                                   empregad      s                                            ...
empregad                  or, sejam                  capazes                  de                  desenvolv               ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gabarito engenheiro seguranca_do_trabalho

238 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
238
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gabarito engenheiro seguranca_do_trabalho

  1. 1. GABARITO – ENGENHEIRO/SEGURANÇA DO TRABALHO 01. C 02. C 03. D 04. A 05. A 06. A 07. B 08. B 09. B 10. B 11. A 12. D 13. C 14. C 15. B 16. A 17. C 18. D 19. C 20. B 21. C 22. A 23. C 24. C 25. C 26. B 27. A 28. C 29. A 30. D
  2. 2. Questões Abertas: 1- Como deve ser o cômputo do tempo para aposentadoria de um servidor da UFOP que tenha trabalhado em período considerado especial, no serviço publico federal, antes da entrada em vigor do regime jurídico Único (RJU)? E depois da entrada em vigor do RJU, este servidor publico federal faz jus a aposentadoria especial? Resp: Para a contagem do tempo de serviço anteriormente a Lei Federal 8112/90, este tempo devera ser multiplicado por um fator, conforme legislação previdenciária em vigor a época, ou seja, será efetivamente contado como especial. Caso o servidor continue fazendo a mesma atividade, depois da entrada em vigor do RJU, a contagem do tempo será normal, ou seja, não haverá contagem especial, uma vez que no RJU, não existe aposentadoria especial. 2- Discorra sobre os principais programas de saúde e segurança ( PPRA, PCMAT, PGR, PCA, PPR, PCMSO, levantando aspectos: a) quando são exigidos, b) qual o numero de empregados a partir do qual são exigidos, c) principais diferenças entre eles d) qual o significado das siglas e) quem pode assinar cada um destes programas ( responsabilidade técnica) Resp: PCMSO PPRA PCMAT PGR PCA PPRQuando são Basta ter Basta ter 1 Basta ter Basta ter 1 Empresas Empresasexigidos? 1 empregad mais de empregado onde o onde as emprega o regido 20 regido pela nível de concentraç do regido pela CLT. emprega CLT. ruído ões de pela do regido esteja agentes CLT. pela CLT- acima do químicos Aplicável limite de estejam a tolerancia acima do empresa limite de s de tolerancia todos os ramos de atividade .qual o numero 1 1 Mais de 1 Independ Independede 20 e do do numeroempregados a numero departir do qual de empregado
  3. 3. são exigidos empregad s os princ Aplicável Aplicável a Aplicável Aplicável a Aplicável Aplicável a ipais a empresas a empresas a empresas difer empresa de todos empresas do ramo da empresas de todos os ença s de os ramos do ramo Mineração. de todos ramos de s todos os de da Nele estão os ramos atividade. entre ramos de atividade, construçã incluídos os de eles atividade a exceção o civil risco atividade. . da ergonômico construçã s e de o civil e da acidentes, o mineração que n acontece com o PPRA e PCMAT. qual Program Programa Programa Programa Programa Programa o a de de de de de de signi Controle Prevenção Condiçõe Gerenciam Conserva Proteção cado Médico e de Riscos s e Meio ento de ção Respiratóri das saúde Ambientai Ambiente Riscos Auditiva a sigla ocupacio s de s nal Trabalho na Industria da Construç ão ( res Médico Poderão A Norma A Norma n A norma A norma pons ser feitas n deixa deixa claro, não deixa não deixa abilid pelo claro, embora claro, claro, ade Serviço embora varias embora, a embora, a técni Especializ varias partes do a a ca) ado partes do programa necessida necessidad em programa necessita de da e da Engenhari necessita de participaç participaçã a de de profissionai ão de um o de um Segurança profission s médico médico e em ais legalmente Medicina legalment habilitados do e ou Trabalho - habilitado capacitados SESMT ou s ou . por capacitad pessoa ou os. equipe de pessoas que, a critério do
  4. 4. empregad or, sejam capazes de desenvolv e-lo.3) O servidor público federal que se acidentou no trabalho, com amputaçãotraumática de dedo, faz jus a auxílio – acidente, auxílio doença ( Previistos noRegime Geral de Previdência) ou nenhum deles. Justifique sua resposta combase na legislação federal. Resp: A lei 8112/90 não faz referencia a auxilio doença ou auxilio acidente.Portanto, o servidor não fará jus a nenhum destes dois benefícios, que existemsomente no regime geral de previdência. Os benefícios do Plano deSeguridade Social do servidor relacionados com doenças e acidentes recebemoutra denominação : compreendem: a) licença para tratamento de saúde; b) licença por acidente em serviço;4) Quais os valores dos adicionais de insalubridade e periculosidade previstospara os servidores públicos federais? Qual a lei que rege estes percentuais?Resp: São 3 (três) os percentuais de insalubridade estabelecidos pela legislação, e que deverão incidir sobre o vencimento básico do cargo efetivo do servidor (Art. 12 da Lei 8270/91): • 5 % correspondentes ao grau mínimo; • 10% correspondentes ao grau médio e • 20% correspondentes ao grau máximoO percentual do Adicional de Periculosidade é de 10 % (dez), que incidirásobre o vencimento do cargo efetivo do servidor (Art. 12 da Lei 8270/91)

×